Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 17/Jun/2016 às 15:40
5
Comentários

Adolescentes são covardemente agredidos pela Brigada Militar (imagens fortes)

Polícia ataca jovens no Rio Grande do Sul: 33 adolescentes que ocupavam o prédio da Sefaz em Porto Alegre em protesto por melhorias na educação foram agredidos pela Brigada Militar. As imagens impressionam pelo grau de covardia

violências adolescentes RS Sefaz polícia militar
Estudantes do RS em protesto ao acordo firmado entre entidades estudantis e governo (reprodução)

Revista Fórum

Os 33 adolescentes apreendidos pela Brigada Militar de Porto Alegre (RS), bem como o repórter Matheus Chaparini, do jornal Já, foram liberados nesta quinta-feira (16). Os jovens ocupavam o prédio da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz) em protesto contra o acordo firmado com o governo por parte dos alunos que ocupavam escolas no estado.

O repórter, que se identificou por inúmeras vezes aos policiais, no entanto, está em liberdade provisória, respondendo processo pelos crimes de associação criminosa, dano qualificado ao patrimônio público, esbulho possessório e corrupção de menores, este último, inafiançável.

Em nota, a secretaria de Segurança do RS informou que “a prisão em flagrante foi efetuada porque, durante todo o tempo, ele estava dentro do prédio invadido, agindo como integrante do grupo militante que praticou a invasão. Ele se identificou como jornalista quando já estava consumada a prisão pelo ato de invasão”.

Além da tentativa de censura a Matheus, chama atenção também a truculência dos policiais registrada nas imagens do jornalista. De forma deliberada, os agentes disparam spray de pimenta contra o rosto dos jovens, que gritam desesperados.

Assista:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Ribeiro Postado em 17/Jun/2016 às 16:34

    Num país em que o povo tivesse mais consciência e educação, tivesse mais noção de cidadania, de patriotismo, um povo que tivesse a pegada da LUTA entranhada no seu corpo, um povo que por ação de mídia e governo não tivesse sido ano após ano: 1- bundamolizado, 2- despolitizado, e 3- ensinado a lutar contra seus irmãos e a defender os interesses de quem quer oprimi-lo, hoje esse prédio estaria invadido, tomado pelo povo, quiçá completamente vandalizado, e cercado por um milhão de brasileiros que não abandonariam seus postos enquanto todo o comando dos envolvidos nessa barbaridade não caisse e estivesse preso. Mas daqui a pouco chegam os bandidinhos e vira-latinhas que sentem orgasmos vendo brasileiro estudante e trabalhador apanhando, """ainnn tinha mais era que matar esses baderneiros"""...

  2. Pedro Postado em 17/Jun/2016 às 16:46

    Parabéns pela atuação da Polícia Militar gaúcha. Soube agir adequadamente, fazendo o uso progressivo da força, consoante determina a legislação em vigor.

  3. Eduardo Postado em 18/Jun/2016 às 08:47

    PM ( policia de merda)

    • Quibuxa Postado em 19/Jun/2016 às 01:20

      Ou .... PM (Pau Mandado).

  4. André Nelson Postado em 22/Jun/2016 às 00:24

    Apesar de tudo que se vê nestas cenas, uma coisa me alegra, e é a coragem desses jovens. Espero que eles continuem lutando pelos direitos do cidadão e em defesa dos mais fracos. Espero que quando estiverem formados, ganhando seus dignos salários, continuem repassando as novas gerações o preço que pagaram para conquistar a justiça que deve ser para todos. Que policiais sejam somente para servir e proteger daquela minoria da população, os amigos do alheio. Mas uma certeza eu tenho também, não fosse a internet e os smartphones por todos os lados, seria um banho de surra covarde nos alunos.