Redação Pragmatismo
Compartilhar
Senado Federal 09/Jun/2016 às 11:58
6
Comentários

Acordo gigante é costurado no Senado para salvar Renan e Jucá

Um acordo do tamanho do Brasil está sendo costurado no Senado Federal para barrar as prisões de Renan Calheiros e Romero Jucá

romero jucá renan calheiros senado
(Imagem: Romero Jucá e Renan Calheiros/divulgação)

Líderes da base aliada e da oposição no Senado articulam um grande acordo para barrar no plenário da Casa eventual ordem de prisão provisória do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e do senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Os pedidos de prisão foram feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e serão avaliados pelo Supremo Tribunal Federal. Se a Corte determinar, os senadores só podem ser mantidos presos após aprovação do Senado.

O mesmo procedimento ocorreu com o senador cassado Delcídio Amaral (sem partido-MS). No caso dele, o plenário decidiu, em novembro de 2015, mantê-lo preso após a determinação do STF. Abandonado pelo comando do PT, na época sua legenda, Delcídio não contou também com gesto de solidariedade de nenhum integrante da bancada durante a votação.

Desta vez, porém, com Renan e Jucá a tendência é de que o plenário se comporte de maneira diferente. O argumento, segundo líderes é que o conteúdo que veio a público das conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado não é suficiente para levar um parlamentar à prisão.

Além disso, há receio na Casa com os desdobramentos da delação do empreiteiro Marcelo Odebrecht. As revelações do empresário podem levar a novos pedidos de prisões. Segundo fontes, há mais de 30 senadores envolvidos, quase metade da Casa, composta por 81 integrantes. Além disso, já são 12 os senadores investigados na Operação Lava Jato com inquéritos em tramitação no STF.

O discurso oficial, contudo, é o de que com o que foi publicado até agora, a autorização de prisão não passa na Casa. “Fizemos o pedido para ter acesso à delação e gravações do Sérgio Machado. O procurador-geral que prove que teve e qual foi o flagrante”, disse o líder do PSDB, senador Cássio Cunha Lima (PB). “Não é uma questão de dar uma resposta institucional, porque pode parecer corporativismo, mas é uma questão constitucional. Quem tem que mostrar o ônus da prova é ele (Rodrigo Janot).”

O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), também faz ressalvas aos pedidos baseados apenas no conteúdo que já foi publicado sobre as conversas gravadas por Machado. “Na minha opinião, não é suficiente com o que tem. Pode ser que tenha havido coisas que eu não conheça, mas para mim, até aqui, é uma mera especulação de conversas reservadas, sem nenhuma consequência prática”, disse o tucano.

Para o líder do PDT, Acyr Gurgacz (PDT-RO), o ministro do Supremo, Teori Zavascki, relator dos processos da Lava Jato, não chegará nem a pedir as prisões. “Se for aquilo que vimos, é fraco. Temos de aguardar. Só com o que tem, o próprio Teori barra. Sem flagrante, o ministro não vai mandar para cá”, afirmou.

informações de agência estado

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. CLÁUDIO LUIZ PESSUTI Postado em 09/Jun/2016 às 13:01

    Canalhice total desses caras, o material divulgado é mais que suficiente para prender, TODOS!

  2. João Batistaq Postado em 09/Jun/2016 às 14:07

    Quer dizer: se a gente consegue evitar que as coisas venham à tona, tipo, não deixar que as gravações de conversas sejam vazadas, ou se não houver gravações para vazar, tá tudo em casa. As acusações das delações premiadas não tem peso mesmo, pois os acusados nem são do PT!

  3. Rodrigo Postado em 09/Jun/2016 às 14:16

    Que chegue a vez do Temer!

  4. JOHN JAHNES Postado em 09/Jun/2016 às 15:05

    Que tristeza, ein! A ignorância política demora para aparecer, mas quando aparece mostra a verdade dessa gente sem noção que ignora a realidadd e vive de mentiras e falsidades. "COMO DEVEM ESTAR SE SENTINDO AGORA, AQUELES "COXINHAS" QUE FORAM DESFILAR NA AVENIDA PAULISTA COM AS FAIXAS DE "SOMOS MILHÕES DE CUNHAS", "SOMOS TODOS CUNHA", USANDO MÁSCARAS DO JAPONES DA FEDERAL, E MARCHANDO SOB A BATUTA DO BERRANTE DO MBL? https://lh3.googleusercontent.com/vLqAuzhv_auIXrSMjRv2jIp-CNeQueF2Bhp0cLH5Nxtj1FHx9pi2EE94by_LirXWvELe2g=s128 http://www.conversaafiada.com.br/brasil/janot-tem-as-provas-ou-se-matou/fantasia-do-japa/@@images/4ad9c468-b86c-476d-a96a-65422310a51e.jpeg CAIADO financiado por CACHOEIRA - http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/03/1610687-carlinhos-cachoeira-financiou-lider-do-dem-no-senado-afirma-demostenes.shtml

  5. sandro Postado em 09/Jun/2016 às 15:22

    O foro privilegiado não é eterno,e um dia eles terão que prestar contas.

  6. João Pedro castelo branco Postado em 09/Jun/2016 às 16:28

    Melhor prender vc por calúnia...vc tem alguma prova....?coxinha sem neurônios...