Redação Pragmatismo
Compartilhar
Dilma Rousseff 10/Jun/2016 às 15:33
10
Comentários

A íntegra da entrevista de Dilma que Michel Temer queria censurar

Não houve pauta que tenha ficado de fora. Cunha, Temer, Aécio, impeachment, novas eleições e futuro do Brasil. Confira a íntegra da entrevista de Dilma Rousseff para a TV Brasil

entrevista dilma tv brasil nassif

Em entrevista concedida à TV Brasil (assista abaixo), emissora estatal que pertence ao grupo EBC (Empresa Brasil de Comunicação) e é pivô de uma disputa de poder entre Dilma Rousseff e Michel Temer, a presidente afastada declarou que a gestão de seu vice e chefe de Estado interino está submetida à pauta do deputado Eduardo Cunha (PMDB), afastado há cerca de um mês da Presidência da Câmara e réu na Operação Lava Jato.

Segundo Dilma, que reclamou da impossibilidade de negociar com a Câmara, Cunha impõe suas vontades desde que foi eleito líder do PMDB na Casa, em 2013.

De acordo com interlocutores, o presidente interino Michel Temer, que exonerou diversos funcionários da EBC quando assumiu, incluindo o presidente da empresa, tentou evitar, sem sucesso, a realização da entrevista com a presidente eleita.

A entrevista, gravada, foi conduzida pelo jornalista Luís Nassif, justamente um dos funcionários que teve o contrato cancelado com a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) depois da posse temporária de Temer.

Na primeira chamada para o intervalo, o jornalista afirma que no próximo bloco se dedicará a discutir o golpe que afastou a presidente.

Instantes antes, no final do primeiro bloco da entrevista, Dilma criticou nominalmente o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), adversário por ela derrotado na corrida presidencial de 2014.

Para a petista, Aécio e seus correligionários ainda não se conformaram com o resultado das urnas.

“A reação de meu adversário foi bastante atípica em relação ao que vinha ocorrendo no Brasil. Ninguém pediu recontagem de votos. Ele pediu. Ninguém pediu auditoria nas urnas eletrônicas, ele pediu. Depois, eu tinha de ser diplomada no início de dezembro, e eles entram no TSE [Tribunal Superior Eleitoral] alegando que minha campanha tinha problemas e eu não poderia ser diplomada”, reclamou a presidente afastada.

Dilma afirmou que Eduardo Cunha só deu andamento ao processo de impeachment na Câmara por vingança. Ela lembrou que, em dezembro do ano passado, os três deputados do PT membros do Conselho de Ética haviam declararam voto a favor do processo de cassação que o peemedebista enfrenta por ter mentido à CPI da Petrobras, segundo a acusação, sobre contas que omitiu da Receita Federal no exterior. O posicionamento dos deputados contra Cunha foi o estopim para que ele avalizasse o impeachment, afirmou Dilma.

“Ele fez isso de forma pública. No dia em que não aceita os três votos [petistas], o próprio Miguel Reale [Júnior] diz: ‘Trata-se de uma chantagem explícita’”, rememorou a presidente afastada, mencionando declaração do jurista que subscreve a denúncia por crime de responsabilidade que deu origem ao processo.

Assista a íntegra abaixo:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Sergio Carneiro Postado em 12/Jun/2016 às 02:53

    São mais de 60 minutos de puro mimimi. Ô coitada.

  2. Saulo Postado em 12/Jun/2016 às 05:31

    Kkkkkkkk... virjão

  3. sandro Postado em 12/Jun/2016 às 07:19

    Aécio,seus correligionários e os eleitores chorumes trouxinhas escondidinhos ainda não se conformaram com o resultado das urnas.

  4. sandro Postado em 12/Jun/2016 às 07:28

    Linda,maravilhosa,não aceitou chantagens do cucunha,e foi contra a eleição dele como presidente da câmara,e ainda combateu com unhas,dentes e sangue os militares nazifascistas.

  5. Eduardo Ribeiro Postado em 12/Jun/2016 às 10:06

    Kozel = traidor de seu povo, morto em um contexto revolucionário. Portanto, pela 729a. vez: foda-se o Kozel.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 13/Jun/2016 às 10:56

      Legitima nada. Pelo contrário, inclusive. Torna o "foda-se Dilma" mais canalha do que já é. Essa comparação é uma baita falácia, coloca na mesma balança maçãs e contra-filet. Já lecionei sobre Kozel e sua profunda irrelevância umas 3x aqui. Só pra resumir (não pra você, porque você já sabe, não é uma toupeira como esse coitado acima): a reação do oprimido não pode ser confundida com a ação do opressor. Kozel morreu por estar do lado do opressor, e do mesmo jeito que falamos hoje sobre todos que participaram ativamente no golpe contra Dilma, a História não esquece. A História cobra. A História pune. Daqui 40 anos vai ter um débil mental sem leitura pra dizer que Temer "salvou a democracia dos agentes comunistas bolivarianos satanistas infiltrados no país", vai ter um monte de safado leitor da "Veja do futuro" pré-disposto a acreditar nessa bosta, e vai ter um monte de guerreiros malucos pra lembrar que em 2016 houve um golpe. Assim é o caso desse irrelevante aí. Kozel lutou contra seu povo, contra seus irmãos, e ao lado das forças opressoras e imperialistas. Quem o defende hoje o faz montado em cima de uma mentira, com um objetivo específico e claro: legitimar as arbitrariedades e as barbaridades cometidas pela Ditadura, e desmoralizar hoje a grande Dilma. Portanto, o lugar de Kozel é a mesma lata de lixo pra onde vão um Hélio Bicudo ou uma Janaina Paschoal da vida. Foda-se o Kozel. Mil vezes foda-se o Kozel.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 13/Jun/2016 às 15:25

      Claro que não lembra. Não foi pra você que eu cedi um pouco do meu tempo pra doutrinar a respeito da nulidade chamada Kozel. Foi pra essa besta inimputável em cima de você, quando eu ainda o tratava como gente. Normalmente não é pra você, eu converso menos com você do que gostaria.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jun/2016 às 10:42

      És um fofo. Continue lendo-me e tornar-se-á um nobre e civilizado esquerdista ex-coxinha.

  6. Mauricio de Souza Matos Postado em 13/Jun/2016 às 09:35

    Podem espernear o quanto quiserem. Em 2018 virá o troco. PIXULECO neles LULA.

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 13/Jun/2016 às 10:59

    """"""""uma incompetente e analfabeto""""""""....tá aí falando do português dos outros, todo cheio de graça, faceiro, mas o teu português é ó....uma bosta. Não consegue fazer uma pífia, patética e ridícula concordância?? Tome vergonha, pobre diabo. Seria analfabetAAA, sua toupeira.