Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 06/May/2016 às 15:11
2
Comentários

Por 15 a 5, comissão especial do Senado aprova relatório do impeachment

A comissão do impeachment no Senado aprovou nesta sexta-feira (6), por 15 votos a 5, o parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) a favor da continuidade do processo contra Dilma. Veja como votaram os senadores

comissão impeachment senado relatório 15 5

A comissão do impeachment no Senado aprovou nesta sexta-feira (6), por 15 votos a cinco, o parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) a favor da continuidade do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff e de seu consequente afastamento do cargo.

A decisão precisa ser aprovada também pelo plenário de 81 senadores, o que deve acontecer na próxima quarta-feira (11). A partir desse ponto, Dilma fica afastada da Presidência da República e assume o cargo o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

A decisão do Senado de abrir um processo de impeachment marca o início da fase de julgamento de fato da petista sobre os crimes de responsabilidade pelos quais foi acusada na Câmara dos Deputados.

A favor do parecer (a favor do impeachment):

PMDB
Dário Berger (SC)
Raimundo Lira (PB) – presidente da comissão: não votou
Simone Tebet (MS)
Waldemir Moka (MS)
Hélio José (DF)

PSDB
Aloysio Nunes Ferreira (SP)
Antonio Anastasia (MG) – relator da comissão
Cássio Cunha Lima (PB)

DEM
Ronaldo Caiado (GO)

PSB
Fernando Bezerra Coelho (PE)
Romário (RJ)

PR
Wellington Fagundes (MT)

PTB
Zezé Perrella (MG)

PP
Ana Amélia (RS)
Gladson Cameli (AC)

PSD
José Medeiros (MT)

Contra o parecer (contra o impeachment):

PT
Gleisi Hoffmann (PR)
José Pimentel (CE)
Lindbergh Farias (RJ)

PCdoB
Vanessa Grazziotin (AM)

PDT
Telmário Mota (RR)

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Deisi Postado em 06/May/2016 às 18:19

    Eu já sabia! Faz parte do show de horrores do golpe, o segundo ato, está no scripit.

  2. Thiago Teixeira Postado em 09/May/2016 às 07:46

    Romário ... não se esqueça que quem te colocou nesta cadeira foi a periferia, e hoje está a serviço da elite branca que jamais votará no senhor.