Redação Pragmatismo
Compartilhar
Michel Temer 25/May/2016 às 16:46
15
Comentários

Os 16 retrocessos do 'novo' governo Temer

Em apenas duas semanas, governo provisório de Michel Temer cometeu 16 retrocessos que precisam ser registrados

michel temer governo retrocesso políticas públicas

Kika Castro, Blog da Kika Castro

Nem bem começou a era do presidente interino Michel Temer (PMDB) — que foi alçado ao poder após um golpe que afastou por 180 dias a presidente eleita Dilma Rousseff –, e já é possível detectar uma lista de medidas anunciadas ou previstas pelo novo governo que representam retrocesso ao país.

Sabe aquele retrocesso que eu torcia para que não ocorresse? Há uma diferença entre torcida (otimismo) e realidade (cada dia mais pessimista). E, neste post de hoje, quero esmiuçar essa diferença para quem não fez as contas ainda.

Quando este post for ao ar, Michel Temer completará 14 dias como presidente da República interino. Nesse período, contei 16 retrocessos, que listo abaixo, com links, para quem quiser se aprofundar melhor sobre cada item. Nos próximos dias, vou acrescentando os novos retrocessos (esperados) à lista e, daqui a algumas semanas, republico a relação atualizada.

Aí vai minha lista preliminar:

12/5 – Temer nomeou para ministros pessoas investigadas na Operação Lava Jato e também em outros crimes — demonstrando como o mote de “combate à corrupção”, usado para afastar Dilma do cargo para o qual foi eleita, era balela. Um desses ministros, Romero Jucá, da importante pasta do Planejamento, foi derrubado na segunda semana de governo, porque ficou demonstrado que ele apoiou o impeachment de Dilma para tentar bloquear a Lava Jato, que o investiga. A barganha de cargos também continuou no “novo governo”.

12/5 – Em sua reforma ministerial, Temer cortou uma pasta importante, como já demonstrado aqui no blog (e AQUI), a da Cultura. Foi tão criticado que voltou atrás e recriou o MinC dias depois. Como seu governo só tinha homens — pela primeira vez, desde a era do ditador Geisel (1974-79) –, Temer saiu convidando uma porção de mulheres para ocupar o MinC, mas todas recusaram o convite. Acabou ficando nas mãos de um homem mesmo, sendo este um dos governos menos plurais e representativos dos últimos tempos.

16/5 – Temer revê criação de áreas indígenas e desapropriações de terras, além do Marco Civil da Internet, que incomoda às operadoras de telefonia.

16/5 – Novo ministro da Justiça já pensa em reduzir a autonomia da Procuradoria Geral da República. Ele recuou do que disse em entrevista, mas ficou registrado…

17/5 – Ministro revoga a construção de 11.250 unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida destinadas a famílias com renda de até R$ 1.800.

17/5 – José Serra, novo ministro das Relações Exteriores, abriu fogo contra os países vizinhos e da África e já chegou ao Itamaraty querendo fechar embaixadas abertas pelo governo Lula. Uma burrice, como se lê nesta breve análise.

17/5 – Ministros de Temer querem legalizar jogos de azar, como bingos, cassinos e jogos do bicho. O Ministério Público Federal acha que essa medida incentivaria a corrupção e a lavagem de dinheiro.

17/5 – Novo ministro da Saúde já pensa em cortar verbas do SUS e programas importantes, como o Farmácia Popular. Depois recuou do que disse na entrevista, mas também ficou registrado…

18/5Temer escolhe como líder de seu governo na Câmara André Moura, um cara que responde a seis processos criminais no STF, sendo réu de crimes graves, como apropriação indébita, desvio de bens públicos e até envolvimento em tentativa de homicídio.

20/5 – Governo suspende novas contratações do Minha Casa Minha Vida.

20/5 – Temer exonera presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) nomeado por Dilma, apesar de a legislação prever mandato de 4 anos para ele. Temer quer até mudar a lei para adequar sua decisão. Coloca em seu lugar um jornalista ligado a Eduardo Cunha e a Aécio Neves que já começou censurando a participação de pessoas críticas ao governo Temer em programa jornalístico da TV pública.

23/5 – Governo suspende novas vagas para Pronatec e Fies.

23/5 – Governo quer acelerar privatizações, inclusive na área do petróleo. Mais informações AQUI, AQUI e AQUI.

23/5 – Temer prepara reforma trabalhista, que pretende derrubar direitos garantidos há décadas pela CLT.

24/5 – O tão esperado anúncio do pacote de ajuste fiscal do governo Temer, sob a batuta de Henrique Meirelles, nada mais foi que um arrocho social sem grandes efeitos na economia. Ver análise AQUI. A propósito, a reação do (deus) Mercado foi de dúvida.

24/5 – Temer vai abrir a exploração do pré-sal, retirando a obrigatoriedade de ficar nas mãos da Petrobras, o que atinge a soberania nacional e uma das maiores riquezas do país.

Retrocesso é um conceito subjetivo: depende da visão de mundo que nós temos sobre o que achamos melhor para nosso país. Por isso, se você discorda do meu conceito, fique à vontade para comentar.

Se você viu outros retrocessos já praticados por este governo de Michel Temer, comente também! Como eu disse, vou acrescentando à lista aos poucos. Tenho a impressão de que ela vai ficar cada dia maior.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Adalberto Postado em 25/May/2016 às 18:47

    A classe "mérdia" que bateu suas panelas inox importadas dos EUA deve tá com o "fiofó" que cabe um pentelho...

  2. Phelipe Postado em 25/May/2016 às 18:56

    Governo quer melhorar a educação do país com palpites de ator pornô

  3. João Contro Postado em 25/May/2016 às 19:09

    Procurando ser sucinto, exponho meu modesto ponto de vista, indo direto ao âmago da questão no que se refere à casa própria. É louvável a intenção do Governo de propiciar a quem deseja casa própria por custo o menor possível. Entretanto, considerando a grande demanda à casa popular própria é necessário que o Governo reveja a prestação mensal de C$ 62,00. Estudos revelam que a prestação da casa própria ou do aluguel da casa não deve ultrapassar 30% da renda bruta, que, de acordo com meu modesto ponto de vista, é um valor muito alto, ficando no extremo dos Cr$ 62,00.. Entretanto, considerando a grande demanda reprimida, é necessário que os comtemplados com a casa própria paguem uma prestação três ou quatro vezes maior do que a atual para que o Governo tenha numerário para construir maior número de casas, fazendo, assim, que a fila de espera, composta por milhões, ande mais depressa. Não se pode beneficiar (ao extremo) milhares de pessoas, preterindo milhões em idêntica situação financeira. Em resumo: A prestação da casa própria deve ser reajustada para mais, certamente contrariando uma minoria, mas fazendo justiça a uma enorme maioria.

  4. Daniel Postado em 25/May/2016 às 20:13

    Com uma opinião dessas, você se considera brasileiro? Acha que se qualifica como formador de opinão? Espero que você seja rico, mas rico mesmo, não remediado de classe média, pra quando esse corrupto imbecil começar a foder de verdade com o país, você não vá pedir ajuda aos partidos de esquerda pra salvar o seu coro. Otário.

  5. Guilherme Postado em 25/May/2016 às 22:26

    kkkkkk que figuraça... agora adolescente, por favor, volta pro facebook e snapchat que aqui é lugar de adulto.

  6. RVizin Postado em 25/May/2016 às 22:29

    É válido tirar os amadores e colocar os ladrões profissionais no lugar??? Agora vão roubar as empresas estatais inteiras, que serão entregues por preço de banana (exemplo da Vale, vendida quase de graça, sendo que as minas de ferro de Carajás foram totalmente de graça e valiam uns 100 bilhões de dólares) aos amigos, em troca de umas comissões vagabundas por baixo da mesa. Grande negócio para os picaretas da direita e seus financiadores e amigos, f....-se o país.

  7. Antonio Postado em 26/May/2016 às 11:48

    No novo pacote ele diz que vai antecipar o recebimento de 100bilhoes do BNDES para reforçar o caixa... isso em termos pratiicos significa muito menos recursos para o BNDES poder repassar aos empresarios por suas diversas linhas de credito e inveatimento. Ou seja, QUER QUE A ECONOMIA GIRE MAIS MAS CORTA INVEsTIMENTOS

  8. Hamilton Postado em 26/May/2016 às 13:24

    Õ, amigo, cadê a visão crítica? Ahrfff......

  9. Jordana Souza Postado em 26/May/2016 às 14:08

    Essa sua corrupção seletiva é, extremamente, idiotizada. Uma vez que, o Brasil não é governado por um único partido, existem mais de 30 partidos políticos, a esmagadora maioria, envolvida com a corrupção. Sua visão de mundo é triste, mas, é mais triste ainda para os que vão pagar por ela, os mais pobres.

    • Sandra Postado em 29/May/2016 às 00:37

      É isso mesmo Jordana, como se o único partido safado fosse o PT. Não sou PT e também não sou injusta. Mas infelizmente é esse o tipo de gente com esse tipo de pensamento que elege esses políticos que estão aí.

  10. Maurício de Souza Matos Postado em 27/May/2016 às 13:55

    Na política se perdoa a traição, mas nunca o traidor. Esse Temer vai pagar. Cedo ou tarde a batata dele vai assar. E quem vai comê-lo é o próprio congresso que o ajudou nesse golpe maquiavélico.

  11. sandro Postado em 28/May/2016 às 06:50

    Mexer com os mais ricos,nem pensar.

  12. Vinicius Postado em 28/May/2016 às 12:07

    Vc sabe que a coisa ta feia, quando o Pereira e o Naro Bolso não aparecem para falar suas habituais abobrinhas pré prontas... É, agora não tem o que fazer, já que o próximo da linha sucessória é ainda pior... =/

  13. Dori Edson Postado em 28/May/2016 às 15:10

    Alguns imbecis vão achar que é melhor entregar a mina de ouro, a tirar o garimpeiro ladrão.

  14. Antonio Postado em 16/Jun/2016 às 20:30

    www.diplomatique.org.br Ajuda!