Redação Pragmatismo
Compartilhar
São Paulo 06/May/2016 às 10:22
3
Comentários

Ocupação na Assembleia de SP: agora, sim, a Casa é do povo

Estudantes secundaristas na Assembleia Legislativa de São Paulo: agora sim a Casa é do povo. Ocupação já dura mais de 48 horas

assembleia ocupada sp estudantes merenda

A Assembleia Legislativa de São Paulo está ocupada há mais de 48 horas por estudantes que querem a abertura de uma CPI (Comissão parlamentar de Inquérito) que investigue a máfia da merenda.

O presidente da Casa, Fernando Capez (PSDB), já pediu a reintegração de posse no plenário da Assembleia e que a ocupação dos estudantes tem cunho político. O tucano é um dos investigados pelo Ministério Público.

Os manifestantes, em sua maioria alunos secundaristas, ocupam o plenário da Assembleia desde as 17h da última terça-feira (3).

Durante a madrugada desta quinta (5), houve pouca movimentação no local, mas os estudantes continuam ocupando o plenário.

Ainda na quarta-feira, o presidente da Alesp decretou ponto facultativo para os funcionários da Casa. Capez chegou a proibir a entrada de alimentos, mas voltou atrás após conversar com outros deputados.

‘Do povo’

Em discurso durante ocupação da Assembleia, Carina Vitral, presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), diz que aquele momento era histórico e que “a casa que deveria ser do povo, agora sim é do povo”.

“Os estudantes não são criminosos. São combativos, são de luta, e construirão o novo Estado de São Paulo e a nova escola pública”.

VÍDEOS:




Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Deisi Postado em 06/May/2016 às 13:42

    Esses jovens merecem aplausos, pena que são poucos, eles representam os jovens de caras pintadas da década de 90. Tem mais que pressionarem os deputados para abrir a CPI da merenda. Jovens valentes que orguham e não fogem a luta.

  2. Thiago Teixeira Postado em 06/May/2016 às 15:10

    Os jovens de SP tem dado aulas de civismo e cidadania desde as ocupações das escolas. Parabéns a todos os envolvidos.

  3. felipe Postado em 06/May/2016 às 15:16

    No dia que a UNE se desvincular do PT tem meu apoio, hoje virou mais marionete política do PT em SP do que realmente lutar pelos estudantes, não vi nenhum protestos quando reduziram o repasse da educação ou mesmo quando restringiram o FIES, alias restringiram tanto que quase ninguém conseguiu fazer e por isso até sobrou verba.... governo de SP abandonou as escolas e toda cobrança é justificável e apoiável, mas manifestação como marionete política igual UNE e UJS faz não tem credibilidade pra mim.