André Falcão
Colunista
Compartilhar
Corrupção 08/May/2016 às 11:16
3
Comentários

Não é e nunca foi contra a corrupção

Contra a corrupção e a favor de Eduardo Cunha, Michel Temer, Aécio Neves, Marco Feliciano, Jair Bolsonaro, Cássio Cunha Lima, Agripino Maia, Fernando Henrique Cardoso, Geraldo Alckmin e Beto Richa, para citar alguns. É possível?

corrupção elite classe média hipocrisia

André Falcão*

Não é contra a corrupção, é por hipocrisia.

Não é contra a corrupção, é por desonestidade intelectual.

Não é contra a corrupção, é por ideologia.

Não é contra a corrupção, é por cinismo.

Não é contra a corrupção, é contra os pobres.

Não é contra a corrupção, é contra a classe trabalhadora.

Não é contra a corrupção, é o exercício pleno da luta de classes.

Não é contra a corrupção, é a favor dos privilegiados e seus privilégios.

Não é contra a corrupção, é contra o aumento real do salário mínimo

Não é contra a corrupção, é pelo fim das políticas e seus programas sociais; é contra o PROUNI, FIES, Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Brasil sem Miséria, Luz para Todos, PRONATEC, ENEM, PAC, Mais Médicos.

Não é contra a corrupção, é contra a nova classe média, contra filho de empregada e cotista em Universidade, contra os mais de 35 milhões que saíram da miséria, contra pobre viajando de avião.

Não é contra a corrupção, é contra a criação de Universidades Públicas e Escolas Técnicas.

Não é contra a corrupção, é pela entrega da Petrobrás e do Pré-Sal ao capital estrangeiro.

Não é contra a corrupção, é pelo reengessamento do MPF e da PF.

Não é contra a corrupção, é contra o superior crescimento do norte-nordeste em face das demais regiões do país.

Não é contra a corrupção, é pela volta do país ao Mapa da Fome.

Não é contra a corrupção, é pela volta das domésticas sem direitos.

Não é contra a corrupção, é pela venda das estatais remanescentes.

Não é contra a corrupção, é contra o PT e aliados, Dilma e Lula.

Não é contra a corrupção, é pelo recrudescimento do fascismo.

Não é contra a corrupção, é contra a apuração de qualquer ilegalidade, ou prática criminosa, que não seja atribuível a um petista.

Não é contra a corrupção, é contra a regulação da mídia nos moldes da realizada pelos próprios EUA e Grã-Bretanha.

Não é contra a corrupção, a grande mídia atua com o único objetivo de apear Dilma do poder e impedir o retorno de Lula.

Não é contra a corrupção, é a favor dela e de todos os corruptos que permanecem impunes pela omissão do STF

Não é contra a corrupção, é a favor de Eduardo Cunha, Michel Temer, Aécio Neves, Marcos Feliciano, Jair Bolsonaro, Cássio Cunha Lima, Agripino Maia, Fernando Henrique Cardoso, Geraldo Alckmin, Beto Richa e de centenas de cabras de peia de mandato, eleitos por seus iguais.

Leia aqui todos os textos de André Falcão

Não é contra a corrupção, a Lava Jato foi criada para o fim desavergonhadamente escancarado de tentar alcançar Dilma e Lula.

Não é contra a corrupção, é contra o país.

Leia também:
Por que a elite brasileira é burra?
Protestos contra o impeachment acontecem por todo o Brasil

Não é contra a corrupção, é em defesa da corrupção.

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. sandro Postado em 10/May/2016 às 15:43

    Não é e nunca foi.

  2. pedro Postado em 12/May/2016 às 22:01

    Não é contra a currupção,é contra o propio Brasil que sera entregue de novo aos EUA, Inglaterrra e aliados, adeus pre-sal adeus Amazonia´adeus riquesas do País.

  3. Galvão Postado em 12/May/2016 às 22:21

    Claro que não é. A propósito Gilmar Mendes já mandou engavetar processo contra Aópio, e se tornou presidente do TSE (Lula que se cuide e nós estamos fodidos). As mídias já quase nem mais comentam sobre a Lava-Jato. Acabou-se a corrupção no Brasil. Os coxinhas estão rindo e batendo palmas e panelas nas varandas gourmet. O Brasil vai voltar a ser só das elites e os pobres vão continuar cada vez mais pobres e voltar ao lugar deles. O que me consola, é que os coxinhas vão sentir saudades do PT.