Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 14/May/2016 às 00:59
21
Comentários

Joaquim Barbosa afirma que impeachment de Dilma não tem legitimidade

Joaquim Barbosa critica a forma como foi realizado e conduzido o processo de afastamento de Dilma Rousseff e diz que Michel Temer não tem legitimidade para conduzir o Brasil. Ex-ministro do STF também ironizou o fato de o PSDB chegar agora ao poder por vias não-democráticas, já que 'não vencem eleições há 20 anos'

joaquim barbosa impeachment dilma temer
Ex-ministro Joaquim Barbosa diz que Temer não tem legitimidade para conduzir o Brasil

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa criticou nesta quinta-feira (12) a forma como foi realizado e conduzido o processo de afastamento de Dilma Rousseff (PT), porque excluiu a participação ou a consulta ao povo. “Não somos um bando de boçais que pode ser conduzido com essa sem-cerimônia”, afirmou, para o público que participava do VTEXDay, encontro do setor de comércio eletrônico, em São Paulo.

Para ele, o impeachment de Dilma é “destituído de legitimidade profunda”: “Não é assim que se governa um país. Isso precisa de nós, o povo”, destaca.

Barbosa afirmou que, com o tempo, as pessoas poderão pensar melhor sobre a “justeza” ou não do pedido, sobre a qual disse ter “dúvidas muito sinceras”. Ele disse que o processo lembra momentos de cunho autoritário ao longo da história brasileira, como a ditadura militar (1964-1985), quando o povo só assistiu.

Barbosa disse ser a favor da convocação de eleições diretas para presidente, mas ponderou que essa decisão é inconstitucional e certamente será barrada pelo STF. “Sou radicalmente favorável à convocação de novas eleições. Essa é a verdadeira solução, que acaba com essa anomalia [do impeachment]”, opinou. “Dar a palavra ao povo.”

Também fez críticas a Dilma: “Não digo que ela compactuou abertamente com segmentos corruptos em seu governo, em seu partido e em sua base de apoio, mas se omitiu, silenciou-se, foi ambígua e não soube se distanciar do ambiente deletério que a cercava, não soube exercer comando e acabou engolida por essa gente”, disse.

Mas não poupou o presidente interino, Temer: “É muito grave tirar a presidente do cargo e colocar em seu lugar alguém que é seu adversário oculto ou ostensivo, alguém que perdeu uma eleição presidencial ou alguém que sequer um dia teria o sonho de disputar uma eleição para presidente. Anotem: o Brasil terá de conviver por mais 2 anos com essa anomalia”, afirmou o ex-ministro, que também criticou o PSDB. “É um grupo que, em 2018, completará 20 anos sem ganhar uma eleição”.

Barbosa disse que se sentia obrigado a lançar provocações e reflexões para as pessoas, mesmo que podendo frustrá-las: “Meu pensamento não acompanha o pensamento da turba”. E lançou dúvidas sobre o nível de confiança do empresariado brasileiro e internacional, de modo a fazer novos investimentos. “Quem vai ter confiança e investir num país que destitui um presidente da República com tanta facilidade e afoiteza?”

O magistrado afirmou ainda que a Operação Lava Jato não acabará com a corrupção no país, porque isso é “irrealizável” e que o impeachment favorece grupos hoje acusados de corrupção que querem a retaguarda de outro governo para se proteger.

UOL e Agência Estado

Recomendados para você

Comentários

  1. João Paulo Postado em 14/May/2016 às 03:05

    Ora, Joaquim Barbosa, paremos de hipocrisia. Esse discurso fajuto e raso de que a Dilma ".. se omitiu, silenciou-se, foi ambígua e não soube se distanciar do ambiente deletério que a cercava ..." é a ladainha desses coxinhas filhos de umas putas (desculpem o linguajar, mas não tenho adjetivos melhores). Você bem sabe que o gilmar capacho mendes (vulgo "namordinho do Cúnha") é um criminoso público e notório (e você certamente tem mais informações sobre gilmar e seus capangas). Tal qual Dilma, você pouco conseguiu fazer, porque sabe que o STF, o Congresso e demais instituições estão muito longe de funcionarem apenas com virtudes e boa vontade.

    • Angela Postado em 14/May/2016 às 18:20

      Você falou absolutamente a verdade.Hipócrita mesmo! Não tinha o que falar de Dilma, isso sim!

    • Zulmira Postado em 15/May/2016 às 18:56

      Este palhaço foi comprado pela Dilma...um homem que de uma hora pra outra disse que estava sendo ameaçado e se aposentou...claro gente só burro não notou que o dinheiro nosso rolou pra conta bancaria dele...um mentiroso e retardado como toto o petista é...sem carater.

      • Galvão Postado em 18/May/2016 às 21:33

        É você tem razão, quem tem caráter é os que tomaram o poder na cara dura, e os juízes que não se venderam estão no STJ(só que trabalham a favor do PSDBosta e PMDBosta) e um tonto como você acredita até em coelhinho da pascoa e papai noel.ACORDA, VOCÊ E TODO O BRASIL ESTA SENDO MAIS ROUBADO DO QUE NUNCA.

    • Antonio Divino Postado em 06/Jun/2016 às 22:17

      Perfeita tese João Paulo: O que tem de mais salutar saído da boca do Barbosa, foi na ocasião em que ele disse a Gilmar mendes que ele seria a vergonha do judiciário. e que ele não andava as ruas, e que ele gostava de mídia. Isso tem tudo a ver. fora isso? não rezo na cartilha de bom moço dele hoje não.

  2. Sérgio Carneiro Postado em 14/May/2016 às 06:26

    O Joaquim Barbosa, assim como no julgamento do mensalão, esta fazendo apenas afirmações políticas e não jurídicas. O ex-ministro ainda afirma: Do ponto de vista puramente legal, está tudo certo, mas não é assim que se governa um país. Isso precisa de nós, o povo”. Se esta tudo legal, ou dentro da lei, então existe legitimidade.

  3. sandro Postado em 14/May/2016 às 06:57

    Os coxinhas sim,são um bando de Boçais.

    • Zulmira Postado em 15/May/2016 às 19:01

      Boçais são os retardados dos mortadelas..os que fingem-se de pobres mas vivem de caviar e deixa os coxinhas passarem por desemprego, sem hospitais, então os vagabundos da esquerda enriquecem os filhos e parentescos..colocando na politica para dirigir um pais grande como o Brasil...só analfabetos...por todos os lados...quem vende gáz da cuidar da educação...quem lava roupas numa lavanderia pra cuidar da divida externa...etc...só mulheres que nem cuidar da familia sabem...entram na politica pra colocar botox, e se reformar com plasticas..além de ficarem ricas roubando do povo...sem noção alguma..e os homens olhando apenas pro proprio umbigo...cheios de ambições e os outros que se lasque...é assim que fizeram o tempo todo no poder..agora que vão pros infernos...DILMA..e PT nunca mais

      • Cypher Postado em 16/May/2016 às 11:30

        Pq a crise é seletiva e só atinge os coxinhas!!! Faz sentido...

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 14/May/2016 às 08:10

    O que de mais relevante JB diz é no que tange a novas eleições. Eu pessoalmente nunca aceitei essa saída, mas hoje estamos numa lama tão desgraçada, numa fossa tão pútrida, que novas eleições de fato são a melhor solução. A única que devolve dignidade pra essa situação toda. No mais, o "Batman" deu várias rateadas e em certo momento quase culpou a Dilma pelo golpe que sofreu. "mimimi foi omissa, mimimi não se afastou, mimimi se calou"....porra...a ação ofensiva dos golpistas não conta? O golpe começar a ser urdido no dia seguinte ao fechamento das urnas não tem relevância? Isso é o equivalente golpista do """"ela foi estuprada porque estava de saia curtinha, não se comportou nem se deu respeito...ela está de vitimismo agora mas ela mereceu ser estuprada, ela pediu por isso"""".

  5. Phelipe Postado em 15/May/2016 às 00:16

    SER LEGAL, quer dizer que seguiu o rito da lei ( embora, neste caso, nem se tocou no mérito da questão) e SER LEGÍTIMO, quer dizer que passou pelo crivo do POVO, portanto são coisas competente diferentes! Uma coisa é ser legal, outra coisa é ter legitimidade. Legitimidade é dada pelo povo!

  6. S Rod Postado em 15/May/2016 às 08:49

    A Globo quer fazer Aecio o proximo presidente em 2018. A Globo vai deixar o Temer nu e ainda culpar Dilma. FHC ja iniciou a saida do governo. Joaquim Barbosa é o próximo pau mandado da Globo a pedir eleições já. Os bandidos do PMDB juntamente com os bandidos do PSDB vão com a ajuda da CIA adulterar os softwares que controla as urnas, já que a justiça está junto com os golpitas e obedecem a Globo. A Globo vai se juntar a campanha das diretas. A Globo manda no PGR, a Globo manda no Moro, a Globo manda no STF, a Globo e' o PSDB, a Globo vai eleger Aecio em 2018 e vai usar Marina para esta logistica e vai prender o Lula. So o povo pode parar este golpe. Aecio tem carta branca para "matar" e roubar. Vide o suicidio do policial que o denunciava. A Globo manda o PGR e STF investigar Aecio para no final o Aecio sair ileso e dizer, fui o politico mais investigado e nao acharam nada contra miim, é o que a Globo quer. A Globo e' o cancer do Brasil. A Globo e' o cancer do Brasil. A Globo e' o cancer do Brasil.

  7. GRAÇA VIEIRA Postado em 15/May/2016 às 14:05

    Chego até a sentir pena do Barbosão, foi usado pela mídia golpista e depois jogado fora. Imagino a sua frustração e revolta. Só isso justifica um pronunciamento desse.

    • Zulmira Postado em 15/May/2016 às 19:02

      Não foi usado amiga...foi comprado e muito bem pago...

  8. Rodrigo Postado em 15/May/2016 às 21:15

    (Outro Rodrigo) Bom, ao menos agora não veremos ditos "defensores da democracia", ditos "defensores da igualdade" agredir o ex-Ministro com termos pejorativos e de conotação racial. Em seguimento, o próprio e brilhante ex-Ministro reconhece a legalidade do processo, dizendo que ele preferia novas eleições (o que seria a pedida participação popular), mas reconhece que isso não é constitucional. Ou seja, ao final, o brilhante ex-Ministro, que até há pouco era desconstruído com até termos raciais, reconhece a legalidade do processo e reconhece que seu querer não encontra amparo constitucional.

    • Pedro Postado em 18/May/2016 às 06:46

      Você pode mostrar, com as palavras DELE, onde "o próprio e brilhante ex-Ministro reconhece a legalidade do processo"? Ele não falou isso. Vendo esse comentário seu, esta muito claro o que lhe interessa. Os impropérios racistas dirigidos contra o Joaquim Barbosa vinham de onde? Dos esgotos das sessões de comentários ou das reportagens? Você poderia responder isso de forma direta, sem textoes? A reportagem jamais tocou no assunto do racismo de mentes abjetas contra o ex-ministro, mas você quis trazê-la para ca. Deve ser porque esse racismo ocorria aqui, no esgoto dos comentários correto? E não, o Joaquim Barbosa não fez a afirmação que você atribuiu a ele. Você disse que ha dois fatos: A e B. E você disse que como o Joaquim Barbosa afirmou que B é falso, então A é verdadeiro. Isso não faz o menor sentido, ele criticou o fato A também, e você decidiu atribuir a ele a declaração de que A é verdadeiro. Complicado fazer isso...para quem fala de consciência.

      • Rodrigo Postado em 18/May/2016 às 10:42

        (Outro Rodrigo) Olá, Pedro. Bom dia. Está animado, hein? Pedro, mostre-me a norma que me proíbe citar um comportamento prévio e então recorrente contra uma pessoa, por favor. Você se insurge com os parâmetros que apresento, então te peço esse favor, ok? E, se a carapuça não te serve, não a use. Simples assim. Ah, em seguimento, pare de distorcer ou, se não for o caso (espero não ser, confiando em sua boa índole), tenha mais atenção ao ler. Não falei que ele construiu um silogismo em momento algum, como se uma premissa dependesse ou justificasse a outra, mas sim tratei de modo independente de cada comentário dele. Tenha mais cuidado em sua leitura e interpretação. Disse, sim, que ele reconhece a legalidade do processo e, disse, sim, que ele ao fim reconhece que seu desejo de eleições novas não encontra amparo constitucional. Seu raciocínio, pois, mostra-se completamente falso, distante da realidade expressamente posta pelo interlocutor. Mais cuidado com sua leitura e consciência, prezado (neste último caso na hipótese, que quero crer remota, de ser uma conduta deliberada sua).

    • Pedro Postado em 18/May/2016 às 12:33

      Nao é caso de eu ter mais cuidado na minha leitura e interpretação: eu não errei em nada. Eh caso de você ter mais cuidado na sua redação. "Ou seja, ao final, o brilhante ex-Ministro, que até há pouco era desconstruído com até termos raciais, reconhece a legalidade do processo e reconhece que seu querer não encontra amparo constitucional." Você afirmou que o ex-ministro reconheceu a legalidade do processo: em momento algum ele disse isso: você induziu essa conclusão. Eh obrigação sua mostrar onde Joaquim Barbosa teceu essa afirmação. A sua falta de respeito condescendente aos leitores desse portal, aliadas a sua polidez superficial não fortalecem seus argumentos. Seu exercício de desconstruçao da critica que eu fiz ao seu comentário é falso: você distorceu as palavras do Joaquim Barbosa e praticou um silogismo raso. Claro que o Joaquim Barbosa não praticou esse silogismo, que o fez foi você, nas suas palavras. E como sempre, quando questionado, você se explicou de forma tautológica e tentou atribuir o erro a mim: quem conectou pontos desconectados foi você, não eu. Não tenho obrigação nenhuma de lhe apresentar qualquer norma. Quem vem insistindo em atacar um adversário sem nome, usando uma tática tao pobre é você. Sua tática é atribuir a um "opositor sem nome" vícios que em outras ocasiões ele condena. A opção de manter-se na "ofensiva-defensiva" e jamais declarar a quem você se refere, é sua: imagino que sejam picuinhas antigas de comentaristas com mais quilometragem aqui no PP. Mas na reportagem sobre a Professora Janaina, eu lhe expliquei porque esse tipo de atitude sua merece resposta (como mereceu no caso da religião e ciência, quando você demonstrou completa ignorância do assunto). Trata-se do seu autoritarismo e condescendência academicista que aliena e desrespeita a todos que frequentam esse espaço. Quem precisa ajustar "o tom" é você, para conseguir conversar corretamente com as pessoas aqui.

      • Rodrigo Postado em 18/May/2016 às 22:49

        (Outro Rodrigo) Prezado, reconheça logo que você se equivocou ao enxergar a menção a um alegado silogismo aonde ela não havia. Não é o primeiro equívoco teu quanto a uma fala minha ("defesa passional" de religião e demais por mim apontadas em momento anterior. E agora entendi seu equívoco... É que aqui não foi transcrita a fala dele na íntegra, prezado, então seu erro é honesto. Disse ele no original (not[icia no UOL): "Do ponto de vista puramente legal, está tudo certo [...]" ,bem como há no original que "Barbosa disse ser a favor da convocação de eleições diretas para presidente, mas ponderou que essa decisão é inconstitucional e certamente será barrada pelo STF." Então é um erro honesto seu, por falta de contato com o inteiro teor da matéria. E, como sempre digo, faça como melhor te aprouver. Você é livre e, novamente, conhecer o inteiro teor ajuda a ajustar o tom e evitar erros, sejam honestos ou não.

  9. Denisbaldo Postado em 16/May/2016 às 10:54

    Esse aí também não sabe se casa ou compra uma bicicleta.

  10. Ubiratan Rosa Passos Postado em 08/Jun/2016 às 21:45

    SE O SR. TEM CERTEZA DISSO, MANIFESTE-SE E ENTRE COM UM RECURSO PARA ABORTAR ESSE GOLPE, APROVEITANDO O SEU INVEJÁVEL CONHECIMENTO JURÍDICO. TALVEZ OS "MINISTROS" DO STF O OUÇAM E DEEM UM FIM NESSA BARBÁRIE. #FicaaDica