Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 28/Apr/2016 às 10:13
2
Comentários

Paulo Coelho se manifesta contra o golpe no Brasil e critica Bolsonaro

Pela primeira vez desde o agravamento da crise política, Paulo Coelho se manifesta contra o golpe em curso no Brasil, critica Michel Temer e faz alerta ao mundo. Escritor também rechaçou Bolsonaro por defender um torturador

paulo coelho golpe impeachment brasil

O escritor Paulo Coelho aderiu à campanha #SOSCoupInBrazil (SOS Golpe no Brasil) criada por internautas brasileiros para denunciar o rompimento democrático verificado no Brasil a partir do início do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Aos seus 11 milhões de seguidores no Twitter, Coelho escreveu diversos posts criticando o processo contra a petista e chegou a usar a hashtag em inglês #StopCoupInBrazil, que significa “pare o golpe no Brasil”.

“Aos meus amigos aqui: vocês notaram os vários tweets políticos dos últimos dias. Tenho certeza que fariam o mesmo pelo país de vocês”, publicou o escritor.

Em outra manifestação, Paulo Coelho retuitou um post que critica o discurso de Jair Bolsonaro durante a votação para a abertura do processo de impedimento. Na ocasião, o deputado do PSC fez uma homenagem a Carlos Alberto Brilhante Ustra, um dos mais cruéis torturadores da ditadura militar e condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Na última semana, Coelho fez algumas “previsões” sobre o futuro cenário político do país. Para o escritor, o impeachment vai prosperar, as manifestações tomarão conta do país e a economia vai piorar. No final do prognóstico, diz que Lula voltará ao poder em 2018 e o PT governará o país por mais oito anos.

“O povo, que nada tem de bobo, se dá conta que trocou seis por meia-dúzia; Temer entra em desespero – sorridente e com pose de estadista, mas desesperado. Diz que o país está à beira do caos; Aécio também entra em desespero. Seu filme já está queimado, como mostram as pesquisas recentes; o que acontece depois é a reeleição de Lula, e mais 8 anos de Partido Trabalhista”, escreveu.

Paulo Coelho é o escritor brasileiro mais conhecido no exterior, tendo vendido milhares de livros em todo o mundo, e está há 400 semanas na lista dos mais vendidos do jornal norte-americano The New York Times.

As obras mais conhecidas e vendidas do autor são: O Alquimista, que ja´foi tarduzida para mais de 67 línguas; O monte cinco; A bruxa de Portobello, Aleph, Onze minutos; O Zahir; Verônica decide morrer e Brida.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. sandro Postado em 28/Apr/2016 às 18:24

    3,2,1 comunista,petralha maldito,lei Rouanet,vai pra cuba,decadente,te pego no restaurante ou no aeroporto.....

  2. Carlos Prado Postado em 29/Apr/2016 às 13:41

    https://www.facebook.com/nelson.ascher/posts/10209198477541074?pnref=story