Redação Pragmatismo
Compartilhar
Democratização Comunicação 12/Apr/2016 às 09:47
4
Comentários

Barbara Gancia revela por que foi demitida da Band News

Eduardo Cunha foi pivô da demissão de Barbara Gancia. Em ato pela democracia, a jornalista contou os bastidores dos motivos que levaram a Band News a mandá-la embora

Barbara Gancia demitida Band News
A jornalista Barbara Gancia (Reprodução/TV Folha)

“Fui demitida da Band porque me recusei a pegar leve com Eduardo Cunha”.

A frase acima é a da jornalista Barbara Gancia e foi dita durante o ato em defesa da democracia e contra o golpe realizado no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo.

“Um belo dia recebo uma orientação: você não pode falar do Eduardo Cunha porque ele é primo do Johnny Saad (dono da emissora). Como assim? Eu sou comentarista, jamais podia aceitar uma coisa dessas”, desabafou Barbara, que também é colaboradora da Folha e apresentadora no canal GNT.

Em resposta aos comentários da jornalista, a Band informou que Barbara Gancia foi demitida por contenção de despesa.

Em sua coluna no DCM, o jornalista Paulo Nogueira comentou a demissão de Barbara Gancia. Confira trechos:

Evidentemente a posição política de Barbara Gancia é indigesta para o conservadorismo da Band.

Digamos assim: ela foi demitida 4/5 por ser progressista e 1/5 porque a Band enfrenta uma crise provavelmente terminal por conta da ascensão da internet.

Jornalistas como Barbara são exatamente o que as grandes empresas de jornalismo não querem. Já faz anos que o requisito principal para você fazer carreira na Globo, Abril, Folha, Band etc é bater, bater e bater em Lula, em Dilma e no PT.

Repare nos jornalistas que estão nas colunas de jornal, nas rádios, nas tevês e mesmo nos sites das grandes corporações de mídia. Todos têm o mesmo perfil patronal.

Barbara Gancia foi um caso raro de alguém que em vez de aderir à louca cavalgada contra o PT permaneceu independente. Ela pareceu, em algum momento, ter ficado incomodada com a perseguição ao PT mesmo sem jamais ter sido petista.

Isto provavelmente foi determinante para que a Folha suprimisse sua coluna, uma das de maior sucesso do jornal. A Folha já se tornara mais interessada em Kim Kataguiri do que em pessoas como Barbara Gancia. O mesmo quadro se repete agora na Band.

Não foi Barbara que envelheceu ou piorou. Na verdade ela melhorou. Amadureceu politicamente. Como que despertou para a verdade doída de que os donos da imprensa têm enorme responsabilidade na construção e manutenção de um país tão desigual e injusto como este que temos.

 

Bárbara Gancia:

Bárbara Gancia rasgando o verbo e se expondo como nunca, até mesmo porque o momento que estamos vivendo é único.

Publicado por Izabel Dias Machado em Sexta, 8 de abril de 2016


Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Lopes Postado em 12/Apr/2016 às 10:19

    Dizem que Eduardo Cunha teve participação na morte de PC Farias!

  2. Debora Postado em 12/Apr/2016 às 12:11

    A diferença é que o Boechat tras rios e rios de dinheiro pra Band. Se for fazer uma comparação ele é uma espécie de Bonner (bem melhorado e menos tendencioso) da Band. Como se demite uma personalidade dessas sem causar fuzuê? É difícil, viu. Como a Barbara era menos importante, rodou. E isso é uma pena.

  3. felipe Postado em 12/Apr/2016 às 12:31

    Pois é..... escuto ele todo dia e não tem um dia q ele não fale mau dele..... hoje em dia tem desculpa política pra tudo....

  4. Rejane Siqueira Postado em 24/Jun/2016 às 13:45

    Band News maior decepção. Só transmite as mesmas matérias que a Globo e ainda tem comentários tendenciosos dos apresentadores. Fora Band