Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 13/Apr/2016 às 11:38
24
Comentários

Bangue bangue de Flávio Bolsonaro tem cheiro de propaganda pró-armamento

História do 'bangue-bangue' do filho de Bolsonaro é mal contada e tem cheiro de propaganda em defesa do armamento e da indústria armamentista. Desnecessário dizer que o parlamentar é ferrenho defensor dessa matéria, assim como seu pai e seu irmão

flávio bolsonaro tiro rio de janeiro armamento campanha
Flávio Bolsonaro, deputado estadual PSC/RJ (Imagem: Pragmatismo Político)

Mauro Donato, DCM

Avenida das Américas, Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, onze da manhã. O semáforo fica vermelho e dois assaltantes abordam um veículo. No carro de trás está Flávio Bolsonaro, deputado estadual pelo PSC. O filho do deputado federal Jair Bolsonaro sacou então seu revólver e disparou vários tiros, protegendo o pobre cidadão indefeso.

Segundo declarou na 16ª DP, um dos meliantes foi ferido mas ambos conseguiram empreender fuga. O carro do deputado apresentava perfurações a bala.

Ao sair da delegacia, Bolsonaro filho, representante da comissão parlamentar que investiga a morte de policiais, aproveitou para citar as dificuldades vividas pela polícia e a falta de estrutura e disse ter agido em ‘legítima defesa de terceiros’.

A história ainda precisa de mais esclarecimentos. Uma outra versão dos fatos dá conta de que o carro da frente na verdade era da comitiva do deputado e levava seus seguranças. É também no mínimo estranho que haja ao menos quatro tiros no parabrisa do carro do deputado, no lado do carona, exatamente onde ele estava, e que nada tenha sofrido.

Também para isso há uma versão de que os tiros que furaram o vidro foram disparados de dentro do próprio carro (quem, pelamor, faz uma coisa dessas??).

Independentemente dos detalhes, a verdade é que Flávio Bolsonaro, embora possua porte de arma, não é policial, não está escalado para ser justiceiro da Barra da Tijuca, nem do Rio de Janeiro, nem de lugar algum. Ao que tudo indica, uma sorte gigantesca fez com que não houvesse inocentes feridos ou mesmo vítimas fatais.

Ou não foi sorte?

O ocorrido tem cheiro de propaganda em defesa do armamento da população. Desnecessário dizer que o parlamentar é ferrenho defensor dessa matéria, assim como seu pai e seu irmão, que lutam pela revogação do Estatuto do Desarmamento.

Seu irmão Eduardo, aliás, já compareceu em uma das primeiras manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff em plena avenida Paulista com uma arma na cintura e fez questão de deixá-la à mostra.

O novo Estatuto de Controle de Armas proposto pelos amigos dos Bolsonaro reduz a idade mínima para se obter porte de armas para 21 anos (era 25), diminui a restrição ao acesso para pessoas que respondem a inquérito policial ou a processo criminal e autoriza algumas categorias profissionais como taxistas e caminhoneiros a levar armas em seus veículos sem nem precisar de porte, entre outras aberrações.

O faroeste tem seu porquê. A indústria armamentista fez doações para campanhas nas eleições de 2014. A Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) e a Taurus ‘investiram’ um total de R$ 1,91 milhão (dados do TSE) e todos os candidatos à Câmara dos Deputados financiados por essas empresas foram eleitos.

Então agora Flávio Bolsonaro dá sua demonstração do que um homem de bem pode fazer com um revólver na cintura. Irá erradicar a criminalidade, mandará os assaltantes para o céu – sem escalas – e libertará Gotham City.

Assim como o pai e o irmão, Flávio Bolsonaro afirma que não existiu ditadura no Brasil, é a favor da pena de morte e da redução da maioridade penal e se opõe ao que chama de “exploração midiática da aplicação de direitos humanos para o benefício do crime e dos criminosos”.

Leia também:
Os 21 deputados financiados pela indústria de armas
Desarmamento e armas de fogo: mitos e verdades
Patrimônio de Jair Bolsonaro tem evolução que chama a atenção

Se tivesse acertado alguém na rua, Bolsonaro sairia pela porta da frente da delegacia do mesmo jeito. O que mais podemos esperar?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Carlos Postado em 13/Apr/2016 às 13:18

    Este sim um exemplo de parlamentar! E que seja revogado o Estatuto do Desarmamento, uma das piores leis já criadas. Meu total apoio à família Bolsonaro

    • gustavo0 Postado em 13/Apr/2016 às 13:53

      Realmente a revogação do estatuto do desarmamento só trará benefícios, veja o exemplo de nossos caminhoneiros; Falta trabalho, e quando aparece a remuneração é horrível, a condição das estradas é geralmente péssima e a maioria dos trechos é a famosa "terra de ninguém", veja bem, eles estão se drogando pra valer; cocaína, anfetaminas, crack e álcool. Comem mau, dormem mau e oque nós oferecemos? Armas! É isso, os taxistas estão inflamados, há uma série de conflitos acontecendo pelas cidades, muitos protestos, muitos embates, emboscadas. Oque nós oferecemos? Armas! Armas realmente são a solução. E digo mais, as armas são tão eficientes contra o crime que o certo seria extinguir a policia e dar uma arma para cada cidadão e eles que se virem.

    • all borgs Postado em 13/Apr/2016 às 14:23

      "Meu total apoio" é sinônimo de vassalagem. Se comporte, cidadão!

      • Luis Postado em 13/Apr/2016 às 16:42

        lembrando que o povo brasileiro não aceitou o "desarmamento", houve referendo e o referendo não passou. Contrariando a vontade do povo, e como queria a rede globo, foi aprovado um estatuto pra desarmar a população

    • Marcelo Postado em 13/Apr/2016 às 21:04

      Apoia o irmão funcionário fantasma do Jairzão kkkkkk

  2. gustavo0 Postado em 13/Apr/2016 às 13:42

    Tem cheiro de farsa, armação e trapaça. A versão apresentada por nosso pequeno Clint Eastwood é tão inverossímil quanto sua vocação para herói. Oque se passou foi uma tentativa por parte do deputado de transformar sua fantasia de justiceiro em propaganda pró armamentismo. Flávio Bolsonaro foi leviano e inconsequente, jamais deveria ter disparado sua arma, sequer podia estar portando aquela arma.

  3. Lann Postado em 13/Apr/2016 às 13:49

    Bolsonaro.... é só mais um homem branco de classe média, meio machista meio higienista. Não confio. Mas tenho que concordar com ele nesse ponto, já passou da hora de aprovar a pena de morte, a redução da maioridade penal e revogar o estatudo do desarmamento. Estamos numa guerra onde só os bandidos tem vantagem.

  4. poliana Postado em 13/Apr/2016 às 14:01

    certeza! assim q li a chamada da notícia na net, já sabia q era tudo armação. só um tonto pra cair nessa história!

  5. poliana Postado em 13/Apr/2016 às 14:05

    é sério, naro??!! sério mesmo??? inacreditável!!!!!!!!

    • wallace Postado em 14/Apr/2016 às 00:40

      o dono pp recebe o pixuleco

  6. sandro Postado em 13/Apr/2016 às 14:17

    Suspeitei desde o princípio,esse bolso,fala dos vagabundos do bolsa família,mas a família dele é tudo político mamando na teta,ainda tem o irmão fantasma.

  7. gustavo0 Postado em 13/Apr/2016 às 14:18

    Obs: Escrevi acima mau invés de mal, me perdoe pela burrice

  8. Ramone Postado em 13/Apr/2016 às 14:31

    A foto acima é a do carro alvejado supostamente por marginais? Não sou perito nem nada, mas, pelos buracos de bala, está bastante claro que as balas saíram de dentro do carro.

  9. Renan Postado em 13/Apr/2016 às 15:01

    putz...matéria infeliz! Acham que o mundo conspira contra a esquerda

  10. felipe Postado em 13/Apr/2016 às 15:24

    A matéria especula algo que não pode provar, é confusa em tentar falar mau do porte de armas e sinceramente qq cidadão de bem (q pode não ser o caso) iria querer ajudar outra pessoa em situação de risco se tivesse a oportunidade.

    • Thiago Teixeira Postado em 13/Apr/2016 às 19:21

      O JN faz isso com o governo federal todos os dias diante de milhões de pessoas. Vá no G1 reclamar também pois está braba a situação daquele jornalismo.

      • felipe Postado em 14/Apr/2016 às 08:55

        Jura???? e vc reclama só do G1??? bela coerência a sua não? aos meus amigos bandidos o paraíso, aos inimigos bandidos minha indignação.

  11. Denisbaldo Postado em 13/Apr/2016 às 16:22

    que legal, vão transformar o país em um verdadeiro campo de batalha. parabéns coxinhada, vocês estão conseguindo, depois não reclamem.

  12. Alan Kevedo Postado em 13/Apr/2016 às 18:53

    SÓ ACREDITARIA, SE TIVESSE A ORELHA DO BANDIDO. É UMA QUESTÃO DE OPINIÃO.

  13. Thiago Teixeira Postado em 13/Apr/2016 às 19:19

    Aprendemos com a Globo.

  14. beto Postado em 14/Apr/2016 às 01:03

    se tiver procedência se trata de algo muito sério! Se não tiver, também! Acredito ser um pouco delicado o PP abordar o acontecimento desta forma. Mas se estão seguros de suas "teorias" que, sigam adiante demandando e buscando a verdade, sua credibilidade que está em risco

  15. Carlos Postado em 14/Apr/2016 às 09:35

    Brasil está em guerra civil, bandido matam mais de 80000 pessoas por ano, centenas de pessoas e policiais por mês em todas as cidades, a esquerda trata esses assassinos reincidentes como coitadinhos, enquanto não tiver pena de morte, aumento das penas para homicídio, fim das beneficies para criminosos nada vai mudar.

  16. enganado Postado em 14/Apr/2016 às 15:18

    Os BOÇALNARO´S podem tudo: 1_) Estão na Lista de Furnas; __2_) São agentes do exército para dar o golpe nas eleições; __3_) Apadrinhados de um juiz/judiciário/serviços secretos: MORO, que até hoje não quis saber da Lista de Furnas; __3_) Não estão nos 7P´s, então para ele não há LEI que o impeça de fazer qq coisa. Me desmintam! Só os militares!; __3_) São a favor do Golpe contra a Presidente eleita pelo voto; __4_) Apadrinhados pela rede gRoubo, paro aqui porque a rede gRoubo é a pseuda-dona do BRAZIL, qdo na verdade é a AIPAC; ... isto aqui, BRASIL, foi transformado da Casa da Mãe Joana, para o Cú da Mãe Joana. Se o Golpe passar, temos um novo slogan governamental, ___"""BRAZIL PÁTRIA DE LADRÔES"""___, como gostaria de ver o gen. Mourão se perfilar para o CÚnha/AÓPIO/TEMER/ALOYSIO/ALCKMIN/SAMPAIO/CUNHA LIMA/ .. e colocar medalhas militares nos peitos destes BRASILEIRÍSSIMOS ((isto o LULA e DILMA na cadeia e/ou já devidamente FUZILADOS)) . Omissão dá nisto! Seus covardes! Pelo menos leiam o artigo 142 da PROStituição do BRAZIL qual Vcs FINGEM que obedecem. Em que mundo um presidente ser demitido por HONESTO? Só mesmo num exército o qual Vcs servem. VERGONHA, mas não há de ser nada, vão para a HISTÓRIA como coniventes com Apátridas!

  17. Luiz H Postado em 14/Apr/2016 às 21:02

    Não tenho qq simpatia pelo clã Bolsonaro, muito ao contrário. Mas a matéria foi escrita por quem não conhece de tiro defensivo. Muitas escolas tem preparado o atirador para atirar de dentro do carro. E até um procedimento comum em caso de ameaça à vida. Simplesmente não dá tempo de abrir a porta e sair do carro.