Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 02/Mar/2016 às 10:47
27
Comentários

Internauta que xingou nordestinos após eleições de 2014 é denunciado pelo MPF

Ministério Público Federal denuncia internauta que incitou o ódio contra nordestinos, nortistas e cariocas após o resultado do segundo turno da eleição presidencial de 2014, que sacramentou a vitória de Dilma Rousseff

preconceito nordestinos eleição dilma
Não foi só Edson Bueno de Toledo que disseminou ódio contra nordestinos nas redes sociais no período eleitoral (Pragmatismo Político)

O Ministério Público Federal em Taubaté, no interior de São Paulo, denunciou Edson Bueno de Toledo por incitar a discriminação contra habitantes das regiões Norte e Nordeste do Brasil e da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Procuradoria, em outubro de 2014, após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, o internauta publicou em seu perfil do Facebook duas manifestações ”carregadas de preconceito racial e quanto à procedência nacional”.

“Parabéns especial para o povo nordestino, nortistas e para os cariocas também!!!! Na hora de pedir comida, teto, saúde e o caramba a quatro, veem para SP pedir nossa ajuda. Meus parabéns povinho de merda!!!!” (sic), afirmou Edson de Toledo em uma das postagens.

Para o MPF, o internauta, ”mediante o emprego de termos pejorativos, qualificou os nordestinos, nortistas e cariocas como hipossuficientes perante os paulistas, além de lhes atribuir a responsabilidade pelas mazelas que assolam o País”. Pelo crime, previsto no art. 20, § 2º, da Lei 7.716/89, Edson de Toledo pode ser punido com até cinco anos de prisão, além de multa.

Segundo a denúncia, a mensagem é carregada de preconceito e discriminação, “na medida em que claramente marginaliza e inferioriza determinados grupos com base em estereótipos ligados à raça e à procedência nacional”.

Além disso, a mensagem recebeu ao menos 35 “curtidas” e um compartilhamento, o que demonstra a efetiva disseminação de seu conteúdo a um número incalculável de usuários da rede social. Horas depois, Edson de Toledo ainda publicou uma segunda manifestação, contendo as mesmas ideias.

O texto dizia: “Não tenho dúvida alguma, por esse motivo sou a favor da criação do imposto sobre jegue e o burro. Imaginem a receita que teríamos principalmente no norte e nordeste do Brasil!!!!” (sic).

Em depoimento, o denunciado assumiu a autoria das postagens, alegando que foram motivadas pelo grande número de votos que a presidente reeleita recebeu nas regiões Norte e Nordeste, bem como no Estado do Rio de Janeiro.

Segundo ele, tudo não passou de um desabafo, sem a intenção de depreciar os cidadãos destas localidades, pois não teria nenhum tipo de preconceito contra tais habitantes, possuindo, inclusive, amigos, familiares e esposa do Estado da Bahia.

A denúncia da Procuradoria ressalta que, apesar do alegado contexto eleitoral das publicações, o teor das mensagens em nada se relaciona ao legítimo debate político e à livre manifestação do pensamento, direito fundamental protegido pelo art. 5º da Constituição.

“Neste caso, o contexto político aparece nitidamente em segundo plano, tendo servido apenas como um gancho do qual se valeu o denunciado para externar ideias preconceituosas e discriminatórias previamente arraigadas em seu foro íntimo”, destaca o documento protocolado na Justiça Federal.

Agência Estado

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Ribeiro Postado em 02/Mar/2016 às 11:59

    Eis um paulista típico. Paulista padrão que externou sem medo em rede social o preconceito feroz que a COLETIVIDADE paulista nutre contra nordestino (aqui chamados de "baianos"). No boca a boca, numa conversa de boteco, mesa de barzinho, reunião de amigos, almoço de domingo, qualquer coisa do tipo no dia a dia, isso aí é PADRÃO. """""Baiano é tudo burro e vagabundo, e elege Dilma porque quer se encostar no BF...bater uma laje ou carpir um lote ninguem quer""""". Paulista odeia, despreza e discrimina nordestino a torto e a direito. E se puder jogar a culpa dos problemas brasileiros - e de tudo que é ruim - no nordestino ("baiano"), ele o fará sem nenhuma cerimônia.

    • Maximilen Postado em 02/Mar/2016 às 15:59

      Amigão na boa... você ta viajando. Ta generalizando o paulista assim como os ignorantes aqui de São Paulo descriminam o nordestino. Só uma dica pra você! Não se combate a ignorância com mais ignorância. Saiba que São Paulo é grande demais temos todos os tipos de pessoas e de pensamentos. Ao contrario do que você possa imaginar, aqui se pensa! Nossa esquerda é forte e engajada no combate aos imbecis e a sua imbecilidade.

    • FLAVIO Postado em 02/Mar/2016 às 17:50

      Está agindo de mesma forma ao generalizar o paulista. O paulista típico? Essa polarização é que leva ao preconceito. Este comentário não é diferente daquele que levou à denúncia do MP.

    • Anárquico..SP Postado em 03/Mar/2016 às 08:18

      Novamente as generalizações.......gostaria que alguém me mostrasse um estado da região sul-sudeste onde esse tipo de preconceito idiota não exista! O senhor Eduardo se esquece, por sua vez, de qualificar como " paulistas típicos" os jovens do Movimento Passe Livre, os estudantes secundaristas que, bravamente, encararam um governador. No mais, peço que " Pragmatismo Político" publique meu comentário, pois o último, onde o mesmo senhor generaliza todo um estado, nem sequer foi divulgado.

    • Luis Fernando Postado em 03/Mar/2016 às 10:42

      Eduardo, me desculpe mas esse escroque não é o paulista típico ou o paulista padrão, e tenho a certeza que ele não representa a maioria, que acredito não pensa da mesma forma que esse sujeito. Da mesma forma que ele generalizou o povo do norte/nordeste, você está generalizando o povo paulista, que como disse acima, não pensa da mesma forma. Antes de sermos paulistas, cariocas mineiro, nordestinos, etc, somos acima de tudo brasileiros

    • ALFREDO DE VITA Postado em 03/Mar/2016 às 11:11

      Eduardo Ribeiro, Sou brasileiro, paulistano, vila mariense e corintiano, tenho 80 anos e vc não tem o direito de dizer que todo paulista tem preconceito com os nordestinos. São Paulo é estado que acolhe todos migrantes e emigrantes.Não julgue uns pelos demais.

    • Anárquico..SP Postado em 03/Mar/2016 às 12:34

      Impressionante como vocês não publicam meus comentários. Mas outros, claramente xenófobos, são postos ao ar..Uma pena. Bela democracia.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 03/Mar/2016 às 15:02

      Quantos paulistas incomodados...

    • Eduardo Ribeiro Postado em 03/Mar/2016 às 15:27

      Quanto mimimi porque generalizei. É pra generalizar mesmo. Se estou falando da COLETIVIDADE e não da individualidade, se estou falando de um traço CULTURAL de SP, vocês queriam que eu me apegasse a exceções? Porra....eu quero saber é do PADRÃO, quero falar da COLETIVIDADE, não do individuo. """"ainnn eu não penso assim""""....parabens, e foda-se. Você está inserido numa cultura que pensa e pronto, e que produz "paulistas padrões" como esse coitado da matéria, e produz aos borbotões, aos milhões. Vamos pegar um exemplo, coisa pequena, só pra começar. Gostaria que vocês dissessem a todos qual é o primeiro sinônimo de "burrada" que ABSOLUTAMENTE TODO paulista aprende rapidamente, desde criança. É uma palavra, amplamente difundida aqui. Escrevam ela aí, por gentileza. Se responderem com sinceridade, estarão começando a me dar razão, mesmo sendo vocês honrosas e irrelevantes exceções.

  2. Ruy L Mendes Postado em 02/Mar/2016 às 12:23

    Que penalidade vai receber o Diogo Mainardi pelo mesmo delito ?

  3. Antonio Divino Postado em 02/Mar/2016 às 12:33

    Cara, prender esse inútil, não resolverá a discriminação que existe, principalmente desta cidade do Brasil, Não é só na cidade dele, e sim, quase todo sul sudeste. faltaria cadeia...Outra, analisando com profundidade essa descriminação parte de muitos políticos também. Não condenaria esse pobre demente!

    • Jaogusto Postado em 02/Mar/2016 às 13:52

      Leva pra casa... (É o que o Sherazade diria)

    • Peterson Postado em 02/Mar/2016 às 14:23

      Indo pela sua lógica utilitarista: não prendê-lo tampouco resolveria a discriminação. A questão é que você não discutiu o mérito da lei, mas sem essa discussão não se chega a lugar nenhum. E, retornando à perspectiva utilitarista, não se reclama o tempo todo de impunidade no país? Pois não prendê-lo seria mandar mais um sinal de que ela existe e é forte.

    • Douglas Postado em 02/Mar/2016 às 15:56

      Não resolverá, mas não significa que quem propaga esse tipo de ideia não deve ser punido, e talvez sirva como exemplo. Mas acho perigoso esse comentário acusando todo o sul e sudeste, afinal você acaba caindo no mesmo ponto de vista discriminatório em que o sujeito em questão, embora seja fato que você foi bem mais polido ao dizer isso. Sou do sul e contra qualquer tipo de discriminação, principalmente as geradas por um preconceito bobo e sem fundamento, seja racial, regional, social ou de gênero.

    • Ilson R. Napoleão Postado em 03/Mar/2016 às 00:59

      Não. Mas pelo menos o exemplo é didático, outros sabendo da punição não se sentirão a vontade para disciminaração o preconceito, o racismo e a intolerância como rastilho de polvora. A punição é a primeira medida para se educar os maus hábitos da sociedade, depois verm a vergonha pois esses indivíduos serão expostos ao escárnio de quem não compactua com esses crimes (delitos).

  4. Bruno Barros Postado em 02/Mar/2016 às 12:35

    Vamos supor que pudéssemos mesmo cobrar(não sei de onde ele tirou essa piada) impostos sobre esses nobres animais. Até pagariamos mais impostos sobre jegues, burros e asnos, diga-se de passagem, mais importante para nós do que você. Na condição de que reverteriamos esse tributo em escolas que possam educar " cidadãos" como você, se não houvesse jeito, reverteriamos para um sistema judiciário mais eficiente que mantivesse você e essas outras 35 pessoas presas.

  5. Thybas Postado em 02/Mar/2016 às 13:04

    Amigo, não se combate preconceito com mais preconceito. Reflita!

    • poliana Postado em 03/Mar/2016 às 13:21

      nooossaaa...q profundo...que hipócrita!!!!!!!!

  6. Phelipe Postado em 02/Mar/2016 às 14:52

    Não entendo quando um Paulista rebaixa um Nordestino por não saber votar....Ora, vindo de um estado que elege com o maior número de votos da história um palhaço (no sentindo real da palavra, pois esta era a profissão do Tiririca) não há o que argumentar. Tiririca é cearense, mas na hora de se candidatar o fez pelo estado de SP......Não sei onde estão, realmente, os que não sabem votar!!

    • poliana Postado em 02/Mar/2016 às 17:51

      esqueceu do maluf? do feliciano? dos carinhas do klb? do agnaldo timóteo? vish, a lista é longaaaaaaaa!!

    • Leonardo Postado em 02/Mar/2016 às 22:35

      Quem elegeu o tiririca foram os nordestinos q moram em SP.

      • poliana Postado em 03/Mar/2016 às 13:17

        tome vergonha na sua cara, seu merda!!!! quer dizer q dos mais de 1 milhão de votos q o tirirca teve em sp, foram todos dados por nordestinos q moram em sp??? e o maluf, foi o nordestino q elegeu tb?? e o feliciano???? seu descaro me enoja!!!!

      • Thiago Teixeira Postado em 03/Mar/2016 às 17:27

        E quem elegeu Alckmin?

  7. Bruno Barros Postado em 03/Mar/2016 às 06:13

    Tu deve fazer parte dos 35 imbecis que curtiu tais besteiras, iclusive o "nois" da super politizada lá de cima. Aliás, a Interpol e justiça francesa mandaram lembraça para o Maluf e seu respectivo eleitorado paulista.

  8. Phelipe Postado em 03/Mar/2016 às 10:05

    Mal do paulista é esse, quando faz a cagada joga a culpa nos outros... "Quem votou no tiririca foram os nordestinos que moram em SP"....tu tens o RG de todos que votaram no tiririca???

  9. poliana Postado em 03/Mar/2016 às 13:18

    seu sulista de merda!!!

  10. Thiago Teixeira Postado em 03/Mar/2016 às 17:25

    Paulista (93,89% deles) = Poser.