Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 30/Mar/2016 às 17:04
6
Comentários

Deputados têm notebooks trocados a um custo total de R$ 2 milhões

Câmara gasta R$ 2 mi com troca de notebooks de deputados. Responsável pelas aquisições, Beto Mansur (PRB-SP) diz que substituição de equipamentos faz parte do processo de modernização da Casa e que foi “bom negócio” comprar cada uma das 560 unidades por R$ 3.533,82

Câmara dos deputados notebooks gastos
Plenário da Câmara dos Deputados. Estrutura total da casa custa R$ 5 bilhões por ano

Até abril deste ano, todos os notebooks de uso pessoal dos deputados serão trocados. No início deste mês, o primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), enviou aos gabinetes parlamentares ofício avisando sobre os procedimentos de troca.

A atualização do acervo vai custar quase R$ 2 milhões aos cofres da Câmara e, de acordo com documento apresentado por Mansur, faz parte do processo de modernização tecnológica dos equipamentos da Casa. As informações são do Congresso em Foco.

Questionado sobre o valor a ser investido na aquisição dos equipamentos, Beto Mansur afirmou ter feito “um bom negócio”. “Consegui alguns descontos”, declarou.

Segundo a 1ª Secretaria da Câmara, foram adquiridos 560 computadores, cada um com valor equivalente a R$ 3.533,82 e 36 meses de garantia. A compra foi realizada com base em uma Ata de Registro de Preços da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ainda de acordo com a assessoria de Mansur, um pregão realizado (24/2015) estimou o preço de cada equipamento em R$ 4.556,80, valor que acabou diminuído em cerca de mil reais, segundo o “desconto” mencionado pelo deputado.

Há cerca de um ano foi realizada a modernização dos desktops (computadores de mesa) e das impressoras dos gabinetes. Mansur explicou que a melhoria da parte técnica é feita de maneira gradativa.

Ainda segundo o deputado, os computadores portáteis estão em uso há cerca de cinco anos, e com garantia a expirar em abril. Esses aparelhos serão reutilizados e destinados às áreas administrativas da Casa, acrescentou o parlamentar.

A estrutura da Câmara dos Deputados consome cerca de R$ 5 bilhões por ano, segundo a execução orçamentária de 2015.

Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Paulo Postado em 30/Mar/2016 às 18:27

    Isso é piada. Notebooks razoáveis podem ser adquiridos por R$ 2.000,00. O cara acha que pode enganar os outros. A maioria dos deputados é de dinossauros, que sequer devem saber ligar os aparelhos.

    • Guilhermo Postado em 31/Mar/2016 às 10:30

      Esse comentário me fez rir. Obrigado. Mas falando sério, quando um deputado sai do cargo, o notebook fica na repartição ou fica com o ex parlamentar? Se a resposta for a segunda opção, sinto muito, mas esse país está fadado ao fracasso.

      • João Paulo Postado em 31/Mar/2016 às 20:07

        Guilhermo, não é incomum a entrega de notebooks no serviço público. Minha esposa é professora municipal e recebeu um há dois anos, a título de "contrato de empréstimo". Para ter ideia, ele tem um problema que o torna imprestável para acessar a internet. Qualquer custo com reparo ou peças (gastamos uns R$ 250,00 para tentar conectá-lo à internet) é por conta do professor. A única obrigatoriedade é devolvê-lo caso o professor deixe a rede municipal. Na Justiça do Trabalho, magistrados também recebem um notebook, que igualmente deve ser restituído em algum momento. Essas práticas que conheço de entrega de notebooks são relativamente recentes, logo, não sei se exigirão de volta no futuro. Acho pouco provável que velharias sejam reaproveitadas pela Câmara.

  2. Wylie Postado em 30/Mar/2016 às 19:49

    Tem que rodar o novo Battlefield, GTA V e The Division se não o notebook é ruim!

    • Guilhermo Postado em 31/Mar/2016 às 10:27

      O meu não roda nem GTA IV. Tem que aumentar o valor do meu bolsa família porque """""um notebook para um jovem de vinte e alguns anos é mais de 3 mil reais""""". kkkkkk

  3. Guilhermo Postado em 31/Mar/2016 às 10:18

    Meu Deus. 3.5k é praticamente um notebook gamer! Acho que eles não pretendem jogar GTA V na melhor resolução durante as sessões. Aliás, nem nas baixas porque né?