Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direitos Humanos 16/Feb/2016 às 23:16
4
Comentários

Experimento registra a reação das pessoas ao casamento infantil

Como você reagiria caso se deparasse com o ensaio fotográfico do casamento de um homem de meia idade com uma menina de 12 anos? Campanha registrou a reação das pessoas

casamento infantil crianças homem

Um vídeo (assista abaixo) registrou a indignação de pessoas que acreditavam presenciar o ensaio fotográfico do ‘casamento’ de um homem de meia-idade com uma menina de 12 anos.

Nas imagens, os atores fingem ser um casal e andam pelas ruas do Líbano enquanto são fotografados. A caminhada é seguida pelos olhares das pessoas que, consternadas, observam a criança vestida de noiva abraçada ao homem.

Criado pela organização não governamental KAFA (“Chega”, em tradução do árabe), que luta contra a violência e exploração que atinge as mulheres, o experimento social teve repercussão internacional e chamou atenção para uma situação recorrente em muitos países.

Maya Ammar, porta-voz da entidade, declarou que a intenção da campanha é deixar as pessoas chocadas e, assim, mostrar a dimensão do problema. “O vídeo deveria parecer chocante porque a própria prática é chocante”, afirma ela.

No YouTube, o vídeo teve mais de 1,9 milhão de visualizações e muitos comentários de apoio à campanha contra o casamento forçado de crianças com adultos. “Leis arcaicas não deve governar, e nós, como cidadãos, devem fazer todo o possível para erradicá-las”, escreve um internauta.

VEJA TAMBÉM: A origem dos casamentos infantis no Brasil

Quase 15 milhões de meninas (muitas que nem atingiram a adolescência ainda) são forçadas a casar com homens mais velhos. Para a United Nations Population Fund, se casos como esses continuarem a acontecer, até 2050 mais de 1,2 bilhão de garotas terão sido vítimas dessa realidade.

Após a repercussão do vídeo, o governo do Líbano especula a elaboração de uma lei para tornar ilegal esse tipo de união.

Vídeo:

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 17/Feb/2016 às 01:36

    Líbano? País Árabe? Pff qualé a novidade?

  2. Alfredo Duarte Postado em 17/Feb/2016 às 02:22

    o governo do líbano ESPECULA a elaboração de uma lei pra ilegalizar o casamento com crianças? tá, entendi a origem do problema..

  3. juliana Postado em 17/Feb/2016 às 07:35

    A novidade eu qur foi feita uma campanha para pressionar a erradicação e o país cogita elaborar uma lei proibindo.

  4. Georges Postado em 17/Feb/2016 às 13:39

    Ué, não vão dizer que é culpa do sionismo israelense não?