Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 23/Feb/2016 às 16:36
10
Comentários

“Bandido bom é bandido morto”? O Papa Francisco discorda

Papa Francisco contraria os “cidadãos de bem” que defendem a tese do “bandido bom é bandido morto”. Pontífice pediu uma proibição mundial da pena de morte: “O mandamento Não Matarás se aplica a inocentes e culpados”

pena de morte papa francisco bandido reintegrar

O papa Francisco pediu neste domingo (21) para uma proibição mundial da pena de morte, afirmando que o mandamento “Não Matarás” é válido tanto para os culpados quanto para os inocentes.

Eu apelo à consciência daqueles que governam para que se chegue a um consenso internacional que leve à abolição da pena de morte”, disse o papa a dezenas de milhares de pessoas reunidas na praça São Pedro.

Usando algumas palavras fortes contra a punição capital, Francisco ainda conclamou políticos católicos de todo o planeta a “darem um exemplo corajoso” para a interrupção de qualquer execução durante o Jubileu da Misericórdia, que se encerra em novembro.

O mandamento ‘Não Matarás’ tem valor absoluto e se aplica tanto para o inocente quanto ao culpado”, afirmou Francisco ao fiéis presentes. O papa adicionou que há agora “uma oposição crescente contra a pena de morte até mesmo em legítima defesa da sociedade”.

Eficiência reprime o crime sem definitivamente negar à pessoa que o cometeu a possibilidade de se reabilitar”, concluiu Francisco.

Os comentários do papa aconteceram às vésperas de uma conferência em Roma que começou nesta segunda-feira (22), e que trata de paz e Justiça no mundo todo.

Por séculos, a Igreja Católica os seus 1,2 bilhão de membros aceitaram a pena de morte em casos extremos, mas a posição começou a mudar a partir do papado de João Paulo II, que morreu em 2005.

Em sua visita recente ao México, o papa Francisco pediu melhores condições nas prisões que visitou no país. No passado, ele já defendeu que “até mesmo aos criminosos mais perigosos” deve ser dada a oportunidade de se regenerar.

Leia também:
“Pena de morte é fracasso do Estado de Direito”, diz Papa Francisco
A pena de morte e a fé na hipocrisia
Uma lembrança de Dostoiévski sobre a pena de morte

Todos os cristãos e homens de boa fé estão convocados para trabalharem não só na abolição da pena de morte, mas também na melhora das condições das cadeias, respeitando a dignidade humana das pessoas que tiveram a sua liberdade retirada”, comentou.

HuffPost Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Carlos Prado Postado em 23/Feb/2016 às 22:06

    Eu, assim como Papa Francisco, não acredito na pena de morte para o Brasil. Não concordo com a pena de morte principalmente por causa das falhas do nosso sistema penal em julgar devidamente. Mas a tradição católica não é contra a pena capital, se for estudar a fundo o trabalho deixado por tantos filósofos católicos ver-se-á que não há contradição alguma em defender pena capital. Eu só acho que não só não mataríamos a pessoa certa como também o estado moderno não tem tanta legitimidade em aplicar tais penas.

  2. Douglas Postado em 23/Feb/2016 às 22:10

    Esse papa tem mais é que TNC, comunista safado. Vai puxar o saco de Fidel, sacana! Pilantra sem vergonha, fingido, mau carater. Ademais, nem ele mesmo acredita que esse tal de Jesus existiu... VTNC

    • Mario Postado em 24/Feb/2016 às 11:26

      Direitista é tudo pilantra mesmo, ainda se diz cidadão de bem kkkkk não respeita o Papa, imagina as outras pessoas

    • Rodrigo Postado em 24/Feb/2016 às 15:34

      (Outro Rodrigo) Douglas acha que o Papa não acredita que "esse tal de Jesus" existiu. Ele acha e, por um querer, isso se torna verdade incontestável, mesmo contra a vontade expressa da vítima de seu achismo impositivo.

  3. Eduardo Ribeiro Postado em 23/Feb/2016 às 23:52

    Mas esse Papa tá danado demais...tá esquerdista demais...falar que "não mataras" tem valor absoluto é bacana porem vago, não bota o dedo na ferida do jeito que tem que ser....tem que ser mais específico, e ele foi: deve haver oportunidade de regeneração até para criminosos de alta periculosidade...reaçada em polvorosa....a pequena parcela de reaças que ainda não havia virado as costas pro grande Francisco Comunista vai tacar fogo e cuspir na cruz...""""como assim, prisão é só pra punir, não tem que regenerar ninguem....não pago imposto do meu suado trabalho pra sustentar bandido...prisão é o justo instrumento de vingança, e eles tem é que sofrer lá...bom era que matasse logo""""....não a toa é o melhor Papa da história da humanidade...Papa Vermelho. Chicão das Massas.

  4. Deisi Postado em 24/Feb/2016 às 06:55

    Concordo plenamente com papa Francisco !

  5. Denisbaldo Postado em 24/Feb/2016 às 08:41

    Bandido bom é aquele bandido que eu voto, os outros são maus.

  6. André Nelson Postado em 24/Feb/2016 às 10:05

    Os comentários anteriores me fizeram rir. O pessoal tá brabo memo. Não me admiro que o Francisco tenho dito isto, é coerente com o que o cristianismo ensina, só isso. Ponto.

  7. Rodrigo Postado em 24/Feb/2016 às 10:24

    (Outro Rodrigo) Francisco e suas palavras fraternas e caridosas, verdadeiros bálsamos para a alma dos que sofrem, dos que têm dúvidas, dos que não se sentem acolhidos, amados. A vida é, em que pese seus detratores, realmente direito inalienável, bem jurídico que precede mesmo a própria concepção de direito. Quem não defende a vida, não defende a própria humanidade.

  8. Leonardo Postado em 24/Feb/2016 às 13:28

    Nem os católicos dão importância para o que esse papa fala.Não muda nada!