Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 08/Jan/2016 às 18:02
5
Comentários

Portal de relacionamentos para pessoas brancas causa polêmica nos EUA

Portal de relacionamentos para brancos causa polêmica nos EUA. Fundador do site garante que não houve motivação de cunho racista para a criação da página e que ela seria somente um local para conhecer homens e mulheres de cor branca

site relacionamento brancos racismo

Um site de relacionamentos para pessoas brancas causou polêmica nos Estados Unidos nesta semana. Intitulado White People Meet, ele também pode ser usado por negros que queiram encontrar uma pessoa branca para marcar um encontro.

O fundador do site Sam Russell, de 53 anos, garante que não houve motivação de cunho racista para a criação da página e que ela seria somente um local para conhecer homens e mulheres de cor branca.

“O site é para oferecer oportunidades iguais”, disse Russel ao Washington Post. “A última coisa no mundo que sou é racista. Eu namorei uma mulher negra uma vez. Ajudei a criar o seu pequeno filho negro…Eu acredito que é hipocrisia dizer que ‘um grupo pode fazer isso, mas o outro não pode’.”

Russel teve a ideia de criar o site junto com sua esposa no ano passado, quando reparou que muitos comerciais sobre sites de encontros protagonizados pessoas negras passavam na TV. O White People Meet cobra uma mensalidade de 4 dólares para que os usuários possam trocar mensagens entre si.

Para promover a página, Russel e sua esposa colocaram um outdoor na cidade de West Valley na semana passada, de acordo com o Salt Lake Tribune. Apesar de estar no ar desde agosto, o site tinha 35 membros em 31 de dezembro.

O White People Meet não oferece a possibilidade de realizar buscas homossexuais. Quando você coloca o seu sexo como “homem” a opção de pesquisa fica congelada na categoria “mulher”. A idade pode ser mudada, com opções entre 18 e 100 anos.

Em reação à reportagem publicada pelo Washington Post, internautas fizeram chacotas e comentários de repúdio à página de encontros entre brancos. “Eu não tenho nada contra asiáticos, uma vez eu fui até comer no Panda Express [restaurante de culinária japonesa]”, declarou um usuário do Facebook, em tom de deboche.

Exame

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. Guilhermo Postado em 09/Jan/2016 às 15:00

    Adoro o site, por isso vou dar uma sugestão que, talvez, alguns outros leitores concordam. Aí vai: É difícil acompanhar o site (e os comentários) quando, de repente, 10 matérias são postadas no site, de forma quase concomitante, depois de ter passado quase uma semana inteira sem ter havido nenhuma postagem. Minha sugestão é haver um equilíbrio no tempo e quantidade das postagens, assim todos conseguem acompanhar e comentar todas as matérias, calmamente.

    • Trajano Postado em 10/Jan/2016 às 22:55

      Guilhermo, olha, tem uns paranauê de Slider onde se insere mais notícias sem ocupar mais espaço na tela (mantendo o slideshow) o que facilita acompanhar as atualizações de notícias sem se perder. Mas tenho a impressão que com o passar do tempo a gente tá ficando meio abusado, né? Hahahaha! Até feedback tá saindo! Enfim, já que estamos aqui né... Então... Falando nisso, ein, Pragmatismo Político, tudo bem? E a família? E o ano novo? Tá na hora de mudar o layout da página, ein? Rsrsrsrsrs! É melhor a gente nem falar muito porque é capaz do pessoal mudar a estrutura do site e bloquear a página de comentário só de raiva, rs! Um abraço!

  2. Jonas Schlesinger Postado em 09/Jan/2016 às 15:31

    Fale que adora o PP, pois seu comentário dá a entender que vc se refere ao site da matéria. Isso pq tem muito analfabeto funcional por aqui.

  3. Trajano Postado em 10/Jan/2016 às 22:22

    Site de relacionamentos chamado “White People Meet” e o dono diz: não somos racistas. Quer dizer, tem bigode de gato, mia como gato, tem pelo de gato, tem rabo de gato, tem olho de gato... Mas é cabrito! É igual a certo pastor que, entre outras (muitas) coisas, associou casamento gay a lixo moral em propaganda política para seu protegido... Mas diz que não é homofóbico!

  4. eu daqui Postado em 13/Jan/2016 às 16:12

    Em minha concepção pessoal de racismo em nenhum dos dois casos há racismo. Mas a definição jurídica do que vem a ser racismo depende da legislação de cada país.

O e-mail não será publicado.