Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 19/Jan/2016 às 17:53
18
Comentários

Ator negro é agredido e humilhado durante teste sobre racismo

Ator negro é agredido e humilhado publicamente durante experimento social que tinha como objetivo testar o nível do preconceito racial no Brasil

racismo ator negro teste vídeo
Ator negro foi agredido e preso durante teste sobre racismo. Ator branco com a mesma roupa que participou do mesmo experimento saiu imune

Um ator negro do canal de pegadinhas “Boom” foi preso no Paraná durante a gravação de um teste sobre racismo.

O ator foi levado para a delegacia pela Polícia Militar (PM) por perturbação do trabalho e provocação de tumulto. O vídeo (assista abaixo) que culminou na detenção de um dos integrantes está publicado no Youtube e já conta com mais de 2 milhões de visualizações.

Na produção, dois atores, Tiago Fonseca e Leonardo Medina – que também é diretor de Marketing do canal, estão com as mesmas roupas e vão para ruas de Apucarana e Maringá para mostrar se os moradores têm comportamentos diferentes ao verem um branco e um negro tentando abrir a porta de uma BMW com um arame.

O vídeo mostra que Leonardo ficou mais de 15 minutos tentando abrir o carro, e nesse período, ninguém tentou persuadi-lo. Apenas um rapaz oferece ajuda para abrir a porta do carro. Nenhum momento a polícia é chamada.

A mesma cena é repetida pelo ator negro Tiago Fonseca, que é negro. Mas, no caso dele, a tentativa de abrir o carro durou pouco mais de dois minutos. Algumas pessoas chegam, perguntam o que está acontecendo e não acreditam na história. Em poucos minutos o ator é jogado no chão e imobilizado até a chegada de policiais militares. No fim, ele é levado para a delegacia.

No Boletim de Ocorrência divulgado pela PM um dia depois da situação, os policiais relataram que a central de atendimento recebeu diversas ligações informando que um indivíduo tentava furtar um veículo na Avenida Curitiba e, que por este motivo, estava sendo contido por outras pessoas. Essa mesma pessoa já tinha sido detida no dia 3 de dezembro, ainda segundo o BO, por perturbação de sossego em Londrina.

O ator e diretor de Marketing do canal conta que no dia da realização da pegadinha os integrantes optaram por não revelar sobre o que era a história para os policiais para não atrapalhar a divulgação do vídeo. No entanto, os documentos do carro foram apresentados.

“Nós planejamos a pegadinha depois dos ataques racistas direcionados a repórter e atrizes da Globo. Queríamos saber como as pessoas reagiriam, se ainda há racismo na sociedade. Muita gente fala que é contra, mas em situações como essa as atitudes são bem diferentes. O racismo é velado”, diz Leonardo Medina.

Vídeo:

com Boom, Tecmundo e G1

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. luizguedes Postado em 19/Jan/2016 às 18:57

    É tenso tudo isso.Trabalho em uma unidade do Poupatempo e no dia da consciência negra de 2013 um rapaz que trabalha no poupatempo me disse: "O poupatempo está disponibilizando troncos, para os afrodescendentes relembrarem a sua história" . Eu não acreditei no que ouví,comentei com uma colega negra que ouviu isso que eu iria denunciá-lo para a gerente do poupatempo,mas fui aconselhado a deixar pra lá,que ele não fez por mal.E hoje,mais de dois anos se passaram e quando eu passo por esse cara ele abaixa a cabeça e eu me pergunto: Porque não denunciei esse cara?.

    • Héber Pelágio Postado em 22/Jan/2016 às 17:53

      Você deveria ter mandado ele enfiar esse tronco num local bem "espaçoso"...!

  2. Muca Postado em 19/Jan/2016 às 19:29

    Meio atrasada a publicação desse vídeo, não? O vídeo é do final do ano passado. Mas foi bom divulgar aqui.

    • hudson Postado em 14/Feb/2016 às 08:02

      atrasado??? por um acaso o racismo acabou???

  3. Andre kennedy Postado em 19/Jan/2016 às 20:10

    Racismo sempre existiu e sempre vai existir. O resultado era o óbvio. Assim acontece com gordos, gays, nordestinos, pobres.

  4. Jonas Schlesinger Postado em 19/Jan/2016 às 20:21

    Eu sou inscrito do canal boom e já faz um tempo que essa pegadinha passou. Por que só agora o PP está divulgando? E eu vejo o Tiago Fonseca igual ao Thiago Teixeira, mas mais bem remunerado kkkkkkk

    • Gustavo Postado em 19/Jan/2016 às 23:33

      Tudo bem, mas nada justifica tratar o cara assim né. Pelo amor....

  5. itamar Postado em 19/Jan/2016 às 20:33

    pm do BEto Richa do PSDB, vão querer o que, o branquinho poderia até tirar self...

  6. Alessandro Rodrigo Postado em 19/Jan/2016 às 20:57

    E o ator negro só deu sorte por causa da luz do dia e porque tinha muita gente por perto. Caso contrário, essa "pegadinha" teria um desfecho mais trágico ainda!

  7. Nelson Postado em 19/Jan/2016 às 21:03

    Quem (honestamente) teria acreditado no argumento do primeiro ator? Quem (honestamente) teria acreditado no argumento do segundo ator e portanto vai atirar a primeira pedra nos caras que o imobilizaram? RACISMO, A GENTE VÊ POR AQUI. Pergunta aos advogados: se não houve um delito por parte do segundo ator, uma vez que abriram o carro e comprovaram a propriedade do veículo, ele poderia ser levado para a delegacia? Outra pergunta aos advogados: as pessoas que o imobilizaram deveriam ser encaminhados à delegacia? Infringiram alguma lei?

  8. Antonio Ibiapino da Silva Postado em 19/Jan/2016 às 22:57

    Sociedade hipócrita e por conseguinte doente.

  9. Fabio Postado em 19/Jan/2016 às 23:12

    Mas o experimento não foi feito nas mesmas condições, desculpa. O rapaz ' branco' foi colocado em uma praça visivelmente menos movimentada do que o rapaz negro. Experimentem fazer os próximos experimentos com as mesmas condições para os dois. Eu acredito que esse tipo de experimento mostra sim o quanto a sociedade brasileira ainda é racista e machista. Mas as condições impostas para os dois foram diferentes. Acredito que se fosse o branco no mesmo lugar que o negro alguém também iria abordá-lo.

  10. antoni wroblewski Postado em 19/Jan/2016 às 23:43

    Esta absurdo o racismo, cada dia piora em pleno século XXI. O pior que quando se tenta discutir o assunto, logo se é chamado de 'petralha, comunista'. Que exemplo este vídeo, ... mesmo com a documentação na mão o cara é levado para a delegacia. Sei lá , muito triste, não se tem nem o que falar. Só esse sentimento de tristeza e de que tudo esta uma grande latrina moral.

  11. marcelo Postado em 20/Jan/2016 às 02:01

    Eu sempre digo esse pais de merda e racista o mundo e racista a globo e racista pq o bbb todo ano coloca 98%branco e negros 2% a me poupe pq eles não teriam ibope do com negros pq o pais e uma merda cheio de racistas bostas imundos

  12. caio Postado em 20/Jan/2016 às 09:17

    os dois caras agem diferente, o segundo está em uma atitude bem mais suspeita, percebe-se isso quando ele responde pro cara

  13. eu daqui Postado em 20/Jan/2016 às 13:03

    Não tinha uma forma menos perigosa de "testar o racismo"? Do jeito que está esse país o ator negro poderia ter levado um tiro.....

  14. iran bayma Postado em 21/Jan/2016 às 11:53

    Há análises equivocadas . A matéria não esta focada em juizo de valor do que seja crime ou não, ou comportamento suspeito e inesperado, mas sim, na reação das pessoas sobre o mesmo fato quando ele é praticado por um branco ou um negro. Resta claro o racismo. E não importa que o video seja velho ou novo como dito por alguns aqui em cima, se o mesmo fato é experimentado na prática todos os dias por diversas pessoas nesse país, é atual a denúncia do mesmo.

  15. Maria Célia Postado em 22/Jan/2016 às 14:05

    Sinceramente, não sei porque nasci!!

O e-mail não será publicado.