Redação Pragmatismo
Compartilhar
São Paulo 03/Dec/2015 às 16:50
19
Comentários

Ministério Público pede suspensão de fechamento de escolas após repressão da PM

Violência e falta de diálogo motivam ação do Ministério Público e da Defensoria contra fechamento de escolas em São Paulo. Estudantes estão sendo massacrados pela PM

PM São Paulo estudantes escolas
Massacre da PM contra estudantes de São Paulo estimula ação do Ministério Público contra fechamento de escolas (Pragmatismo Político)

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e a Defensoria Pública acionaram a Justiça, na manhã desta quinta-feira (3), com uma ação civil pública que pede a suspensão do fechamento e reorganização de escolas estaduais, medida anunciada no mês passado pelo governador Geraldo Alckmin.

A ausência de diálogo entre estudantes, professores e o governo estadual, somada à escalada da violência nas ruas da capital paulista em ações repressivas da Polícia Militar, estimulou a peça encabeçada pelas duas entidades. A ideia é que a Justiça possa trazer as partes envolvidas para a mesa de negociações.

“O Judiciário é o último bastião. A defensoria e o Ministério Público se empenharam enormemente para conseguir pacificar essa situação, não sendo possível as instituições se furtarem a seu dever”, disse a defensora Daniela Skromov ao jornal O Estado de S. Paulo. Há alguns dias, o MP de Presidente Prudente (SP) já havia pedido a suspensão do plano de Alckmin.

O governo de SP alega que o que chama de reorganização do ensino público estadual se deve a uma ociosidade, presente pela queda no número de estudantes nas escolas estaduais, e pelo fato de que, segundo estudos da Secretaria Estadual de Educação, as escolas com ciclos únicos possuem desempenho superior no Idesp.

Na ação do MP-SP e da Defensoria, há o questionamento acerca dos métodos adotados tanto para a montagem do plano de reorganização das escolas estaduais, assim como as justificativas que apontam uma melhora de qualidade. Várias universidades do Estado já se posicionaram contra a medida do governo Alckmin.

Alckmin promove audiência pública

Diante do impasse, Geraldo Alckmin determinou nesta quinta-feira que o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, assuma as negociações junto a alunos e professores acerca do fechamento e reorganização escolas em SP. Uma audiência pública será marcada para a próxima semana, no Memorial da América Latina.

A meta do governo é reunir representantes das escolas, pais e alunos. No encontro, Aparecido tentará demonstrar mais claramente o processo, sob a ótica do Palácio dos Bandeirantes. A gestão Alckmin argumenta que haverá um aumento de 30% o número de vagas de tempo integral, além de otimizar o ciclo único em 754 novas escolas – método que “favorece a gestão e possibilita a adoção de estratégias pedagógicas focadas na idade e fase de aprendizado dos alunos”.

Huffpost Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. enganado Postado em 03/Dec/2015 às 19:28

    Vou repetir: O Beto Bicha fez escola. O PSDB (leia-se: ANGLO-SIONISTA) não quer ninguém letrado no BRASIL, porque imagina tomarmos conhecimento da grandeza de nossa Pátria e ver nossas riquezas serem entregues de graça aos EUA/iSSraHell para sustentarem a putaria mundial a que estamos submetidos por esta gentalha. Querem um exemplo: O vagabundo do OBAMA ((aquele que sustenta/banca/doa armamento ao EI)) foi colocar flores em solidariedade aos mortos no BATACLAN. Engraçado que a França como faz parte da PATOTA=OTAN fingiu que esta afronta era coisa séria. Voltando ao BRASIL, então em S.P. o Picolé de Chuchu quer manter os Coxinhas bem domados para continuar o racismo/ódio/agressões para ganharem as próximas eleições. Aliás S.P. não é São Paulo, e sim ___"""Só Putaria=S.P."""___ tá do tamanho do PSDB de lá: çERRA/FHC/Alckmin/Zé Aníbal/aquele líder da bancada na Câmara dos Deputados (Brasília), que o Papai ocupa um cargo na prefeitura de sua cidade com salário de R$ 14.000,00/mês. O PSDB deve estar seguindo a cartilha do conselho do Roberto Marinho ao governador Brizola para não construir os CIEPS. __""Qto mais burro melhor. AÓPIO para Presidente""__, deve ser o lema do PSDB para as próximas eleições.

    • Cecimila Calc Postado em 04/Dec/2015 às 10:33

      Muito f8da seu comentário!! Em poucas linhas deu um claro panorama geral

  2. enganado Postado em 03/Dec/2015 às 21:30

    Tree Pear chame a USAF e mande bombardear todas as escola de S.P. com suas bombas de alta bombas guiadas a laser com urânio empobrecido de precisão que só matam civis/estudantes/transeuntes. OK! Assim não há necessidade de desgastar a tropa (PM) do cel. Telhada e/ou cel. Metralha.

  3. Thiago Teixeira Postado em 04/Dec/2015 às 07:16

    Para a TV TEM de Sorocaba (Afiliada da Globogolpe) os atos são isolados, e chefiados por partidos políticos de oposição. Deram voz somente ao secretário, o segundo entrevistado foi o capitão da polícia, como sempre, 2 x 0, placar até democrático para a Globo, diferente da Band que costuma fazer 4 x 1 ou 6 x 2 de comentários direitista em relação a posição contrária.

  4. Brunno Postado em 04/Dec/2015 às 07:57

    Quanta asneira! E ainda por cima religioso PM age acertadamente? Bater em jovens (que não estão lutando por nenhuma ideologia) e esse acéfalo vem com esse discurso?Promiscuidade? Ideologia de gênero? Que aberração cognitiva

  5. George Postado em 04/Dec/2015 às 08:27

    Toma! E o que me deixa perplexo é a mídia (globo, estadão, folha, veja) falando em "reorganização", ocultando a violência da polícia do Alckmin e nada questionando a respeito do modus operandi do governo de SP que ignora diálogo e esse "filme" já passou no Paraná.

  6. Pedro Postado em 04/Dec/2015 às 09:04

    Se nossas escolas pudesses atuar e educar a população, não precisaríamos testemunhar você escrevendo "nada haver". Precisa de matemática, geografia e português também.

    • Pedro Postado em 04/Dec/2015 às 13:13

      Errinho? Você nao sabe nem usar sua lingua materna e quer ditar como a nossa sociedade deve funcionar? Se fosse apenas o erro de português seria ótimo: você, como pessoa, é um erro. Porém um erro irrelevante, ainda bem.

  7. Pedro Postado em 04/Dec/2015 às 09:06

    Esse episodio é lamentável e mostra absoluto mau-uso da força policial. Os estudantes e seus representantes deveriam estar discutindo suas demandas com representantes do governo, com pessoas munidas de palavras e dialogo, não com o braço armado repressivo do poder. Isso é absurdo, ridículo e inaceitavel. Não é um caso de policia! Dialogo para esses alunos, policia não.

  8. Eduardo Ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 10:59

    Pro Pereira, tem que fechar escolas mesmo. Escola pra que? Pra dar conhecimento pro povo? Criar cobra pra morder os poderosos? Não, tem que deixar o povo na escuridão da ignorância. Pro Pereira, escola é doutrinação marxista, ENSINAR HISTÓRIA é doutrinação marxista, bom é estudar e ser alfabetizado pelo astrólogo/bruxão Olavo de Carvalho como ele foi, sendo que Olavo é um tapado incapaz de citar mais que 2 obras de Marx e nunca sequer botou a mão no Capital e no Manifesto. Pro Pereira, a PM age certo e tem mais é que dar tiro, porrada e bomba mesmo em adolescente estudante que luta contra o fechamento de escolas. Aliás, fechar escolas não é um problema pra população, "ninguém tem nada HAVER com isso", não precisa lutar contra pois não afeta ninguém relevante. Pro Pereira, tomar as ruas em protesto legítimo é "impedir a população de ir e vir". Bonito é ir pra Paulista de verde-amarelo golpear a democracia cantando o hino e dando as mãos numa imensa roda da nobre elite branca. Olha o tanto de insanidade que ele despejou em míseras 7 linhas. Se em 7 linhas ele despejou essa tonelada de bosta, imaginem se derem espaço pra gente como ele? Eu tenho medo do Pereira. Demonstra ser ou uma pessoa ruim, absolutamente sem nenhum principio de humanidade e moral, ou um troll. Porque ninguém tem um coração tão trevoso na vida real, só pode ser trollagem.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 14:11

      Quem perdeu direito de ir e vier, porra? Eu estava lá, eu desci do meu onibus e fui em bloco com mais uns 2000 paulistanos pro meu trabalho a pé. Ninguem teve seu direito de ir e vir cerceado. Pare de bostejar. A legitimidade do protesto dos garotos é clara e evidente, LEGITIMIDADE EXTREMA. Tem que fechar as ruas sim, tem que tomar as ruas sim, e é assim que se força um governo canalha a fazer o que ele tem que fazer. Tomando as ruas, se fazendo ver e ouvir. Absolutamente nada neste planeta hoje é mais LEGITIMO do que o que esses garotos fizeram. Domingo é dia de coxinha tirar foto com PM espancador de adolescente, é dia da elite branca mimada fazer birra e aparecer na TV e botar fotinha no Face. Cidadão brasileiro, MASSA TRABALHADORA E POVO BRASILEIRO, lutando pelos seus direitos de cidadãos, protestam quando querem, onde querem, e tomam as ruas sim. Pare de bostejar.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 14:25

      É patético ver tanta gente bostejando sobre doutrinação marxista sem saber quem é Marx, sem nunca ter lido a porra da orelha de uma obra dele, e sendo que o que a gente observa na sociedade, NA PRÁTICA, é uma grande tendência a idéias reacionárias. Não há nenhuma evidência de doutrinação nas escolas. Eu estudei em escola pública, e estudei OSPB, caralho. Essa bosta servia apenas pra transmitir a ideologia do regime militar. Foi criada essa "matéria" EXCLUSIVAMENTE com essa finalidade. Isso é doutrinação. Ensinar história não é doutrinar. Mais de 90% dos meus professores eram reaças em último grau. O Brasil viveu 21 anos sem poder usar sequer um livro com capa vermelha, sendo vigiado por um bedel a cada palavra proferida em sala de aula. Mais 7 anos de abandono completo do ensino e outros 8 de gestão Paulo Renato no MEC. E você vem bostejar sobre "doutrinação marxista"? ENSINAR HISTÓRIA é doutrinação marxista para os seguidores cegos do bruxão Olavo Astrologo.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 18:02

      Você leu nada...uma criança de 15 anos que 1- lê o calhamaço marxista; e 2- ENTENDE a complexidade, a abrangência e a profundidade do que tem na mão, é sem dúvidas o maior genio que já pisou neste planeta. Como se trata de você, e você sabidamente não é o maior gênio deste planeta, então não....não leu. Só provou de novo que mal sabe o que Marx é. Ouviu falar que é ruim. Titio Olavo te disse que viu nas runas e confirmou nos claros sinais de alinhamento planetário com a constelação de Aquário que Marx é uma bosta, e você limpou a baba bovina que sujava sua face e acreditou. Tá falando de orelhada. Sabe nem se é de comer ou de passar no cabelo. Pare de passar vergonha.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 18:19

      Já li. Seria bom se alguem ligado a educação lesse Paulo Freire. OSPB foi a maior forma de doutrinação em bancos escolares que este país já viu. Nada se aproveitava daquilo. Servia EXCLUSIVAMENTE aos interesses militares. Era a forma através da qual o regime militar buscava LEGITIMAR suas ações, idéias e propostas perante alunos e sociedade. Um regime criminoso legitimando suas ações via disciplina escolar, e partindo sempre da suprema mentira de que o Brasil vivia uma democracia. História, Sociologia, Filosofia, Geografia....tudo disciplina estratégica que sofreu com a LDB de 71...professores impedidos de lecionar porque os conteudos eram convenientemente considerados "subversivos", tinham supostamente um viés "de esquerda" e esquerda sempre foi o diabo...é a mesma paranóia debilóide que vivemos hoje com essa tal "doutrinação marxista" que vocês, alienados pelo guru Olavão, vivem defecando pela boca...o objetivo sempre foi: DESEDUCAR e formar um cidadão POUCO CONSCIENTE de seu país, formar um cidadão tecnicamente preparado para o trabalho, pra apertar parafuso, e não para o pensar. Aí você vem me falar de doutrinação hoje? Quando a maioria esmagadora dos adolescentes que saem de uma escola pendem ao reacionarismo? Que tipo de troll é você, bicho? Até para ser troll é preciso base, conhecimento, vivencia das coisas...se situa, pare de bostejar, pare de falar de orelhada sobre o que não sabe. """"""Leu Marx com 15 anos"""""....

  9. Line Postado em 04/Dec/2015 às 14:56

    Esse pereira não cansa de defecar tanta besteira pelos dedos.

  10. Diego Postado em 04/Dec/2015 às 15:09

    Pereira, você não está de serviço hoje não? Nada para fazer? Não tem nenhum cidadão para extorquir? Nenhum pobre para oprimir?

  11. sergio ribeiro Postado em 04/Dec/2015 às 16:33

    "Hoje essas escolas são antros de formação de militantes e de doutrinação ideológica." Quanta idiotice! Isso que dá ficar acompanhando os stand ups do Olavo de Carvalho.

  12. Carlos Postado em 06/Dec/2015 às 00:11

    Difícil não concordar com o Pereira, os pobres acreditam na esquerda, vão morrer acreditando e vão morrer pobres, marxismo, esquerdismo essa doutrinação toda nunca melhorou país NENHUM, basta estudar um minuto para descobrir isso, medidas como essa iriam dividir os alunos por idade algo completamente normal, mas aqui brincar de revolucionário é o sonho desses professores lunaticos. Voltemos a realidade. Quando precisarem da polícia liguem para os traficantes que matam esses maconheiros por 10 reais. https://www.facebook.com/plantaopolicial1/?fref=ts

    • Eduardo Ribeiro Postado em 07/Dec/2015 às 10:49

      Que revolução? Que doutrinação? Que esquerda? Esquerda aonde?? Que marxismo? MARXISMO AONDE, PUTA QUE O PARIU, AONDE VOCÊ VIU????? É ridículo cada vez que vocês falam essas coisas dando toda a bandeira de que não sabem porra nenhuma do que estão falando. Eu não falo sobre construção de satélites, sobre a reprodução dos rinocerontes, sobre vida e morte das estrelas no céu, porque eu não manjo nada de nada e se eu abrir a boca vai ficar claro e evidente pra quem entende que eu não manjo nada de nada...porque catso vocês se metem a falar de "marxismo"? Vocês não sentem vergonha de falar de algo que NOTADAMENTE NÃO CONHECEM? Duas linhas que vocês escrevem, e fica claro, evidente, patente seu completo desconhecimento do assunto, e vocês nem hesitam em bostejar de novo, e amanhã bostejar de novo, e semana que vem bostejar de novo....vai arrumar o que fazer....vai ler um pouquinho de Marx pra aprender e saber onde e quando usar a palavra "marxismo" e parar de passar vergonha e espalhar desconhecimento por aí.