Redação Pragmatismo
Compartilhar
Esquerda 16/Dec/2015 às 12:53
9
Comentários

Manifestações “contra o golpe” e “contra Eduardo Cunha” acontecem hoje

Manifestações acontecem hoje em 20 estados contra Eduardo Cunha e para dizer 'não' ao impeachment de Dilma Rousseff. Confira os locais dos atos em cada cidade

manifestação contra cunha impeachment Dilma

Movimentos sociais e intelectuais realizam hoje (16), em 20 estados, manifestações em defesa da democracia, contra o ajuste fiscal e a favor da saída do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Os manifestantes são contra a proposta de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. “Não há nenhuma comprovação de crime por parte da presidenta Dilma, e o impeachment sem base jurídica, motivado pelas razões oportunistas e revanchistas de Cunha, é golpe”, afirmam.

“A saída para o povo brasileiro é a ampliação de direitos, o aprofundamento e o fortalecimento da democracia e as reformas populares. O impeachment representa um claro retrocesso na construção deste caminho”, defendem os movimentos. Na cidade de São Paulo, a concentração para o ato ocorrerá a partir das 17h, no vão livre do Masp, na Avenida Paulista.

O pedido de impeachment redigido pelo jurista Hélio Bicudo, entre outros,, com base nas chamadas pedaladas fiscais, foi aceito no último dia 2 por Cunha – com apoio do PSDB – logo depois de o PT declarar que votaria a favor da continuidade do processo contra ele no Conselho de Ética da Câmara, por ter mentido sobre a existência de contas em nome dele na Suíça – onde estão depositados US$ 5 milhões em seu nome.

Cunha é alvo de processo no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. É acusado por parlamentares de se utilizar do cargo para evitar investigações mais aprofundadas e a cassação de seu mandato, inclusive tentando impedir o andamento do pedido de cassação de seu mandato no Conselho de Ética.

Confira os locais de concentração dos atos nos estados:

Amazonas
Em Manaus, concentração às 15h na Rua 10 de Julho, ao lado do Teatro Amazonas (na Praça São Sebastião)

Amapá
Ato em Macapá, na Praça das Bandeiras, às 17h

Bahia
Em Salvador, a concentração será a partir das 14h, na Praça do Campo Grande, e saída às 15h

Brasília
Concentração às 16 horas no Estacionamento do Estádio Mané Garrincha

Ceará
Em Fortaleza, a concentração será às 14h – na Praça da Bandeira e caminhada até a Praça do Ferreira, onde terminará o ato

Goiás
Em Goiânia, o ato começa às 15h, em frente a Assembleia Legislativa

Maranhão
Em São Luís, ato às 15h na Praça João Lisboa, com caminhada pelo centro comercial

Mato Grosso do Sul
Ato na Praça Ari Coelho, às 16h

Minas Gerais
Em Belo Horizonte, às 14h, reunião na Escola de Direito (Contra o Golpe) com políticos, intelectuais e com a presença do governador. Por volta das 16h – concentração na Praça Sete e caminhada até a Praça da Estação

Paraíba
O ato começa às 16h, na Praça da Independência, em João Pessoa

Paraná
O ato será em Curitiba e a concentração começa às 17h, na Praça Santos Andrade

Pernambuco
Em Recife, a concentração é às 15h, na Praça Oswaldo Cruz, e passeata até o Monumento Tortura Nunca Mais

Rio de Janeiro
Às 16h, show na Cinelândia, com vários artistas – intercalando falas, música e vídeos de artistas

Rio Grande do Norte
Ato na UFRN contra o golpe às 11h, em frente ao restaurante da APURN, no Centro de Convivência da UFRN

Grande ato do Dia Nacional de Mobilização da Frente Brasil Popular, com concentração a partir das 15h, no Midway Mall

Mossoró (RN)
Grande ato do Dia Nacional de Mobilização da Frente Brasil Popular, a partir das 15h, na Presidente Dutra, ao lado da Igreja de São Manoel

Rio Grande do Sul
Grande ato às 17h na Esquina Democrática

Roraima
Em Boa Vista, o ato público “Em defesa da democracia, não vai ter golpe”, na Praça do Centro Cívico, das 15h às 19h

Rôndonia
Na capital de Porto Velho, ato concentração será às 16h – Praça Madeira Mamoré

Santa Catarina
Ato às 16h em frente à Assembleia Legislativa

São Paulo
A concentração será às 17h, no vão livre do Masp. A caminhada vai até a Praça da República

Sexta (18/12):
Ato cultural da Frente Brasil Popular, às 20h, na sede do PT

informações de RBA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. paulo Postado em 16/Dec/2015 às 14:14

    Coitado de qualquer um que lê o que vc escreve, da muita dó dessa direita inculta.

    • Lucas Oliveira Silva Postado em 16/Dec/2015 às 16:36

      Paulo, ignora o que esse otário do Pereira tá dizendo. Qualquer coisa que ele diz eu encaro como as piadas do Danilo Gentili.

    • Diane Postado em 16/Dec/2015 às 16:59

      kkkkkkkkkkkk

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 16/Dec/2015 às 15:45

    Que comece o mimimi.

  3. Alfa Postado em 16/Dec/2015 às 16:07

    Se vc fosse coerente eu até levaria sua opinião em conta, Pereira. Mas quando só as manifestações dos outros atrapalham o trânsito, há autoritarismo inconsistente. E não venha dizer que domingo o "trânsito do trabalhador" não é atrapalhado; é atrapalhado justamente no seu dia de LAZER. Mas eu não vi vc falar nada... Por quê? Não precisa responder... uahahuaauuha

  4. Eva R Maciel Postado em 16/Dec/2015 às 17:17

    Baixou o níveo aqui no Pragmatismo, nada mais de discussões com conteúdo, agora só baixaria e palavras sem contexto.

  5. Filipe Postado em 16/Dec/2015 às 19:39

    Ué, e postar baboseira em horário de serviço pode???

  6. Trajano Postado em 16/Dec/2015 às 20:36

    Ué? Pereira/André, quem declarou ser funcionário público aqui foi você. Quem sobrevive com dinheiro do contribuinte é você. Eu hein.

  7. JAIR ROMÃO Postado em 16/Dec/2015 às 22:33

    "Aqui ficamos assistindo nos relatos de alguns burgueizinhos desta elite hipócrita, onde ficam zuando com essa grande manifistação de hoje, um ato de bravura que fortalece o respeito pela democracia, estamos lutando para garantir oque foi conquistado democraticamente nas úrnas, mais esses imbecis ja apanharam tanto e não aprendem que eleição se ganha nas úrnas e não no tapetão e no golpe, o povo não otário, eles tiverão no poder por mais de 30 anos e pouco fizeram, ora ora, agora é o PT, que joga as cartas e zefinido coxinha eu gosto só frita na gordura qunte com pimenta" sou petista e não me calo enquanto esses tucanos sem moral ficar atrapalhando o crescimento do país"