Redação Pragmatismo
Compartilhar
Esquerda 16/Dec/2015 às 21:37
38
Comentários

Datafolha: 55 mil participaram de ato contra impeachment de Dilma em SP

Manifestação contra o impeachment de Dilma Rousseff em São Paulo reuniu 55 mil pessoas, diz Datafolha. Segundo o mesmo instituto de pesquisas, 40 mil participaram do ato pelo impedimento da presidente no último domingo

manifestação impeachment Dilma
Imagens: Manifestação em São Paulo contra o impeachment de Dilma nesta quarta-feira (16)

Três dias após as manifestações a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, protestos contrários à destituição da petista ocorreram nesta quarta (16) em ao menos 21 capitais do país mais o DF.

Segundo o Datafolha, 55 mil pessoas foram aos atos em São Paulo, que partiram da avenida Paulista, em frente ao Masp, e se dirigiram até a praça Roosevelt. Os organizadores estimam que 100 mil pessoas participaram da manifestação em São Paulo.

No último domingo (13), também de acordo com o Datafolha, 40,3 mil pessoas estiveram na avenida Paulista em defesa do impeachment — 15 mil pessoas a menos do que hoje.

As manifestações também tiveram como alvo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O deputado, que aceitou o pedido de impeachment da presidente, é alvo de dois inquéritos no STF por suspeita de envolvimento com a Lava Jato, além de uma nova apuração que averigua se ele atrapalhou as investigações.

No Rio, em Brasília e em São Paulo, quando locutores em carros de som anunciaram que a Procuradoria Geral da República pediu o afastamento do presidente da Câmara, os manifestantes gritaram “Ai, ai, ai, empurra o Cunha que ele cai”. Junto ao canto, os gritos de “fora, Cunha” e “não vai ter golpe” também foram repetidos nos atos desta quarta.

Coordenador do MTST, Guilherme Boulos afirmou que “esse impeachment é ilegítimo, é fruto de chantagem de Eduardo Cunha”. “É uma saída à direita para a crise”, disse ele.

informações de Folhapress

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Zeca Rodrigues Postado em 17/Dec/2015 às 00:28

    e as faixas que lá estavam certamente você não as encontrará nos partidos retrógrados que você provavelmente apoia...

  2. Filipe Postado em 17/Dec/2015 às 01:08

    As vezes é porque o objetivo da marcha era ser contra o impeachment, não contra a corrupção né?

  3. Phelipe Postado em 17/Dec/2015 às 01:22

    Também procurei,no dia 13, não achei nada sobre o mensalão tucano, o trensalao, a privataria......

    • Rogerio Postado em 17/Dec/2015 às 07:55

      Boa!!! O coxinha veio com alfinetada, levou facada

      • Márcio Ferreira Postado em 17/Dec/2015 às 10:36

        Os 2 levaram alfinetadas (ou facadas, danem-se), pegaram tétano e morreram sem propor, somar, acrescentar absolutamente nada. Que tal cada um limpar a própria bunda antes ao invés de ficar apenas apontando para o fiofó do outro? E isso não é só individualmente, mas também em relação às suas "panelinhas".

  4. Thiago Teixeira Postado em 17/Dec/2015 às 06:40

    É tanta arrogância, tanta idiotice que dá pena desses coxinhas.

  5. Teodoro Magni Postado em 17/Dec/2015 às 07:21

    Vamos intensificar a defesa da legalidade. Em Belo Horizonte 15 mil nas ruas em 16 de dezembro!

  6. sidney Postado em 17/Dec/2015 às 08:46

    a Globo é cega, a bixinha que nem noticiou. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk O Tv rídicula... Viva a internet!

    • leonardo Postado em 17/Dec/2015 às 09:58

      nem noticiou?????

  7. José Ferreira Postado em 17/Dec/2015 às 09:29

    Se descontar os que são da CUT, não sobra quase ninguém. A CUT é a mãe do PT, e as mães sempre defendem os seus filhos, por mais bandidos que sejam. É só passar em um CDP, em um dia de domingo, que vocês verão as matriarcas a esperar pela hora da abertura dos portões.

    • Denisbaldo Postado em 17/Dec/2015 às 14:32

      Os da CUT também são eleitores, também são cidadãos. O que aconteceu com a "maioria" da população brasileira??? Não foram 2 milhões em março??? Hahahaha! Números ao vento.

      • José Ferreira Postado em 17/Dec/2015 às 17:11

        A CUT é o braço sindical do PT. É natural que petistas defendam o PT.

  8. luis Postado em 17/Dec/2015 às 09:30

    Quando os chineses protestam, eles vão de verde e amarelo?

  9. George Postado em 17/Dec/2015 às 09:35

    Aí sim!!!!

  10. Daniel Postado em 17/Dec/2015 às 09:35

    Acho que independente do dia, as duas manifestacoes sao a prova de que nossa educacao é deficitaria, e que quem comenta aqui acima é marionete de um grupo politico, que no fundo se importa mais com poder do que com o pais. Precisa melhorar muito a educacao de base do Brasil.

  11. Tchekowski Postado em 17/Dec/2015 às 09:37

    Mas tinham negros, pobres, gays, gente dos movimentos sociais, dos sindicatos, enfim, gente que representa o povo e não os interesses de uma minoria privilegiada por mais de 500 anos...

    • Fonseca Postado em 17/Dec/2015 às 11:06

      Perfeito, Tchekowski! Eu não sei se tenho mais raiva da minoria privilegiada ou dos que não são privilegiados e apoiam essa escória.

    • poliana Postado em 17/Dec/2015 às 19:01

      q povo, rodrigo????esses 55 mil manifestantes em sp ontem, muito mais dos q compareceram à manifestação pró impeachment, NUM DOMINGO, n te diz nada????? n era 93% do povo brasileiro q queria o impeachment da dilma??? acho q vc precisa rever suas ideias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. Pedro Accioli Postado em 17/Dec/2015 às 10:19

    Na boa, quem viu no JN que teve apenas 3 mil pessoas na manifestação de ontem, deveria parar de ver o JN imediatamente e para sempre! Se continuar assistindo estará assumindo ser um verdadeiro imbecil!

    • Zeca Rodrigues Postado em 17/Dec/2015 às 10:39

      Tem toda razão. Está cada vez mais claro o tipo de imprensa que eles são e o tipo de informação que desejam passar pra sua audiência zumbi.

      • junior maia Postado em 17/Dec/2015 às 12:35

        Só tenho dó dessa audiência... coitados, pensam que são felizes.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 17/Dec/2015 às 11:53

      São dados da SSP...polícia do Alckmin sendo safada só pra variar...3 mil, nem o mais demente e mau carater coxinha analfabeto acha que deu só 3 mil ontem...se o JN se pautou por esse numero, nem me surpreendo. Até faz sentido. É a Globo globeando, é tudo que ela sabe fazer. Pena de quem liga a TV pra assistir esse tolete..

    • poliana Postado em 17/Dec/2015 às 19:04

      alguém ainda vê o jn???????? kkkkkkkkkkkkkk

    • Ricardo Postado em 18/Dec/2015 às 11:16

      É o tipo de argumento usado contra os ateus: "se vc não acredita, por que perde tanto tempo com isso?!". E merece a mesma resposta: "enquanto boa parte acreditar em unicórnios, vale a pena desmascarar a mentira".

  13. Denisbaldo Postado em 17/Dec/2015 às 11:47

    datafolha: marcha pró-impeachment em SP: 40 mil marcha contra impeachment em SP: 55 mil quando até os institutos deles reconhecem... VISH

  14. Denisbaldo Postado em 17/Dec/2015 às 11:48

    Coxinhas, isso foi só um esquenta. Eu mesmo não pude ir. https://www.facebook.com/jornalistaslivres/photos/a.292153227575228.1073741829.292074710916413/334275983362952/?type=3&theater

  15. Carlos Augusto Normann Postado em 17/Dec/2015 às 11:50

    o divertido foi ver as faixas de "Fora Globo" em pleno Jornal Nacional...

    • José Ferreira Postado em 17/Dec/2015 às 17:13

      No dia 13/12 os manifestantes também gritaram "Fora Rede Globo". Isso apareceu na transmissão ao vivo.

      • Thiago Teixeira Postado em 17/Dec/2015 às 18:30

        Os manifestantes do dia 13/12 são mais cheirosos.

  16. Eduardo Ribeiro Postado em 17/Dec/2015 às 12:04

    Certamente você achou faixas muito bravas no domingo abordando o escandalo do Banestado, a compra da reeleição, a Privataria Tucana, o Trensalão......claro que você achou, afinal, o "piquenique dominical dos nobres homens brancos da elite" se diz "contra a corrupissaum", não é isso? Se esse é o mote de vocês, se são contra a corrupção, certamente vocês tem verdadeira ojeriza por estes escândalos tucanos, e carregaram faixas condenando estes escândalos tucanos, assim como nós, que temos ojeriza ao GOLPE, nos manifestamos contra o golpe e carregamos faixas contra o golpe. Bote aí as fotos dessas faixas contra a Privataria Tucana por exemplo...eu sei, o piquenique não foi dos maiores, flopou, nós botamos mais gente na rua dessa vez, e vocês foram ofuscados pelo "encontro anual dos marombeiros" e pelo "pato gigante de borracha", mas pelo menos uma meia dúzia de faixas deve ter...umazinha que seja condenando o escandalo do Banestado....bote as fotos aí, cara..

    • José Ferreira Postado em 17/Dec/2015 às 14:01

      Mais um que diz que os opositores do PT são a "Elite Branca". Então temos 70% de ricos.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 17/Dec/2015 às 17:04

      Eu não disse "opositores do PT". Eu fui bem claro, "Istoriador", leia lá: "piquenique dominical dos nobres homens brancos da elite".

    • poliana Postado em 17/Dec/2015 às 19:02

      70%? n eram 93%, josé ferreira?? ah tá...sei...logo mais essa porcentagem cai de novo, né? tá bom!!!!!!!!

    • Ricardo Postado em 18/Dec/2015 às 11:13

      O problema, José Ferreira, não é exatamente "pertencer" á elite branca, mas "identificar-se" com ela. Aí é que se encontra a classe média brasileira.

  17. poliana Postado em 17/Dec/2015 às 19:11

    alguém viu o pereira aí?????????????????? kkkkkkkkkkkkk

  18. luciano Postado em 18/Dec/2015 às 01:38

    pois é Rodrigo(qual Rodrigo?) nas manifestações de março estavam muitos protestando contra a corrupção em geral( e não essa hipocrisia de corrupção de um só partido), pela reforma política entre outras pautas e quando perceberam que estavam sendo usados para o golpe deixaram de comparecer e as manifestações pró impeachment seguintes foram drasticamente esvaziadas. Agora esse pessoal começa a voltar e se essa palhaçada golpista continuar seremos muito, mas muito mais, a encher as ruas.

  19. luciano Postado em 18/Dec/2015 às 01:38

    pois é Rodrigo(qual Rodrigo?) nas manifestações de março estavam muitos protestando contra a corrupção em geral( e não essa hipocrisia de corrupção de um só partido), pela reforma política entre outras pautas e quando perceberam que estavam sendo usados para o golpe deixaram de comparecer e as manifestações pró impeachment seguintes foram drasticamente esvaziadas. Agora esse pessoal começa a voltar e se essa palhaçada golpista continuar seremos muito, mas muito mais, a encher as ruas.

  20. Maurício de Souza Matos Postado em 18/Dec/2015 às 10:01

    Ali estava o povão, aqueles que enchem urnas. Ali se viu representantes de todas as classes sociais do País e não aqueles almofadinhas da elite brasileira das manifestações contra a nossa Presidenta.