André Falcão
Colunista
Compartilhar
Política 16/Dec/2015 às 13:25
0
Comentários

Avante, presidenta Dilma!

presidenta dilma roussef pt

André Falcão*

De um lado, uma presidenta para orgulhar qualquer povo:

Guerreira: jovem, presa por defender mais justiça e igualdade social, sofreu nos porões do horror da ditadura as mais terríveis torturas físicas e psicológicas de seus algozes, fardados ou não (prepostos daqueles). A selvageria que a vitimou não maculou seu coração com ódio, nem quebrou sua alma valente, tampouco a tornou insensível ao abismo social crescente desde então.

Democrata e republicana: desde que eleita, não teve um dia sequer em que ela e seu governo não tenha sido atacados pela chamada grande mídia, com mentiras e manipulações, além de matérias criminosas. Contrário senso, todos os grandes feitos de seu governo, ou são omitidos, ou distorcidos. À oposição, notadamente ao PSDB, o silêncio e acobertamento cúmplices. Jamais investiu contra qualquer um desses meios de comunicação. Da mesma forma, apesar das escancaradas evidências de seletividade de alguns entes da república no exercício de seus misteres, não se tem notícia de que, em algum momento, houvesse tentado influir no trabalho desses entes. Muito pelo contrário: ela e Lula criaram os principais mecanismos de combate à corrupção livremente aplicados, inclusive contra membros do partido a que é filiada.

Leia aqui todos os textos de André Falcão

Honesta: não há, até hoje, um só fato supostamente criminoso que se lhe possa ser atribuído; não responde a processo, a inquérito, a sindicância, ao que quer que seja. Isto apesar de seu governo, e o de Lula, e o PT, serem incansável e seletivamente investigados, às escâncaras, diuturnamente, há mais de doze anos.

Competente: sob as regras do sistema capitalista, conseguiu realizar um primeiro mandado de inéditos avanços sociais e econômicos, jamais experimentados pelo país, inobstante falhas cometidas, tanto na condução política, quanto na econômica. Para todos os gostos. Desde as vistas pelo mais reacionário capitalista, até aquelas apontadas pelo mais radical esquerdista.

É essa a mulher, porém, legitimamente reeleita, que, de outro lado, um banco de políticos amorais —mais sujos do que pau de galinheiro, eleitos por uma parcela da sociedade que de hipócrita até a medula se atreve a atacá-la moralmente — quer expulsar da presidência do país, sob a liderança de um desqualificado, que persiste a zombar do país com o traseiro refestelado na cadeira de presidente da desmoralizada Câmara dos Deputados, defendido por sua turbe de maus elementos.

Força, Dilma! Ao seu lado perfilam eleitores e não eleitores. De movimentos sociais, artistas, intelectuais e juristas de escol, a reitores universitários, a CNBB e o povo. Que não se enganem os golpistas.

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários