Redação Pragmatismo
Compartilhar
Humor 25/Nov/2015 às 13:20
41
Comentários

O segredo de Drauzio Varella para lidar com o chorume da internet

Mesmo sendo xingado de "velho lixo", "doutor canalha" e "defensor de vagabundo", Drauzio Varella realiza sessão de auto-tortura e lê comentários de leitores de forma serena e bem humorada. O médico se divertiu e revelou como lida com a parte suja da internet

Drauzio Varella internautas comentários vídeo
Drauzio Varella se divertiu lendo comentários agressivos de internautas (Pragmatismo Político)

Em comemoração aos mais de 50 mil inscritos em seu canal no YouTube, o médico Drauzio Varella fez um vídeo (assista abaixo), publicado nesta segunda-feira, em que lê os comentários de seus seguidores.

Sem perder o bom bumor, mesmo quando é chamado de “doutor canalha”, “defensor de vagabundo” e “velho lixo”, Drauzio arrancou elogios de internautas por “levar numa boa os comentários negativos”.

“A Internet é assim: algumas pessoas falam a favor, outras falam contra. Umas são delicadas. Outras são grosseiras. Tudo isso faz parte do conjunto de trocas que acontecem pela rede”, disse o médico.

Em um dos comentários lidos, escrito pela internauta Paula Bracho, havia a frase “gay é anomalia, coisa nojenta”.

“Você acha mesmo, Paula? A homossexualidade é como a heterossexualidade. A gente não opta, cada um nasce de um jeito e tem um determinado tipo de comportamento. Se você acha que ser gay é ‘anomalia e nojento’, você desconhece aspectos fundamentais da biologia humana, minha filha”, respondeu Drauzio,

Alguns, no entanto, brincaram dizendo que o médico quebrou um dos mandamentos fundamentais da Internet: nunca ler os comentários.

O vídeo de Varella fez tanto sucesso na internet que, desde a sua publicação, o canal do médico mais famoso do Brasil no Youtube já cresceu 100% e, agora, acumula cerca de 100 mil inscritos.

Vídeo:

Recomendados para você

Comentários

  1. fernando Postado em 25/Nov/2015 às 13:31

    Demais! Mesmo sendo xingado, levou os comentários na esportiva. Esse é um cara bacana!

  2. Guilhermo Postado em 25/Nov/2015 às 13:59

    Paola Bracho sempre causando polêmica. Quando não está embebedando a Vovó Piedade, está trollando na internet.

    • Daniel Postado em 25/Nov/2015 às 16:03

      Hahaha, ri demais do comentário. Saudades da usurpadora.

      • poliana Postado em 25/Nov/2015 às 19:56

        e não fique assim. o sbt acabou de reprisá-la tem uns 2 meses. em 2017 tenha certeza q ele volta com uma nova reprise, a 8º. kkkkkkkkkk

    • poliana Postado em 25/Nov/2015 às 18:02

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!! sempre diva!!!! amo!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Fernando Postado em 26/Nov/2015 às 06:23

      Pq se fosse SORAYA MONTENEGRO, pouco falaria... já mataria logo ele! huahua #MariadoBairro

      • Trajano Postado em 26/Nov/2015 às 09:31

        Falar nisso, vocês já viram o vídeo “Maria do Bairro - O Drama da Eleição Presidencial 2014”? Eu me escangalho de rir com aquilo! Quando vocês tiverem um tempinho, garanto que não irão se arrepender. Soraya em fúria com a derrota do Aécio: www.youtube.com/watch?v=921GNIhsuFE

      • poliana Postado em 26/Nov/2015 às 15:26

        trajano, muito obrigada pelo vídeo. cara, eu tô chorando aki de tanto rir! fiz abdominal pra semana inteira!! meu deus!!!!!!!!!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Trajano Postado em 26/Nov/2015 às 19:33

        HAHAHHAHAHAHAHA!!!! Quando eu vi a mensagem de vocês, lembrei na hora do vídeo! É de rachar aquilo ali! O Guilhermo tá certo: já engraçado sem a legenda, com essa é de chorar de rir!

      • poliana Postado em 26/Nov/2015 às 21:04

        essa novela marcou minha adolescência. perdi as contas de qtas vezes a vi..tanto ela qto a usurpadora. dois mitos: soraya montenegro e paola bracho! kkkkkkkk

    • Trajano Postado em 26/Nov/2015 às 09:14

      Um país que tem raquel sherazade não precisa de Paola Bracho!

      • Guilhermo Postado em 26/Nov/2015 às 10:30

        Aquela cena do vídeo já é engraçada demais com o diálogo original. Com o novo diálogo conseguiu ficar ainda melhor! HAHAHAHAHA.;

  3. Janaína Postado em 25/Nov/2015 às 15:44

    Essa de reorientação é o máximo! Mas como foi alertado, melhor não ler os comentários :)

  4. Paulo Postado em 25/Nov/2015 às 16:19

    Querido Pereira, as teorias de Freud há muito foram descreditadas por diversas correntes da psicologia cotemporânea. O próprio sentido de libido foi ampliado por seu discípulo, Carl Gustav Jung, que retirou a carga exclusivamente sexual deste conceito. O próprio Jung demonstrou, através de pesquisas sérias, com o auxílio das associações de seus pacientes, que traumas sexuais na infância não são determinantes exclusivos para todo e qualquer sintoma. Leia o livro "Freud e a Psicanálise", em que Jung discorre acerca das teorias correntes em sua época. Sem contar que há muitos anos que a homossexualidade deixou de ser classificada pela OMS como doença. Não tente desbancar a fala de um médico formado e experiente para perpetrar sua visão rasa e mesquinha do mundo. Isso só prova que a sua falta de qualificação retórica e conteudística.

  5. Felipe Peters Berchielli Postado em 25/Nov/2015 às 16:22

    Pereira passou para o nível de falar merda em politica para falar merda em ciências biológicas e psicanálise, pior, o néscio acha que Freud é um deus supremo na matéria que nenhum estudo feito por este é contestado ou provado errado.

  6. Felipe Peters Berchielli Postado em 25/Nov/2015 às 16:23

    Drauzio Varela não ter seu respeito é ponto positivo para ele. Afinal voce respeita quem? Olavo de Carvalho rs?

  7. sergio ribeiro Postado em 25/Nov/2015 às 16:39

    Pereira sempre besteira. O suposto medicamento foi criado por um químico e não foi devidamente testado, comprovado e aprovado pela Anvisa. Em qualquer país civilizado, nenhum medicamento é liberado para consumo sem passar por todos estes passos (mesmo os "liberais " EUA tem um similar da Anvisa, a FDA)

    • Sonia Souza Postado em 25/Nov/2015 às 20:18

      Tenho cancer, Sr. Sergio Ribeiro.. para mim, não importa a opinião da ANVISA OU FDA.. não tenho mais tempo de esperar alguém aprovar um medicamento que pode ou não salvar minha vida. Coloque-se em meu lugar e repense..

    • sergio ribeiro Postado em 26/Nov/2015 às 12:12

      Ele não foi o único a ter essa opinião. Tanto ele, como eu, como todos especialistas que seguiram esse raciocínio deixaram claro que entendem o sofrimento de quem necessita do tratamento, mas não se pode liberar um remédio não comprovado sob o risco de não ter eficácia ou de ter efeitos colaterais indesejados. É uma questão ética muito séria. Torço pela sua recuperação, Sônia Souza.

  8. Davi Postado em 25/Nov/2015 às 16:43

    O vídeo deixa claro o quanto ser coxinha é resultado de falta de educação e cultura. A mulecada moralista não consegue nem escrever de forma legivel. É o que a gente passa na internet diariamente tendo de lidar com esse povo.

  9. Thaís Postado em 25/Nov/2015 às 16:54

    Freud teceu teses sobre "histeria" e "inveja do pênis". Sim, ele foi um precursor para a psicanálise, mas suas teses não foram eternas - assim como tese nenhuma é. Nenhum assunto pode ser esgotado a ponto de tornar uma tese eterna. Freud é referenciado e lido nos dias de hoje pelo mesmo motivo que Platão o é (apesar de ter acreditado, à sua época, que o mundo concreto era formado pelos 4 elementos, o que hoje nos soa absurdo). Freud é lido porque foi o precursor de algo. Apenas isso, meu caro.

  10. gustavo0 Postado em 25/Nov/2015 às 16:55

    Eu não teria tanta paciência assim, e não me refiro aos famigerados trolls que abusam dos xingamentos e só publicam baixarias, me refiro a tipos como uns e outros que acham que sabem de tudo, são especialistas em tudo, e que ás vezes voltam seus focinhos para os assuntos da saúde. Tipos como este são os que mais me irritam, são estes que defendem por exemplo; invasão de centros de pesquisa e resgate(ROUBO), a administração de composto químico(NÃO MEDICAMENTO) por parte de universidade estatal para pacientes em fase terminal de câncer(QUALQUER TIPO DE CÂNCER), defendem as mais malucas teorias conspiratórias, alguns defendem até mesmo, guiados pela luz de seus gurus, que o tabagismo é inofensivo. Enfim, lidar com o chorume da internet não é mole. Parabéns doutor Drauzio.

    • Dora Estela de Vasconcelo Postado em 25/Nov/2015 às 19:06

      Drauzio Varella é um dos homens q aparecem na mídia q têm maior credibilidade. É direto, educado, consciente, e mto bem formado profissional da saúde. Com relação ao homossexualismo, é perfeito. Com relação à pílula contra câncer, tem toda razão. Sem mais comentários, engana-se quem o considera como tal foi relatado. Ele tem e deve ter o nosso aplauso !

      • Glenda Postado em 25/Nov/2015 às 23:47

        E tem um centro particular de quimioterapia em frente ao Sírio Libanês, além de estar conduzindo uma pesquisa na Amazônia, região do baixo rio Negro, onde dirige um projeto de bioprospecção de plantas brasileiras com o intuito de obter extratos para testá-los experimentalmente em células tumorais malignas e bactérias resistentes aos antibióticos. Esse projeto, apoiado pela FAPESP, é realizado nos laboratórios da UNIP (Universidade Paulista) em colaboração com o Hospital Sírio-Libanês.Que coincidência, não? UNIP X USP...Quimioterapia x Cura...Aham, Claudia, senta lá!!!

  11. Hugo Stiglitz Postado em 25/Nov/2015 às 17:14

    O mundo está desgovernado com essa falsa liberdade criada pela modernidade onde tudo é diversidade. Vocês comem suas próprias fezes, recheadas de ideologias escravizadas pelos prazeres momentâneos. Defendem a vida, e mesmo assim é contra ela. Defende a liberdade de expressão, e mesmo assim cria prisões para os opositores. Cegos, vocês estão cavando a própria cova, o amor que seus filhos pregam é o falso amor coberto de falsidade. Que a futura geração transborde em desgraça pela falsidade desses falsos moralistas.

  12. Torres Postado em 25/Nov/2015 às 17:20

    O lado ruim da internet não é ter que lidar com "o diferente". É ser obrigado a ler lentes humanas perversas, que distorcem a condição alheia baseada no que acha bom pra si, seja na sua educação, religião, orientação... Ègua, Pereira. Pára que tá feio. #DráuzioLacrando ;)

  13. Eduardo Ribeiro Postado em 25/Nov/2015 às 17:27

    """Dráuzio Varella não merece o respeito do Pereira"""

    • Filipe Postado em 25/Nov/2015 às 21:56

      Como diz o ditado, para todo monumento tem um cão latindo...

  14. Eduardo Ribeiro Postado em 25/Nov/2015 às 17:27

    Paola Bracho é fake do Pereira. Pode confessar.

    • poliana Postado em 25/Nov/2015 às 18:04

      pára eduardo! respeito a paola bracho..uma lenda!!! eterna!!!!

    • poliana Postado em 25/Nov/2015 às 18:41

      à* paola...

  15. Vitor Luiz Postado em 25/Nov/2015 às 17:47

    Sabe de nada, inocente!

  16. Thiago Teixeira Postado em 25/Nov/2015 às 18:56

    Eleitores do PSDB perseguindo ideologias em prol da cidadania.

  17. Filipe Postado em 25/Nov/2015 às 21:57

    Não, não conseguiu.

  18. Denisbaldo Postado em 25/Nov/2015 às 22:25

    a única profundidade que você sempre demonstra aqui é a da tua ignorância e preconceito.

  19. Carol Postado em 26/Nov/2015 às 07:06

    Pereira você não sabe nem metade que esse homem fez pras pessoas e já vai falando chorume. Dráuzio Varella salvou minha avó de um câncer de mama gravíssimo, na época ela tinha apenas 6 meses de vida, fez quimio e radio com o Dráuzio e hoje após 20 anos está vida, devo a vida da minha avó a esse senhor e quem sabe quantas pessoas também tiveram suas vidas salvas por ele. Quanto a pílula, eu estudo medicina e as coisas não são assim a torto e a direito Pereira. Existem testes, existe controles, existem estudos. E outra , são humanos, é antiético vender um medicamento q pode ter um efeito benéfico mas em troca mil outros maléficos. Lançar medicamento não é brincadeira, não é da noite pro dia. Me poupe Pereira

  20. Trajano Postado em 26/Nov/2015 às 07:38

    Pereira/Xonga agora está se superando: se nem Galileu escapou de sua histeria, quem dirá Freud. Primeiro que Psicanálise não é Psicologia. Segundo que pulsão não possui objeto definido; homossexualidade e heterossexualidade não têm qualquer viés psicopatológico em Freud – muito menos de “orientação”, mas, principalmente, articulação sobre a teoria do Complexo de Édipo nos mecanismos psíquicos – isso é básico, psicanálise não se apoia em fundamentos morais de qualquer indivíduo ou instituição. Suspeito que Pereira/Xonga sabe disso, mas mesmo que ele seja adepto do “não sei, não quero saber e tenho raiva de quem sabe”, seus escritos ficam registrados e estampados nos comentários do PP. Só que Pragmatismo não é G1. Recordar é viver: carta famosa de Freud disponível facilmente na internet -------- 19 de abril de 1935Minha querida Senhora, lendo a sua carta, deduzo que seu filho é homossexual. Chamou fortemente a minha atenção o fato de a senhora não mencionar este termo na informação que acerca dele me enviou. Poderia lhe perguntar por que razão? Não tenho dúvidas que a homossexualidade não representa uma vantagem, no entanto, também não existem motivos para se envergonhar dela, já que isso não supõe vício nem degradação alguma. Não pode ser qualificada como uma doença e nós a consideramos como uma variante da função sexual, produto de certa interrupção no desenvolvimento sexual. Muitos homens de grande respeito da Antiguidade e Atualidade foram homossexuais, e dentre eles, alguns dos personagens de maior destaque na história como Platão, Miguel Ângelo, Leonardo da Vinci, etc. É uma grande injustiça e também uma crueldade, perseguir a homossexualidade como se esta fosse um delito. Caso não acredite na minha palavra, sugiro-lhe a leitura dos livros de Havelock Ellis. Ao me perguntar se eu posso lhe oferecer a minha ajuda, imagino que isso seja uma tentativa de indagar acerca da minha posição em relação à abolição da homossexualidade, visando substituí-la por uma heterossexualidade normal. A minha resposta é que, em termos gerais, nada parecido podemos prometer. Em certos casos conseguimos desenvolver rudimentos das tendências heterossexuais presentes em todo homossexual, embora na maioria dos casos não seja possível. A questão fundamenta-se principalmente, na qualidade e idade do sujeito, sem possibilidade de determinar o resultado do tratamento. A análise pode fazer outra coisa pelo seu filho. Se ele estiver experimentando descontentamento por causa de milhares de conflitos e inibição em relação à sua vida social a análise poderá lhe proporcionar tranqüilidade, paz psíquica e plena eficiência, independentemente de continuar sendo homossexual ou de mudar sua condição.” -------- Sigmund Freud. ----------- Sobre a “reorientação sexual” que o Pereira/Xonga se refere, nosso Donald Trump sem topete, se trata de uma aberração intelectual que ele subjugou de A psicogênese de um caso de homossexualismo numa mulher, de 1920, em que uma jovem chamada Sidonie fez análise por imposição dos pais por conta de seu interesse por outra moça. Freud posteriormente publicou inúmeras considerações sobre o Complexo de Édipo e Narcisismo com base no caso, como bissexualidade, relação de mãe e filha, entre outros. A demanda da análise não foi a homossexualidade: Sidonie tentou suicídio, e era totalmente obcecada por uma moça, a perseguia, tudo se voltada para o objeto de desejo. Várias considerações sobre a análise, como em: ------------------- “Nem as proibições nem a vigilância impediam a jovem de aproveitar todas as suas raras oportunidades de encontrar-se com a bem-amada, de verificar todos os seus hábitos, de esperar por ela durante horas diante de sua porta ou numa parada de bonde, de mandar-lhe presentes ou flores, e assim por diante. Era evidente que esse interesse único havia engolfado todos os outros na mente da jovem. Não se preocupava mais com os estudos, não se interessava por funções sociais ou prazeres de moça e mantinha relações apenas com algumas amigas que podiam auxiliá-la na questão ou servir-lhe de confidentes” --------------- Recomendo para quem tiver interesse em buscar na internet sobre o assunto, como exemplo, um artigo interessante está disponível neste link de uma revista da PUC-RS: http://revistas.pucsp.br/index.php/psicorevista/article/view/13585/10092 . Homossexualidade e heterossexualidade não são doenças, nem nos manuais diagnósticos e estatísticos psiquiátricos, nem em qualquer abordagem psicológica científica, nem em qualquer disciplina biológica de prestígio, nem em psicanálise freudiana, nem para a Organização Mundial de Saúde, nem para a Constituição brasileira. Não existe reorientação, muito menos “cura gay”. Aos religiosos que defendem estes serviços pseudocientíficos, sugiro que apresentem os resultados de suas pesquisas, as bases teóricas, metodológicas, psicométricas, enfim, divulguem para a sociedade como é o “tratamento” que vocês estão aplicando para as pessoas, pois vocês falam, falam, mas até agora não disponibilizaram como, na prática, a coisa funciona e quais são os resultados de fato. Ou vocês têm vergonha de expor o que realmente acontece em suas sessões? E Pereira, se o Varella é uma fraude, você é o quê?

    • Trajano Postado em 26/Nov/2015 às 19:54

      Ué? Pereira/Xonga, somos cascudos aqui no site. Da mesma forma que eu já me acostumei com o seu jeito whatsapp de escrever, achei que você já estava acostumado quando escrevo comentários quilométricos. Virou o moderador do Pragmatismo Político agora? Hahahaha! Mas como o assunto é sério e seu comentário rachou o site de vergonha, merece um comentário menor também, que seja. É mais fácil. Em suma, não existe psicoterapia de reorientação sexual em qualquer abordagem da psicologia científica. Não existe nenhum manual diagnóstico de classifique a homossexualidade ou heterossexualidade como doença. Nem para a OMS. Nem para a Constituição. Freud nunca “reorientou” a sexualidade de alguém e jamais a considerou como doença, isso desde o início do século passado. Quem considera homossexualidade como doença ou passível de reorientação não está embasado em teoria científica ou psicanalítica alguma e eles mesmos não apresentam os resultados de suas metodologias, teorias e resultados. Pseudocientífico e homofóbico. Um abraço!

    • Trajano Postado em 29/Nov/2015 às 10:21

      Ah, Pereira/Xonga, até parece! Não deu com Freud, agora quer apelar pra DSM/CID? Homossexualidade como entidade nosológica nunca obteve respaldo científico. Foi incluída por questões sociais, pseudocientíficas e, como tal, foi retirada por pressões sociais e da própria academia. Nunca retornou. Não é doença, não é transtorno mental. Diferente disso, o DSM-5, a última edição do manual diagnóstico lançada recentemente, apresenta a pedofilia como transtorno psiquiátrico. Começa a se repetir uma pinoia, para de ser escroto, tem nada a ver uma coisa com a outra. Existem pedófilos tanto heterossexuais quanto homossexuais. Qual movimento social faz pressão para retirar a pedofilia?? É transtorno, é crime. Não viaja.

  21. junior maia Postado em 26/Nov/2015 às 09:20

    Tem um video no youtube aos moldes desse que o Dr. drauzio fez. É um do richard dawkins, chama-se "cartas de amor para richard dawkins"... hue

  22. ademar Postado em 26/Nov/2015 às 10:30

    Curioso como a grande maioria aqui elogia a atitude e postura do Dr. Drauzio diante das ofensas e comentários agressivos recebidos por ele em seus canais de comunicação , porém não vimos aqui a mesma postura, me parece muito contraditório, tecer e enaltecer as virtudes do Dr. Drauzio e continuar proferindo ofensas, agressividades e intolerância, pois é o que se pode presenciar aqui neste post e em todos os posts do Pragmatismo, não sendo isto um privilégio do Pragmatismo, é predominante nas redes sociais e outros veículos da internet onde se fomenta discussões, e debates de diferentes formas de pensamento, as ideias são desprezadas enquanto toma corpo o embate agressivo, ofensas e intolerância.