Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 11/Nov/2015 às 16:02
26
Comentários

70 internautas são investigados em caso de racismo contra Taís Araújo

Facebook recebe ordem judicial para repassar dados dos internautas que ofenderam Taís Araújo com xingamentos racistas. Ao menos 70 perfis estão sendo investigados. Atriz foi chamada de “macaca”, “criola”, “cabelo de esfregão”, entre outras ofensas

racismo Taís Araújo Facebook

Ao menos 70 perfis de usuários do Facebook estão sendo investigados pela Polícia Civil do Rio após a atriz Taís Araújo ser alvo de ofensas racistas em uma rede social. No dia 31 de outubro, uma foto publicada em seu perfil no Facebook recebeu diversos comentários chamando-a de “macaca”, “criola”, “cabelo de esfregão”, entre outras ofensas.

Na última quinta-feira (6), o Facebook recebeu uma ordem judicial para repassar à polícia os dados dos agressores, com o prazo de 24 horas. Desde então, as informações foram entregues apenas parcialmente, disse o delegado.

O Facebook pode ser punido em R$ 50 mil reais por dia pelo atraso no repasse dos dados, de acordo com o delegado.
Thiers disse que a polícia tem conseguido identificar e indiciar os envolvidos nesse tipo de caso. “O problema é que a pena é muito branda”, disse ele.

O delegado pretende indiciar os agressores de Taís por injúria racial, cuja pena máxima é de 3 anos e multa, podendo aumentar caso sejam encontrados agravantes.

O presidente da Comissão de Igualde Racial da OAB-RJ, Marcelo Dias, defende que os usuários que publicaram ofensas de Taís Araújo sejam indiciados por crime de racismo, cuja punição máxima é de 5 anos de detenção, e não somente injúria racial.

“Se o agressor é condenado [por injúria], além de a pena ser branda, ela ainda pode ser convertida para medidas alternativas. É a sensação de impunidade a responsável por fazer com que esse tipo de crime continue a acontecer”, afirmou Dias.

Segundo o código penal brasileiro, o crime de injúria racial corresponde a ofensas à raça, etnia, cor, origem de uma determinada vítima. Já o crime de racismo consiste em atitudes discriminatórias que afetem um grupo como um todo.

“Quando os crimes de racismo são praticados na internet, milhões de pessoas têm acesso e são atingidas”, acrescentou Dias.

informações de Folhapress/Ronald Lincoln Jr

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. EDUARDO Postado em 11/Nov/2015 às 17:07

    Uma coisa me deixa triste nesse caso: o tratamento e parcialidade do estado quando o assunto é famoso. Sou morador de Brasília. Venho sendo vítimas de trotes através do site apetitar. Em dois meses já foram mais de 100 pedidos de comida aqui para casa. Fizemos denuncias na polícia e ela está com uma investigação em curso. Já pediu a quebra do sigilo dos IP's dos trotistas, mas a justiça ainda não concedeu. Gostaria de saber como a Taís Araújo conseguiu que a polícia, em apenas um dia após os comentários, já tivesse pessoas sendo indiciadas. Isso só mostra o quando o Estado Brasileiro trabalha em prol de quem tem capital. Basta ter dinheiro ou ser famoso para que o estado te assista. Caso contrário não há atenção. POr isso sempre digo a todos. O Brasil melhorou muito no governo do PT. Mas é preciso melhorar ainda mais. Ter menos coxinhas dentro das instituições. Dar educação ao pobre para que ele também seja: juíz, delegado, médico. Esses profissionais precisam estar mais próximos da população e não distantes como é hoje. Dá pra ver como a sociedade brasileira é hoje: fascista, classista e elitista.

    • nadja Postado em 11/Nov/2015 às 18:32

      Certíssimo, obrigada por suas palavras

    • Graziele Postado em 12/Nov/2015 às 01:39

      Concordo! Em quase tudo, se não for famoso, fica por isso mesmo. Lembram do cara negro alvejado por acompanhar a namorada ao caixa eletronico? Hoje vc percebe tanta cojsa que desencadeia este tipo de ação e nada é feito. Crimes envolvendo pedofilia, estupro, são a mesma coisa.... continuam expostos e livres.

  2. irineu Postado em 11/Nov/2015 às 17:09

    xinga agora racistas filhos da puta

  3. Pereira Postado em 11/Nov/2015 às 17:19

    Ser mal educado ao criticar o cabelo de alguém é mais grave que estuprar e matar no Brasil. E os "racistas" menores de 18 anos de idade merecem cana ? Não é atoa que temos 60 mil homicídio por ano. O importante é punir duramente que critica o cabelo dos outros. Depois não sabem porque estamos nessa situação de penúria extrema !

    • poliana Postado em 11/Nov/2015 às 18:22

      pereira, pelo amor de deus. vc fala como se o q aconteceu com ela fosse um nada, apenas uma brincadeira de mal gosto. tenha santa paciência. é q no dos outros é refresco né? errada foi ela q fez esse "auê" todo e denunciou. era só engolir calada q essa gente chata n a encheria mais...ou mesmo alisar o cabelo pra ficar mais bem "apresentável", né? pelo amor...mas n houve racismo nesse episódio não, foi apenas uma brincadeira de mal gosto...an ran..tá bom.....

      • Amarilia Postado em 12/Nov/2015 às 21:23

        Parabéns,Poliana,pelos seus comentários,sempre ponderados e na defesa dos direitos humanos e civis.No caso da Taís,tomara que ela não pare no meio do caminho e que TODOS os que a ofenderam sejam identificados e punidos de acordo com a lei.Se,infelizmente,a justiça ainda privilegia os famosos e endinheirados,a gente sabe que o exemplo vale mais do que mil discursos.A punição dos envolvidos poderá botar limites na escalada da violência na internet.Em nome da tal liberdade de expressão,as pessoas estão achando que podem tudo,inclusive destruir a honra das pessoas.

    • João Paulo Postado em 11/Nov/2015 às 20:03

      É evidente que os agressores devem ser responsabilizados (e isso sequer comporta debate), mas tenho que concordar com o comentário. Nem precisa se reportar ao estupro. Estelionato, lesão corporal, ameaça, corrupção contra menores, crimes contra a ordem tributária, trabalhista e da administração pública, etc. Inúmeros crimes que são negligenciados pela Polícia e ocorrem a cada minuto. Só a título de exemplo, vale citar o caso de um portador do vírus HIV que transmitiu (ou tentou) a doença para várias mulheres (crime de periclitação à saúde), foi à DP prestar um depoimento tosco, saiu e voltou à atividade criminosa. Ou os responsáveis legais da Samarco, em relação aos quais ninguém sequer toca em responsabilidade criminal. Quem já foi a uma DP sabe a dificuldade em registrar ocorrência. O escrivão, Delegado ou qualquer outro infeliz responsável pelo atendimento sequer atenderia alguém que fosse denunciar injúrias iguais às feitas contra a atriz global. Criam óbices para registrar até mesmo crimes bem mais graves. Agora, há uma verdadeira caçada policial e pretendem até deturpar o tipo legal (racismo ao invés de injúria). Tudo isso em tempo recorde! Coisas de Brasil.

    • Graziele Postado em 12/Nov/2015 às 01:43

      Pereira, senso de justiça é para todas as justiças e não para o que um ou outro considere grave. Sua alma é sebosa e batata, espero que o diabo já tenha lhe encomendado, pois você é um desperdício de oxigênio.

      • Pereira Postado em 12/Nov/2015 às 11:07

        Ahhh ! o "amor" dos imbecis que se dizem pregadores do amor!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 12/Nov/2015 às 10:19

      o ostracismo não fez bem ao pereira...voltou bostejando mais e com mais força do que o já elevado padrão habitual dele...

    • sergio ribeiro Postado em 12/Nov/2015 às 11:58

      Racismo é crime igual a qualquer outro. Todos os crimes devem ser apurados e não somente os que você julga mais importante.

  4. Pereira Postado em 11/Nov/2015 às 17:22

    Qualquer dia aparecerá um espertalhão aos moldes de Jean uilis, defendendo a causa de...sei lá, dos barrigudos. Será crime de barrigudofobia falar mal da barriga dos outros. E pior tal qual uilis, ganhará um dinheirão público para isso. Espertalhões e oportunistas como o referido deputado é que não falta no Brasil.

  5. cristina cavalcante Postado em 11/Nov/2015 às 17:37

    Cabelo maravilhoso,não é pra qualquer um,provoca inveja,como tudo que é lindo,não só o cabelo,como a Taís Araújo é magnifica...

  6. cruz Postado em 11/Nov/2015 às 17:39

    as pessoas que curte estes comentarios tambem respondem????

    • gustavo0 Postado em 11/Nov/2015 às 18:26

      Eu também queria saber. Mas acredito que não.

    • rosana Postado em 11/Nov/2015 às 18:56

      pelo visto sim...

  7. Ronaldo Domingues Postado em 11/Nov/2015 às 18:28

    Acredito que hoje, mais do que nunca é preciso de fato estabelecer nossas prioridades, ser negro, em um País desigual como o nosso é muito ruim, ser mulher, em um País como o nosso é muito ruim, amar as pessoas independente de seu gênero é muito ruim, então respondendo, enquanto as pessoas não aprenderem a respeitar o outro e tudo aquilo que o outro é, sim Pereira vamos sim ter que punir e punir, e pelo que me parece, isso pra uma parcela da população diz que é punindo que se educa então ai vai, não foi bem educado, não soube respeitar o outro como tentaram ensinar, é isso paga o preço, criminoso é aquele que comete um crime, e tem um monte de gente que diz que criminoso bom é criminoso morto, e agora ?

    • eu daqui Postado em 12/Nov/2015 às 10:14

      Ser idealista nesse país é muito dificil mas não é ruim. É o dificil e bom.

  8. Thiago Teixeira Postado em 12/Nov/2015 às 07:20

    70 eleitores do Aécio.

    • eu daqui Postado em 12/Nov/2015 às 10:13

      Não tem petista racista. Piada? Ou não tem petista humano: seria o significado mais profundo da piada?

      • Thiago Teixeira Postado em 12/Nov/2015 às 12:06

        Mina, não adianta tampar o sol com a peneira, não sei se você sabe mas a líder do movimento negro do PSDB é loira. http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/05/presidente-nucleo-negro-psdb-e-loira.html

    • Eduardo Ribeiro Postado em 12/Nov/2015 às 10:21

      Pode ser, mas é mais provável que sejam 70 Bolsonaristas. Os 70 que vão votar nele em 2018.

      • Thiago Teixeira Postado em 13/Nov/2015 às 12:55

        Certamente, mas concorda que é muito raro um eleitor do Bolsonaro ter votado 13 no segundo turno?

  9. Eduardo Ribeiro Postado em 12/Nov/2015 às 10:42

    Taisinha linda incomodando....vejo racistinhas por aí puuuuutos, vomitando ódio e inventando um monte de espantalho feio ("ainnnn apenas criticaram o cabelo dela"...."ainnn não foi racismo, foi injuria, parem com essa caçada") para disfarçar o sangue nos olhos causado por uma "pretinha marrenta de cabelo feio e que não sabe seu lugar" querendo levar um caso "tão pequeno" até as últimas consequencias.....não é isso aí, racistada? Esses pretinhos que não seguem a cartilha de vocês tem que tomar um enquadro...onde já se viu? """""""""""""""Depois de ser chamado de macaco, todo preto tem que ir até o racista e beijar a sua mão, se desculpar por ser negro e ter causado tamanho constrangimento. É assim que preto tem que se comportar: ser submisso, lacaio, servil."""""""""""""". Assinem embaixo os que se identificarem e tiverem coragem de assumir o próprio racismo, por gentileza.

  10. Telmo Postado em 12/Nov/2015 às 14:04

    A propósito das relações do facebook com os racistas: http://saudepublicada.sul21.com.br/2015/11/11/os-mamilos-e-as-discriminacoes/