Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 14/Oct/2015 às 18:54
18
Comentários

"Se derrubo Dilma agora, no dia seguinte vocês é que me derrubam"

Frase foi dita por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em reunião nesta terça-feira com líderes da oposição. Presidente da Câmara quer garantias de que conseguirá preservar o seu mandato caso aceite um pedido de impeachment contra Dilma

Eduardo Cunha Dilma impeachment
O deputado Eduardo Cunha (Imagem: Gabriel de Paiva/Agência Globo)

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (13) na residência oficial da Câmara, o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi direto com os líderes da oposição: “Se eu derrubo Dilma agora, no dia seguinte, vocês é que vão me derrubar”, disse.

Na conversa pela manhã, Cunha ainda demonstrava desconforto em relação a nota da oposição, divulgada no último sábado, que defendia sua saída, mesmo o texto tendo sido negociado com ele. Em conversas mais reservadas, Cunha quer garantias de que conseguirá preservar o seu mandato.

Alguns partidos da oposição sinalizam que podem tentar segurar um processo de cassação contra o presidente da Câmara dentro do Conselho de Ética. Mesmo assim, no PSDB, a avaliação é de que Cunha ainda pode fazer um acordo com o governo, caso perceba que não haverá os 342 votos necessários para abrir um processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Até a reunião, a oposição queria fazer um aditamento a pedidos de abertura de processo de impeachment que já estavam em tramitação na Câmara, tática que foi atropelada durante o dia. Agora, a estratégia da oposição é entrar com novo pedido de impeachment no Congresso Nacional.

O objetivo é incluir no pedido de impeachment referências às chamadas pedaladas fiscais — prática de atrasar repasses a bancos públicos — do ano de 2015.

Cassação de Cunha

Deputados do PSOL e da Rede entregaram na tarde desta terça-feira (13) ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados representação contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na qual pede a cassação do mandato do peemedebista por quebra de decoro parlamentar.

Denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal) por suspeita de ter recebido US$ 5 milhões em propina do esquema investigado pela operação Lava Jato, na última semana Cunha teve seu nome ligado a contas secretas na Suíça.

O Ministério Público da Suíça informou à Procuradoria brasileira que Cunha foi investigado naquele país por suspeita de lavagem de dinheiro e corrupção, e que os valores depositados nas contas foram bloqueados. A investigação suíça já foi enviada ao Brasil.

Uma vez instaurado o processo no Conselho de Ética, o prazo para que o resultado das investigações seja levado à votação pelo plenário da Câmara é de até 90 dias úteis. Por isso, há a possibilidade de que o caso só tenha um desfecho no próximo ano.

com blog do Camaroti e Jornal do Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Denisbaldo Postado em 14/Oct/2015 às 18:56

    Até o Eduardo Cunha tem medo do PSDB, chegou perto demais e sentiu o cheiro de traição.

    • poliana Postado em 14/Oct/2015 às 19:21

      ele perdeu forças, denisbaldo. provou do próprio veneno. experimentou com o psdb, o q ele fez com dilma!!!! agora aguente as consequências. n quis ser amigo do psdb? n achou q estaria imune e blindado por isso? se deu mal!

      • Denisbaldo Postado em 14/Oct/2015 às 19:37

        Ele tem sido muito útil ao PT ultimamente, desde que sofreu as acusações começou a se esconder e falar mais manso. Tentou uma saída triunfal com o impeachment, mas percebeu que ele também fazia parte do impeachment. Se a oposição fosse verdadeira, honesta, ilibada como tanto brada, derrubaria o Eduardo Cunha e a Dilma rapidamente. Mas como não passam de falsos moralistas, todo envolvidos até seus pescoços de frango em falcatruas, terão que engolir mais essa derrota. Mas o Brasil não terá dias fáceis pela frente tão cedo, a guerra política está instalada e nós do povo é que pagaremos uma conta muito cara. Os efeitos desta palhaçada coxinha serão sentidos por muito tempo, a elite perdedora e burra terá muita gasolina para queimar e reclamar nos próximo anos, e nós por consequência, também.

  2. poliana Postado em 14/Oct/2015 às 19:17

    "Presidente da Câmara quer garantias de que conseguirá preservar o seu mandato caso aceite um pedido de impeachment contra Dilma".........................viu como eles estão realmente preocupados com o país!!!??? o q importa mesmo é tirar o pt do poder!!!!

  3. julia Postado em 14/Oct/2015 às 21:52

    Pior é que isso só demonstra quem está mandando no país...Os desavisados ainda acham que quem tá governando é o PT! ACORDA.

    • Denisbaldo Postado em 14/Oct/2015 às 23:27

      O PT só está evitando que o pior aconteça, ou seja, que o PSDB tome o poder. Em 2015 quem governou foi o PMDB e provavelmente assim o será até 2018.

      • julia Postado em 15/Oct/2015 às 14:58

        Exato. Essa é a minha análise...estão loteando todos os ministérios, estatais e quando for em 2018, se não arrumarem um jeito de sumir com Lula, eles retornam ao poder. Eles: PMDB, PSDB e adjacências.

  4. Leandro Postado em 14/Oct/2015 às 22:09

    Silas Malafaia deve ta com o cú na mão!

  5. Filipe Postado em 14/Oct/2015 às 23:29

    Vai se tratar que isso é doença

  6. enganado Postado em 15/Oct/2015 às 00:47

    Que vergonha! Só putaria da Direita! São esses que querem dar """um golpe branco""" contra a Presidenta DILMA. Parabéns rede gRoubo=Anglo Semitas. PQP a enésima potência. Só gostaria de saber como esse bando de FDP´s governariam o BRASIL. Aí sô general! Isto pode né! Realmente o BRASIL é um mero detalhe, foda-se o resto porque o quero mesmo é encher meus bolsos com o suor dos babacas=5P´s, já que quem defende a ""Prostituição"" do BRASIL enfiou a cabeça no buraco igualzinho a um avestruz. Vamos para a guerra civil! Soberania ou Morte!

  7. Thiago Teixeira Postado em 15/Oct/2015 às 13:33

    Está no blog errado coxinha, volte para o G1.

    • julia Postado em 15/Oct/2015 às 15:00

      Clap clap clap clap....Rindo litros...realmente... coxinha que se respeita não vem aqui...tem que ir beber lá da fonte da "Vênus platinada"...=D

  8. Thiago Teixeira Postado em 15/Oct/2015 às 13:37

    Antes de derrubar a Dilma você morre, seu babaca. Ou acha que a presidenta está sozinha?

  9. Eduardo Ribeiro Postado em 15/Oct/2015 às 14:30

    "se derrubo dilma agora..."...tá se achando...para um ratinho sozinho e acuado que quis dar o passo maior que a perna e hoje é um moribundo político, um zumbi em decomposição acelerada, um falso ídolo de direita, mídia e elite branca que está com uma única bala no tambor e não sabe pra que lado mira, sua posição atual não combina com tamanha prepotência...

    • Sérgio Postado em 16/Oct/2015 às 02:27

      Vai virar carniça!

      • Wanderson Postado em 18/Oct/2015 às 12:16

        É, mas ele não se dá por vencido e quer que sua carcaça podre perambule por mais um tempo pela câmara,como um zumbi.

  10. Paulo Postado em 15/Oct/2015 às 20:23

    É claro que se a oposição garantir que não irá derruba-lo, Cunha seguirá os passos pro impitima! O PSDB fará qualquer coisa.

  11. Roberto Pedroso Postado em 17/Oct/2015 às 11:25

    O que é mais desalentador é que provavelmente será arquitetado um acordão entre Cunha e o Executivo e tudo permanecerá como está,se vamos propor impeachment que seja para todos aqueles envolvidos em escândalos de corrupção e que atualmente ocupam cargos públicos no executivo e legislativo teríamos que revogar os mandatos de deputados senadores governadores que tiveram seus nomes envolvidos em denuncias de corrupção neste balaio então não colocaríamos apenas a presidente mas também Eduardo Cunha,Aécio Neves,Renan Calheiros,Michael Temer,Aloysio Nunes ,então poderemos até defender a tese de impeachment desde que todos aqueles que hoje ocupam cargos no executivo e legislativo que tiveram seus nomes envolvidos com escândalos de corrupção sejam afastados seguida por eleições amplas e irrestritas para o executivo e legislativo.