Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 13/Oct/2015 às 10:26
16
Comentários

Esposa de Cunha torrou milhões por meio de cartões de crédito das contas secretas

A jornalista Cláudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha, torrou milhões por meio de cartões de crédito associados às contas secretas abertas na Suíça. Gastos incluem até academia de tênis. Oposição pede, oficialmente, afastamento do presidente da Câmara

Eduardo Cunha esposa jornalista
Eduardo Cunha com a esposa, a jornalista Cláudia Cordeiro Cruz (divulgação)

Antes de o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ter 2,46 milhões de francos suíços congelados pelas autoridades da Suíça, uma conta em nome de sua mulher, a jornalista Cláudia Cordeiro Cruz, de 48 anos, teve gastos de pelo menos US$ 1,082 milhão (R$ 3,8 milhões) em cartões de crédito internacionais.

De acordo com documento do Ministério Público suíço entregue à Procuradoria Geral da República, entre os gastos estão academias de tênis dos EUA, escolas de inglês e transferências para bancos da Inglaterra e de Barcelona, na Espanha.

Os pagamentos foram feitos entre maio de 2008 e abril de 2015. A conta Kopek, registrada em nome da mulher do deputado, pagou US$ 525 mil para o cartão de crédito Corner Card entre 2013 e este ano. Só entre agosto do ano passado e abril deste ano US$ 156 mil. No cartão American Express, foram US$ 316 mil entre junho de 2008 e outubro de 2012. O cerco a Cunha é cada dia maior.

Nas contas do Marlvern College, da Inglaterra, foram pagos US$ 8 mil em 14 de maio de 2008. Na academia de tênis IMG, dos EUA, mantida pelo professor Nick Bollettieri, foram gastos US$ 52 mil entre agosto de 2008 e abril de 2009. Na conta do banco de Barcelona foram depositados US$ 119 mil entre agosto de 2011 e fevereiro de 2012.

Na conta de uma pessoa suspeita de fazer parte do esquema de desvios da Petrobras – mas cuja participação não foi atestada por investigadores do Brasil – foram depositados US$ 52 mil entre agosto de 2008 a abril de 2009. A conta está na Inglaterra, no banco Lloyds.

Cunha recebeu 1,3 milhão de francos suíços da conta do lobista João Augusto Henriques – ligado ao PMDB e suspeito de ser operador de propinas no esquema investigado pela Operação Lava-Jato – entre 30 de maio e 23 de junho de 2011. Os pagamentos aconteceram três meses depois que a Petrobras fechou negócio em um campo de petróleo, em Benin, na costa oeste da África. Investigadores no Brasil suspeitam que o deputado recebeu parte de uma propina para o negócio de US$ 34 milhões ser fechado.

Duas contas de Cunha foram encerradas logo após a deflagração da Lava-Jato, em 2014. Nas outras duas havia um saldo em 17 de abril deste ano exatos 2.468.864 de francos suíços (R$ 9,6 milhões). Tudo foi bloqueado pela Suíça naquela data. Mas o dinheiro total que ingressou nessas contas – parte mais importante da investigação – ainda não é totalmente conhecido.

Oposição pede afastamento

Líderes de partidos de oposição na Câmara defenderam no último sábado (10) o afastamento de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara dos Deputados.

Por meio de nota à imprensa, os líderes do PSDB, Solidariedade, PSB, DEM, PPS e Minoria na Casa (bloco que reúne os oposicionistas) pedem que ele se afaste do cargo “até mesmo para que ele possa exercer, de forma adequada, o seu direito constitucional à ampla defesa”.

“Sobre as denúncias contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, noticiadas pela imprensa, os líderes Carlos Sampaio [PSDB-SP], Arthur Maia [SD-BA], Fernando Bezerra Filho [PSB-PE], Mendonça Filho [DEM-PE], Rubens Bueno [PPS-PR] e Bruno Araújo [PSDB-PE], respectivamente do PSDB, Solidariedade, PSB, DEM, PPS e Minoria, entendem que ele deve afastar-se do cargo, até mesmo para que possa exercer, de forma adequada, o seu direito constitucional à ampla defesa”, diz a nota.

Pouco depois do pedido de afastamento feito pelos líderes dos partidos de oposição, a assessoria de imprensa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, divulgou nota à imprensa na qual ele reafirma que permanecerá no cargo.

“Pode pressionar, eu não renuncio. Sem a menor chance. Podem retirar apoio, fazer o que quiserem. Tenho amplo direito de defesa. Não podem me tirar”, afirmou ele.

com agências

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Debora Postado em 13/Oct/2015 às 11:11

    Esse cara me dá nojo.

    • poliana Postado em 13/Oct/2015 às 13:40

      Esse cara me dá nojo. (2)

      • Denisbaldo Postado em 13/Oct/2015 às 17:13

        Esse cara me dá miojo.

      • JOHN J. Postado em 14/Oct/2015 às 18:41

        ESSE CARA ME DÁ NOJO.

  2. Nelo de Carvalho Postado em 13/Oct/2015 às 12:52

    A cunhada ou esposa de Vacari, tesoureiro do PT, por muito menos e de forma inocente, ela foi excomungada e presa, ao ser liberada nem desculpa a ela pediram, pela injustiça cometida pelo sistema e e o Juiz Sergio Moro. Já imaginou se essa denuncia, dos Cunhas, viesse ou fosse contra dona Marisa, a esposa do nosso ilustre, Luís Inácio Lula da Silva; a oposição pediria os esquartejamento do casal em praça pública. Nelo de Carvalho

  3. Eduardo Ribeiro Postado em 13/Oct/2015 às 14:13

    Belo exemplo para a tradicional familia brasileira que tanto Cunha defende. Modelo moral para o casal coxinha branco medio-classista brasileiro, porque "somos todos Cunha". E ela tem sorte. Se houvesse um fio de cabelo ligando ela a alguem do PT - não precisaria nem ser cunhada de algum graúdo do partido, coisa que pra eles já é uma "oh ligação evidente"...qualquer ligação fuleira, tipo "vizinha da diarista que limpou o apê de Lula em setembro/2013" já serve - , já estaria presa.

  4. Lopes Postado em 13/Oct/2015 às 14:27

    Tanto ele quanto Temer têm bom gosto! Pena que somos nós quem pagamos indiretamente a mordomia.

  5. Carlos Augusto Normann Postado em 13/Oct/2015 às 17:11

    bom...parece que a sra. Cunha cheirou o gás do Coringa, pelo sorrisinho plastificado. Gente fina, que expulsa pobres da Casa do Povo, que torra uma naba de grana em luxos da madame, que conclama ao golpe. E segue a saga do sr. Cunha resistindo a obedecer o cap. Nascimento e pedir pra sair....

  6. Salomon Postado em 13/Oct/2015 às 21:20

    É evidente (e da mais solar evidência) o que um quer com o outro. Isso é o máximo que um coxinha pode aspirar, em matéria conjugal: ter uma cortesã refém do seu cartão de crédito. Até que a cadeia os separe...

  7. sidney Postado em 13/Oct/2015 às 22:20

    Um cinismo desse ai só sai se levar chumbo...

  8. sidney Postado em 13/Oct/2015 às 22:21

    Queremos guerra civil nesse pais de ladrão...

  9. Irion Postado em 13/Oct/2015 às 22:49

    A mulher do Cunha tem que parecer honesta!? (mas será que aprendeu a jogar tênis??..)

  10. Zeketi Postado em 14/Oct/2015 às 00:49

    Tem realmente algo estranho nisso tudo, até porque a turma do governo atual já teria sido presa por menos evidências. É certo que a corrupção é profundamente arraigada na nossa sociedade (e quem passa no acostamento ou dá aquele "por fora" pra conseguir algo também é tão corrupto quanto), mas essa medida não tá mesmo igual pra todos, né não? Vamos ver o quanto essas pessoas vão resistir às verdades e mentiras...

  11. João Paulo Postado em 14/Oct/2015 às 05:03

    Cúnha é "boi de piranha". Em todas as concepções possíveis para essa expressão.

  12. George Postado em 14/Oct/2015 às 11:53

    Esse é o perfil de quem foi na "marcha da família brasileira contra a corrupção" em março e agosto.

  13. Shuma Postado em 14/Oct/2015 às 13:07

    Ela tem cara de psicopata.