Redação Pragmatismo
Compartilhar
Dilma Rousseff 02/Oct/2015 às 17:05
50
Comentários

Dilma reduz o próprio salário, corta 3 mil cargos e acaba com 8 ministérios

Dilma Rousseff reduz o próprio salário e o do seu vice, Michel Temer. Além disso, a presidente anunciou o fim de 8 ministérios, 3 mil cargos comissionados. Ministros, que também tiveram salários reduzidos, não viajarão mais de 1ª classe. Confira as outras medidas para a redução de gastos e quais ministérios foram extintos

Dilma corte ministérios salário

Diante das crises política e fiscal vigentes, Dilma Rousseff (PT) anunciou nesta sexta-feira (2) a reforma ministerial. A presidente confirmou o corte de oito pastas e anunciou a redução de 10% no seu próprio salário, além do salário do vice-presidente Michel Temer e dos ministros.

A reforma ampliou o espaço do PMDB, de seis para sete ministérios, e contemplou ainda o PDT com o Ministério das Comunicações.

Foram cortadas dez pastas e criadas outras duas, a partir da fusão de pastas e secretarias com status de ministério. Assim, o Brasil terá agora 31 pastas com status de ministério. Antes eram 39.

A redução de ministérios sinaliza o esforço do governo em reduzir gastos, embora especialistas apontem que a economia conseguida não será significativa. O cálculo do governo é que a reestruturação das pastas vai gerar uma economia de R$ 200 milhões por ano. O ajuste proposto para 2016 envolve um esforço fiscal de R$ 64,9 bilhões, entre corte de gastos e aumento de arrecadação. Ontem, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou que o principal impacto da reforma será a melhoria da gestão.

“O Estado brasileiro, em especial o Executivo, deve estar preparado para assumir uma dupla função. De um lado, ser o parceiro da iniciativa privada. E de outro assegurar igualdade de oportunidades a todos os cidadãos e cidadãs brasileiros. Por isso, melhorar a gestão pública federal é um desafio constante”, disse Dilma ao anunciar as mudanças.

“A fusão de alguns ministérios tem um objetivo claro: fortalecer e dar maior eficiência e maior foco às políticas públicas”, declarou.

Confira a seguir o que mudou:

MINISTÉRIOS

— Ministérios da Previdência Social será fundido ao Ministério do Trabalho

— Ministério da Pesca e Aquicultura será extinto e absorvido pela Agricultura

— Secretaria de Política para as Mulheres, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e Secretaria de Direitos Humanos foram extintas e fundidas para criar o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos

— Secretaria Geral da Presidência e a Secretaria de Relações Institucionais: fundidas na Secretaria de Governo

— Gabinete de Segurança Institucional, responsável pela segurança da presidente, perderá o status de ministério e será transformado em gabinete militar

— Secretaria de Assuntos Estratégicos foi extinta. Ela era comandada pelo ministro Mangabeira Unger e formulou o programa Pátria Educadora, mote da atual gestão

— Secretaria da Micro e Pequena Empresa será absorvida pela Secretaria de Governo

MEDIDAS DE REDUÇÃO

— Criação da comissão permanente de reforma do Estado

— Corte de 30 secretarias nacionais em ministérios

— Redução em 20% com gastos de custeio e contratação de serviços

— Limite de gastos com telefone, passagens e diária

— Metas de eficiência no uso de energia elétrica e água

— Corte de 10% na remuneração dos ministros

— Revisão de todos os contratos de aluguel, segurança e administrativos

— Venda de imóveis da União não utilizados para políticas públicas

— Corte de 3.000 cargos em comissão

MUDANÇAS DE COMANDO

— Ministério da Saúde: sai Arthur Chioro (PT-SP), entra o deputado federal Marcelo Castro (PMBD-PI)

— Ministério da Ciência e Tecnologia: sai Aldo Rebelo (PC do B-SP) e entra o deputado federal Celso Pansera (PMDB-RJ)

–Secretaria de Portos: sai Edinho Araújo (PMDB-SP) e entra Helder Barbalho (PMDB-PA). Barbalho era titular da Pesca, que será extinta

— Ministério da Defesa: sai Jaques Wagner (PT-BA) e entra Aldo Rebelo (PCdoB-SP)

— Ministério da Educação: sai Renato Janine e entra Aloizio Mercadante (PT-SP), atualmente na Casa Civil

informações de Agência Brasil e UOL

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Paranauê das Américas Postado em 02/Oct/2015 às 17:18

    Palmas para quem queria copa? Não queriam torcer pelo Neymar? Tudo isso tem um custo. Enquanto o moleque semi-analfabeto sonega 180 milhões, resta ao torcedor imbecil e ufanista (depois daquele maravilhoso 7 a 1) pagar a conta. Palmas para quem aplaudiu os bandidos da Fifa fugindo com o nosso dinheiro.

    • Mandy Ferreira Postado em 02/Oct/2015 às 19:02

      Que preconceito no seu comentário sobre o Neymar, nao gosto dele tbm mas chamar de moleque semi-analfabeto como se isso o desqualificasse moralmente, é extremamente preconceituoso, credo!

      • Erick Postado em 02/Oct/2015 às 21:54

        Mandy ferreira, Larga a mão de ser um moralista chato! o moleque é semi-analfabeto, imbecil, que fez fortuna nas custas do idiotas brasileiros e ponto final.

      • Willian Postado em 02/Oct/2015 às 23:26

        Gostaria de lhe informar que preconceito trata-se de uma combinação de palavras oriundas do dicionário que possuem o significado de "julgar antes de conhecer ou saber do que se trata"; Ou seja, um conceito pré-definido. Agora também digo que em todas as entrevistas e bate-papos que rolaram com o garoto Neymar (que por sinal é uma pessoa burra), ele nunca proferiu sequer uma palavra sábia e qualquer frase bem formulada, o que faz dele um semianalfabeto sim. E concordo 100% com o que o amigo acima disse; Enquanto nós (ou eles, entenda como quiser) dermos(derem) mais valor ao futebol, ao carnaval, a mulheres peladas e outras coisas fúteis que não acarretam de valor cultural, pessoal ou monetário para com o país do que à coisas realmente importantes estaremos fadados a sermos taxados de "um país burro", "um país sem cultura", "gente idiota"; Sem falar na imagem denegrida de nosso país que é passada pelo mundo a fora. E termino com um saudoso novo lema: "Nada acontece, feijoada".

      • Paranauê das Américas Postado em 03/Oct/2015 às 00:21

        Desculpe irmã, mas é exatamente como eu penso: um qualquer que é idolatrado por nossa imprensa marrom irresponsável, e um criminoso. O que o desqualifica moralmente é o fato de lavar dinheiro e não declarar 180 milhões ao fisco. Pense nesse número: será que não há aí lavagem de dinheiro do crime organizado? Lembre da prisão dos figurões da Fifa e imagine de onde vem todo esse dinheiro.

      • Vinicius Postado em 03/Oct/2015 às 00:30

        Quando um rapaz tem bases familiares e chance total de ir à escola e a larga pra jogar futebol, ser semi analfabeto é desqualificação moral.

      • paulo Postado em 03/Oct/2015 às 10:54

        Concordo. Ele ganhar dinheiro com a habilidade dele não o desqualifica como trabalhador. Se ele sonegou impostos A LEI É CLARA . É a maior parte de corrupção no Brasil são de pessoas com formação, basta da uma olhada no jornal e verá. Também não gosto dele como pessoa pública. Devido a se achar. Mas ele é bom quem o moldou assim foi a midia e qualquer um se transformaria na forma como moldaram ele!

      • Everton Postado em 03/Oct/2015 às 11:29

        "Ganhar dinheiro com a habilidade dele não o desqualifica como trabalhador". Um moleque SEMI-ANALFABETO, ganhando milhões pra JOGAR BOLA... não acredito que Paranauê quis desmerecer as pessoas que não tiveram acesso à uma educação de qualidade. A crítica é a esse tipo de valor, achar normal isso (ah...mas mamuleke joga bem). Porra! Vc sabe o que esse tipo de figura, esse tipo de valor, esse tipo de exemplo gera na opinião pública? Qual a relevância social do Neymar? Um indivíduo faturar uma grana que seria suficiente pra implantar várias escolinhas esportivas para a população ou coisa do tipo, e população achar isso justo, é um problema. Tanta gente se matando de trabalhar dando aula, limpando a rua, salvando vidas, etc., e ganhando uma miséria e esse muleque semi-analfabeto, sem nenhuma relevância social, que não ajuda ngm que não seja da sua família, ganhando tanto (desnecessário) dinheiro? Isso desqualifica totalmente, ao meu ver, ele como trabalhador

      • Marcos Postado em 05/Oct/2015 às 14:02

        Pessoal, se o cara ganha dinheiro jogando futebol, pois bem, foi o que a habilidade dele lhe proporcionou. Também entendo que há uma supervalorização do futebol na sociedade, no entanto, antes isso que figurar em algum índice sobre crimes na adolescência, não concordam? Pois é. Houve sonegação de milhões de reais. Pois é, ele vai ter que pagar. Agora, esses discursos moralistas-preconceituosos (e pasmem: preconceito não significa tão somente a definição que o dicionário lhe dá) não te tornará uma pessoa melhor do que quem vocês estão falando. Penso que é melhor defender a liberdade de expressão, a prática do esporte, a educação, etc. Também gostaria de informar que, ao contrário do que disseram sobre o Neymar, ele hoje tem um instituto que ele banca quase sozinho, que atende aproximadamente 2.800 crianças carentes do bairro onde ele nasceu, e isso já não torna viável dizer que ele gasta tudo apenas com sua família. Sei lá, pensar bem as vezes faz bem. Flw Vlws

    • Kako Manari Postado em 02/Oct/2015 às 19:40

      Neymar não tem nada haver com isso, ta ganhando a grana dele!!

    • Alex Postado em 02/Oct/2015 às 20:20

      Sua opção política tem tudo a ver com seu preconceito. É dessa forma que vocês querem construir um pais? Você também se veste de branco e usa capuz na cabeça?

    • Leonardo Postado em 03/Oct/2015 às 01:34

      Kkkkkkkkk Ta certo paranaue "Ney Jr" ta lá desfilando com seu presentinho novo de 2 milhões. Enquanto seu empresário recomenda abertamente tirar seu dinheiro do país e mandar tudo pra paraísos fiscais. Afinal pagamos impostos demais. Falta um golpe fatal pra pachecada: O Brasil ficar fora da copa. Torcemos juntos.

    • Leo Postado em 03/Oct/2015 às 02:05

      que merda tu ta falando ? o que o garoto tem a ver com tudo isso que ta acontecendo aqui ? tenho certeza que vc come merda pq esse seu pensamento é ridiculo me parece que vc inveja aqueles que tenham algo na vida

    • Daniel Postado em 03/Oct/2015 às 12:36

      Caro amigo, concordo 100% com você... Esse inútil e analfabeto do Neymar, além de ser um FDP, sonega prata à Receita... O povo brasileiro valoriza esses bandidos, assistem aos jogos como se fosse algo indispensável...

  2. Gustavo0 Postado em 02/Oct/2015 às 18:03

    Ainda é pouco Dilma, muito pouco. Aperta mais, faça justiça ao seu diploma de doutora em economia.

    • Arthur Postado em 02/Oct/2015 às 22:18

      Acho que ela não é doutora. Tem um mestrado incompleto.

    • diogo Postado em 02/Oct/2015 às 22:34

      Diploma de doutora em economia ? o falso ?

      • Paulo Figueira Postado em 05/Oct/2015 às 18:43

        O falso é o do Serra, segundo dizem nunca formou-se economista

  3. Diego Postado em 02/Oct/2015 às 19:33

    As medidas são razoáveis,pena que vem tarde e são populistas. Foi necessário chegarmos a essa delicada e extrema situação fiscal,e política para que medidas paliativas fossem tomadas,não da para não classificar como pretensiosas e populistas as ações do governo haja vista que a situação econômica/financeira do país há tempos demonstra o colapso iminente.

  4. Silvia Postado em 02/Oct/2015 às 19:42

    Nada mais justo. Aumentou seus vencimentos em mais de 200% nos últimos 9 anos. Deveria reduzir muito mais do que 10%

  5. Márcio Postado em 02/Oct/2015 às 19:47

    Chegou a hora de Senado e Congresso fazerem sua parte e acabar com as mordomias.

    • Márcio Ferreira Postado em 02/Oct/2015 às 21:11

      Na verdade passou da hora, xará.

  6. João batista gomes Postado em 02/Oct/2015 às 19:55

    Parabems Dilma tente fazer justiça manda a polícia prender todos os idiota criminosos para acabá a corrupção estamos com VC.

  7. Dirceu Araújo Postado em 02/Oct/2015 às 21:07

    Muito pouco tem que reduzir o pela metade os gastos absurdos dos deputados e senadores para evitar o cúmulo de fechamento de hospitais por falta de verbas.

  8. valmira Postado em 02/Oct/2015 às 21:09

    Vai lá Dilma e reduz os salários dos deputados e senadores também

    • julia Postado em 05/Oct/2015 às 09:18

      Como fazer isso se são eles que criam as leis? Explica isso melhor....

  9. Renata Postado em 02/Oct/2015 às 21:22

    E do congresso?, tem q diminuir o deles e cortar tds as regalias e o principal, quem roubou tem q devolver tudo!

  10. Rui Cavagnari Postado em 02/Oct/2015 às 21:33

    Não sou a favor do PT, mas acho que essas pequenas mudanças começam a mudar muitos conceitos, uns criticando quem esta saindo, afinal são cortes de 3.000 cargos comissionados e alguém acaba sobrando, se ministros foram trocados deve-se ter motivo de sobra para exoneração deles é como dizemos no Futebol "Time que tá ganhando não se mexe."

  11. Bruno almendros Postado em 02/Oct/2015 às 21:56

    Eles nunca iram fazer isso, são bandidos defendendo bandidos, o povo acha que o senador e um cargo menor mas oq e a democracia ss não o senado?? Temos que começar a escolher melhor nossos senadores para o Brasil começar amudar

  12. Eduardo Postado em 02/Oct/2015 às 22:12

    Concordo com Márcio, congresso senado, e os assembléias e câmaras devem reduzir gastos, será uma economia significativa para o Brasil

  13. João Paulo Postado em 02/Oct/2015 às 22:28

    Mudança tímida. A redução de subsídios tem um impacto pífio, por exemplo. A economia não será expressiva, mas essa medida e o corte de funções comissionadas passa uma boa mensagem moral. De certa forma, a sociedade sente que obteve um ganho. Pena que isso não ocorreu sem a pressão midiática e das forças ocultas.

  14. Thaynara Lima Postado em 02/Oct/2015 às 22:40

    Não fez mais que a obrigação. Ela não merece palmas por isso não. Essas medidas já deveriam ter sido tomadas a anos!

  15. marcos Leon Postado em 02/Oct/2015 às 22:44

    Duas palavras: enxugar gelo. Enquanto nao houver reforma politica e social vamos daqui para pior acreditem,nosso problema sao nossas criancas que estao em sua maioria crescendo sem valores corretos,enquanto pais como o que sou é chamado de antiquado por muitos.....brasil um pais do futuro (que é sempre pior que o passado)

  16. Um Brasileiro Postado em 02/Oct/2015 às 23:34

    Posso estar errado, mas para mim estas mudanças tem um poder de título para propaganda, maior do que realmente a mensagem por trás dela. Vim aqui lendo: "Dilma reduz o próprio salário, corta 3 mil cargos e acaba com 8 ministérios." Lendo a notícia ví que grande parte não é bem uma extinção e sim uma agregação de ministérios e não sei exatamente qual a diferença isso muda além do título "ministério", a extinção dos cargos comissionados eu acho muito válida, mas ainda é pouco. E convenhamos, 10% do salário ? Isso é mais simbólico do que algo memorável, o salário do presidente da república não parava de subir e já possui todas as mordomias que necessita pago pelo contribuinte ou seja o salário é apenas um bônus o qual os 10% não irão fazer falta. Quero agora uma reforma no congresso e não essa reforma política que a idelogia é "vamos mudar, mas o problema continuará". Chega a ser ridículo o que cada deputado, senador ganha de benefícios se você colocar em um contexto do quanto um trabalhador de renda mínima no Brasil ganha. Isso parece comparar dois extremos, mas nós pagamos, nós elegemos cada deputado, então qual a lógica deles viverem no luxo e nós não termos o mínimo para sobreviver ?

  17. Phelipe Postado em 03/Oct/2015 às 00:26

    Sílvia, o presidente não tem o poder de aumentar o próprio salário. O salário do presidente e seus ministros são determinados pelo Congresso Nacional

    • Maria Madalena ames Postado em 03/Oct/2015 às 07:47

      Os deputados têm este poder do seu próprio aumento salarial mas a presidenta não tem

    • Felipe Postado em 03/Oct/2015 às 12:13

      Legalmente não,mais e ilegalmente ? Aliás nenhum politico tem potencial pra ganhar mais de dez milhões no ano e tem uns que conseguem isso e muito mais. Pq investir em campanhas milionárias quando o salario de presidente e 25 mil ?

  18. Anderson M. Postado em 03/Oct/2015 às 04:26

    O aumento foi promovido pelo próprio plenário, QUE É O CÂNCER DESSE PAÍS. Enquanto as pessoas verem o governo como "presidência", jamais esse câncer vai ter cura, na hora de votar em senadores, deputados e etc., ninguém olha se tem ficha limpa ou suja, pouco se importam, então não me venham pousar de 'coitados e indefesos ao governo' em seus comentários, "se" você(s) vota(m) por populismo, partidarismo(maioria) ou vendem seu voto, em 'qualquer' uma das categorias em que é passível de votação, presidente, deputados, senadores e governantes,caso contrário tem todo o direito de reclamar. Governo é um conjunto de poderes, Dilma só não é nada, além de uma pessoa representativa que sanciona e seleciona ministros.

  19. Marcio Postado em 03/Oct/2015 às 05:59

    Não consigo admitir a pasta Saúde na mão do PMDB. É difícil.

  20. Thiago Teixeira Postado em 03/Oct/2015 às 08:12

    É isso ai Dilma. Reação, ação, demissão de peixadas, esse é o caminho. Precisamos melhorar a gestão do serviço público, dinheiro tem, mas está sendo mal aplicado ou surrupiado pela máquina.

  21. Thais Postado em 03/Oct/2015 às 08:31

    Tem um deputado q reduziu em 50% seu salario. Dilma seja um exemplo, e faça mais!!!

  22. Eduardo Ribeiro Postado em 03/Oct/2015 às 10:16

    vou fazer um esforço sobre-humano pra mandar a real sem ofender: foda-se o clube militar.

  23. Vilson Martins Postado em 03/Oct/2015 às 10:29

    Para chegar á uma solução é preciso fazer algo. Não é com um bombardeio de críticas que teremos a solução. A Presidenta se mostra qurendo fazer sua parte, então sejamos otimistas!!!

  24. César Ferreira Postado em 03/Oct/2015 às 11:01

    Dilma, pra VC acertar em cheio essa tal reforma, tire todas as mordomias dos senadores e deputados federais,, se a verba de gabinete deles forem cortadas o governo também irá economizar bastante..

  25. luis Postado em 03/Oct/2015 às 17:42

    Eita! Se continuar economizando assim, logo nem precisará cobrar mais impostos!

  26. Lopes Postado em 03/Oct/2015 às 21:37

    A elite econômica e política não tem interesse no impeachment! Afinal, a instabilidade certamente reduziria os seus atuais ganhos.

  27. Irion Postado em 04/Oct/2015 às 18:51

    O Levy está se saindo "muito bem"! (Washinton deve estar adorando...) Dêem mais um tempinho e ele vai conseguir realizar o que o PSDB não conseguiu: entregar de volta o governo para a direita!

    • julia Postado em 05/Oct/2015 às 09:21

      Infelizmente virou o governo violino: Segura com a esquerda e toca com a direita. Como reduzir as regalias dentro da Câmara e do Senado se são eles que criam as leis, normas e regulamentos...Estou aguardando um iluminado explicar como a presidenta poderia cortar custos na "casa do lobo"....rsrs

  28. Rodrigo Postado em 06/Oct/2015 às 09:50

    (Outro Rodrigo) É que nem Madame que diz que vai passar a ganhar menos, mas passa a gastar mais com o cartão do marido. O(a) Presidente já não gasta com moradia, água, luz, deslocamentos e ainda tem cartão corporativo "infinity secreto", então não vemos nada além de mero jogo de cena. Se ela demonstrar cabalmente que, ao fim, o balanço contábil demonstrar que ela realmente passou a gastar menos, especialmente com o cartão "infinity secreto", aí sim merecerá parabéns.

  29. Sergio Carneiro Postado em 06/Oct/2015 às 23:42

    A estagiária não deveria nem receber salário e ainda devolver o que desviou.