Redação Pragmatismo
Compartilhar
Esquerda 22/Sep/2015 às 15:46
2
Comentários

Syriza vence na Grécia e Tsipras volta a ser primeiro-ministro

Esquerda vence novamente na Grécia e Tsipras reassume cargo de primeiro-ministro. Syriza obteve 145 vagas no Parlamento grego, composto por 300 assentos. Essa é a segunda eleição geral do país só neste ano

Syriza Grécia Alexis Tsipras
Alexis Tsipras volta ao poder na Grécia meses depois de renunciar (divulgação)

O líder do Syriza, Alexis Tsipras, assumiu na tarde desta segunda-feira (21/09) o cargo de primeiro-ministro pela segunda vez neste ano, após a vitória do partido de esquerda nas eleições gerais antecipadas no domingo (20/09), na Grécia.

O Syriza venceu com 35,47% dos votos, obtendo 145 vagas no Parlamento grego, composto por 300 assentos.

Embora tenha ficado perto de conseguir a maioria absoluta,a legenda precisou se aliar ao partido de direita nacionalista Gregos Independentes, como nas eleições de 25 de janeiro, para formar governo.

De acordo com o resultado oficial do pleito, no segundo lugar está o principal partido de oposição, o conservador Nova Democracia, com 28,09% e 75 cadeiras. A terceira força parlamentar é novamente a legenda de extrema-direita Aurora Dourada, que obteve 6,99% dos votos e manteve-se com 17 deputados.

A legenda que mais cresceu no pleito foi o Pasok (Movimento Socialista Pan-helênico), que passou de 13 assentos para 17. O KKE (Partido Comunista da Grécia, na sigla em grego) manteve-se com 15 parlamentares e 5,55% dos votos e os centro-esquerdistas do To Potami perderam seis cadeiras, finalizando as eleições com 11 assentos, mesmo número dos Gregos Independentes no parlamento.

Já o partido Unidade Popular, criado há poucas semanas por dissidentes da ala esquerda do Syriza e que inclui ex-membros do governo, como o ex-ministro das Finanças Yanis Varoufakis, não atingiu os 3% dos votos necessários para ter direito a uma cadeira no parlamento.

A cerimônia de posse ocorrerá após Tsipras encontrar o presidente da República, Prokopis Pavlopoulos, para receber o mandato oficial para formar governo.

Nesta tarde, o ministro do Interior interino, Andonis Manitakis, também entregará à presidente do parlamento, Zoe Konstantopoulos, a lista dos deputados eleitos.

Como Tsipras já chegou a um acordo para formar coalizão novamente com Panos Kamenos, líder dos nacionalistas de direita Gregos Independentes, esses trâmites são de caráter formal.

Cerca de 10 milhões de gregos foram convocados no domingo para a segunda eleição geral do país neste ano. Entretanto, a votação teve o índice de abstenção de 45% do eleitorado, o mais alto já registrado na Grécia.

Opera Mundi

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 22/Sep/2015 às 16:39

    alguém viu a maria cesar souza aí? kkkkkkkkkkkkkkkk..

  2. Syriza vence na Grécia e Tsipras volta a ser primeiro-ministro | Além da Mídia Postado em 23/Sep/2015 às 04:47

    […] post Syriza vence na Grécia e Tsipras volta a ser primeiro-ministro apareceu primeiro em Pragmatismo […]