Redação Pragmatismo
Compartilhar
Drogas 23/Sep/2015 às 09:45
0
Comentários

Os principais mitos sobre a comercialização e uso da maconha na Holanda

Nem tudo o que se ouve é verdade. Confira os cinco principais mitos e as cinco regras sobre o consumo de maconha na Holanda

maconha holanda
(Imagem: Coffee shop no centro de Amsterdã chamado de “de Dampkring” ou “Atmosphere” | AP

_

Mito 1: A Holanda legalizou a maconha

Jamais. Em 1976, a lei mudou, mas apenas para descriminalizar o porte de até 30 gramas de maconha para consumo. Nessa época, alguns cafés já vendiam pequenas quantidades da droga, ilegalmente, mas a polícia fazia vista grossa. Em 1980, o Ministério Público determinou que os coffee shops não seriam processados se cumprissem cinco regras básicas. Como a venda de grandes quantidades continua proibida, o país ainda tem o “problema da porta dos fundos” – como conseguir a droga vendida na porta da frente?

Mito 2: O governo quer banir os coffee shops

O Estado está fiscalizando melhor o cumprimento das cinco regras de funcionamento e fechou 18% dos 813 cafés que havia em 2000. Apenas um dos 106 municípios que permitiam a presença de coffee shops baniu essas lojas nos últimos cinco anos. Nacionalmente, não existe nenhum plano para extingui-los.

Mito 3: A Holanda proibiu a venda para turistas

A lei entraria em vigor em 2013, mas as cidades poderiam optar por segui-la. E não pegou. Em Amsterdã, ela foi colocada de lado porque um terço de seus turistas visita essas lojas. A lei só foi adotada por cidades do sul do país, como Maastrich. Mesmo lá, alguns municípios que seguiram a lei mudaram de ideia.

Mito 4: A Holanda é o país mais maconheiro da Europa

Na Holanda, 4,2% da população de 15 a 64 anos usa maconha pelo menos uma vez por ano. É a média europeia. Nos jovens de 15 a 24 anos, o uso regular é o 14º maior, entre 31 países.

Mito 5: Tolerar os coffee shops deu errado

O objetivo da medida era separar o comércio de maconha e o de heroína, droga problemática da Europa dos anos 70. Os indicadores mostram que isso funcionou. Cerca de 60% dos atuais dependentes de heroína têm mais de 40 anos e os novos casos são apenas 4% do total.

As cinco regras:
1. Proibido para menores de 18 anos
2. Vendas de até 5 gramas por pessoa e no máximo 500 gramas no estoque
3. Proibido álcool e drogas pesadas
4. Nada de bagunça na vizinhança
5. Nada de propaganda

Revista SuperInteressante

Recomendados para você

Comentários