Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mobilidade Urbana 18/Sep/2015 às 16:31
52
Comentários

O encontro nada agradável de um ciclista (comunista?) com um motorista em SP

"Eu posso afirmar que nos 30 e poucos anos que eu tô por aqui [em São Paulo], este é o momento histórico mais escroto que eu já vivi". Confira o relato de um ciclista que escapou de um atropelamento

ciclista comunista são paulo
Paulo Zapella, o “comunista”

Marcelo Godoy, DCM

Paulo Zapella é designer gráfico e atleta amador. Ciclista experiente, percorre mais de 300 quilômetros por semana de bicicleta. Na terça feira, pedalava na Avenida Groenlândia, uma larga e arborizada via que atravessa o Jardim Europa, uma das áreas mais “nobres” de São Paulo.

No caminho, segundo seu relato, apareceu um senhor entre 40 e 50 anos, camisa social, cabelo meio grisalho, ao volante de um Fiesta Sedan Prata.

Não foi um encontro agradável. Paulo contou a história no Facebook:

..tava eu pedalando de boa no cantinho da r. groenlândia, no pedaço da última faixa da direita, onde estavam os carros estacionados (ou seja, sem interferir em nada o fluxo das outras faixas [não que eu não possa, ok?]), quando um indivíduo emparelha um fiesta do meu lado e solta “e aí, comunista?”. achei que era piada e ri, até o dito cujo começar a dar pequenas jogadinhas com o carro em cima de mim. não abri a boca, continuei pedalando enquanto o cara começou a se alterar cada vez mais e gritar ‘comunista do caralho, filho da puta, vai andar na ciclovia do haddad, seu merda,’ e etc. achei tão bizarro que não esbocei nenhuma reação…

.. ia passar no canto e seguir meu caminho. no momento em que fui passar por ele, o cara acelera e joga o carro em cima de mim, quase colidindo com o outro que tava na faixa do lado (e provavelmente não entendendo nada). parou o carro atravessado no meio da rua e começou a gritar loucamente de novo “E AÍ, COMUNISTA? E AGORA?”. bom, e agora que eu desviei pro outro lado e segui pelo meio do trânsito onde ele nunca conseguiria me alcançar. mas e aí? o que vai acontecer com o próximo “””comunista””” que simplesmente passar pelo caminho desse cara?

quando a rua estiver livre, quando não tiver mais ninguém? eu posso afirmar que nos 30 e poucos anos que eu tô por aqui, este é o momento histórico mais escroto que eu já vivi. e tem muita gente plantando essas sementinhas de escrotismo diariamente. no facebook, nas conversas de bar, nos almoços de família. parabéns pra vocês, os frutos já estão sendo colhidos. vocês são responsáveis por pessoas como eu estarem sendo gratuitamente ameaçadas e agredidas na rua por “pessoas de bem”.

…“não votei no haddad, não voto em ninguém faz muitos anos”

Os dois posts geraram mais de 5.300 compartilhamentos e centenas de comentários. Paulo não reagiu e chegou vivo em casa para contar.

A loucura simplesmente apareceu na sua frente, ele rapidamente entendeu e recuou, exatamente como ensina o bom senso.

O senhor do Fiesta Prata, além de sua óbvia falta de discernimento e desequilíbrio emocional, tinha muito claras suas certezas e justificativas para a sua agressão: aquele homem de bicicleta, em seu surto repentino, era um comunista, um comunista do caralho, filho da puta, que devia andar na ciclovia do Haddad, um merda.

Mas, quais vozes conversam com este senhor no rádio do seu carro, na TV da sua sala e nos sites que visita?

As principais rádios de jornalismo de São Paulo, especialmente a Jovem Pan, estão em uma campanha permanente contra as ciclovias, ciclofaixas, a abertura da Paulista aos domingos, os radares e a redução da velocidade nas marginais, mesmo depois do resultado da diminuição do número de mortes e acidentes.

Haddad virou o inimigo número um dos programas jornalísticos de rádio que tem sua grande audiência nos horários de pico do trânsito.

Se, antes, os ouvintes ligavam e eram solidários uns com os outros, falavam do trânsito e de alternativas de rotas, avisavam de acidentes etc, com o Waze, as dicas de como fugir do trânsito foram substituídos, na sua maioria, por depoimentos raivosos e agressivos de motoristas furiosos, enviados a emissora por Whatsapp e Viber.

Na internet, circulam vídeos de revoltados que dirigem aos berros e uivos em São Paulo, xingando a ciclofaixa, Haddad, planos comunistas, nova guerra mundial, etc. Uma aberração.

VEJA TAMBÉM: “Vagabunda, aqui não é Amsterdã”, grita motorista para ciclista em SP

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 18/Sep/2015 às 16:44

    Se as ciclovias fossem corretamente planejadas e não apenas pintadas cretinamente, isso não aconteceria. O maldade queria holofotes ? conseguiu, da pior maneira. Lá na frente da casa do secretário mandaram alterar a ciclovia.

    • juliano Postado em 18/Sep/2015 às 16:53

      ah, com certeza não aconteceria.

      • Neto Postado em 27/Sep/2015 às 20:29

        O problema não é por ser pintura, mas simplesmente por estar ali. Em países civilizados é comum haver respeito por ciclistas, mesmo se fossem feitas apenas em areia. É uma questão de civilidade, e muitos brasileiros filhos da Globo, da Veja e Folha há anos são educados na vil arte de odiar por odiar, precisando apenas de um gatilho qualquer.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 18/Sep/2015 às 17:01

      Vamos bostejar sobre as ciclovias agora? O caso é o típico exemplo do modus operandi do paulistano padrão, fdp egoista umbiguista e incivilizado, "eu eu eu meu carro, eu eu eu meu espaço, eu eu eu a rua é minha", e voce vem falar que a culpa é da pintura da ciclofaixa? O MOTORISTA JOGOU O CARRO EM CIMA DO CICLISTA 3 VEZES PORRA. Seja desonesto mas pega mais leve na desonestidade.

      • jonathan Postado em 18/Sep/2015 às 21:10

        todas faixas de ciclovia que eu conheço são pintadas de vermelho. Já imaginou se cada partido quiser pintar a cidade de sua cor? Já aconteceu em minha cidade e isso demostra imaturidade politica e desatenção com o que realmente é importante. Politica não é futebol é coisa séria!

      • Marc Postado em 20/Sep/2015 às 11:56

        Analise corretíssima do paulistano típico, um celeiro crescente de coxinhas naquela porra. É lógico q as exceções estão no subúrbio, mas a policia tá matando em chacinas, ou jogando de cima das casas algemados, e jovem pan, na boa, vai tomar no cú.

      • marc Postado em 20/Sep/2015 às 11:59

        jonathan, já viu a cor das ciclovias na holanda seu idiota, só um imbecil imaginaria q a cor das ciclovias tem a ver com propaganda politica, paranoia do caralho.

      • Jorge Postado em 20/Sep/2015 às 12:49

        O cara é tão dominado que acha que a cor vermelha é exclusiva do partido do prefeito e que isso forma parte de um plano comunista. Por favor, né? São de cor vermelho para ficarem claras, é isso não é só no Brasil. Vai dar uma pesquisada. E, tipo, o fato concreto do cara agredido nem lhe preocupa, mas a cooooorr vemeeeelha comuniiistaaa... Preguiça de vocês.

      • Rose Postado em 20/Sep/2015 às 19:08

        Imbecilidade... nao comprem mais carros vermelhos , podem ser apedrejados... isto aqui taarecendo o filme A VILA, quem viu sabe

    • Denisbaldo Postado em 18/Sep/2015 às 17:41

      Cuidado Pereira, um dia o seu filho pode estar de bike na rua, nunca se sabe...Fique apoiando esses mentecaptos só pra tirar onda no PP, pra você ver. Você está incentivando atitudes que um dia podem atingi-lo.

    • Newton Postado em 20/Sep/2015 às 10:31

      Este pereira esta em todos os assuntos. é mais um daqueles que ganham sua doze de ração de alfafa, dada pelo psdb, pra ficar falando mal do pt. Não sou petista mas enche o saco ver este cara em todos os posts. pereira, arruma um trabalho decente e para de falar incoerencias

    • João Postado em 20/Sep/2015 às 12:20

      Mas nao foi o ciclista que pintou a ciclofaixa, ele nao merece sofre pelo o que Haddad fez.

    • Rodrigão Postado em 20/Sep/2015 às 13:53

      O nome dele é Fernando, e sim, seu sobrenome, rima com maldade.

    • Rose Postado em 20/Sep/2015 às 19:06

      Pereira , cala a boca

    • José Henrique Postado em 11/Jan/2016 às 17:54

      Aconteceria do mesmo jeito, porque a boçalidade não tem limites.

    • Paulo Postado em 15/Jan/2016 às 13:45

      Não senhor... as ciclovias não têm a ver com isso, e nós sabemos. Isso é gente que se acostumou aos privilégios e acreditavam que eram direitos, só que não. O Brasil começa a deixar de ser um país de privilégios, e isso incomoda uma casquinha fina da sociedade que se acostumou a ser alisada pelo poder público enquanto a todos os outros, restava a chibata. Já era, acabou... se não quiser, vá embora, vá pros states, pra Miami. Só lembrem-se: em miami, empregada doméstica é caro, tem ciclovia pra todo lado, ninguém vai limpar sua sujeira, te fazer comidinha, deixar sua privada brilhando pela miséria de mil reais que vc tá acostumado a pagar no Brasil. Abraço.

  2. Felipe Postado em 18/Sep/2015 às 18:28

    Falar sobre ciclovia em SP é complicado hoje vi uma reportagem sobre uma que foi alterada para não passar em frente a empresas de parentes do secretário de transporte, que coisa mais absurda.....SP precisa de.muitas ciclovias ainda, mas grande parte é mau planejada, isso só faz crescer o ódio estre motorista e ciclista.

    • Vanderlei Postado em 19/Sep/2015 às 10:37

      HUMMMM essa de alterada por isto e aquilo ...... QUAL É A BASE DA INFORMAÇÃO? Ou é mais um argumentos sem noção (inventado) para justificar o ponto de vista?

      • Felipe Postado em 19/Sep/2015 às 12:14

        Pesquise e vai saber, eu pesquisei e tirei essa conclusão.

      • Rene Postado em 20/Sep/2015 às 10:24

        Pesquise e vai achar a matéria da Veja que "revela toda a verdade". O câncer desse país é essa imprensa marrom que, ao invés de informar, apenas dissemina o ódio que sente por políticas socialistas que lhes tiram privilégios que nem deveriam ter.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Sep/2015 às 18:21

      Errado do motorista que fica com ódio. Ué. 100% do erro é dele, e 100% das consequencias que esse ódio gera é culpa dele motorista tambem. Portanto, ele que tome tenencia e aceite que vai ter que humanizar e dividir o espaço público com ciclistas, e deixe de ser o animal que cotidianamente é. E não tem nada de complicado em falar de ciclovia em SP. É muito simples falar. Não inventem esses espantalhos de merda. Quem complica é o motorista egoista que "está perdendo seu espaço na rua e não sabe mais onde enfiar seu automovel". Porra de "é complicado falar"...

      • Marcus Postado em 19/Sep/2015 às 20:52

        clap clap clap...

      • Felipe Postado em 19/Sep/2015 às 22:02

        Porra de nada, se VC gosta das palhaçadas que estão fazendo com a ciclovia azar o seu, se VC acha lindo o prefeito mudar trajeto de ciclovia por causa de secretário que bom pra vc, assim como existem motoristas idiotas, existem ciclistas idiotas que não respeitam as leis de trânsito, e sim merecem revolta pois não são penalizados por suas atitudes obviamente não precisa ficar falando que o morista vai Ter que se acostumar é lógico é maus do que normal isso acontecer ciclista na rua é ganho para a cidade mas fazer isso do que jeito que esta sendo feito é a maior burrice da história.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Sep/2015 às 12:05

        Nota-se que você conhece bem pouco da história. Acho que quase nada. Um prefeito que tem a coragem de comprar briga com todos os interesses contrários para humanizar e civilizar a cidade mais doente, incivilizada e escrava do automovel do Brasil pra você é "a maior burrice da história". Toma vergonha, paulista. Mimimi de "ciclistas idiotas", deixa de espantalho...ciclistas - especialmente idiotas - ainda são uma minoria pífia nas ruas e não são 0,001% dos motoristas idiotas, do bando de mau carater que senta na frente de um volante e se torna um animal assassino. Vai ter que acostumar na marra com bicicletas dividindo o mesmo espaço que seu carrão. Se tudo der certo, aliás, o espaço pro teu carrão será menor a cada ano que passar, em prol das bicicletas e ônibus sim. Porra de "é complicado falar de ciclovia"...tem complicação nenhuma de falar de ciclovia. Tem complicação pro paulistano-padrão safado e mau carater, que infelizmente é maioria.

      • Denisbaldo Postado em 20/Sep/2015 às 15:29

        Felipe, enfia a cabeça no cu e peida.

    • Felipe Postado em 20/Sep/2015 às 16:23

      Acho que além de não saber sobre história não sabe ler um texto, sou muito a favor das ciovias disse isso bem claro, VC com seu discurso enlatado e odioso não sabe enchergar o péssimo planejamento da cidade por uma simples rixa partidária.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 21/Sep/2015 às 10:01

        Porra nenhuma de "é a favor". Quem fala de ódio entre ciclista e motorista sem culpar em 100% o motorista é porque tem raivinha da ciclovia sim. Botou 1% da culpa nos ciclistas = paulistano boçal que odeia ciclista e está puto porque a SUV perdeu espaço na rua "mimimi onde vou enfiar meu carro com tanta ciclofaixa?". E quem não sabe de história é você. É cansativo essa bosta de simetria que esse povo usa desesperadamente toda hora. Você me diz que a atitude de um prefeito que deseja civilizar e humanizar a cidade mais UMBIGUISTA E DOENTE DO BRASIL é "a maior burrice da história" e eu que não conheço história? Tem mais ou menos umas 7 milhões de coisas mais burras na história do que a ciclofaixa. De resto, vai ter que engolir a ciclofaixa e chorar na cama ou no volante do teu carro.

      • felipe Postado em 21/Sep/2015 às 10:20

        Quem fala de ódio entre ciclista e motorista sem culpar em 100% o motorista é porque tem raivinha da ciclovia sim. Botou 1% da culpa nos ciclistas = paulistano boçal que odeia ciclista e está puto porque a SUV perdeu espaço na rua - Depois dessa não ha nem o que comentar kkkkk esse manja

    • Felipe Postado em 20/Sep/2015 às 16:25

      Denisbosta não consigo mensurar o quanto idiota VC é, já te disse não desço no seu nível não, fique com sua ignorância e sua molecagem e vai pra casa a que a mamãe ta chamando.

      • Denisbaldo Postado em 20/Sep/2015 às 16:59

        Verdade, afinal você me chama por um "nome" super evoluído!!! Vai tomar um ar, enfia a cabeça no rabo e peida. Você é um puta de um otário, fica defendendo gente ignorante só pra contrariar os "esquerdopatas". Agora vem falar que é a favor das ciclovias! Hahaha! Mete o pau em tudo que é do PT, só de birrinha. Gente lixo igual a você são os culpados pela decadência de São Paulo. Continue assim e logo mais ninguém mais vai querer saber dessa cidade.

      • Felipe Postado em 20/Sep/2015 às 17:22

        Alem de otário é burro pq em nenhum momento defendi a atitude desse cidadão, eu sempre vou criticar o que não achar correto esse é um direito meu que jamais abrirei mão, agora compactuar com a má gestão da cidade porque é petista é uma enorme burrice sim, igual defendem o governo federal por uma questão partidária, esse lixo de ser humano SP não precisa mesmo

  3. Denisbaldo Postado em 18/Sep/2015 às 18:44

    Parece que o "mau planejamento" das ciclovias agora é o grande culpado pelo ataque assassino de alguns motoristas. É tudo culpa da prefeitura. No dia que um motorista atropelar intencionalmente um de nossos entes queridos chamando-o de comunista, devemos então entrar com uma ação penal contra a prefeitura, afinal é super razoável a atitude do motorista, uma vez que as ciclovias são "mal planejadas". Ser racional e não ser covarde não é uma necessidade.

    • Denisbaldo Postado em 18/Sep/2015 às 18:46

      Eu só não entendi uma coisa: O que tem a ver o "comunista" com o "mau planejamento" das ciclovias??? Por acaso o ciclista é o comunista que planejou a ciclovia, é isso???

      • Grey Postado em 18/Sep/2015 às 19:17

        É q para coxinhas, qualquer coisa q o governo crie pensando em outras pessoas e incomode eles (msm q não venha a interferir com a rotina deles de maneira nenhuma) é "comunista" agora.

  4. João Paulo Postado em 18/Sep/2015 às 19:26

    Acho que não é possível chegar nem perto de uma sociedade justa e fraterna sem derramamento de sangue. Infelizmente, a maior parte a classe mérdia se julga com o rei na barriga. O pobre desconta suas frustrações na classe média; a classe média, no pobre; todos se ajoelham para as elites; a elite que planta a discórdia não ofende ninguém, não briga (diretamente) e tem nojo do pobre (por sua pobreza financeira) e da classe média (por sua pobreza de espírito e por achar que tem mais afinidade com o rico). Se o fato ocorreu tal qual relatado, não se trata de mera ameaça ou injúria, e sim tentativa de homicídio.

    • Trajano Postado em 20/Sep/2015 às 19:35

      Acho que não é possível chegar nem perto de uma sociedade justa e fraterna sem derramamento de sangue. João Paulo, estou com medo de você, meu querido. Não sei se consigo refutar isso. Não, não consigo. Só na teoria poderia tentar. Na prática o derramamento já começou há tempos, só não sei se o objetivo é a sociedade justa e fraterna.

  5. Onda Vermelha Postado em 19/Sep/2015 às 02:38

    É sempre bom lembrar e refletir "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma" (Joseph Pulitzer). Nas eleições de 2016 saberemos se o Tucanistao é ou não um caso perdido...

  6. Moacir Postado em 19/Sep/2015 às 10:14

    Se os culpados de nossa raiva não fossem os "comunistas" então seriam os judeus... os nordestinos... os negros... os maconheiros... os gays... enfim, os "outros"... Pois nós nunca seremos os "outros" de ninguém e essa raiva nunca nos será devolvida...

  7. Maria Lúcia Postado em 19/Sep/2015 às 21:17

    Jesus... volta logo. Eu não aguento mais ver esses com excessoes) paulistas e paulistanos encherem o saco. O gente chata!

  8. Sérgio Postado em 20/Sep/2015 às 02:32

    Não sou ciclista. Sou andarilho como vários. Buda, Cristo, Kierkegaard, Nietzsche, Francisco de Assis e Henry David Thoreau. Todos muito mais perigosos que os comunistas...........e os ciclistas vermrelhos........... É de embasbacar como a mídia imbecilizou muita gente!

  9. Roger Postado em 20/Sep/2015 às 11:13

    Moro numa cidade há décadas governadas por tucanalhas, há ciclovias faz mais de cinco anos e nunca vi ninguém se insurgir contra elas. Conclusão: reclamar de ciclovias é coisa de vagabundo fascista de extrema direita, essa corja ordinária que se acha mais que todo mundo.

  10. Pabllo Valle Postado em 20/Sep/2015 às 11:45

    Em São Paulo não tinha engarrafamento antes das ciclovias? O discurso é o mesmo de sempre: O inferno são os outros. Ou um buraco na pista. Ou um carro quebrado. Ou um acidente. Ou que "morreu na contramão atrapalhando o trânsito". Enfim, a mesma canalhice de sempre. Pelo menos tem gente chegando mais rápido e seguro em casa. Os ciclistas...

  11. Auricéa Postado em 20/Sep/2015 às 13:04

    Isso acabará em uma guerra civil. Concordo com o que o João Paulo escreveu. Parabéns ao Seu José Cerra e ao Aecim , despertaram o monstro que adormecia na elite, e na classe média não pensante do nosso país. Realmente o gigante acordou, e trouxe com ele, o racismo, ódio de classes, intolerância etc...

  12. soda cáustica Postado em 20/Sep/2015 às 13:11

    Primeiro pega a placa do carro dele... Isso é tentativa de homicídio ! E segundo... Meus parabéns a imprensa de SP: um reflexo de sua classe média violenta, fascista e ignorante, como disse a Chauí...

  13. João de Carvalho Postado em 20/Sep/2015 às 13:15

    O cara devia estar cheiradão. Assim o Rio continuará a ser a capital do ciclismo da América Latina. Haha, paulistas! Temos metade do seu tamanho e mais ciclovias que vocês!

  14. Geraldo Galvao Postado em 20/Sep/2015 às 13:30

    Faltou a placa do carro do criminoso.

  15. Furnandes Albaralhim Postado em 20/Sep/2015 às 17:03

    pelo amor de Deus, alguém pense num canal de rádio que as pessoas possam ouvir e se ajudar. Alguém pense alternativas a esse ódio. São fatos. O mundo todo está andando de bike. Jogar o carro em cima de alguém não tem desculpa. Ciclofaixa mal feita não tem desculpa. O direito de ir e vir é sagrado e a indústria automobilística não é São Paulo. Acorda, meu povo.

  16. Antonio Postado em 21/Sep/2015 às 08:09

    Nao sou comunista, mas to cada vez mais curtindo essa associacao que fazem no Brasil de progresso com comunismo. Taxacao progressiva por exemplo, algo que ta em moda falar nos EUA, no Brasil eh considerado ainda como "coisa de comuna" rs.

  17. Sérgio Postado em 21/Sep/2015 às 10:41

    Quando é que a sessão de comentários do Pragmatismo Político resolveu ser a sessão de comentários do portal Terra? O trem aqui tá grotesco...

  18. Onda Vermelha Postado em 22/Sep/2015 às 12:12

    Rodrigo enquanto você finge que não vê o crescimento da intolerância em seu redor, pessoas, seres humanos como você e eu, tem suas vidas ameaçadas. Pense nisso! Você pode ser o próximo a ser vítima dessa "máquina de moer gente"...

  19. Pedro Accioli Postado em 22/Sep/2015 às 13:21

    Depois daquele ato de solidariedade da presidenta Dilma com o ciclista em Brasília, os coxinhas declaram guerra de vida e morte aos ciclistas! Aff!

  20. Thiago Teixeira Postado em 25/Sep/2015 às 18:53

    Isso é ridículo, estão passando dos limites.