Redação Pragmatismo
Compartilhar
EUA 25/Sep/2015 às 11:35
17
Comentários

Nos EUA, papa Francisco é questionado sobre fama de 'marxista'

Francisco se tornou o primeiro papa da história a discursar no Congresso dos Estados Unidos. E, apesar das boas-vindas de milhares de pessoas, muitos políticos e comentaristas conservadores americanos o criticam por suas posições supostamente “marxistas”

papa Francisco EUA
Papa Francisco discursa no Congresso dos EUA (ABC News)

O papa Francisco se tornou nesta quinta-feira o primeiro pontífice a discursar em uma sessão do Congresso dos Estados Unidos.

E, apesar das boas-vindas de milhares de pessoas na quarta-feira em Washington – com uma cerimônia na Casa Branca e a canonização do missionário franciscano Junipero Serra – muitos políticos e comentaristas americanos o criticam por suas posições supostamente “marxistas”.

Para o conhecido apresentador de rádio conservador Rush Limbaugh, as crenças de Francisco são “marxismo puro”. O programa diário de rádio de Limbaugh tem uma audiência de milhões.

Muitos políticos reagiram com indignação a comentários feitos pelo pontífice em uma recente viagem à Bolívia, onde fez duras críticas ao capitalismo.

“Uma vez que o capital se transforma em um ídolo e guia as decisões das pessoas, uma vez que a ganância pelo dinheiro governa todo o sistema socioeconômico, arruína a sociedade, condena e escraviza homens e mulheres, destrói a fraternidade humana”, disse ele.

O senador Mike Rounds, ex-governador do Estado de Dakota do Sul e também católico, rebateu a visão do papa: “Se você acredita que a qualidade de vida que foi disponibilizada para milhões de pessoas no mundo todo e liberdades para as pessoas no mundo todo, a maior parte disso aconteceu por causa da inovação gerada pelo capitalismo, e porque os Estados Unidos da América existem”.

Outros americanos católicos chegaram a ameaçar suspender o apoio financeiro à Igreja se o papa insistir na suposta cruzada contra excessos e liberdade dos mercados.

O biógrafo Paul Vallely, explicou, na revista americana especializada Politico, que “a aversão do papa ao capitalismo vigoroso é simplesmente apocalíptica demais para os magnatas americanos – negligenciando os poderes de cura da tecnologia, ignorando a forma como o livre mercado tirou milhões da pobreza e se recusando a considerar que a posição católica em relação à contracepção é, em parte, culpada pela superpopulação em nosso planeta”.

Estrelas do movimento ultraconservador americano conhecido como Tea Party, como a ex-candidata republicana à vice-presidência Sarah Palin ou o ex-pré-candidato republicano Rick Santorum, também demonstraram fortes reticências à “agenda liberal” do papa Francisco.

Santorum, pai de uma família numerosa, chegou a dizer que “às vezes é difícil escutar” o papa Francisco, devido ao fato de o pontífice já ter falado que “ser um bom católico não significa ter filhos como coelhos”.

Adam Shaw, da Fox News, comparou a popularidade de Francisco com a desfrutada pelo presidente Barack Obama em seus primeiros dias no cargo.

“Assim como o presidente Obama foi uma decepção para os EUA, o papa Francisco demonstrará ser um desastre para a Igreja Católica”, escreveu o jornalista.

BBC

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. soda cáustica Postado em 25/Sep/2015 às 11:44

    Falta a opinião da Veja, nesse bololô de reaças...

    • Neto Postado em 27/Sep/2015 às 20:07

      Viva Francisco o papa rebelde!

  2. Rodrigo Postado em 25/Sep/2015 às 12:00

    (Outro Rodrigo) "Deus criou o homem à sua imagem e semelhança", diz a Bíblia, mas o homem teima em querer "criar Deus à sua imagem e semelhança": distorcer uma religião (como outros distorcem filosofias e ideais partidários) ao seu bel prazer, a fim de que ela corresponda às suas necessidades e conveniências (econômicas, políticas, de poder), a fim de que possa ser usada para justificar a si próprio. Por isso lamento profundamente leituras totalmente equivocadas da fala do Papa (seja quem fala que ele está excomungado, seja quem fala que ele é comunista - apenas mais do binarismo reinante em nossa sociedade). Se Bento XVI partia da análise teológica mais profunda ("Dialética da Secularização", juntamente com Jürgen Habermas e "Fé e Razão"), Francisco vai direto à beleza da simplicidade, da atuação próxima, da mediação, buscando dissipar a imagem da Igreja como um fim em si mesma, do Vaticano como um Olimpo. Chama a todos os indivíduos à união, à observância comum de valores a exemplo da fraternidade, da caridade, do amor ao próximo, ou seja, tudo aquilo que Jesus resumiu num segundo mandamento ("amarás teu próximo como a ti mesmo). Chama-nos todos à ação, ao acolhimento (ao falar dos homossexuais), à autocrítica (ao tratar e recriminar abertamente a pedofilia na Igreja, pedindo ainda perdão). E, ao fim, mostra-se tão humano como todos nós, pedindo que "oremos por ele", expondo que precisa também de forças, de amparo, não sendo assim mero "muro de arrimo" para todos os demais. Para quem se importa mais com a forma que com o conteúdo, pois, falar em amor ao próximo efetivo parecerá com marxismo, mas, em verdade, apenas denotará o retorno do olhar ao princípio do cristianismo (a exemplo da fala do Papa quanto a perdoar as mulheres que tenham abortado, se arrependido e pedido o perdão).

  3. Renan Postado em 25/Sep/2015 às 12:04

    Limbaugh se equivoca por um ponto, ele não conhece a DSI (por ser metodista, mas pelo menos se vai falar é necessário que você conheça pelo menos um pouco do que se fala, e ele desconhece, no mundo moderno isso é comum), o que Francisco reproduz com veêmencia em seus discursos e em sua última encíclica, assim como também aqui no Brasil a maioria dos liberais. A DSI é mãe do distributivismo de Chesterton, muito criticado por capitalistas mais ferrenhos. Quando você diz que alguém é marxista por estar seguindo a DSI, você comete um equívoco e se for de direita, caiu justamente no conto do vigário ideológico que é não distinguir a ideologia da ação concreta. A ideologia Marxista é justamente o que Marx conceituou: "Um véu de ideias que cobrem os interesses de uma classe". Então é um discurso pretextual que está por cima de uma ação concreta de certa (que nunca são "os proletários" pois por uma incrível coincidência "os proletários", ou seus representantes que tomam o poder se tornam mais opressores do povo do que os próprios capitalistas). Sempre quando alguém dito de direita faz essa crítica, ele cai no véu marxista que cobre a realidade e no papinho do socialismo ideal, e está pronto pra cair no conto de que Jesus é socialista, ora Jesus é Jesus, se o socialismo usa o discurso pretextual que se iguala que a ação concreta de Jesus ou do Papa para "proteger" sua ação interna isso não faz deles como tal, mas só desmascara os embustes da ideologia, que por acaso, o termo "ideologia" foi um dos mais atacados pelo papa.

  4. André Nelson Postado em 25/Sep/2015 às 12:29

    Isso é Marxismo? Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro. Lucas 16:13.

    • Angela Postado em 28/Sep/2015 às 12:48

      Perfeito!E verdadeiramente é isso que o Papa quis dizer!

  5. luann Postado em 25/Sep/2015 às 12:59

    Se os EUA se opõe a figura ilustríssima que o papa representa, enquanto pessoa -homem, consciente de si e das desigualdades-, esta aí a aprovação de todos os posicionamentos dele. Deixaria-me triste os aplausos dos EUA para ele.

  6. Fernando Postado em 25/Sep/2015 às 13:16

    Até mesmo a religião se tornou uma grande mercadoria no paraíso capitalista. Seitas de todos os matizes e gostos abundam na terra de tio sam, feitas sob medida para quem as procura. Entre nós o fenômeno é recente mas age tal e qual suas matrizes importadas dos EUA. Não é difícil ver-se pentecostais e neo-pentecostais migrarem de uma seita à outra na maior sem-cerimônia por acharem que sua antiga profissão não se ajusta mais às suas necessidades. Chega-se ao ponto extremo de criar denominações que se dizem cristãs mas que que ignoram os Evangelhos, só estudam o AT e chegam ao cúmulo de se paramentar como judeus numa sinagoga apropriando-se de seus símbolos e rituais. Isto não é e nem nunca foi Cristianismo. Isto chama-se sionismo, uma deturpação proposital do Cristianismo e do Judaísmo que tem como finalidade o uso político da fé. O Papa Francisco adotou o nome do santo dos pobres para dizer a que veio e qual linha seguiria seu pontificado: o do amor aos pobres e enjeitados pela sociedade, principalmente por aqueles que se dizem cristãos mas não agem como tal. O seu discurso e sua prática tem sido completamente coerentes com o discurso e a prática que Jesus pregou há dois mil anos. E Jesus precede em mais de 1800 anos à escola filosófica de Marx e Engels. Portanto, se alguém se espelhou em alguém não foi Jesus nem o Papa que se espelharam nos marxistas. Esses americanos e seus seguidores Brasileiros que burramente chamam o Papa de marxista e que se dizem cristãos deveriam, em primeiro lugar, lembrar-se da passagem dos Evangelhos onde, questionado sobre o dia do grande julgamento, Jesus diz que os herdeiros do céu são aqueles que deram de comer ao faminto, de beber ao sedento, que deram abrigo ao desabrigado, que ampararam os desamparados, que visitaram os enfermos e os prisioneiros, que praticaram o bem, enfim, aos seus semelhantes porque, segundo Ele mesmo disse: "cada vez que o fizestes a um desses pequeninos foi a Mim que o fizestes". Menos blablablá ideológico e mais ações concretas em favor do próximo: é isto o que Jesus e o Papa querem nos ensinar.

    • Angela Postado em 28/Sep/2015 às 12:58

      Verdadeiramente concordo, pois se esses que se dizem cristãos nos EUA seguissem verdadeiramente as palavras de Jesus o mundo não estaria nesse caos!!!Jesus nunca pregou a riqueza a qualquer custo e sempre dividiu e multiplicou o pouco que tinha de forma que abastecesse a todos! Jesus sim é o exemplo a ser seguido e é isso que eu vejo o Papa e os veraddeiros Cristãos pregarem...Não uma religião, mas um Deus Justo e Verdadeiro!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 28/Sep/2015 às 14:03

      """""""Jesus sim é o exemplo a ser seguido e é isso que eu vejo o Papa e os veraddeiros Cristãos pregarem.."""""".......como disse o próprio Papa Chicão dia desses, "se eu sou socialista, então Jesus também era".

  7. Márcio Ferreira Postado em 25/Sep/2015 às 13:30

    E tem gente que insiste em colar nele a pecha de comunista porque o Cristianismo se baseia na ajuda aos pobres há mais de 2 mil anos e "copiou" isso do Comunismo! Na verdade, o Judaísmo já defende isso há mais de 3 mil anos ao estabelecer que se deve ser generoso com os pobres e sempre auxiliá-los. Nesse "raciocínio", Davi era vermelhinho, vermelhinho. Então tá!

  8. Eduardo Ribeiro Postado em 25/Sep/2015 às 14:49

    Isso era mais do que esperado. Quando um Papa diz que a bandeira de combate a miséria e desigualdade, a bandeira de auxílio aos pobres e necessitados é também carregada pelos comunistas, critica o cancer da especulação financeira, entre outras peraltices que não pegam bem para um Papa, como reunião com movimentos sociais (Stedile incluso) e pedir a criação do Estado Palestino, isso gera revolta e sangramento labial dos envolvidos, pois uma liderança do porte do Papa descortinando sem medo as incontornáveis falhas do desumano sistema capitalista é algo que não interessa ao próprio sistema e seus "operadores". O curioso é que a reação é sempre a mesma. Qualquer guinada à esquerda, teórica ou prática, por mais pífia que seja, já é tida como "fulano é marxista" (no sentido pejorativo do termo) e chovem ameaças, críticas, revoltas. Nós vimos isso quando Jango fez meia dúzia de reformas de base mixurucas, e a direita começou a dar pulo, e choveu canalha dizendo que "Jango vai levar o Brasil pro Comunismo". E deu no que deu. Hoje, a pequena, mísera, ridícula guinada a esquerda que o PT deu já foi o suficiente para um bando de debilóides, com esse ódio aos 70 reais do BF e dizendo que "o PT vai levar o Brasil pro comunismo, já vivemos uma ditadura bolivariana". E deu no que deu tambem, ate KKK temos agora. Hoje o que não falta é maluco cuspindo na cruz, excomungando o Papa e desejando até sua morte, por conta de algumas "declarações não-convencionais". Há muita pressa, desinformação e ignorância intelectual, e pouca racionalidade nessa condenação do tipo "você é um monstro esquerdista" na primeira respirada dois centimetros à esquerda do até então status quo político-social, muito embora Chicão das Massas venha dando motivos para ser chamado assim, e aparenta até gostar e se orgulhar profundamente disso.

  9. Denisbaldo Postado em 25/Sep/2015 às 16:05

    Logo mais o acusam de pedófilo e encerram a carreira do "comunista". "America, the land of the free"

  10. Eduardo Postado em 25/Sep/2015 às 17:59

    “Uma vez que o capital se transforma em um ídolo e guia as decisões das pessoas, uma vez que a ganância pelo dinheiro governa todo o sistema socioeconômico, arruína a sociedade, condena e escraviza homens e mulheres, destrói a fraternidade humana”, ONDE ESTÁ O WALLY.... onde está o erro.... quando aparece alguém que tem coragem de falar tem sempre alguém podre para contestar.... o capital que visa só o lucro em detrimento ao ser humano é criminoso.

  11. Thiago FS Postado em 25/Sep/2015 às 22:17

    " ignorando a forma como o livre mercado tirou milhões da pobreza" o livre mercado? aquele mesmo livre mercado que transformou Detroit num cemitério de montadoras? Que fez os britânicos de classe operária querer o pescoço de Margareth Thatcher? Que faz a terceirização na Índia e indonésia (podia descrever alguns outros países da ásia, áfrica ou américa centra, trazerem severas doenças laborais aos habitantes desses países e salários quase insignificantes comparados as margens de lucro.

  12. enganado Postado em 26/Sep/2015 às 18:48

    Bom! Se escrever/pensar/falar qq verdades sobre: 1_) iSSraHell - Vc é considerado anti-semita, sem mais discussões; 2_) EUA – a____) Se Vc não cumpre com """SUAS OBRIGAÇÕES"" (aquilo que acham exclusivamente é certo, sem consulta a NINGUÉM), ou seja, não obedecê-los cegamente: é taxado de ""MARXISTA"", e quer destruir a ""DEMOCRACIA"", e é contra o ""CAPITALISMO""; b____) No pior dos casos VC criticar qq jornal dos EUA/iSSraHell ligados aos judeuSS, pois VC está mentindo, pois os membros do governo-EUA SEMPRE estão acima do bem e do mal ((TIPO do PESSOAL de JORNALISMO da rede gRoubo, aqui no BRASIL)), favor meçam o calibre das pessoas-- 2a_) tia Galhada CLINTON; 2b_) Victoria (M)uland, 2c_) Kerry; 2d_) Obama, 2e_) ..., 2n__) ... etc; c____) Todas as políticas externas dos EUA/iSSraHell jamais deverão receber críticas, as mesmas estão voltadas para “Intervenções Humanitárias” dos Povos Oprimidos para implantarem a DEMOCRACIA, mesmo sendo a DEMOCRACIA do CANHÃO, aquela que o Bush prometeu para IRAQ. Ex. “”Intervenções Humantárias” com mortes __necessárias__: Líbia/Iraq/Gaza/Paquistão/Afg./Cisjordânia/Somália/Iêmen/Líbano/Vietnã/Laos/Cambodja/Panamá/Síria/UScrânia... até o momento; d____) Se por acaso VC defender “”OS POBRES”” como o PAPA o fez, aí meu amigo, VC é o Joseph Stalin/Bigode/Diabo ... encarnado em figura Humana, porque é desgraçado e tem mais é que morrer. Lembram-se do saco de maldades que o Aópio se fosse eleito iria fazer? Pois vem diretamente da mesa de vagabundagem do “George Soros” através do sr. “”””””NAUfraga”””””””, guarda/meganha do tesouro proveniente da ROUBALHEIRA da Direita. .... . Por essas e outras que o PAPA FRANSCISCO como não é Pedófilo, mas é “Comunista”, “Marxista”, “Bolivariano”, “natural do país da Presidenta Cristina Elisabet Fernández de Kirchner-Argentina país que peitou um juizeco de merda de N. York (tipo MORO)”, “conhece de perto a políticas “”NEO-CONSERVADORAS” dos ricaços dos EUA e sua ramificações”, “ ... “, “ ... “ . Então o PAPA é obrigado a se justificar para a gangue analfabeta do Congresso/Jornais/Vagabundos/Desavisados/Maconheiros/... que habita a maior PLUTOCRACIA, no caso dos EUA é PUTOCRACIA, país onde reside os maiores FDP´s que apareceram até hoje na face da Terra. Isto é a ponta o iceberg, pois a putaria deles, espero EU, que um dia ainda vai boiar, DEUS é Pai!

  13. Irion Postado em 27/Sep/2015 às 12:31

    Pois é, os EUA tem fama de GRANDE SATÃ! Melhor é ter fama de comunista...