Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 29/Sep/2015 às 18:27
26
Comentários

Arthur Chioro, ministro da Saúde, é demitido por telefone

Dilma demite ministro da Saúde por telefone. Para superar o impasse com o PMDB, a presidente sinalizou que estaria disposta a dar sete ministérios à sigla

Arthur Chioro ministro da saúde
Arthur Chioro não é mais ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, foi demitido nesta terça-feira, 29, por telefone, pela presidente Dilma Rousseff. A conversa, que ocorreu pela manhã, foi telegráfica. A presidente apenas informou ao ministro que precisava do cargo.

Em entrevista dada ao jornal O Estado de S.Paulo na segunda, 28, Chioro havia afirmado que, qualquer pessoa que ficar à frente da pasta enfrentará, no próximo ano, uma situação difícil caso a proposta de Orçamento seja aprovada no Congresso da maneira que foi enviada.

De acordo com ele, os recursos reservados para a área de média e alta complexidade pagam as despesas somente até setembro. O cargo de Chioro deverá ser ocupado por um integrante do PMDB. A mudança é um arranjo para o governo obter maior apoio no Congresso.

Menos de 12 horas depois de desembarcar em Brasília, Dilma já teve um primeiro encontro com seu vice, Michel Temer, na manhã desta terça-feira, 29. Os dois tiveram uma rápida reunião no Palácio do Planalto para conversar sobre a reforma ministerial.

Para superar o impasse com o PMDB, a presidente sinalizou que estaria disposta a dar sete ministérios à sigla. Até agora, ela trabalhava com o número de seis pastas.

Assim, ficaria mais fácil atender à demanda dos deputados peemedebistas, que exigem comandar dois ministérios, além da bancada do partido no Senado e do grupo do vice.

No encontro, Dilma garantiu a Temer que quer prestigiar todas as alas do PMDB na reforma e disse que foi aconselhada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros aliados a ampliar o espaço da legenda no governo.

Segundo auxiliares de Temer, ele saiu convencido de que a presidente está disposta a resolver o problema com o PMDB e a contemplar todo o partido na reforma ministerial.

Agência Estado

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Oblivion Postado em 29/Sep/2015 às 19:49

    Lamentável... Arthur Chioro sempre me pareceu muito competente e humano. Difícil imaginar alguém dos famosos do pmdb que chegue aos pés dele, talvez a Marta. E Presidenta, por favor, não permita que qualquer bandido de gravata permita novamente as doações empresariais. Nossa democracia é frágil Presidenta, mas acho que por ela vale até sofrer tentativas de golpe, e que seja golpe. A história mostrará sua força e também a podridão que hoje é o parlamento brasileiro.

  2. Sérgio Postado em 29/Sep/2015 às 21:48

    NOJENTO! Desse jeito a Dilma vai cair, e não vai ser derrubada pelos adversários. Vai ser destituída por nós que votamos nela. Será que ela tem a noção exata da vergonha que nos causa? Nós do PT, que ajudamos a construir o partido, pedimos a esta senhora que se desfilie. Esta senhora não nos representa. Basta!

    • juliano Postado em 30/Sep/2015 às 09:03

      Fala em primeira pessoa do singular, e não do plural. Mais "EU" e menos "NÓS"

  3. Sérgio Postado em 29/Sep/2015 às 21:54

    Escorada por bandidos. Amparada pela escória. ASCO!!! O grande ódio está passando das mãos dos chamados coxinhas pro lado de cá!!

  4. Felipe Postado em 29/Sep/2015 às 22:24

    E pra melhorar ainda mais hoje está sendo falado sobre o corte de verbas da farmácia popular, e tem gente que ainda tem coragem de defender esse governo.

    • poliana Postado em 29/Sep/2015 às 23:05

      defender o governo não, mas o mandato q lhe foi LEGITIMAMENTE conferido pela maioria dos eleitores nas eleições passadas, por 54 milhões de eleitores, mais precisamente. deixe-a cumprir seu mandato até o final, sem qq tentativa de golpe por parte daqueles q n aceitam a derrota e querem retomar o poder na base do caos, da desordem e de ameaças a nossa ainda frágil democracia. não confunda as coisas. gostando ou não da atual situação do país, dilma roussef foi reeleita democraticamente pelo povo brasileiro, e deve cumprir seu mandato até o final. de resto, é choro de perdedor!

      • felipe Postado em 30/Sep/2015 às 08:56

        Poliana eu falei que ela não deve cumprir seu mandato?? Se vc quer defender esse tipo de atitude do governo só tenho a lamentar por vc, eu não vou defender, vou criticar sim, como cidadão tenho o direito de não estar satisfeito com as atitudes do governo e isso não quer dizer que desejo a saida dela, acorda menina, deixe seu partidarismo de lado.

    • Fernando Rezende Postado em 30/Sep/2015 às 08:13

      Felipe, olha rapaz, não sei qual é a essência do teu comentário, se cínica ou ingênua, porém, acredito que a melhor resposta para isso que você colocou é apenas uma. O governo Dilma deve ser defendido por quem acredita ainda que deve restar no país algum resquício de liberdades democráticas. Depor, ainda que pelo tão famoso "impeachment", uma candidata eleita com mais de 50 milhões de votos, não é democrático, mas golpe de Estado. Existem interesses muito maiores que as marionetes do PSDB e os coxinhas micareteiros por trás da derrubada do governo do PT.

      • felipe Postado em 30/Sep/2015 às 09:07

        Fernando, de novo, um governo eleito democraticamente não deve ser destituído a não ser que seja com base legal (conforme nossa constituição, e sim é legal), mas ja disse em diversas outras oportunidade que sou contra, isso causaria um calipso no país, nossa economia que ja esta uma porcaria, ficaria ainda pior, entenda que criticar o governo não significa querer impeachment, por favor pare com essa polarização de que se é contra o PT é a favor do PSDB é coxinha etc, saibam criticar o governo por atitudes absurdas como essa que vai prejudicar unicamente os mais pobres, a gestão desse governo é péssima eu sempre vou criticar o que estiver errado independente de partido, não é pq vc votou em determinado partido que vc não pode criticar a gestão dele depois.

    • Fernando Rezende Postado em 30/Sep/2015 às 09:49

      E a falta dessa "base legal" não existe nesse processo golpista que, coxinha ou não, as pessoas estão apoiando inescrupulosamente? Você está se pautando por pesquisas fraudadas que querem fazer o país acreditar que o governo não tem o apoio de nem 10% da população? A questão é muito mais obscura do que você acredita. A "mídia" trabalha diuturnamente para a derrubada do governo Dilma e a criação de um "clima" para isso é somente parte do processo. Essa coisa que "contra a corrupção", "medidas frente a crise" é tudo conversa mole. Temos exemplos na história que deixam isso bem claro. Veja a situação de Getúlio Vargas em 1954. Ela é muito parecida com a situação atual. A imprensa cartelizada e golpista da época, tendo a frente Carlos Lacerda, também falava em "mar de lama", "corrupção", "destruição do país". No final das contas, era apenas um posicionamento contrário a política trabalhista levada a cabo por Vargas.

      • Fernando Rezende Postado em 01/Oct/2015 às 07:13

        É Felipe, o caso é pior do que eu pensava. Sua alienação e falta de conhecimento é tanta que impede qualquer diálogo. Continua acreditando na "mídia" isenta e no governo "ultra corrupto" incompetente do PT, tá?

    • Helena/S.André SP Postado em 30/Sep/2015 às 10:07

      Desculpe-me, Felipe, não é isso que está acontecendo. Veja o que diz o blog Tijolaço sobre isso: ficam mantidos em toda a rede conveniada os tradicionais medicamentos gratuitos - para diabetes, hipertensão e asma -, e limitado o fornecimentos dos demais aos postos de saúde e às unidades próprias do programa. Portanto, essa notícia de que vai haver cortes é furada. Leia o post do blog Tijolaço publicado no dia 29.09.15: "Corte na Farmácia Popular, ou como envenenam Dilma com o povão".

      • felipe Postado em 30/Sep/2015 às 12:24

        Desculpe Helena, mas os descontos ou gratuidade serão mantidos para hipertensão, diabetes e asma, os demais vão perder o desconto que o governo concedia. ou seja para que faz tratamento de outras doenças com remédio de uso contínuo corre o risco de no próximo ano pagar uma fortuna por estes medicamentos, li essa informação em vários locais inclusive nesse blog que convenhamos jamais vai falar mau do gov federal.

      • felipe Postado em 30/Sep/2015 às 12:31

        Não queira comprar GV com Dilma cara, Dilma não sabe governar, sinceramente se fosse o Lula nesse momento isso não estaria acontecendo, ela não tem força politica, foi abandonada pelo partido, esta perdida fazendo um monte de besteira, não culpe a mídia pela péssima gestão desse governo, os dados estão aí para informar que tudo piorou, estamos chegando a níveis de antes do plano real, não tem como defender isso me desculpe, mas mesmo assim, acredito que o melhor é ela terminar seu mandato (bem ou mal) a população esta muito insatisfeita com esse governo não adianta negar.

      • Fernando Rezende Postado em 01/Oct/2015 às 07:14

        É Felipe, o caso é pior do que eu pensava. Sua alienação e falta de conhecimento é tanta que impede qualquer diálogo. Continua acreditando na "mídia" isenta e no governo "ultra corrupto" incompetente do PT, tá?

      • Eduardo Ribeiro Postado em 01/Oct/2015 às 08:13

        Comparar GV com Dilma é extremamente pertinente. É tão pertinente que no aniversario da morte de GV não faltou reaça canalha - inclusive na midia - dizendo para Dilma "entrar pra história a exemplo de GV". Ou seja: sugerindo que se matasse. É uma gente tão canalha e sem ética, sem moral, sem senso de humanidade, que desejam abertamente a morte de alguém sem nenhum remorso. A comparação Dilma/GV é EXTREMAMENTE PERTINENTE.

      • felipe Postado em 01/Oct/2015 às 12:17

        kkkkkkkkk ta bom então

      • felipe Postado em 01/Oct/2015 às 12:19

        Cada dia mais me surpreendo com a alienação de algumas pessoas, começo a acreditar que o PT em para alguns é uma seita, uma religião, um modo de vida.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 30/Sep/2015 às 11:10

      É isso que acontece quando um governo se omite, se apequena, fica FROUXO e não se comunica com seu povo. Aí qualquer um agora sai dizendo que "farmacia popular vai acabar, coitados dos pobres"...como se houvesse preocupação real com os pobres...longe disso, há até uma incontida felicidade do pessoal do "quanto pior, melhor", assim como quando morre algum ciclista em São Paulo (eles torcem, rezam toda noite 700 terços pedindo o atropelamento de um ciclista)...aí essa merda sensacionalista viraliza na velocidade da luz, e não tem um puto do governo pra estancar o sangramento, pra vir explicar que não é assim, que está distorcido, que mais de 90% do que era o programa continua a pleno vapor, e se tem, fica obscuro porque falou onde ninguém vê/lê. A culpa desse estado de coisas, desse alarmismo, desse sensacionalismo que cai na boca do povo e não tem mais volta, é exclusivamente do omisso PT, porque o PT é FROUXO.

  5. Sérgio Postado em 29/Sep/2015 às 23:32

    Que termine o seu mandato, mas não como petista. Que faça como a Marta e se filie ao PMDB.

  6. isaac Postado em 30/Sep/2015 às 09:47

    Durante o governo Lula, sua popularidade gigante bancava qualquer gracinha do PMDB. Hoje a situação é diferente. Dilma está com uma popularidade irrisória, sendo obrigada a aceitar os anseios do PMDB para, no mínimo, conseguir terminar seu mandato.

  7. Carlos Augusto Normann Postado em 30/Sep/2015 às 10:21

    Com certeza, um ato equivocado. O dr. Chioro é um profissional muito competente, de alto gabarito. Rifar seu cargo para agradar a um aliado tão instável como tem se mostrado o PMDB é algo temerário. As políticas públicas em saúde, conquista histórica de todos nós, correm severo risco com esse ato. A fidelidade do PMDB na atual aliança é duvidosa, posto os atos do sr. deputado Eduardo Cunha à testa da Câmara de Deputados.

  8. Rodrigo Postado em 30/Sep/2015 às 10:23

    (Outro Rodrigo) Só lembro da entrevista de Dilma para Patrícia Poeta, em que, perguntada sobre o "toma lá, dá cá", respondeu: "Você me mostra o 'toma lá' e eu te mostro o 'dá cá'". Pronto, tá mostrado. Quem se mistura com porcos, farelo come...

  9. junior maia Postado em 30/Sep/2015 às 10:42

    E o povo? O 'povão' que assiste novela, carnaval, futebol e funk?

  10. Thiago Teixeira Postado em 30/Sep/2015 às 19:34

    A Dilma não é tronco não, é jacaré!!!!!!

  11. C.Paoliello Postado em 01/Oct/2015 às 20:41

    Para atender à voracidade ilimitada do PMDB por cargos, Dilma sacrificou seus dois mais qualificados ministros em suas áreas: Arthur Chioro na Saúde e Renato Janine na Educação. Lamentável.