Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direitos Humanos 24/Sep/2015 às 10:16
13
Comentários

Anistia Internacional critica novela da Globo: 'desserviço aos direitos humanos'

Anisitia Internacional divulga nota de repúdio contra novela da Rede Globo e emissora responde: "são obras de ficção sem compromisso com a realidade"

Anistia Internacional novela Globo

A Anistia Internacional, organização não governamental de defesa dos direitos humanos, divulgou uma nota de repúdio à utilização de seu nome em cena exibida na última segunda-feira em A Regra do Jogo, novela das 21h da Rede Globo.

“A representação equivocada do trabalho de defensores de direitos humanos na novela tem sido explorado de forma irresponsável e contribuindo para criminalizar o mesmo”, diz a Anistia Internacional em comunicado divulgado nesta terça na página oficial do Facebook da organização.

Na cena, o trambiqueiro interpretado pelo ator Alexandre Nero diz estar a serviço da organização ao se apresentar como advogado de direitos humanos na entrada de um presídio de segurança máxima.

Carregando uma bomba, Romero se nega a passar pela revista. “Eu ajudo a comunidade carcerária. Eu sou da Anistia Internacional”, diz o personagem para o policial que controla a entrada no presídio. Sem ser revistado, ele consegue entrar na penitenciária para ajudar na fuga de um traficante internacional.

No comunicado, a organização condena a citação da Anistia por um personagem corrupto mesmo se tratando de uma novela. O personagem de Nero, um ex-vereador, se passa por defensor dos direitos humanos para disfarçar sua atividade como criminoso.

“Embora se trate de uma obra de ficção, a novela ‘A Regra do Jogo’, ao usar o nome da Anistia Internacional – uma organização referência e atuante no país, presta um desserviço à consolidação de uma cultura de direitos humanos na sociedade brasileira”, afirma.

“Nos causou surpresa e indignação a maneira irresponsável que a TV Globo usou o nome da Anistia Internacional para reforçar um estereótipo equivocado sobre o trabalho dos defensores de direitos humanos no Brasil. A ficção, quando se propõe a retratar a realidade, precisa ser mais cuidadosa e capaz de avaliar as consequências nesse momento do país de associar levianamente o tema dos direitos humanos a iniciativas criminosas”, reforçou o diretor executivo da Anistia Internacional, Atila Roque.

A Rede Globo se pronunciou sobre o assunto:

As novelas são obras de ficção sem compromisso com a realidade, como registramos ao final de cada capítulo. Ao recriar livremente situações que podem ocorrer na vida real, a dramaturgia busca apenas tecer o pano de fundo para suas histórias.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Peterson Postado em 24/Sep/2015 às 11:18

    "Ao recriar livremente situações que podem ocorrer na vida real," ESSA É EXATAMENTE A QUESTÃO caralho

    • leonardo Postado em 24/Sep/2015 às 13:18

      E tais situaçoes não podem ocorrer na vida real?

      • olivires Postado em 24/Sep/2015 às 15:52

        você está dizendo que basta bater na porta do presídio e dizer que é da anistia internacional que o carcereiro vai liberar até a entrada de uma bomba? o que a "ficção" fez foi criar uma historinha mequetrefe que aponta para "advogados dos direitos humanos" como os responsáveis pela entrada ilegal de qualquer coisa nas penitenciárias, afinal, carteirada de anistia internacional garante passe livre. com tanto corrupto em tantos outros setores (diretor de presídio) contribuindo para a esbórnia prisional, a globo resolveu jogar os holofotes na anistia internacional e nos direitos humanos, que não estão envolvidos com nenhuma facilitação a presos. mas é "obra de ficção", então pode viajar na maionese a vontade. link: http://g1.globo.com/bahia/noticia/2013/09/diretor-de-presidio-preso-estava-em-esquema-com-agentes-diz-promotor.html

  2. Trajano Postado em 24/Sep/2015 às 12:21

    As novelas são obras de ficção sem compromisso com a realidade, como registramos ao final de cada capítulo. Será que um dia iremos ver advertências parecidas ao final de determinadas matérias transmitidas em canais da TV aberta brasileira?

    • André Anlub Postado em 25/Sep/2015 às 11:41

      Boa pergunta Trajano! Quando certos telejornais eram apenas tendenciosos, maquiando e colocando adereços nas reportagens, a gente fingia não ver... Mas agora passaram a 'criar' a matéria, como um filme trágico, doutrinador e presunçoso.

  3. Juniperos Postado em 24/Sep/2015 às 12:38

    As novelas da globo sempre apresentaram uma visão tortuosa e estereotipada do brasileiro e do mundo. Desconsidero o valor processual da nota (uma vez que o mundo não bem noção do brasileiro e da dureza de nossas vidas), mas fica assim, uma reclamação à rede, de que podem sim, ofender a muitos com seus enredos apelativos que de brilhantes já não tem nada a muito tempo. Mais graça teve o pastelão internacional...

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 24/Sep/2015 às 15:02

    Globo fazendo globice.

  5. junior maia Postado em 25/Sep/2015 às 11:03

    Mas se eles dizem que é ficção, como é que o 'povaço" diz que as novelas refletem a realidade? que realidade é essa? como é essa realidade? Não perca, sexta no globo repórter.

  6. Randy Postado em 25/Sep/2015 às 11:57

    Novela fascista... É tão ruim que já perdeu para a novela bíblica da concorrência... Uma derrota histórica... espero que continuem assim...

  7. Yrae Postado em 25/Sep/2015 às 12:32

    Não é legal atacar a imagem de orgãos como a anistia internacional. Isso uma das táticas de um sub-sistema de um todo que pretende implantar uma segregação etnica-social travestida de combate a criminalidade.

  8. vinicius Postado em 25/Sep/2015 às 17:11

    A trama da novela foi boa, sugeria que a Anistia internacional estaria se fazendo valer de sua suposta finalidade e notoriedade publica, para promover crimes e lucrar com o mesmo

  9. sidney Postado em 26/Sep/2015 às 22:40

    Essa TV só tem vagabundo sacana. Bando de escrotos sem ética ou qualquer outro sentimento. Só manipula os idiotinhas que passam de 3 a 4 horas hipnotizados em frente a uma tela. Por mim colocaria uma bomba em cada local dessa emissora de MRD. Um dia isso acontece pode crer. Espero que um maluco tenha essa ideia e execute e não deixe ninguem desse bando de ladrão em paz.

  10. Isabela Postado em 28/Sep/2015 às 15:36

    Anistia internacional ta sem serviço? E antes que venham falar que to defendendo nem tenho tv.