Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 11/Sep/2015 às 15:54
61
Comentários

A reação de uma advogada ao receber uma cantada no Linkedin

"Isto aqui não é Tinder". Advogada decidiu expor cantada que recebeu de colega de profissão em rede social corporativa para contatos profissionais. "Decidi tuitar para ver quantas mulheres recebem esse mesmo tipo de mensagem". O homem, que é casado, divulgou uma nota para se justificar

Charlotte Proudman cantada Linkedin
A foto de Charlotte Proudman em seu perfil do Linkedin (esq.) e a mensagem do colega de profissão (dir.)

Uma mensagem enviada por um advogado a uma companheira de profissão pelo Linkedin, a rede social corporativa para contatos profissionais, está causando polêmica na Inglaterra.

Charlotte Proudman, de 27 anos, havia adicionado Alexander Carter-Silk, de 57, sócio da Brown Rudnick, em sua lista de contatos profissionais na rede e logo em seguida recebeu uma mensagem dele elogiando sua foto do perfil. A advogada considerou o conteúdo sexista e tornou o caso público pelo seu Twitter.

“Eu entendo que isso seja completamente politicamente incorreto, mas essa sua foto é deslumbrante! Você definitivamente ganhou o prêmio de melhor foto do Linkedin que eu já vi por aqui”, escreveu Carter-Silk para ela.

Proudman respondeu à mensagem dizendo que “estava no Linkedin por questões profissionais, não para ser abordada por alguém falando de sua aparência física ou para ser objetificada por homens machistas”. Ela ainda classificou o comportamento do advogado como “inaceitável e misógino”.

“Pense duas vezes antes de mandar uma mensagem tão machista para uma mulher (que tem metade da sua idade).”

De acordo com a BBC, Charlotte Proudman disse que havia recebido mensagens com comentários sobre sua aparência antes pelo Linkedin. Segundo ela, isso equivaleria a “usar o Linkedin essencialmente como um Tinder (aplicativo de encontros amorosos)” em vez de usá-lo para destacar suas competências profissionais.

A advogada, então, decidiu colocar uma reprodução da troca de mensagens pela rede social em seu Twitter com a intenção de estimular outras mulheres a contarem casos parecidos.

“Decidi tuitar para ver quantas mulheres recebem esse mesmo tipo de mensagem”, disse ela.

Segundo ela, várias mulheres se manifestaram e mostraram apoio à sua atitude.

“Meu namorado recebe mensagens perguntando se ele se interessa por um emprego nos fundos de hedge, eu recebo convites de homens para sair.”

Agora, ela pede um pedido de desculpas público. “Eu quero que as pessoas saibam que isso não é aceitável.” E completou: “Não quero ser avaliada pela minha aparência”.

Ainda assim, Proudman recebeu também críticas e foi chamada de feminazi(neologismo que junta feminista com nazista) por algumas pessoas nas redes sociais, segundo relatou ao jornal britânico Evening Standard.

A advogada contatou a empresa onde Carter-Silk é sócio, Brown Rudnick, para reclamar do comportamento dele. “Quando recebi a mensagem, ia ignorar e deletar, mas depois que vi que ele era advogado, um representante da lei, e eu decidi que iria responder para colocar meu ponto de vista.”

“Mal entendido”

Carter-Silk é casado e vive com a esposa Jacqueline, de 60 anos, em Cambridge, Inglaterra.

Ele se manifestou por meio de uma página na internet voltada para advogados e profissionais da lei, RollOnFriday. “A maioria das pessoas coloca fotos pouco profissionais no Linkedin, meu comentário tinha como objetivo apenas valorizar a qualidade profissional da apresentação dela no Linkedin, o que foi mal interpretado, infelizmente.”

Um porta-voz da empresa Brown Rudnick comentou a polêmica. “Nós estamos cientes dos comentários feitos por um membro da empresa em uma rede social particular. Pedimos desculpa pela ofensa e não temos mais nenhum comentário a fazer.”

Matthew Scott, outro advogado e blogueiro britânico, esquentou a polêmica defendendo Carter-Silk.

“Acho que temos que observar como tudo se desenvolveu… Charlotte enviou uma mensagem para ele pedindo para que ele a adicionasse, então o primeiro contato foi feito por ela. Depois, ele elogiou a foto dela, então eu acho que o ‘crime’ que ele cometeu começou por ela”, disse.

VEJA TAMBÉM: Jornalista brasileira registra o ‘horror’ de uma caminhada de duas horas

“Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural.”

BBC Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Fabio Postado em 11/Sep/2015 às 16:09

    Caramba. Ela exagerou muito!. Foi só um simples elogio. Não precisava queimar o cara desse jeito.

    • alice Postado em 11/Sep/2015 às 20:55

      uai, se a msg dele fosse tão normal assim, quall o problema de expô-la e expô-lo? ela tá é certa. e vcs são muito folgados. o cara casado e velho dando em cima da gatinha. vsf. merece mesmo.

    • Caio Borrillo Postado em 12/Sep/2015 às 00:52

      Um homem falando como uma mulher deve se sentir ao se sentir incomodada com um comentário infeliz. Ai, ai. Se toca, amigo.

      • Daniel Postado em 12/Sep/2015 às 14:12

        Nossa, quando vi a chamada pensei que ele tinha chamado ela pro motel, sido tosco e assediado a mulher. Isso acontece o tempo todo e realmente demonstra como a nossa sociedade é machista. Daí vem "feminista" reclamando que um homem educadamente falou que ela é bonita. Quando eu li o comentário não acreditei que era só isso. Eu como homem feminista acho um despropósito, uma tentativa de acabar completamente com a credibilidade do feminismo.

      • Rafael Lyra Postado em 24/Dec/2015 às 11:56

        Daniel, o homem feminista que é o novo porta voz do feminismo e avalia quando as mulheres devem se incomodar e quando não, é por isso que as mulheres não aceitam homens no feminismo amigo, porque você se diz feminista para assumir o protagonismo de uma luta que não é sua.

  2. Rodrigo Postado em 11/Sep/2015 às 16:26

    Dr. Julio, no canto superior direito do site existe um campo para pesquisa de notícias, nele o senhor pode colocar a palavra rebaixamento e encontrará notícias sobre o assunto que deseja. Att.

    • Iran Postado em 11/Sep/2015 às 19:16

      Julio é daqueles que acredita em Papai Noel

  3. Mateus Ribeiro Postado em 11/Sep/2015 às 16:27

    Ridiculo, pra dizer o mínimo. Nós homens temos que tomar a iniciativa SEMPRE. Se as mulheres viessem atrás de nós seria fácil ficar nessa posição de "só fala comigo no Tinder". É muito confortável ser mulher e ficar nesse esquema "venha a nós o vosso reino - mas só quando eu quiser". Se ela está afim de transar com o chefe é porque "bateu uma química", agora se o cara piscar pra ela é um estuprador. Francamente viu, tá cada dia mais difícil ser homem, o cara foi super sutil e respeitoso...

    • alice Postado em 11/Sep/2015 às 20:56

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!! é sério isso? menino, cresce e aparece!

    • Caio Borrillo Postado em 12/Sep/2015 às 00:53

      "Tá cada dia mais difícil ser homem" HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Pobrezinhos dos ome que não conseguem conviver com uma mulher sem destilar comentários inúteis sobre sua aparência e sem vê-las como objetos sexuais, né?? Volta pra lição de casa e deixa os adultos aqui conversando coisa séria, garoto.

    • Carlos Altavista Postado em 12/Sep/2015 às 08:27

      O que está difícil é procurar relacionamentos extra-conjugais usando um site de currículos.

    • Paula Postado em 12/Sep/2015 às 09:48

      É pra rir ou pra chorar? Quantos anos de opressão pra ter q ler mimimi de machista! Me poupe! Sutil e respeitoso? No canal errado né? Quando seremos respeitadas como as profissionais que somos?

      • Daniel Postado em 12/Sep/2015 às 14:16

        Mas o próprio ideal de que os homens tem que tomar a iniciativa sempre é um ideal machista. Um ideal machista que também oprime homens. Enquanto vocês ficarem com essa de coitadinhas das mulheres, que homens malvados, só vão destilar ódio, e ódio traz mais ódio. Um baita dum desfavor ao feminismo. O problema não são os homens, mas o patriarcado. Esses anos de opressão comentado pela Paula, são anos de opressão em cima de homens e mulheres.

      • Pedro Postado em 24/Dec/2015 às 15:08

        Olha, por mais que o canal seja errado, a resposta dela é desmedida. O cara falou da foto dela, ela partiu para "erotização". Da forma que ele escreveu sua mensagem, ele poderia estar elogiando a luz, o fotografo, os pixels, a resolução. Ele errou o canal e ela usou uma metralhadora para apagar uma fogueira.....

    • Andre Anlub Postado em 24/Dec/2015 às 10:48

      "tá cada dia mais difícil ser homem"... Esse com certeza não é um Jedi!

  4. Guilhermo Postado em 11/Sep/2015 às 16:29

    Quando eu vi a foto pensei que fosse a Gina dos Palitos. Claro que não comentaria isso no linkedin...

    • gilberto Postado em 11/Sep/2015 às 16:35

      Olha lá que eu pensei: eu conheço essa Gaja de algum lugar. É isso.

    • Manu Postado em 11/Sep/2015 às 16:49

      não vejo nada e mais no que ele disse e realmente parece a Gina dos palitos hahahaha

    • Karina Postado em 11/Sep/2015 às 17:24

      Eu estava chateada por alguns problemas... vagando na net vi o post entrei p ler a matéria e me deparei com seu comentário, Guilhermo eu Ri muitooo alto obrigado por ter alegrado meu dia, as lágrimas até secaram ;)

      • Guilhermo Postado em 11/Sep/2015 às 18:20

        Que bom que eu fiz alguém rir! Acho que a verdadeira Gina dos Palitos não reagiria de forma tão exagerada a um elogio. :D

  5. Michael Postado em 11/Sep/2015 às 16:32

    Achei exagero da parte dela, acho que se incomodou tanto ela podia ter diretamente ter dito isso a ele, ele não forçou nenhum constrangimento nela, ela do contrário publicou no twitter, achei bem exagerado.

  6. Daniela Barbosa Postado em 11/Sep/2015 às 16:47

    hahhahaha gina dos palitos

  7. Jeane Postado em 11/Sep/2015 às 16:50

    Os comentários estão mt engraçados...realmente parece! Mas o idiota que defendeu o veio podia ter menos voz.

  8. Gabriel Postado em 11/Sep/2015 às 16:57

    “Eu entendo que isso seja completamente politicamente incorreto, mas essa sua foto é deslumbrante! Você definitivamente ganhou o prêmio de melhor foto do Linkedin que eu já vi por aqui." Tudo isso por causa dessa frase? Totalmente desnecessário. Esse caso não merece nem matéria, foi um tiro no pé. A quantidade de pessoas que vai associar isso ao feminismo e usar como desculpa pra dizer que tudo não passa de "frescura" vai ser gritante nas redes sociais. Overreacted!!! O cara não a assediou ou sequer a ofendeu.

    • Daniel Postado em 12/Sep/2015 às 14:22

      Exatamente. Tá cheio de gente achando que ou você concorda com TUDO que uma feminista diz ou não é feminista. Foi exagero sim, e todo mundo que é feminista faria bem em não se vincular a esse tipo de imbecilidade. Existem mulheres sofrendo assédio de verdade por aí. Isso aí foi birra de menina mimada.

  9. Xavier Postado em 11/Sep/2015 às 17:02

    Sei lá, não li nada que ofendesse a honra dela no comentário. Ele até foi elegante, eu como homem sou suspeito pra falar, mas não vi maldade explicita neste comentário. Perto da grande maioria de comentários que são postados na internet tratando às mulheres como simples objetos de prazer, achei um exagero o ponto de vista que ela teve sobre tal elogio. O propósito do site, é contatos profissionais, certo!! Mas foi tempestade em copo d'água. A atitude dela por outro lado inibe que algum comentário de fato chulo não passe em branco e às mulheres que sofrerem algum abuso real não se calem e denunciem. Ela deu o primeiro pontapé. Só ela um tanto exagerada.

  10. luizlmarins Postado em 11/Sep/2015 às 17:05

    Claro que não se deve abordar mulheres desta forma, mas a mensagem em si não tem nada de mais, apenas foi postada no lugar errado. Acho que ela se supervalorizou e aproveitou para aparecer. Poderia ter respondido de outra forma, fazendo-o compreender que falava a coisa errada, no lugar errado. Se viesse do Brad Pitt ou do Tom Crouise, ela reagiria da mesma forma?

  11. Abduben Postado em 11/Sep/2015 às 17:15

    Sim, o comentário dele foi inoportuno, mas a reação dela foi desproporcional. Queria publicidade, conseguiu.

  12. Daniel Santana Postado em 11/Sep/2015 às 17:24

    Já presenciei inúmeros casos amorosos e de adultério no ambiente de trabalho. A grande maioria desses casos são impulsionados por homens em posição hierárquica superior, que se usam de suas posições para "ganhar" mulheres no ambiente de trabalho. Muitas dessas mulheres cedem ao interesse de sair com um superior, seja por status, seja por interesse financeiro ou por interesse amoroso mesmo, o que não minimiza o assédio. Já vi também chefes demitirem funcionárias após terem relacionamentos com elas pela simples conveniência de evitar o constrangimento (a corda sempre estoura do lado mais fraco). O assédio no trabalho é algo mais comum que se possa imaginar e a sociedade tem parar de ver isso com tanta normalidade e no mínimo discutir o assunto mais abertamente. São lamentáveis essas pessoas que, incapazes de argumentar, utilizam-se de rótulos e neologismos pejorativos com o intuito de atacar o argumentador. Rotular alguém de "feminazi" é apenas uma forma covarde de expressar machismo e misoginia. É igual falar de crianças morrendo de fome na África para desmerecer a causa dos homossexuais por ser covarde demais para admitir que é homofóbico.

    • Daniel Postado em 12/Sep/2015 às 14:29

      Justamente porque existem tantos casos de assédio, de abuso de poder, que não deveríamos ficar fazendo alarde em casos que isso definitivamente não aconteceu. Ele falou que ela é bonita, só isso. Rotular alguém de feminazi injustamente é tão grave quanto chamar alguém de machista injustamente. Ela deu o primeiro tapa, ela pouco se fudeu pras consequências que esse alarde trariam para ele. E tá cheio de mulher por aí louca pra apontar dedos e chamar todo mundo de machista. Em contrapartida, tá cheio de homem louco pra apontar dedos e chamar todo mundo de feminazi. Bem vindo a humanidade, fazendo merda de tudo quanto é lado. Só não caia no erro de cair no maniqueísmo e achar que todo o problema é dos homens, dos "machistas", das pessoas que não concordam com tudo que uma "feminista" diz. Eu particularmente, prefiro o termo femista, é mais correto e menos ofensivo. Se refere a mulheres que, diferente do feminismo, não busca igualdade entre os sexos, e sim superioridade. Diz respeito as mulheres que dizem que os homens não podem ser feministas, por serem homens, por exemplo.

  13. Tatiana Postado em 11/Sep/2015 às 17:29

    Na verdade não vi nada demais, apenas uma mulher querendo se promover com muito pouco.

    • Araci Borges Dias Martins Postado em 11/Sep/2015 às 18:11

      Concordo plenamente com você Tatiana. A menina está se achando.

      • Preto Velho Postado em 12/Sep/2015 às 08:28

        Ê, síndrome de Estocolmo...

  14. Udi fagundes Postado em 11/Sep/2015 às 17:38

    O cara é um safado e ponto final !

  15. Peterson Postado em 11/Sep/2015 às 17:39

    "então eu acho que o ‘crime’ que ele cometeu começou por ela”, disse." Clássico...

  16. Maris Postado em 11/Sep/2015 às 17:40

    Sinceramente, essa jovem é megalomaníaca. Agora uma frase como aquelas é cantada? O fato dele ter admirado a foto dela pareceu aquele tipo "estou sendo legal, não estou te dando mole". Ele foi gentil, não vi como assédio de forma alguma.

  17. Tamires Postado em 11/Sep/2015 às 17:58

    “Se um homem quer abordar uma mulher porque ele acha ela atraente no trabalho ou no Linkedin, isso não faz dele um machista; é apenas um comportamento natural.” NÃO, NÃO È. Isso é normal em um ambiente descontraído como um bar ou uma festa. Respeite a mulher e o objetivo da rede social. Se ela quis contactá-lo primeiro, não lhe dá direito de cantá-la. Homens são oferecidos empregos e mulheres, cantadas. CHEGA.

  18. Eduardo Ribeiro Postado em 11/Sep/2015 às 18:01

    Mais um escroto que achou que a mulher estava sujeita a avaliação de beleza dele. Incapaz de guardar a porra da opinião dele com ele mesmo. Tem tudo a ver com aquele caso da jornalista que caminhou pelas ruas de Teresina (?) e filmou tudo, gravou o comportamento animal dos homens com quem teve a infelicidade de cruzar, foi um puta de um martírio, ela não conseguia dar 3 passos sem ouvir um "oi", "bom dia", "tudo bem?", "linda", "gostosa" ou "bucetuda"...é tudo a mesma merda. Absolutamente a mesma situação, coisa de quem olha pra mulher e vê lá um pedaço de carne.

    • Guilhermo Postado em 11/Sep/2015 às 18:34

      Essa situação que você retratou é realmente deplorável. Mas no caso da Gina não foi nada de mais. O lugar foi inapropriado, mas não precisava desse escândalo todo. Aliás, você é sempre assim tão chato?

      • Eduardo Ribeiro Postado em 11/Sep/2015 às 20:25

        Ambas as situações são deploráveis porque ambas são exatamente iguais. Simples assim. Não há diferença, sob nenhum critério objetivo, em relação as duas situações. São iguais e igualmente deploráveis. Quem diz se "esse escandalo todo" era necessário é a mulher vítima do assédio. Não você. Ela é a vítima, então ela reage do jeito que achar melhor e ponto.

      • Guilhermo Postado em 11/Sep/2015 às 20:48

        Só perceba que a maioria esmagadora das mulheres que aqui comentaram acharam que a reação dela foi bastante exagerada. O que você faria no lugar dela?

      • Eduardo Ribeiro Postado em 11/Sep/2015 às 21:05

        Eu não tenho que dizer o que faria no lugar dela. A reação do oprimido não deve ser questionada. Ela fez o que tinha que fazer. Numa sociedade machista e misógina, não é sendo legal e benevolente que as coisas se resolvem.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 11/Sep/2015 às 21:07

        A reação do oprimido nunca, jamais, em hipótese alguma, é exagerada. Especialmente do ponto de vista do opressor, que sou eu enquanto homem. Eu não tenho o direito de dizer que ela exagerou.

    • Andre Anlub Postado em 24/Dec/2015 às 10:57

      A priori somos treinados (homens e mulheres) a agir conforme o sistema, que é machista e tem base no patriarcado... logo, nosso consciente será levado a entender a situação como normal. Essa desconstrução leva tempo, mas se faz mais rápida quando tomamos consciência dela.

  19. Leide Postado em 11/Sep/2015 às 19:09

    Infelizmente, o mundo ainda é muito machista. Esse fato resulta no total desrespeito de alguns homens, que se sentem inteiramente à vontade para investir contra as mulheres, muitas vezes, de forma até animalesca. No outro polo, também gera comportamentos exagerados da ala feminina mais extremista, como é o caso. São os efeitos nocivos de uma sociedade injusta e desigual com relação aos gêneros. Incrível a pessoa se ofender tanto por um simples elogio. Realmente é sinal de há algo muito errado. Recebo elogios dos meus colegas de trabalho e não acho que eles estejam sendo machistas. Elogiar não ofende, desde que o elogio observe o limite do respeito e do razoável. Na minha ótica, não houve excesso por parte dele e sim por parte dela.

    • Furnandes Albaralhim Postado em 11/Sep/2015 às 19:42

      Desculpe. Ele chamou a moça de gostosa num processo de seleção e contato profissional. Isso é assédio, não elogio. Feminismo radical. Piaffff.

  20. Iran Postado em 11/Sep/2015 às 19:15

    Julio é daquels que acredita em Papai Noel

  21. Furnandes Albaralhim Postado em 11/Sep/2015 às 19:41

    isso tá parecendo a suástica. 1. Ele é superior financeiramente. 2. Ele é homem. 3. O comentário foi inadequado. 4. E sugere uma continuação. 5. É um início de assédio sim. 6. O Brasil está começando a relativizar crimes. 7. Isso se chama PROTOFASCISMO. 8. A Alemanha de Hitler também demorou para acordar.

  22. João Paulo Postado em 11/Sep/2015 às 20:08

    Só para quem não sabe, assédio sexual é "Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função." Ele não tem vínculo profissional nem a desrespeitou. Pessoas se relacionam nos mais diversos ambientes: festas, baladas, bibliotecas, museus, escolas, universidades, ambiente de trabalho, etc. O resto é mais do mesmo: tempestade em copo d' água ao invés de se focar na VERDADEIRA discriminação da mulher e um meio de acirrar e municiar os preconceitos entre "machistas x feminazi."

  23. Thais Linhares Postado em 11/Sep/2015 às 23:19

    Se fosse uma advogada casada, falando o mesmo para um colega, vocês homens diriam que não é nada demais? Levariam na boa se fosse a esposa de vocês falando isso para um rapaz jovem e atraente? E se isso fosse recorrente, e toda vez que um homem atraente entrasse na rede sua esposa/namorada elogiasse explicitamente? Aceitariam? Amigos, por favor, contextualizem antes de desmerecer o alerta da senhorita, ok?

  24. Bruno Postado em 12/Sep/2015 às 01:49

    Rede social para negócios não deveria ter foto e sim dados profissionais para negócios. A nossa sociedade é covarde com o lugar da mulher, por que ao mesmo tempo que as vende o tempo todo como belos objetos de prazer para os homens, no cinema, na televisão e demais, estimula que as mesmas busquem seu lugar de protagonista. Como ninguém senta para falar sobre isso, essas notícias vão continuar a aparecer, gerando mais revolta.

  25. Jose Silva Postado em 12/Sep/2015 às 02:12

    FEMINAZI nojenta. Ainda enfatiza que ela tem a metade da idade dele. Se o homem fosse mais novo por certo o comportamento dela seria diferente. É uma mulher nojenta. Felizmente, estou livre de idiotas como esta.

  26. Renata Postado em 12/Sep/2015 às 12:59

    Vixe que mulher Chata! Coitado do marido dessa daí. Tudo deve virar polêmica em casa.

  27. Kayo Postado em 12/Sep/2015 às 21:20

    E se o sujeito que enviou a mensagem fosse um casado mais novo, bonitão, do gosto dela? Ela faria isso? Sabe qual o nome disso na verdade? Hipocrisia! Tem mais não!

  28. eu daqui Postado em 14/Sep/2015 às 11:20

    Não entendi a ofensa nem enxerguei o insulto. E nem vi essa beleza toda também: a foto é de uma mulher comum.

  29. Luís Guilherme Postado em 15/Sep/2015 às 08:33

    Hahaha puta que pariu, que cara seco. E burro também, é casado e manda cantada pra uma pessoa que ele nem conhece e pode tirar o print e divulgar, como fez.

  30. Thiago Teixeira Postado em 15/Sep/2015 às 17:57

    Fico impressionado com a quantidade de "MULHERES" criticando a moça nesse site. Ou são trolls da direita como sempre, vem aqui tumultuar ou minha tese está certa: Mulher brasileira é machista e acha lindo, másculo viril, homem que mete a mão na cara e coloca chifre nelas.

  31. Lopes Postado em 19/Sep/2015 às 12:01

    O advogado é um burro!

  32. Tamara Postado em 24/Dec/2015 às 11:58

    Bom, cada um é responsável pelo que posta, onde for. Se está na rede, não espere que seja "normalizado". Se pra ele foi só um elogio, pra ela não foi profissional. Ponto...o choro é livre.

  33. Pedro Postado em 24/Dec/2015 às 14:54

    Ele nao "erotizou" a moça.... ela exagerou na resposta. Poderia ter respondido e criticado o que ele disse. Mas ela encontrou um espantalho que aterroriza a mente dela na mensagem original do homem, que não pode ser encontrada na original.

  34. Abel Postado em 25/Dec/2015 às 18:58

    Totalmente desnecessária a atitude dela.