Redação Pragmatismo
Compartilhar
Protestos 19/Aug/2015 às 15:47
65
Comentários

Pesquisa da UFMG traça perfil dos manifestantes de 16 de agosto

Estudo elaborado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) traça o perfil dos manifestantes que foram às ruas pedir o impeachment de Dilma Rousseff no último domingo

manifestantes manifestação perfil belo horizonte
(Imagem: Manifestantes protestam contra o atual governo em Belo Horizonte neste domingo 16)

O perfil médio de quem participou da manifestação contra o atual governo federal, neste domingo (16), em Belo Horizonte é: Cor branca, renda superior a cinco salários mínimos, estudou curso superior, eleitor do senador Aécio Neves e do PSDB, a favor do porte de arma e da redução da maioridade pena, contra o aborto, cotas raciais e programas como o Mais Médicos e o Bolsa Família. Foi o que traçou um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

A pesquisa ouviu 434 pessoas presentes na manifestação realizada na Praça da Liberdade, na região Centro-Sul de BH. A margem de erro do estudo é de 4,5 pontos percentuais para baixo ou para cima.

A responsável pela pesquisa foi a professora Helcimara Telles, doutora e membro do Grupo Opinião Pública da UFMG. O levamento também contou com a parceria da Agência Press, por meio do sociólogo Fernando Vaz; do Centro de Convergências em Novas Mídias da UFMG, por meio da professora Regina Helena.

Um dos dados curiosos sobre a pesquisa, é que mais da metade dos participantes da manifestação já votaram no Partido dos Trabalhadores, em algum momento da vida, para candidatos que iam de vereador a presidente.

Confira abaixo alguns dados do estudo:

29,7% possuia alguma conta ou prestação em atraso com mais de 30 dias;

60% concorda totalmente ou em parte com a liberação do consumo da maconha;

64,7% concorda totalmente ou em parte que as cotas raciais são um erro, e o governo deve acabar com elas;

53% concorda totalmente ou em parte que os cidadãos honestos devem ter o direito de portar armas;

53,5 discorda totalmente ou em parte com legalização do aborto no país;

74,5% concorda totalmente ou em parte com a redução da maioridade penal;

52,1% concorda totalmente ou em parte que os nordestinos têm menos consciência política na hora de votar do que as pessoas de outras regiões do país;

41,5% concorda totalmente ou em parte que o Brasil deve adotar a pena de morte;

74,5 concorda totalmente ou em parte que pessoas ajudadas por programas sociais, como o Bolsa Família, ficam preguiçosas;

61,3% discorda totalmente ou em parte que é bom trazer médicos cubanos para atuar na rede pública de saúde.

74% concorda totalmente ou em parte que os pobres são mais desinformados na tomada de suas decisões políticas;

46,8% concorda totalmente ou em parte que em situação de muita desordem, os militares devem ser chamados a tomar o poder. Já os que discordam são 47,2%

61,1% concorda totalmente ou em parte com a união civil entre pessoas do mesmo sexo;

78,6% contra o Movimento dos Sem Terra;

57,1% é a favor da Reforma Agrária;

50% é contra a cobrança de maior valor aos mais ricos pelo uso do SUS;

47,9% é a favor da regulamentação da terceirização;

60,3% é contra a ampliação da idade mínima para aposentadoria;

73,9% é a favor do fim da reeleição para cargos políticos;

61,3% é a favor da proibição das doações de empresas para campanhas políticas;

53,7% já votou no PT em algum cargo no passado (De vereador a Presidente);

78,6% votou em Aécio Neves 2º turno na eleição da última eleição, em outubro de 2014;

48,6% votaria em Aécio Neves se as eleições para presidência do Brasil fossem hoje;

58,8% se diziam com a cor de pele branca;

64,5% estudou superior incompleto, completou ou fez pós-graduação;

56,6% tem rendimento mensal da família superior a cinco salários mínimos.

informações de Hoje em Dia

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 15:53

    A arrogância da esquerda continua...

    • Bianca C. Postado em 19/Aug/2015 às 20:55

      E a sua falta de compreensão, lucidez, discernimento, estudo, noção, inteligência, raciocínio e conhecimento continua né!

  2. Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 15:54

    Conforme pesquisa do "portal" pragmatismo político: haviam 6 pessoas protestando na paulista e mais de 300 mil cartazes e faixas pedindo intervenção militar e torturas contra Dilma e Lula.

  3. Thiago Teixeira Postado em 19/Aug/2015 às 15:55

    100% é totalmente ou em parte COXINHA.

    • Deisi Postado em 20/Aug/2015 às 07:35

      Thiago, acho que existam mais reaças nessas manifestações, que propriamente coxinhas!

  4. Hélio Postado em 19/Aug/2015 às 15:57

    Tem gente que já esta se olhando num espelho....

    • ALESSANDRO QUEIROZ Postado em 19/Aug/2015 às 16:28

      Seria bom fazerem essa reflexão do espelho!!!

  5. Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:15

    Isso aí é tipo as piores fotos do evento. Tu não consegue rankear, escolher as campeãs, fazer um top-3 piores fotos, porque são muitas fotos profundamente tenebrosas. Tentei separar um ou dois dados do estudo pra destacar e comentar, mas porra, simplesmente não dá. Teria que citar umas 14 bizarrices lastimáveis.

    • Sheyla Postado em 19/Aug/2015 às 16:47

      Boa! O comentário mais coerente até agora (pra mim).

  6. Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 16:20

    Eu já votei nessa coisa chamada PT.... fui enganado mais de 10 anos !

  7. Denisbaldo Postado em 19/Aug/2015 às 16:24

    Fiquem tranquilos, a Presidenta Dilma vai analisar os seus anseios e fará o máximo possível para atendê-los. No mais, a próxima eleição é em 2018, e a não ser que haja uma razão legal, apurada e julgada por um tribunal competente, não há que se cogitar um impeachment. Aprendam uma lição, o DataFolha não elege presidente da república, muito menos executa um impeachment. Sem mais.

  8. felipe Postado em 19/Aug/2015 às 16:26

    Acredito que esse número suba ainda mais, visto que as atitudes do atual governo tem sido cada piores, principalmente pq o próprio PT tem boicotado a Dilma.

    • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 16:38

      Os caras do governo ao invés de reconhecerem a legitimidade dos protestos, hostilizam ainda mais a massa de descontentes. Tudo bem, tu pode mentir que a educação, saúde, segurança vão bem.... mas quando o sujeito perder o emprego por causa da desastrada economia, tu não consegue mais mentir para ele. Quando o filho do cara passa fome porque perdeu o emprego, não adianta conversinha mole de mais médico ou prouni.

    • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 16:43

      sinceramente o governo deveria chamar esse pessoal do MBL e do vem pra rua para uma conversa. O PT mesmo dizem que não há pauta, se eles não sabem o que querem, será uma barbada para o governo desmoralizá-los. Ou então assumir parte da culpa: "olha, não tá bom, a gente errou... a culpa é nossa... mas quem sabe vocês não dão uma sugestão" A esquerda é arrogante demais para isso, e as saídas óbvias como enxugamento do estado, sequer seriam levadas em conta.

  9. José Ferreira Postado em 19/Aug/2015 às 16:32

    A Dilma tem três opções: suicídio, renúncia ou impeachment. Eu também já votei no PT e me arrependi ao ver o mal que ele fez ao país.

    • Trajano Postado em 19/Aug/2015 às 20:26

      Reparem que o José Ferreira Coiffeur listou o suicídio como a primeira opção dentre três que a presidente supostamente tem. Chique, né? Mas se a gente parar pra pensar que a Dilma passou o zaralho durante a ditadura e hoje, presidente, precisa ver a sandice brega das micaretas coxinhas, sim, é pra se matar de vergonha. Achei coerente o discurso do cabeleireiro do PP: o pessoal no dia 16 de agosto se empenha tanto, tanto pra envergonhar o planeta como estratégia de guerra psicológica para ver se a Dilma se mata de desgosto.

      • Deisi Postado em 20/Aug/2015 às 07:56

        Os coxinhas fascistas acham que essa pressão de inconformados, fará uma mulher coração valente como a Dilma cometer suicídio. Tadinhos! Pra quem sofreu as piores torturas na ditadura, sobreviveu, se tornou presidente do país, se render a chiliques de patricinhas, mauricinhos e mimadinhos, esqueçam. Continue batendo panelas, coloquem o blocos na rua, no carnaval fora de época, tentem todos tipos de torturas psicológicas, mas suicídio esqueça.

  10. Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:35

    É coisa linda de deus essa micareta. "58,8% se diziam com a cor de pele branca;"...na Paulista eram 75%, com 3% de negros. "56,6% tem rendimento mensal da família superior a cinco salários mínimos.". Na Paulista, cerca de 67%. E eu sou obrigado a ler que "ainnn O POVO foi pra rua protestar por um Brasil melhor...é a voz do POVO"....

    • felipe Postado em 19/Aug/2015 às 16:46

      Entendi, no seu ponto de vista 67% que ganham um pouco melhor, entre eles os 75% de brancos não são povo, mas e os 25%??? estão no embalo e não merecem ser chamado de povo tb?

      • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:48

        "um pouco melhor"

      • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:49

        "14% tinham renda entre 15.760 e 39.400 reais"....ah, mas pro cientista economico do PP, é o POVO que está na Paulista....

      • José Ferreira Postado em 19/Aug/2015 às 16:50

        No Estado de São Paulo a população é de 5% de negros. Não daria para ser 80% de negros na passeata. Independente da raça dos protestantes, trata-se de uma mobilização social do povo que está na luta contra um governo déspota e corrupto.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:52

        Não seja burro, Ferreira....puta que o pariu....poderia ser uma passeata com 100% de negros, mesmo sendo 5% de negros no total da população.

      • Denisbaldo Postado em 19/Aug/2015 às 16:53

        5%!?!?!?! De onde você tira essas estatísticas? Do seu rabo!?!?! Vai à merda mano, se quiser argumentar não venha com lixo aqui. São 35%!!!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 16:54

        Fora que tirou do cu-tuvelo essa estatistica. Em 2006 era 32%. Hoje já deve beirar os 35.

      • poliana Postado em 19/Aug/2015 às 17:15

        o josé ferreira acha q vive na suécia..kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • felipe Postado em 19/Aug/2015 às 17:27

        Pro lecionador do PP não respondeu sobre os 25%, alias deixa pra lá um cara que só considera povo aqueles que lhe convém jamais fará um comentário honesto.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 19/Aug/2015 às 17:42

        Os numeros dizem, os numeros mostram, PROVAM que foi um movimento da elite branca, velha, elitista e reacionária. Os numeros - não UM numero...VÁRIOS numeros, vários quesitos analisados - cumprem seu papel e ELUCIDAM COM CLAREZA que não se tratou de um movimento "do povo", conforme todas as previsões de todas as pessoas lúcidas que fazem um pequeno esforço pra analisar a conjuntura. Mas pro cientista economico do PP, a chave pra entender o movimento está nos 25% de não-brancos. É focando apenas no quesito "cor" e é focando na minoria, e não na maioria avassaladora, ou seja, é nos 25% de não-brancos que está a prova de que essa foi uma manifestação popular, do povo. Você quer subverter a estatística agora, é isso? Brigar com numero?

      • José Ferreira Postado em 19/Aug/2015 às 17:58

        Quando menciono que são 5% de negros no Estado de São Paulo, estou a falar dos considerados "pretos" pelo IBGE. Os "pardos" tem diversas mestiçagens que vão do mulato, do caboclo e ao cafuzo, por exemplo. Não adianta querer deslegitimar as manifestações. Existem movimentos sociais sem a "digital" do PT, apesar das oposições quanto a isso.

      • Felipe Postado em 19/Aug/2015 às 18:18

        Pronto ta aí pessoal anotem a dica, protesto do povo só se tiver pelo menos metade de pessoas extremamente pobre e negros se tiver menos não é protesto legítimo hein e na falta de argumento culpa-se tudo o fato de ter ex petista na história nem é importante TB dicas do nosso amigo o tiozão lecionador.

      • Trajano Postado em 19/Aug/2015 às 22:20

        Até onde eu sei, o IBGE utiliza cinco categorias raciais nos censos demográficos: branca, preta, parda, amarela ou indígena. Caboclo não é considerada desde 1890 como categoria; Mulato é altamente pejorativo desde o período imperial e nunca foi utilizado em censos no Brasil desde o primeiro recenseamento disponível para consulta, datado de 1872 (favor não igualar cor heteroatribuída com auto-atribuída); Cafuzo também nunca foi utilizado como categoria (cabe ressaltar que a categoria indígena só foi incluída a partir de 1991). Além disso, o termo preto é a terminologia oficial do IBGE que junto com os pardos compõem a classificação de negros no Brasil. Curioso que um historiador tenha citado a cor preta para designar os negros e ter excluído os pardos, e justificou esse argumento canastrão dizendo que os "pardos" tem diversas mestiçagens que vão do mulato, do caboclo e ao cafuzo, por exemplo. O que é curiosíssimo nessa história toda do tal historiador é a seguinte coincidência: os exemplos que ele resolveu citar são justamente os mesmos presentes na Wikipédia... Curiosidades à parte, dizer que em São Paulo só existem 5% de negros é de um equívoco reducionista tão escroto que só perde para o reducionismo oportunista de atribuir a corrupção política a um único partido.

      • José Ferreira Postado em 20/Aug/2015 às 00:22

        Essa classificação arbitrária dos "pardos" como "negros" foi criada para "fazer número" por grupos que tem a neura de dizer que o Brasil é uma "Nova Nigéria". O termo "mulato" não é ofensivo, e vem de Mulawad, que é o filho de árabe ou estrangeiro, e é esse o termo certo até que se crie um mais "moderno". Apesar de você não gostar, os mestiços existem e essa é uma característica nacional. Como diz o Mujica: "o Brasil é o país mais mestiço do mundo".

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Aug/2015 às 10:04

        Felipe é o primeiro cientista econômico que não sabe lidar com estatística e não sabe o que é predominância. Puta que o pariu, felipe...manja aquele "grafico de pizza"? Então...quando uma fatia é muitissimo maior que as demais (mesmo que somadas), nós temos uma predominância, porra. Seja o que for que estejamos analisando, a essência disso está nessa "fatia de pizza gigante". Então, a chave pra entender isso que estamos estudando, seja o que for, está exatamente nessa "fatia de pizza gigante", e não nas pequenas e desprezíveis. As pequenas e desprezíveis devem ser estudadas somente no sentido de por que serem tão pequenas e por que não se fazerem mais presentes naquilo que estamos estudando. Por exemplo, marque a resposta correta: de cada 100 novos médicos paulistanos, 99 são brancos. Podemos concluir que o aluno de medicina paulista é predominantemente, essencialmente, fundamentalmente: ( ) branco; ( ) negro; ( ) indio; ( ) não sei; ( ) por que a pergunta? não vejo problema nenhum aí; ( ) o PT quer nos dividir entre pretos e brancos. Responda essa pergunta, por gentileza. Apenas marque o X.

      • felipe Postado em 20/Aug/2015 às 10:48

        "Então, a chave pra entender isso que estamos estudando, seja o que for, está exatamente nessa "fatia de pizza gigante", e não nas pequenas e desprezíveis" - Outro recado gente, vc que acha 2 fatias de pizza uma boa quantidade de pizza também esta errado anotem ai mais uma boa dica.... me acabo viu

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Aug/2015 às 11:13

        Você falou nada com nada, extrai-se porra nenhuma de seu ultimo comentário, e obviamente não respondeu minha pergunta. Permita-me repeti-la: de cada 100 novos médicos paulistanos, 99 são brancos. Podemos concluir que o aluno de medicina paulista é predominantemente, essencialmente, fundamentalmente: ( ) branco; ( ) negro; ( ) indio; ( ) não sei; ( ) por que a pergunta? não vejo problema nenhum aí; ( ) o PT quer nos dividir entre pretos e brancos. Responda essa pergunta, por gentileza. Apenas marque o X.

      • felipe Postado em 20/Aug/2015 às 11:29

        Ficaria extremamente feliz de ver 2 pedaços de pizza de médicos negros, seria um enorme avanço não.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Aug/2015 às 11:40

        É claro que eu ficaria. Mas o correto seria não 1 ou 2, mas vários pedaços, representando a totalidade de negros da população brasileira. Não espero que você compreenda isso, porque sua matemática é fraca, especialmente para um cientista econômico. Agora deixe de timidez e faça o X na resposta certa, menino. Nada do que você faça agora vai disfarçar seu absoluto desconhecimento estatístico e de mais básica matemática, mas eu faço questão de que você faça o X. Por favor.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Aug/2015 às 11:45

        "1 pedaço de pizza de médicos negros formados em SP" é o que nós já temos. É uma merda. "2 pedaços" seria um avanço, mas continuaria uma merda. "5 pedaços" tambem seria uma merda igual, pois a essencia dos formandos continuaria BRANCA. Bom seria de fato uns 45/50 pedaços. Aí sim, a essencia dos formandos deixaria de ser BRANCA, os brancos deixariam de ser maioria, ou até seriam, mas não seriam mais uma absoluta predominância. Será que você compreende falando assim? Terei eu que desenhar um grafico de pizza pra você compreender, caro economista? O passeio de domingo não era do povo, era da elite branca. Os numeros dizem. Lide com isso.

      • felipe Postado em 20/Aug/2015 às 12:58

        ""1 pedaço de pizza de médicos negros formados em SP" é o que nós já temos. É uma merda. "2 pedaços" seria um avanço, mas continuaria uma merda. "5 pedaços" tambem seria uma merda igual, pois a essencia dos formandos continuaria BRANCA. Bom seria de fato uns 45/50 pedaços. Aí sim, a essencia dos formandos deixaria de ser BRANCA, os brancos deixariam de ser maioria" morte aos brancos uhuuuuuu

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Aug/2015 às 14:03

        """"morte aos brancos uhuuuuuu""""...olha isso....olha a conclusão que você tirou....é caso perdido mesmo. Depois dessa eu realmente encerro. És uma mente brilhante demais, meu caro economista.

      • Felipe Postado em 20/Aug/2015 às 16:11

        **** caso perdido ****

    • Gustavo Horta Postado em 19/Aug/2015 às 18:47

      Nós vamos ver é amanhã! rs rs Pelo que pude ver nas mais diversas imagens e vídeos, o país não tem pretos, pobres, putas, povo em geral. Os mestiços, os negros, os mulatos, os índios, os amarelos não existem mais? Uma manifestação e uma elite podre de brancos. Mas, tem nada não. Amanhã é o dia de mostrar que nós, a maioria de nosso povo, mestiços não branquinhos, como o é a nossa podre elite dominante e poderosa, apoiamos o governo popular da Dilma e do PT. Vamos mostrar que nas eleições municipais vamos fazer a diferença desta vez. Vamos mostra que em 2018 será Lula lá de novo. #NãoVaiTerGolpe Mas não vai mesmo!

  11. Denisbaldo Postado em 19/Aug/2015 às 16:42

    Má notícia para alguns presentes aqui na sala...sinto muito, a comédia acabou. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1670714-procuradoria-deve-denunciar-eduardo-cunha-ao-stf-ate-esta-quinta.shtml

    • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 16:46

      e daí ??? já tem trânsito em julgado conta cunha? se não... não há nada !

      • Denisbaldo Postado em 19/Aug/2015 às 16:57

        Como já poderia ter trânsito em julgado se ele ainda nem foi julgado? Mas será sim e condenado igual ao mensalão que vocês repetem aos 4 ventos. #Cunhanapapuda

      • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 17:32

        Contra JD já há trânsito em julgado...e para Dilma e Lula só não há, porque se recusam a investigar.

    • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 16:56

      Como se o problema do governo fosse o Cunha. O problema do planalto chama-se Sergio moro.

      • Denisbaldo Postado em 19/Aug/2015 às 16:59

        Hahahaha! Um pobre juiz agora manda no Brasil. O seu código binário está estragado mesmo. O único estrago que conseguiu até agora foi na Rede Esgoto, que teve que beijar os pés do governo para não falir.

      • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 17:33

        Não é questão de mandar, e sim de investigar.

    • Gustavo Horta Postado em 19/Aug/2015 às 18:45

      Pessoalmente eu duvido! Justiça à Brasileira - triste, parcial, tendenciosa, partidarizada, covarde, cretina. Pelo que pude ver nas mais diversas imagens e vídeos, o país não tem pretos, pobres, putas, povo em geral. Os mestiços, os negros, os mulatos, os índios, os amarelos não existem mais? Uma manifestação e uma elite podre de brancos. Mas, tem nada não. Amanhã é o dia de mostrar que nós, a maioria de nosso povo, mestiços não branquinhos, como o é a nossa podre elite dominante e poderosa, apoiamos o governo popular da Dilma e do PT. Vamos mostrar que nas eleições municipais vamos fazer a diferença desta vez. Vamos mostra que em 2018 será Lula lá de novo. #NãoVaiTerGolpe Mas não vai mesmo!

      • João Paulo Postado em 20/Aug/2015 às 00:57

        Putas, eu não sei. Mas filhos delas têm aos montes nas manifestações.

  12. Brunno Marxx Postado em 19/Aug/2015 às 17:40

    A Ku Klux Klan saiu pra rua no domingo acompanhados de muitos idiota util que não sabem o que é a historia do brasil,com certeza nunca viram um livro de historia em sua frente...

    • Pereira Postado em 19/Aug/2015 às 17:42

      Se for os do MEC eu dispenso mesmo !

    • Gustavo Horta Postado em 19/Aug/2015 às 18:43

      Pelo que pude ver nas mais diversas imagens e vídeos, o país não tem pretos, pobres, putas, povo em geral. Os mestiços, os negros, os mulatos, os índios, os amarelos não existem mais? Uma manifestação e uma elite podre de brancos. Mas, tem nada não. Amanhã é o dia de mostrar que nós, a maioria de nosso povo, mestiços não branquinhos, como o é a nossa podre elite dominante e poderosa, apoiamos o governo popular da Dilma e do PT. Vamos mostrar que nas eleições municipais vamos fazer a diferença desta vez. Vamos mostra que em 2018 será Lula lá de novo. #NãoVaiTerGolpe Mas não vai mesmo!

    • Roberto Pedroso Postado em 21/Aug/2015 às 00:11

      estes em sua maioria são "idiotas fúteis" mesmo Brunno

  13. Gustavo Horta Postado em 19/Aug/2015 às 18:43

    Pelo que pude ver nas mais diversas imagens e vídeos, o país não tem pretos, pobres, putas, povo em geral. Os mestiços, os negros, os mulatos, os índios, os amarelos não existem mais? Uma manifestação e uma elite podre de brancos. Mas, tem nada não. Amanhã é o dia de mostrar que nós, a maioria de nosso povo, mestiços não branquinhos, como o é a nossa podre elite dominante e poderosa, apoiamos o governo popular da Dilma e do PT. Vamos mostrar que nas eleições municipais vamos fazer a diferença desta vez. Vamos mostra que em 2018 será Lula lá de novo. #NãoVaiTerGolpe Mas não vai mesmo!

    • leonardo Postado em 20/Aug/2015 às 20:10

      Vc tem q diversificar suas fontes de informações!

  14. Gustavo Horta Postado em 19/Aug/2015 às 18:46

    Nós vamos ver estes 93% é amanhã! rs rs Pelo que pude ver nas mais diversas imagens e vídeos, o país não tem pretos, pobres, putas, povo em geral. Os mestiços, os negros, os mulatos, os índios, os amarelos não existem mais? Uma manifestação e uma elite podre de brancos. Mas, tem nada não. Amanhã é o dia de mostrar que nós, a maioria de nosso povo, mestiços não branquinhos, como o é a nossa podre elite dominante e poderosa, apoiamos o governo popular da Dilma e do PT. Vamos mostrar que nas eleições municipais vamos fazer a diferença desta vez. Vamos mostra que em 2018 será Lula lá de novo. #NãoVaiTerGolpe Mas não vai mesmo!

    • Yrae Postado em 19/Aug/2015 às 20:43

      Se Deus quiser, Lula 2018! Lamentável é o povo acreditar que a suposta crise é culpa do PT, sendo que em todos os níveis operacionais, táticos, estratégicos, municipais, estaduais, federais, autarquias, fundações, secretarias entre outros, possuí corruptos e corruptores. Um exemplo é o Cartel da CPTM e os fiscais da Receita Federal, a corrupção é uma "senhora velha" que faz parte da cultura brasileira há muitos anos.

  15. Gloria Postado em 19/Aug/2015 às 19:13

    Como eu. Mas o q não justifica atribuir todas as mazelas do país a uma única pessoa ou partido. Começou tem que terminar as investigações contra todos esses q querem por tudo desviar atenção e pousam de mocinhos.

  16. Bianca C. Postado em 19/Aug/2015 às 20:58

    ÊÊ corja de ignorantes!! Uma pergunta, alguma vez pegaram em um livro de história na vida? Acho que não!! E se reclamarem, Lula em 2018!!!

    • Deisi Postado em 20/Aug/2015 às 07:40

      Bianca, a corja de ignorantes estão desesperados com a ideia do Lula voltar em 2018. Todos piram, faltará psiquiatra para tantos insanos.

  17. Barroso Postado em 19/Aug/2015 às 21:56

    Coxinha = muita massa e pouco recheio kkkkkk

  18. Roberto Pedroso Postado em 21/Aug/2015 às 00:09

    manifestações estranhas com ares de micareta com a presença de patricinhas que nunca leram um livro sobre política, playboys que nem se recordam em quem votaram para vereador nas ultimas eleições e que acreditam piamente que a corrupção no Brasil começou com o PT pais e mães que levaram seus filhos a essas passeatas imbuídos dos "saudosos sentimentos de defesa de Deus da Pátria e da Família" talvez poucos estavam ali por consciência e engajamento político esta é a dura realidade...pergunta como levar este tipo de movimento a sério?

  19. Roberto Pedroso Postado em 21/Aug/2015 às 00:20

    Em tempo não vi ninguém segurando cartazes pedindo a renuncia de Eduardo Cunha este sim inclusive indiciado por suposto envolvimento na Lava Jato e vemos toda essa gente "tão preocupada com os rumos da nação e com os efeitos danosos da corrupção em nossa democracia"mas acho que a maioria dos que protestavam nem sabem que cargo o Cunha ocupa....mas querem vociferar e destilar seu ódio ao governo que eles não elegeram.