Redação Pragmatismo
Compartilhar
Dilma Rousseff 06/Aug/2015 às 13:48
26
Comentários

Dilma Rousseff tem pior aprovação da história, diz Datafolha

Reprovação de Dilma Rousseff chega a 71% e supera a de Collor em 1992. Informações são da nova pesquisa Datafolha

Dilma datafolha reprovação recorde
Avaliação negativa do governo Dilma Rousseff atinge patamar recorde, segundo Datafolha

A presidente Dilma Rousseff superou a pior taxa de reprovação já registrada, conquistada por Fernando Collor em 1992, às vésperas de sofrer processo de impeachment. Em pesquisa divulgada pelo Datafolha, 71% dos entrevistados consideraram o governo da petista ruim ou péssimo. As informações são da Folha de S.Paulo.

Em pouco mais de um mês, o índice de reprovação cresceu seis pontos. Na terceira semana de junho, data do último levantamento do instituto, 65% dos entrevistados reprovaram o governo. Por sua vez, o grupo que aprova Dilma reduziu. Na pesquisa atual, 8% dos consultados consideram o governo ótimo ou bom, contra 10% da pesquisa anterior.

Além disso, a abertura de um possível processo de impeachment contra a presidente no Congresso ganhou novos adeptos. Nesta pesquisa, 66% dos entrevistados disseram ser a favor do procedimento. Em levantamento realizado em abril, o número representava 63% do eleitorado.

A quantidade de pessoas que acham que ela sairia do Palácio do Planalto caso o processo fosse aberto também cresceu. Em abril, 29% dos entrevistados disseram que Dilma seria afastada da presidência do país, em comparação com 38% da pesquisa atual que acreditam que ela sofrerá o impeachment.

O Datafolha iniciou as pesquisas de satisfação em relação aos presidentes em 1990, durante o governo do ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTB-AL). Os resultados obtidos por Dilma faz dela a presidente mais impopular da história registrada, tendo em vista que, em seu pior momento, Collor obteve 68% de reprovação.

De acordo com o instituto, a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 06/Aug/2015 às 13:57

    Engraçado que eu nunca fui consultado ou fiquei sabendo que alguém que tenha sido ...

    • Eduardo Postado em 06/Aug/2015 às 14:08

      Conhece o conceito de amostragem ? Vai estudar!! (frase essa tão utilizada pelos torcedores do PT)

      • Arievilo Postado em 06/Aug/2015 às 14:41

        Pesquisa tendenciosa essa, do jeito que a mídia vem tratando o tema da reprovação da presidente não me surpreende a pesquisa demonstrar esses resultados.

    • Deisi Postado em 06/Aug/2015 às 16:16

      Thiago, o mais engraçado é o momento da pesquisa, os fatores e os motivos, a mídia faz peripécias para dar só noticias ruins, querem derrubar a presidente eleita, prisão do José Dirceu. Não dão ponto sem nó. A mesma mídia que elegeu o Collor, foi a mesma que derrubou. Não conseguiram aceitar a derrota nas urnas, estão só fazendo seu papel. Pesquisa agora é semanal, tem muitos motivos, essa pesquisa da datafalha divulgada hoje não é só desgastar o governo, ter noticias para o JN, mas principalmente é para que os coxinhas se convençam que se forem para as ruas dia 16 de agosto, vão conseguir derrubar a Dilma. Quanto mais gente melhor! O fato da pesquisa demonstrar, que a aprovação da Dilma é pior que a do Collor, reacende as esperanças nos reaças. não é outra coisa. Em março os protestos foram significativos, resolveram marcar outro para abril, até a mídia admitiu que foi um fracasso. Daí o aprendiz de fascista, resolveu mudar a tática, ir até Brasilia de pé dois, só que não. Não conseguiu chamar muita atenção, saiu a noticia que tinha sido atropelado, mas sem ferimentos. Chegou em Brasilia, um aparato policial mobilizado, todo o PIG a postos para cobrir o ato heroico do Kim, que fracasso. Esperavam 300 mil pessoas, não tinham nem 300 pessoas. A intenção é levar milhões as ruas em agosto, afinal a Globo muda horário de jogo em São Paulo, capital dos coxinhas, mexe até na grade de programação, repórteres espalhados pelo Brasil, não podem fracassar. Se não tiver impeachment, pelo menos intervenção militar. Golpe Branco! Quem sabe uma renuncia!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 06/Aug/2015 às 16:45

        Menino de apartamento esse Kim...nunca andou na rua sozinho. Quando sai sem um adulto pra dar a mão pra ele, fica todo perdido, destrambelhado, é atropelado...e tem gente indo atrás desse estrume aí...líder da direita, dos coxinhas fascistinhas, dos revoltosos marchadeiros dominicais "contra a corrupissaum e tudo que está aí"...

    • Marlon Bravo Postado em 06/Aug/2015 às 17:47

      Ninguém conhece ninguém que já respondeu a essas pesquisas ! Deve ser por isso que estão quase sempre erradas !

    • Rodrigo Postado em 07/Aug/2015 às 10:33

      (Outro Rodrigo) Thiago, quiçá nenhum de nós também não tenha sido consultado sobre financiamento público, mas a pesquisa dá conta de que a quase totalidade da população é contra e esse dado é largamente utilizado. Como Eduardo disse, a pesquisa tem por base a amostragem, mas não a inquirição de todos os cidadãos. Às vezes, pois, estaremos identificados com a opinião da minoria dos que opinaram, às vezes com o da maioria e, outras vezes, o resultado estará inserido na margem de erro. A composição, pois, de uma amostragem estatística, é o que a diferencia de uma enquete.

  2. José Ferreira Postado em 06/Aug/2015 às 14:22

    É conversar com o povo nos trens da CPTM (aqui em São Paulo) ou da CBTU (em Maceió).

    • Pereira Postado em 06/Aug/2015 às 14:57

      A indignação é geral por onde eu passo. Ninguém mais cai nessa conversinha da esquerda de "reacionarismo" . Ninguém aguenta mais tanta safadeza, e pior, já sabem como é a safadeza e para que o Pt a faz.

      • Denisbaldo Postado em 06/Aug/2015 às 16:32

        Mimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimi

      • poliana Postado em 06/Aug/2015 às 17:02

        e desde qdo índice de reprovação é requisito legal para processo de impedimento!!??? continuem sonhando, queridos!!! querida ou não, com índice de reprovação alto ou baixo, dilma foi reeleita, e até 2018 será a presidente da república! vcs n vão derrubá-la no grito!

  3. Pereira Postado em 06/Aug/2015 às 14:56

    Culpa dos coxinhas ! mais de 90% dos brasileiros são coxinhas !

  4. Rosendo Postado em 06/Aug/2015 às 15:05

    Quem mandou mexer nos direitos dos tralhadores,a sigla PT já perdeu o sentido,alias,qualquer partido que entrar no poder tem que seguir a receita.

  5. Joao Postado em 06/Aug/2015 às 16:03

    513 deputados , 81 senadores , grande parte da bancada do BBB (Boi , bíblia , bala) , conservadores que atravancam o progresso .....não importa !! Malhemos o judas midiático e depois que o impeachment se consolidar viveremos felizes para sempre.

  6. Silva Postado em 06/Aug/2015 às 16:21

    Naro, você já preparou a panela e a tampa para bater em sua varanda gourmet? Melhor usar colher de silicone, ou de pau para estragar o teflon. KKKKKKKKKKKKKKKKKK! Bate panela moço! Quem sabe aparece na Globo. PLIN< PLIN.

    • Denisbaldo Postado em 06/Aug/2015 às 16:29

      Bate a panela na cabeça logo pra ver se dá um jeito nas ideias.

  7. Deisi Postado em 06/Aug/2015 às 16:31

    Não tem outra intenção, depois de perderem pela quarta vez, só o impeachment, poderá devolver a alegria aos coxinhas. Mas ficariam felizes também com Intervenção Militar. "Nunca na história desse país", a mídia golpista conseguiu amestrar tanto reaças. Estão saindo dos bueiros. Pobre massa de manobra!

  8. Eduardo Ribeiro Postado em 06/Aug/2015 às 16:38

    O último minuto dessa bela propaganda do PT é um chute no saco dos amados coxinhas-paneleiros...

  9. felipe Postado em 06/Aug/2015 às 17:00

    tadinha da Dilma, 9% de aprovação é de doer....rs temos 71% de coxinhas no Brasil?? kkkkk

  10. Deisi Postado em 06/Aug/2015 às 17:10

    A pesquisa da datafalha, não passa de uma convocação, para que os !marchadeiros dominicais", deixem o churrasco, o almoço na casa da mama, o almoço no Fasano. E encham as ruas, com direito a selfie com Bolsonaro, Wanessa Camargo cantando o hino nacional, o Lobão fazendo discurso em cima do carro de som. Ainda tem mais, peladona, madame com babá com uniforme branco, filho do bolsonaro com revólver na cintura, revoltados online, aprendiz de fascista, Rede Globo com link ao vivo, vão aparecer no fantástico. Me rendo existem mil motivos para um legítimo coxinha não faltar. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, Que beleza!

    • Pereira Postado em 07/Aug/2015 às 10:45

      Agora o datafolha é ruim ? quando eles sumiram com 800 mil pessoas na paulista no dia 15/3 era bom ?

  11. gustavo0 Postado em 06/Aug/2015 às 18:02

    É melhor se acostumar.

  12. Duarte Postado em 06/Aug/2015 às 21:33

    So leve a serio as urnas apos as eleicoes, elas sim mostram o desejo do povo, quanto as pesquisas ja sabemos como sao.

  13. Felipe Postado em 06/Aug/2015 às 21:44

    Houve-se um cri cri cri de petistas defendendo a Dilma ta fica do difícil ajudar o PT kkkkk

  14. Sérgio Postado em 07/Aug/2015 às 02:52

    Óbvio que tenha tanta desaprovação. Dos adversários que nunca engoliram e engolirão a derrota nas urnas, é só confirmação. Agora, de quem a Dilma tem apoio se virou as costas para quem a elegeu? Essa política econômica que pesa demais nos mais pobres e na classe trabalhadora não foi a política econômica pretendida por quem a levou nas costas até o palácio. Meia volta à esquerda que é a sua base de sustentação. Dia vinte o Brasil estará nas ruas retomando a história!

  15. Felipe Postado em 07/Aug/2015 às 08:11

    71% de repravação? E tem toupeira aqui que diz que é tudo coxinha. Pessoal da classe baixa, média e alta não está gostando. Agora o "golpe midiático" será o alvo.