Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 06/Aug/2015 às 10:52
20
Comentários

Câmara aprova PEC que aumenta salários da AGU e até PT vota a favor

Considerada uma das 'pautas-bomba' contra o governo, PEC da AGU é aprovada na Câmara. Até mesmo a maioria da bancada do PT votou a favor da matéria, o que provocou um sorriso no presidente da Casa, Eduardo Cunha. Impacto da aprovação da proposta é de R$ 2,5 bilhões a mais de gastos nos cofres públicos

PEC agu pauta bomba eduardo cunha
A primeira “pauta-bomba” de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) contra o governo foi aprovada na noite desta quarta-feira em primeira instância na Câmara Federal. Presidente da Casa sorriu quando o painel de votação foi aberto: até petistas votaram a favor da PEC e contra o governo (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

A Câmara aprovou na madrugada desta quinta-feira (6) em primeiro turno, por 445 votos a favor, 16 contra e seis abstenções, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 443/09, que vincula os salários da Advocacia-Geral da União (AGU) ao subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), teto do funcionalismo público. De acordo com a PEC, o vencimento do nível mais alto dessas carreiras equivalerá a 90,25% do subsídio mensal dos ministros.

Por elevar os gastos públicos tanto da União como dos estados e municípios, essa PEC é considerada uma das “pautas-bomba” que preocupam o governo e que podem prejudicam o ajuste fiscal. As “pautas-bomba” contra o governo são puxadas pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O substitutivo aprovado em primeiro turno pela Câmara estende o benefício também às carreiras de delegados de Polícia Federal (PF) e de Polícia Civil e dos procuradores estaduais, do Distrito Federal e das Procuradorias Municipais de capitais e de cidades com mais de 500 mil habitantes. Esse foi o primeiro item da “pauta-bomba” analisado pela Casa e representou a primeira grande derrota do governo no segundo semestre. Integrantes da base afirmam, inclusive, que pretendem ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal contra a aprovação da matéria. Até mesmo o PT apoiou amplamente a PEC.

Segundo o ministério do Planejamento, Nelson Barbosa, o impacto fiscal de aprovação somente dessa PEC, incluindo os delegados, é de R$ 2,45 bilhões. “Pedi aos líderes que não votassem a PEC 443. Não é compatível com a situação econômico-fiscal do país. Não é razoável propor um aumento salarial que varia, no topo da carreira, de 35% a 59%. Essas carreiras já têm os maiores salários da administração pública federal”, disse o ministro.

Petistas votam a favor

Apesar do próprio governo classificar como nociva a PEC que vincula o salário dos membros da Advocacia-Geral da União (AGU) e demais carreiras jurídicas públicas aos vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), apenas três petistas votaram contra a matéria, aprovada pela Câmara na madrugada desta quinta-feira (6). Ao todo, 59 dos 63 deputados da bancada petista votaram a favor da matéria.

Entre os petistas que endossaram a posição do Poder Executivo, estavam o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (CE); e os deputados Carlos Zarattini (SP) e José Airton Cirilo (CE). O próprio líder da bancada, deputado Sibá Machado (AC), votou a favor da matéria, contrariando os interesses do governo federal. O gesto arrancou risos do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Veja abaixo como votou cada deputado:

DEM
Alberto Fraga DF Sim
Alexandre Leite SP Sim
Carlos Melles MG Sim
Efraim Filho PB Sim
Eli Corrêa Filho SP Sim
Elmar Nascimento BA Sim
Felipe Maia RN Sim
Hélio Leite PA Sim
Jorge Tadeu Mudalen SP Sim
José Carlos Aleluia BA Sim
Mandetta MS Sim
Marcelo Aguiar SP Sim
Mendonça Filho PE Não
Misael Varella MG Sim
Moroni Torgan CE Sim
Onyx Lorenzoni RS Sim
Pauderney Avelino AM Sim
Paulo Azi BA Sim
Professora Dorinha Seabra Rezende TO Sim
Rodrigo Maia RJ Sim

PCdoB
Alice Portugal BA Sim
Aliel Machado PR Sim
Carlos Eduardo Cadoca PE Sim
Chico Lopes CE Sim
Daniel Almeida BA Sim
Davidson Magalhães BA Sim
Jandira Feghali RJ Sim
Jô Moraes MG Sim
João Derly RS Sim
Luciana Santos PE Sim
Orlando Silva SP Sim
Rubens Pereira Júnior MA Sim
Wadson Ribeiro MG Sim

PDT
Afonso Motta RS Sim
André Figueiredo CE Sim
Dagoberto MS Sim
Félix Mendonça Júnior BA Sim
Flávia Morais GO Sim
Giovani Cherini RS Sim
Major Olimpio SP Sim
Marcelo Matos RJ Sim
Mário Heringer MG Sim
Pompeo de Mattos RS Sim
Ronaldo Lessa AL Sim
Sergio Vidigal ES Sim
Subtenente Gonzaga MG Não
Weverton Rocha MA Sim
Wolney Queiroz PE Sim

PEN
André Fufuca MA Sim
Junior Marreca MA Sim

PHS
Adail Carneiro CE Sim
Carlos Andrade RR Sim
Diego Garcia PR Sim
Kaio Maniçoba PE Sim
Marcelo Aro MG Sim

PMDB
Alberto Filho MA Sim
Baleia Rossi SP Sim
Cabuçu Borges AP Sim
Carlos Bezerra MT Sim
Carlos Henrique Gaguim TO Sim
Carlos Marun MS Sim
Celso Jacob RJ Sim
Celso Maldaner SC Sim
Celso Pansera RJ Sim
Daniel Vilela GO Sim
Danilo Forte CE Sim
Darcísio Perondi RS Não
Dulce Miranda TO Sim
Edinho Bez SC Sim
Edio Lopes RR Sim
Eduardo Cunha RJ Art. 17
Elcione Barbalho PA Não
Fabio Reis SE Sim
Fernando Jordão RJ Sim
Geraldo Resende MS Sim
Hermes Parcianello PR Sim
Hildo Rocha MA Sim
Hugo Motta PB Sim
Jarbas Vasconcelos PE Sim
Jéssica Sales AC Sim
João Arruda PR Sim
João Marcelo Souza MA Sim
José Fogaça RS Sim
José Priante PA Sim
Josi Nunes TO Sim
Laudivio Carvalho MG Sim
Lelo Coimbra ES Sim
Leonardo Picciani RJ Sim
Leonardo Quintão MG Sim
Lindomar Garçon RO Sim
Lucio Mosquini RO Sim
Lucio Vieira Lima BA Sim
Manoel Junior PB Sim
Marcelo Castro PI Sim
Marcos Rotta AM Sim
Marinha Raupp RO Sim
Marquinho Mendes RJ Sim
Marx Beltrão AL Sim
Mauro Lopes MG Sim
Mauro Mariani SC Sim
Mauro Pereira RS Sim
Newton Cardoso Jr MG Sim
Osmar Serraglio PR Sim
Osmar Terra RS Sim
Pedro Chaves GO Sim
Rodrigo Pacheco MG Sim
Rogério Peninha Mendonça SC Sim
Roney Nemer DF Sim
Saraiva Felipe MG Sim
Sergio Souza PR Sim
Silas Brasileiro MG Sim
Simone Morgado PA Não
Soraya Santos RJ Sim
Valdir Colatto SC Sim
Veneziano Vital do Rêgo PB Sim
Vitor Valim CE Sim
Walter Alves RN Sim
Washington Reis RJ Sim

PMN
Antônio Jácome RN Sim
Dâmina Pereira MG Sim
Hiran Gonçalves RR Sim

PP
Afonso Hamm RS Sim
Aguinaldo Ribeiro PB Sim
Arthur Lira AL Sim
Beto Rosado RN Sim
Cacá Leão BA Sim
Conceição Sampaio AM Sim
Covatti Filho RS Sim
Dilceu Sperafico PR Sim
Dimas Fabiano MG Sim
Eduardo da Fonte PE Sim
Esperidião Amin SC Sim
Ezequiel Fonseca MT Sim
Fernando Monteiro PE Sim
Guilherme Mussi SP Sim
Iracema Portella PI Sim
Jair Bolsonaro RJ Sim
Jerônimo Goergen RS Sim
Lázaro Botelho TO Sim
Luis Carlos Heinze RS Sim
Luiz Fernando Faria MG Sim
Marcelo Belinati PR Sim
Marcus Vicente ES Sim
Mário Negromonte Jr. BA Sim
Missionário José Olimpio SP Sim
Nelson Meurer PR Sim
Odelmo Leão MG Sim
Renato Molling RS Sim
Renzo Braz MG Sim
Ricardo Barros PR Não
Roberto Balestra GO Sim
Roberto Britto BA Sim
Sandes Júnior GO Sim
Toninho Pinheiro MG Sim
Waldir Maranhão MA Sim

PPS
Alex Manente SP Sim
Arnaldo Jordy PA Sim
Carmen Zanotto SC Sim
Eliziane Gama MA Sim
Hissa Abrahão AM Sim
Marcos Abrão GO Sim
Moses Rodrigues CE Sim
Raul Jungmann PE Sim
Roberto Freire SP Sim
Rubens Bueno PR Sim
Sandro Alex PR Sim

PR
Aelton Freitas MG Sim
Alfredo Nascimento AM Sim
Altineu Côrtes RJ Sim
Bilac Pinto MG Sim
Cabo Sabino CE Sim
Capitão Augusto SP Sim
Clarissa Garotinho RJ Sim
Dr. João RJ Sim
Francisco Floriano RJ Sim
Giacobo PR Sim
João Carlos Bacelar BA Sim
Jorginho Mello SC Sim
José Rocha BA Sim
Laerte Bessa DF Sim
Lincoln Portela MG Sim
Lúcio Vale PA Sim
Luiz Cláudio RO Sim
Luiz Nishimori PR Sim
Marcio Alvino SP Sim
Marcos Soares RJ Sim
Maurício Quintella Lessa AL Sim
Miguel Lombardi SP Sim
Milton Monti SP Sim
Paulo Feijó RJ Sim
Paulo Freire SP Sim
Silas Freire PI Sim
Tiririca SP Sim
Wellington Roberto PB Sim
Zenaide Maia RN Sim

PRB
Alan Rick AC Sim
André Abdon AP Sim
Antonio Bulhões SP Sim
Beto Mansur SP Sim
Carlos Gomes RS Sim
Celso Russomanno SP Sim
César Halum TO Sim
Cleber Verde MA Sim
Fausto Pinato SP Sim
Jony Marcos SE Sim
Marcelo Squassoni SP Sim
Márcio Marinho BA Sim
Roberto Sales RJ Sim
Ronaldo Martins CE Sim
Rosangela Gomes RJ Sim
Tia Eron BA Sim
Vinicius Carvalho SP Sim

PROS
Ademir Camilo MG Sim
Beto Salame PA Sim
Domingos Neto CE Sim
Dr. Jorge Silva ES Sim
Givaldo Carimbão AL Sim
Leônidas Cristino CE Sim
Miro Teixeira RJ Sim
Rafael Motta RN Sim
Ronaldo Fonseca DF Sim
Valtenir Pereira MT Sim

PRP
Alexandre Valle RJ Sim
Juscelino Filho MA Sim
Marcelo Álvaro Antônio MG Sim

PRTB
Cícero Almeida AL Sim

PSB
Adilton Sachetti MT Sim
Átila Lira PI Sim
Bebeto BA Sim
César Messias AC Sim
Fabio Garcia MT Sim
Fabricio Oliveira SC Sim
Fernando Coelho Filho PE Sim
Flavinho SP Sim
Glauber Braga RJ Sim
Gonzaga Patriota PE Sim
Heitor Schuch RS Sim
Heráclito Fortes PI Sim
João Fernando Coutinho PE Sim
José Reinaldo MA Sim
Jose Stédile RS Sim
Júlio Delgado MG Sim
Keiko Ota SP Sim
Leopoldo Meyer PR Sim
Luiz Lauro Filho SP Sim
Maria Helena RR Sim
Marinaldo Rosendo PE Sim
Paulo Foletto ES Sim
Rodrigo Martins PI Sim
Stefano Aguiar MG Sim
Tadeu Alencar PE Sim
Tenente Lúcio MG Sim
Tereza Cristina MS Sim
Valadares Filho SE Sim
Vicentinho Júnior TO Sim

PSC
Andre Moura SE Sim
Eduardo Bolsonaro SP Sim
Erivelton Santana BA Sim
Gilberto Nascimento SP Sim
Irmão Lazaro BA Sim
Júlia Marinho PA Sim
Marcos Reategui AP Sim
Pr. Marco Feliciano SP Sim
Professor Victório Galli MT Sim
Raquel Muniz MG Sim
Silvio Costa PE Não
Takayama PR Sim

PSD
Alexandre Serfiotis RJ Sim
Átila Lins AM Sim
Cesar Souza SC Sim
Danrlei de Deus Hinterholz RS Sim
Delegado Éder Mauro PA Sim
Evandro Roman PR Sim
Fábio Faria RN Sim
Fábio Mitidieri SE Sim
Felipe Bornier RJ Sim
Fernando Torres BA Sim
Francisco Chapadinha PA Sim
Goulart SP Sim
Herculano Passos SP Sim
Heuler Cruvinel GO Sim
Indio da Costa RJ Sim
Irajá Abreu TO Sim
Jaime Martins MG Sim
Jefferson Campos SP Sim
João Rodrigues SC Sim
Joaquim Passarinho PA Sim
José Carlos Araújo BA Não
José Nunes BA Sim
Júlio Cesar PI Sim
Marcos Montes MG Sim
Paulo Magalhães BA Não
Ricardo Izar SP Sim
Rogério Rosso DF Sim
Rômulo Gouveia PB Sim
Sérgio Brito BA Sim
Silas Câmara AM Sim
Sóstenes Cavalcante RJ Sim
Walter Ihoshi SP Sim

PSDB
Alexandre Baldy GO Sim
Alfredo Kaefer PR Sim
Antonio Carlos Mendes Thame SP Abstenção
Antonio Imbassahy BA Sim
Arthur Virgílio Bisneto AM Sim
Betinho Gomes PE Sim
Bonifácio de Andrada MG Sim
Bruno Araújo PE Sim
Bruno Covas SP Sim
Caio Narcio MG Sim
Carlos Sampaio SP Sim
Célio Silveira GO Sim
Daniel Coelho PE Sim
Delegado Waldir GO Sim
Domingos Sávio MG Sim
Eduardo Barbosa MG Sim
Eduardo Cury SP Sim
Geovania de Sá SC Sim
Giuseppe Vecci GO Sim
Izalci DF Sim
João Campos GO Sim
João Castelo MA Sim
João Gualberto BA Sim
João Paulo Papa SP Sim
Jutahy Junior BA Sim
Lobbe Neto SP Sim
Luiz Carlos Hauly PR Sim
Mara Gabrilli SP Sim
Marco Tebaldi SC Sim
Marcus Pestana MG Sim
Mariana Carvalho RO Sim
Max Filho ES Sim
Miguel Haddad SP Sim
Nelson Marchezan Junior RS Abstenção
Nilson Leitão MT Sim
Nilson Pinto PA Sim
Otavio Leite RJ Sim
Paulo Abi-Ackel MG Sim
Pedro Cunha Lima PB Sim
Pedro Vilela AL Sim
Raimundo Gomes de Matos CE Sim
Ricardo Tripoli SP Sim
Rocha AC Sim
Rodrigo de Castro MG Sim
Rogério Marinho RN Sim
Samuel Moreira SP Abstenção
Shéridan RR Sim
Silvio Torres SP Abstenção
Vanderlei Macris SP Abstenção
Vitor Lippi SP Sim

PSDC
Aluisio Mendes MA Não
Luiz Carlos Ramos RJ Sim

PSL
Macedo CE Sim

PSOL
Chico Alencar RJ Sim
Edmilson Rodrigues PA Sim
Ivan Valente SP Sim
Jean Wyllys RJ Sim

PT
Adelmo Carneiro Leão MG Sim
Afonso Florence BA Sim
Alessandro Molon RJ Sim
Ana Perugini SP Sim
Andres Sanchez SP Sim
Angelim AC Sim
Arlindo Chinaglia SP Sim
Assis Carvalho PI Sim
Assis do Couto PR Sim
Benedita da Silva RJ Sim
Beto Faro PA Sim
Bohn Gass RS Sim
Caetano BA Sim
Carlos Zarattini SP Não
Chico D Angelo RJ Sim
Décio Lima SC Sim
Enio Verri PR Sim
Erika Kokay DF Sim
Fernando Marroni RS Sim
Givaldo Vieira ES Sim
Helder Salomão ES Sim
Henrique Fontana RS Sim
João Daniel SE Sim
Jorge Solla BA Sim
José Airton Cirilo CE Não
José Guimarães CE Não
José Mentor SP Sim
Leo de Brito AC Sim
Leonardo Monteiro MG Sim
Luiz Couto PB Sim
Luiz Sérgio RJ Sim
Luizianne Lins CE Sim
Marco Maia RS Sim
Marcon RS Sim
Margarida Salomão MG Sim
Moema Gramacho BA Sim
Nilto Tatto SP Abstenção
Odorico Monteiro CE Sim
Padre João MG Sim
Paulão AL Sim
Paulo Pimenta RS Sim
Paulo Teixeira SP Sim
Pedro Uczai SC Sim
Professora Marcivania AP Sim
Reginaldo Lopes MG Sim
Ságuas Moraes MT Sim
Sibá Machado AC Sim
Toninho Wandscheer PR Sim
Valmir Assunção BA Sim
Valmir Prascidelli SP Sim
Vander Loubet MS Sim
Vicente Candido SP Sim
Vicentinho SP Sim
Waldenor Pereira BA Sim
Weliton Prado MG Sim
Zé Carlos MA Sim
Zé Geraldo PA Sim
Zeca Dirceu PR Sim
Zeca do Pt MS Sim

PTB
Adalberto Cavalcanti PE Sim
Adelson Barreto SE Sim
Alex Canziani PR Sim
Antonio Brito BA Sim
Arnaldo Faria de Sá SP Sim
Arnon Bezerra CE Sim
Benito Gama BA Sim
Cristiane Brasil RJ Sim
Deley RJ Sim
Eros Biondini MG Sim
Jorge Côrte Real PE Não
Josué Bengtson PA Sim
Jovair Arantes GO Sim
Luiz Carlos Busato RS Sim
Nelson Marquezelli SP Sim
Nilton Capixaba RO Sim
Pedro Fernandes MA Sim
Ricardo Teobaldo PE Não
Ronaldo Nogueira RS Sim
Sérgio Moraes RS Sim
Walney Rocha RJ Sim
Wilson Filho PB Sim
Zeca Cavalcanti PE Não

PTC
Uldurico Junior BA Sim

PTdoB
Luis Tibé MG Sim

PTN
Bacelar BA Sim
Christiane de Souza Yared PR Sim
Delegado Edson Moreira MG Sim
Renata Abreu SP Sim

PV
Dr. Sinval Malheiros SP Sim
Evair de Melo ES Sim
Evandro Gussi SP Sim
Fábio Ramalho MG Sim
Leandre PR Sim
Penna SP Sim
Sarney Filho MA Sim

Sem partido
Cabo Daciolo RJ Sim

Solidariedade
Arthur Oliveira Maia BA Sim
Augusto Carvalho DF Sim
Augusto Coutinho PE Sim
Aureo RJ Sim
Benjamin Maranhão PB Sim
Carlos Manato ES Sim
Elizeu Dionizio MS Sim
Expedito Netto RO Sim
Ezequiel Teixeira RJ Sim
Fernando Francischini PR Sim
JHC AL Sim
Laercio Oliveira SE Sim
Lucas Vergilio GO Sim
Mainha PI Sim
Paulo Pereira da Silva SP Sim
Zé Silva MG Sim

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

informações de Agência Câmara, Congresso em Foco e Agência Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Arievilo Postado em 06/Aug/2015 às 11:33

    A gente vê em que nível ta a política no Brasil quando até mesmo a situação no legislativo ajuda a ferrar o executivo... Daí a pouco o Brasil entra numa crise (uma de verdade, e não essa pregada pela mídia nos últimos meses) por aumento dos gastos públicos, das dívidas, inadiplencia e a culpa vai ficar somente na presidente... Nossa cultura política é muito fraca no que diz respeito a responsábilidades. 445 políticos hoje mostraram o quanto a câmara é inconsequente!

    • felipe Postado em 06/Aug/2015 às 11:37

      Por isso ja disse diversas vezes que o PT abandonou a Dilma, como muitos ja disseram não é corrupta mas é péssima administradora, veja os discursos dela, é mau assessorada o PT abandonou a Dilma e muito provavelmente ela vai pagar sozinha a conta disso tudo.

    • Deisi Postado em 06/Aug/2015 às 14:37

      Perfeito seu comentário! O que a câmara quer fazer e jogar a Dilma na jaula dos leões, porque ela é técnica, não politica. O congresso nacional é o mais conservador da história, (BBB), mas isso tem nome canalhice, com a baixa popularidade da presidente, querem fazer tudo para que ela não consiga governar. Atrás disso tem um pouco de ideologia, mas tem muito de disputa de poder e ego, Os que vão pela ideologia até respeito, porque a Dilma está fazendo tudo que o Aécio faria, Ela escolheu o arrocho, cortar gastos, mexeu em direitos trabalhistas, em algum acertou em outros errou muito. Tudo para sair da crise, Mas ela foi eleita! É a presidente do país, o mínimo que o congresso que também foi eleito, deveria sim prezar pela democracia e governabilidade. Mas com o Cunha, suas manobras, falcatruas, ameaças, é quase impossível.

      • felipe Postado em 06/Aug/2015 às 14:58

        Pelo menos uma vez concordo com vc kkkkk tirando a parte do Cunha visto que até o PT votou a favor, Dilma foi eleita e a não ser que apareça algo muito grande (coisa q não aconteceu) ele deve sim terminar seu mandato.

  2. Arievilo Postado em 06/Aug/2015 às 11:35

    Esperemos chegar figuras como x mariax, e daí pra frente é só risada! haha

    • Felipe Postado em 06/Aug/2015 às 21:46

      Naro curiosamente o pessoal sumiu kkkkk

  3. felipe Postado em 06/Aug/2015 às 11:39

    Será que a culpa continua a ser do Cunha? agora ele manda no PT tb? Será culpa da oposição? Petistas bugando com a situação.

  4. Isabela Postado em 06/Aug/2015 às 11:48

    Prova do poder do Judiciário no Brasil: todo mundo afagando a máfia...

  5. felipe Postado em 06/Aug/2015 às 12:07

    kkkk ja deletaram o Pereira

  6. Junipero Postado em 06/Aug/2015 às 12:16

    ora ora.... promoveu um jantarzinho anti Dilma, mas olha o tamanho do sorriso ao ver um maço de dinheiro. Parece um cão ao ver um osso com carne.... chega a ser nojento.

    • Deisi Postado em 06/Aug/2015 às 14:52

      Os coxinhas adoram é seu o novo ídolo! O Cunha riu, porque é do PMDB, queria ver se fosse do PT, e tivesse recendo propina de 5 milhões. Não tem importância ferrar o povo, o mais importante é demostrar o tamanho do poder. Os bolsos cheios, imunidade parlamentar, fazem os canalhas terem a impressão que são imbatíveis. O pior é ver que a presidente Dilma teve 54 milhões de votos, e se não cede aos interesses dos nobres deputados, não interfere nas investigações da policia federal, merece ser sangrada, sem compaixão, nem piedade. Vingança! Vingança!

  7. Denisbaldo Postado em 06/Aug/2015 às 12:33

    Pronto, o tinhoso voltou.

  8. Ronaldo Postado em 06/Aug/2015 às 12:53

    Sem o PT, mas com PSDB, DEM, PMDB, Cunha, Renan, etc....Muda o quê? Seus comentários? Vai passar a elogiar?

  9. Ana Postado em 06/Aug/2015 às 13:05

    Não sei o por quê de tanto mimimi nessa pec, ela tá em trâmite na casa desde 2009 e todos os votos a favor foram por respeito a esses grandes cargos públicos que não recebem aumento a muuuito tempo! Como já foi dito pela maioria dos deputados não afetará assim como estão dizendo a economia, esses servidores exercem cargos de extrema importância na sociedade, inclusive a polícia federal que trabalhou duro e está trabalhando na lava-jato descobrindo um esquema de 1 bilhão! Fora também a polícia civil que no estado de São Paulo o delegado recebe o PIOR salário, o último concurso público não preencheram nem as vagas por exigir tanto para tão pouco. Um serviço investigativo se bem feito deixa qualquer advogado de vaso! Não há nenhum incentivo pra essas carreiras! Ainda o nosso querido governador Alckmim tem a coragem de dizer que o índice de criminalidade abaixou rsrs os procuradores também, eles são os que salvam bilhões dos cofres públicos de tantas e tantas ações ajuizadas contra o estado. Claro que a pec deve ser analisada com extrema cautela, mas dizer que não é merecido o aumento sem nem saber o que se passa ......

  10. Bruno Postado em 06/Aug/2015 às 13:10

    Será que esta proposta é tão negativa assim? Quer dizer, foram apenas 16 votos contra. Não acredito que os outros 445 que votaram a favor agiram em má fé.

    • vanderlei Postado em 06/Aug/2015 às 13:26

      Se não tem noção nem comente nada amigo

  11. felipe Postado em 06/Aug/2015 às 17:03

    Malditos coxinhas que aprovaram essa lei para prejudicar o governo do PT, esses fascistas, reaça, playboy..... não peraí, o PT tb votou deixa quieto.

    • Preta Postado em 06/Aug/2015 às 22:47

      Seu torcedor de de Brasil de futebol, isso ferra comigo , com vc e todo brasileiro. Deixa de ser idiota.

      • felipe Postado em 07/Aug/2015 às 12:08

        ?????????????????????? num intindi que ce ta falandu

  12. João Paulo Postado em 06/Aug/2015 às 21:10

    Esse reajuste é um absurdo. Primeiro, porque Estados e Municípios não possuem a mesma capacidade financeira da União Federal. Segundo, porque se atrelam os subsídios de milhares membros do Executivo ao de Ministros de Supremos. Terceiro, isso acarreta efeito cascata. O STF negocia um subsídio de R$ 39.000,00 para o ano que vem. Apesar de alto, ele é razoável ante as responsabilidades. No mais, ele contempla apenas ONZE pessoas. A importância, responsabilidade e quantidade de trabalho de Ministros do STF são INFINITAMENTE superiores a de advogados da AGU, cuja utilidade e complexidade do cargo - em regra - é para lá de questionável. Até mesmo a vinculação constitucional de magistrados de 1o e 2o graus (juízes trabalhistas e federais) é absurda. A carga de trabalho e responsabilidades são igualmente INFINITAMENTE inferiores. Sem contar a gritante diferença técnica. Particularmente, entendo que deveríamos promulgar nova Constituição e vincular os subsídios/ remunerações do serviço público ao salário mínimo. Assim, haveria um mínimo de responsabilidade na hora de conceder aumentos. Soma-se isso a um momento delicado da economia.