Redação Pragmatismo
Compartilhar
Contra o Preconceito 24/Aug/2015 às 19:37
72
Comentários

A reação de um pai ao saber que o filho quer uma boneca de presente

Como você reagiria se o seu filho pedisse uma boneca como presente de aniversário? Em vídeo publicado na Internet, homem diz que 'sempre respeitará as escolhas dos filhos e nunca deixará de amá-los'

reação pai filho boneca

O que você faria se seu filho pedisse uma boneca de presente? O americano Mikki Willis não teve dúvidas e comprou a Barbie que o filho pediu na hora. O vídeo (assista abaixo) em que o pai de Ojai, na Califórnia, conta qual foi sua reação ao saber da escolha do filho já se tornou viral na internet, alcançando mais de 15 milhões de visualizações no facebook e 200 mil compartilhamentos.

No registro vídeo, o pai conta que seu filho mais velho, Azai, de 4 anos, tinha ganhado dois presentes iguais de aniversário, por isso, levou o menino para trocar um deles por algo diferente. Ao chegar à loja, o garotinho escolheu uma Barbie da princesa Ariel, do filme da Disney “A pequena sereia”.

“Agora, como você acha que um pai se sente quando seu filho escolhe isso?”, questiona o pai, exibindo a boneca. “Yeah!”, grita ele em seguida! “Eu deixo meus filhos escolherem a vida que quiserem. É assim que a mãe deles e eu pensamos. Eles podem ser o que quiserem”.

Na sequência, Willis, que também é pai de Zuri, de 1 ano e meio, promete aos dois meninos que eles não terão as sexualidades ou suas personalidades reprimidas.

“Escolham sua forma de se expressar, escolham o que gostam de fazer, escolham sua sexualidade. Vocês têm a minha palavra, nesse momento, em que estamos sentados nesse carro quente, nesse estacionamento, de que vou amá-los e aceitá-los independentemente da vida que escolherem”, declara o pai aos meninos, que gritam de felicidade.

Em uma mensagem de agradecimento pela enorme projeção do vídeo, Willis ainda comenta que a escolha do menino não o surpreendeu.

“Azai fica igualmente fascinado com princesas e com robôs. Em alguns momentos, ele é um garotão, e, no próximo, ele expressa um lado mais sensível e angelical. Para mim, esse comportamento é mais autêntico do que tocar uma nota só o tempo todo”, explica o pai.

Willis diz que a única coisa que o surpreendeu em sua tarde de compras com os filhos foi notar que não havia bonecas negras, asiáticas ou de etnias e tipos de corpos variados nas prateleiras. Apesar de ter sugerido que Azai procurasse uma boneca “mais realista”, o pai lembra que aceitou a escolha do garotinho no momento em que Azai foi enfático: “Eu quero a sereia”.

“Meu trabalho como pai é oferecer aos meus meninos um campo seguro para os meus meninos brincarem com o que escolherem, ou, melhor ainda, criarem seu próprio jogo!”, afirmou Willis.

Vídeo:

informações de O Dia, O Globo e Brasil Post

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Gregório Postado em 24/Aug/2015 às 19:45

    MARAVILHOSO

  2. Marcio Postado em 24/Aug/2015 às 20:16

    Eu não daria boneca pro meu filho, porra ele é homem caralho, voce acha que vou orientá-lo para dar de mamá, para ser homosexual, Se depois de 18 anos ele quiser dar o rabo é problema dele.

  3. Maria Postado em 24/Aug/2015 às 20:21

    Ele é um pai com P maiúsculo. Parabéns!

    • Rogerio Postado em 25/Aug/2015 às 13:56

      Devia comprar também o Ken pra ele ver a figura masculina e a feminina.

      • sabrina Postado em 25/Aug/2015 às 19:54

        foi A Criança quem escolheu, vc nao entendeu nada parece . o pai deixou o menino livre pra escolher o que quisesse na loja Inteira , deveria ter o ken la tbm mas o menino nao quis !

      • Rogerio Postado em 26/Aug/2015 às 13:02

        Mas se pode dar um Ken pra uma MENINA, Pq não pra um menino?

  4. Trajano Postado em 24/Aug/2015 às 20:32

    Acredito que qualquer adulto que tenha contato ou que trabalhe na assistência profissional de crianças portadoras de algum transtorno do desenvolvimento, síndromes de origem genética, doenças neurológicas, enfim, entre outros absurdos incuráveis e desoladores que o destino pode proporcionar a quem mal começou a viver, preocupações com gênero e sexualidade passam a ser uma frescura, um mero capricho de pais que não conseguem administrar suas próprias expectativas às expectativas dos filhos. A saúde, o espírito forte, a resiliência, mindfulness, os valores entre outros tantos fatores tornam-se tão prioritários na vida familiar que o sentido dos conflitos por conta da sexualidade de uma criança não possuem sequer sentido. As pessoas deveriam dar graças à Deus todos os dias ao serem abençoadas com filhos saudáveis ao invés de se apegarem a condutas morais baratas que, no fim das contas, ou simplesmente no fim, não servem rigorosamente para nada. Neste vídeo, o que é emocionante não é o pai dar uma boneca para o filho, até porque um tipo de brinquedo não necessariamente reflete a sexualidade da criança, mas o fato do pai priorizar a felicidade e o respeito ao outro que, ainda que filho, será um adulto como ele. Cenas como essa derrubam qualquer discurso histérico de certos grupos políticos, líderes religiosos e do automonitoramento social. Amor, de fato, continua sendo o mais poderoso instrumento da vida. O resto é politicagem, moralismo de beira de esquina, delírio místico, ódio gratuito... Que se fodam em sua inutilidade.

    • luann Postado em 24/Aug/2015 às 23:14

      E seus comentários continuam, como sempre, sensatos e ímpares, Trajano.

      • Luan Postado em 25/Aug/2015 às 00:41

        Pô, tens o mesmo nome que eu... A diferença é que eu tenho cérebro e uso, tu não.

    • Carolina Cury Postado em 24/Aug/2015 às 23:21

      Trajano, depois de ver o vídeo confesso que fiquei com medo de ler os comentários que na maioria das vezes evidenciam o que há de pior nas pessoas mas me deparei com a delicadeza e a lucidez do seu ponto de vista. O mundo precisa urgentemente de pessoas assim :)

    • Isadora Postado em 25/Aug/2015 às 00:50

      Disse tudo Trajano!

    • Lúcia Helena Postado em 25/Aug/2015 às 04:53

      Reflexão que merece meus aplausos!

    • Ariel Benicio Postado em 25/Aug/2015 às 05:54

      Palmas,Trajano. Vc é foda!

    • João Paulo Postado em 25/Aug/2015 às 07:20

      Esse comentário do Trajano merecia o mesmo número de visualizações do vídeo. Parabéns!

    • Fabio Postado em 25/Aug/2015 às 08:19

      Nossaaaaa !!! Espetacular seu post . Parabéns querido

    • Camila Postado em 25/Aug/2015 às 09:11

      Lindo comentário!

    • Maria Postado em 25/Aug/2015 às 09:34

      Trajano, o seu texto é o resumo mais pertinente sobre o assunto que eu já li ( e olha que leio bastante sobre o assunto). Espero que não se importe mais vou compartilhar na minha pag do face. Abraços Maria

    • Roberta Postado em 25/Aug/2015 às 09:45

      Trajano, mandou muito bem!!! Um abraço

    • quero ser seu amigo no fa Postado em 25/Aug/2015 às 10:13

      Amei sua obseRvacao

    • Talita Postado em 25/Aug/2015 às 10:23

      Concordo..Devemos os nossos filhos acima de tudo,e principalmente respeitando suas escolhas o Amor tudo sofre,tudo crê,tudo espera e tudo suporta.

    • Ricardo Pínto Postado em 25/Aug/2015 às 11:06

      Brilhante!

    • Liza Postado em 25/Aug/2015 às 12:35

      compartilhei seu comentário pq achei incrível !!!! parabéns =)

  5. Eduardo Ribeiro Postado em 24/Aug/2015 às 20:46

    Apesar de ter tomado a única decisão cabivel nessa situação, merece os parabens, hoje e no contexto atual. No dia em que as coisas funcionarem direito e a evolução moral realmente advir, a atitude desse pai será coisa banal, como um espirro ou um cachorro latindo, ou seja, nada digno de atenção, de nota. Mas enquanto vivermos nessa sociedade doentia, preconceituosa, moralista, religiosa e retrógrada, atitudes assim serão louváveis, dignas de nota e de admiração.

  6. Geise Postado em 24/Aug/2015 às 21:13

    Louvável a atitude do pai em respeitar as escolhas dos filhos. O único problema é que nessa idade a sexualidade da criança não necessariamente já está definida. O fato dele querer uma boneca não significa que ele escolherá uma pessoa do mesmo sexo para se relacionar no futuro. Por enquanto a boneca linda e colorida é só isso mesmo. E, por outro lado, talvez o interesse do menino seja exatamente por se sentir atraído por este símbolo tão feminino. Ficar expondo a criança assim só vai deixa-la confusa. Pra mim ele só queria uma boneca. Não é psicologicamente saudável dizer a uma criança de 4 anos "se você quiser ser homossexual te apoiamos". Compre a boneca e, se for o caso, espere mais 10 anos pra dizer.

    • Thiago Postado em 24/Aug/2015 às 22:54

      Começou bem, Mas tropeçou e caiu do barranco com o nariz no chão. Sinto muito!

    • adriana Postado em 25/Aug/2015 às 00:53

      Concordo plenamente.....qualquer crianca nesta idade gosta de bonecas, bolsas, fivelas e bola e chuteira, no cado das meninas, e nesta idade isso so quer dizer que sao criancas, como devem ser.....pra mim, o maior preconceito veio do próprio pai, ao taxar o filho pro mundo como sendo algo que ele nem sabe o que é e não está preocupado em saber.....ele só quer brincar......a escolha sexual será feita, independente dele brincar de boneca na infância....na minha opinião, este pai quis aparecer, num assunto tão discutido, à custa do próprio filho, que nem tem noção do alcance da filmagem.....

    • Luciana Postado em 25/Aug/2015 às 07:44

      Pensei a mesma coisa Geise. Querer uma boneca não significa necessariamente que o menino está definindo sua sexualidade. A nossa sociedade doente estabeleceu os papéis mas isso não significa que as crianças devam cumpri -lo.

    • Renato Postado em 25/Aug/2015 às 08:29

      onde ele disse pro filho "se você quiser ser homossexual te apoiamos"?

    • Alexandre Postado em 25/Aug/2015 às 10:00

      Concordo, parece que estão mais interessados em dizer seja Homossexual, quando eu acho que na verdade nem na mente da criança passa isso, agora dizer que o papel do pai e aceita e apoia as decisões de uma criança de 4 anos, acho isso ridículo, o papel do pai é orienta o seu filho pelo caminho correto ainda mais que uma criança não tem ainda a noção do certo com o errado... Vai entende cada ideia. Olha papai vou ser bandido. Tudo bem meu filho estarei com tigo se for preso. Papai vou usa droga. Ok meu filho vou com tigo na biqueira..... Cada uma viu.

    • Sandra Postado em 25/Aug/2015 às 13:12

      Sabias palavras Geise!

    • Müller Postado em 25/Aug/2015 às 18:02

      Porr@, com 4 anos a criança nem sabe o que significa homossexualidade, e se meu listening não estiver tão ruim, o pai nem falou a palavra homossexualidade. Só disse que ele poderia fazer o filho poderia fazer suas escolhas sobre x, y, z, sexualidade, etc. A criança nessa fase precisa sentir do pai apoio e proteção, afeto e alegria. Ela não precisa ouvir esporro por escolher uma boneca e associar isso à palavra homossexualidade, pois aí de fato a criança, se for hétero quando adulta, ficará confusa. A cabeça da criança é muito ingênua, ela só vai assimilando os conceitos sociais através das experiências e essas experiências são sentidas para serem aprendidas e apreendidas, logo se você grita, bate, maltrata o menino por escolher um boneca feminina, ele vai assimilar a algo ruim e à medida que ele vai elaborando melhor os conceitos das coisas e se autodefinindo, isso pode causar um trauma muito sério nele, pode levar a um adulto com traumas psicológicos, principalmente se o indivíduo for de fato homossexual, bissexual, trans, trav e etc. Parabéns ao Paizão!!! Esse agiu como um progenitor humano racional de verdade...

  7. Campanati Postado em 24/Aug/2015 às 21:32

    Linda atitude! Desprovida do egoísmo que alguns pais têm, achando que o filho tem que ser igual, ninguém é e nunca será igual a ninguém. O AMOR FALA MAIS ALTO! Viva a liberdade de escolha.

  8. Juniperos Postado em 24/Aug/2015 às 21:51

    brinquedos antropomórficos e coloridos sempre chamam a atenção de crianças. é louvável uma entrar numa loja e logo ir para onde estão os mais coloridos ou brilhantes. os problemas dos adultos de hoje em dia é por conotação sexual em tudo, seja em cores, formas, brinquedos, etc. Uma coisa é o pai apoia moralmente uma criança, como o fato ocorrido, que seria o melhor na verdade para todas, e outra seria induzi-la a escolhas fora de sua vontade. Ele, notoriamente heterossexual, parece ter notado que existe um abismo de diferentes entre escolhas sexuais e brincar com bonecas. uma coisa não tem muito a ver com a outra. Sendo ele heterossexual, e tendo uma vida respeitável com sua esposa, é mais que exemplo para uma vida amorosa (amorosa e não sexual) futura. O que tiver que vir, vira. O contexto social, sexual, e cultural do menino será escrito para ele, por ele, segundo as vivencias cotidianas. Ele se torna-rá um adulto com cidadania e respeito pelo próximo. Um brinquedo é pouco para falar de uma vida inteira, no fim das contas. Já fatos reais desastrosos que aconteceram fruto de misoginia, machismo e falocentrismo...

  9. Vitor Benda Postado em 24/Aug/2015 às 23:37

    Se uma menina de quatro anos escolhesse um caminhão , também seria homossexual? Por que escolher uma boneca é indício de homossexualidade?

  10. natalie Postado em 24/Aug/2015 às 23:43

    Vocês estão fazendo muita tempestade em copo d'água com seus textos "a criança só foi atraída pelas cores da boneca". Com certeza foi, mas o intuito do vídeo é mostrar que um pai tem a mente aberta e VAI aceitar seu filho independente de suas escolhas e sexualidade.

  11. Marcos Postado em 25/Aug/2015 às 01:14

    E se o menino querer uma arma ou um brinquedo que pudesse se machucar no futuro? Crianças são inocentes e não tem dicernimento do certo ou errado, por isso os pais devem educar o caminho a trilhar, ir ao contrário dos desgnios de Deus podem resultar em uma vida inteira de frustrações. Uma criança pode brincar com qualquer brinquedo, mas induzir a sexualidade de uma criança pelo fato podem causar transtornos irreversíveis. Por isso O Criador adverte. Ensina a criança o caminho que deve andar e ele jamais se desviará dele.

  12. Felipe Postado em 25/Aug/2015 às 01:33

    Quando tinha dois anos, recebemos em minha casa uma prima que veio passar uma temporada, ela era uma criança e possuía várias bonecas. Passávamos o dia brincando e, em um certo momento, acabei pedindo que minha mãe me desse uma boneca de presente como as que minha prima tinha. Tenho 24 anos, sou hétero e nunca tive tendência a ter atração sexual pelo mesmo gênero. Ah, e um detalhe: minha mãe acabou comprando a boneca, que rejeitei na hora, pois a que ganhei não abria e fechava o olho como as da minha prima... Quer dizer, aos 2,3 ou 4 anos acho pouco provável que uma criança vá escolher um brinquedo baseado em alguma tendência sexual.

  13. Lorenzzo Postado em 25/Aug/2015 às 01:35

    E isso nem tem relação com a sexualidade do garoto. Alguém pode amar carros, por exemplo, e ser perfeitamente viril, e ser homossexual. Ou pode gostar de bonecas, flores e arte e ser heterossexual. E em qualquer das combinações, o mais importante é a auto-aceitação - e ajuda muito neste processo que os pais saibam aceitar e apoiar seus filhos. Fico imaginando que se eu fosse criança nos dias de hoje, com certeza iria querer alguma boneca bem feita da Elsa do Frozen, pra congelar meus Comandos em Ação (que, é claro, eu colocaria dentro de um copo no congelador). Ainda fazem Comandos em Ação?

  14. Pessoa Postado em 25/Aug/2015 às 02:24

    Na boa, foi uma boa atitude, mas não tem pra quê homem ganhar cookie como se fosse o melhor pai do mundo quando não faz nada mais que sua obrigação. O que ele fez de tão importante? Não foi um completo babaca. Nada mais que a obrigação. Um pai decente, não o melhor do mundo.

    • Deisi Postado em 25/Aug/2015 às 14:59

      Pessoa, se conhecer o Pereira, mudará de opinião. Vai se convencer que não foi uma boa atitude, mas sim ótima, dignas de aplausos.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 25/Aug/2015 às 15:22

      É o que eu disse: num mundo ideal, racional, estás correto: trata-se de uma atitude comum, banal, que não é digna de nota nem de nada. Num mundo ideal, esse gesto não seria menos banal que escovar os dentes ou ferver água pro café, e ninguém é parabenizado por isso. Como NÃO VIVEMOS num mundo ideal, e enquanto continuarmos a não viver num mundo ideal, aí sim, temos que parabenizar esse pai.

  15. JAINE FRAJUCA Postado em 25/Aug/2015 às 07:58

    Acho tudo isso asneira. Concordo com os comentários. Quando era criança adorava carrinho, brincava com gosto e alegria. Sou uma mulher resolvida. E nada disso mudou minha sexualidade. Sou măe e avó, como já foi dito, tudo hoje em dia tem conotaçăo sexual. Quando peguei um carro pra dirigir com 16 anos, sai dirigindo. Os pais tinham que se informar mais, pois a marioria săo uns trogloditAsus.

  16. lautinda lopes de souza Postado em 25/Aug/2015 às 08:49

    este pai é um homem com muita sabedoria ,pois ele sabe que não é um brinquedo que vai dizer a personalidade de uma criança ,porque criança é inprevisivel , e sua personalidade é um bem que ninguém mudará!

  17. fabiane gofas Postado em 25/Aug/2015 às 09:01

    Esse que é o certo! Não incentivar a nada, mas sim respeitar suas escolhas !!! Parabéns aos pais!

  18. Thiago Postado em 25/Aug/2015 às 09:10

    Sou gay e nunca brinquei de boneca

  19. Rezi Postado em 25/Aug/2015 às 09:18

    Uma criança que escolhe ser o que quer acaba sendo a tendência global, no momento o homossexualismo reflete isso. Portanto minha opinião é que a criança apenas será mais uma que o sistema irá desenvolver com suas tendências. Toda e qualquer criança deve ser esclarecida sobre as diferenças entre menino e menina. Se dar uma boneca a um menino e diz que é normal, daqui a uns dias dará uma sandália feminina, roupas femininas, no entanto da parte da criança será apenas curiosidade. Mas isso a formará de acordo com a confusão que em sua mente não foi esclarecida no momento certo, na infância.

  20. Thiago Teixeira Postado em 25/Aug/2015 às 09:49

    E ai Pereira? José Ferreira? Qual seria a reação dos senhores?

    • Pereira Postado em 25/Aug/2015 às 15:05

      Minha reação ? eu acho engraçado no máximo. Numa era onde criança de 5 anos rebola, dança funk e tudo o mundo acha o máximo, meninos brincar de boneca peituda com um decotão e minissaia deve ser talvez, eu diria o que ? "modernismo" ? Numa era onde crianças de 5 anos mandam e desmandam nos pais, os valores estão todos corrompidos e relativizados, o pai deve se achar o guru da "inteligência" em satisfazer o desejo do filho sem o menor questionamento. Por exemplo: meu filho já me pediu bonecas de presente, minha reação ? expliquei em linguagem infantil que esse tipo de brinquedo não é adequado para ele. A reação dele ? Tudo bem pai, nem sei se eu queria mesmo isso. Ou seja, ele queria me testar, estava implorando um limite e uma atenção. Talvez fosse a mesma coisa que o menino do post esperasse do pai...e isso em nada tem haver com sexualidade.... mas como diria o filósofo : BUT !!!!!.....

    • Pereira Postado em 25/Aug/2015 às 15:11

      E só para não deixar passar, sexualidade tem muito haver com a criação. Boa parte dos homossexuais não tiveram pai ou mãe presente. Boa parte não teve família bem estruturada, vícios e violência estão presente na vida dessas pessoas. Cada pessoa reage a traumas de maneira diferentes, uns preferem se esconder atrás da homossexualidade, promiscuidades e afins.

      • Pereira Postado em 25/Aug/2015 às 15:21

        É como diria minha velha e sábia mãe: "É o vazio da alma". As pessoas tentam preencher o vazio da alma com mil parceiros sexuais(homo ou hétero), com o melhor carro, com as melhores viagens, com comprar desnecessárias e com vícios inúteis.

  21. Leonardo Postado em 25/Aug/2015 às 10:19

    Achei bem nada a ver isso. Só porque ele escolheu uma boneca ele precisa de um apoio moral? Escolher um brinquedo não interfere em nada e vi muita gente compartilhando o video como se fosse algo sensacional sem perceber que ele é carregado de sexismo. Boneca é pra menina e carrinho é pra menino... Nada a ver isso.

  22. Luiz Savio Lara Postado em 25/Aug/2015 às 10:34

    Achei meio exagero... Crianças nessa idade estão muito longe de entenderem sua identidade sexual. Eu compraria a boneca, mas não criaria todo esse barulho no fato... Vai que o menino nem será gay... Agora está famoso e quando crescer um pouco vai sofrer com isso, sendo gay ou não...

  23. Guilhermo Postado em 25/Aug/2015 às 10:40

    Legal, só acho que não precisava expor isso pro mundo todo... Afinal sempre haverão os trolls que irão zoar a criança pela internet...

  24. junior Postado em 25/Aug/2015 às 10:59

    O fato da criança pedir uma boneca, não significa que ele será homossexual, minha filha de 3 anos brinca de carrinho e meu filho de 10 até pouco tempo brincava com algumas bonecas da mãe dele. O brinquedo influencia tanto a sexualidade quanto o fato dos pais serem heterossexuais.

  25. Casa123 Postado em 25/Aug/2015 às 11:11

    Sou gay, nunca brinquei de boneca, sempre joguei bola, todos meus amigos são heteros e nunca tive e nem tenho vontade de ter nada rosa o algo do tipo.

  26. Wilmar Junior Postado em 25/Aug/2015 às 11:25

    Acho que a criança não fez uma opção sexual, mas sim escolheu um brinquedo... Absurdo as pessoas afirmarem algo diferente disso!! Ele só escolheu um briquedo... Lamentável a associar a sexualidade!!

  27. Silvia Postado em 25/Aug/2015 às 11:43

    Na sociedade atual, onde homens cuidam dos filhos e ajuda em todos os afazeres domésticos e meninas dirigem e são capazes de desenvolver qualquer profissão essa preocupação com brinquedos, não tem nada a ver... Acredito que isso atraia mais discriminação quanto ao gênero, criança tem que ser criança, gênero é definido mais tarde... Embora reconheça o bom exemplo dado pelo pai, condeno essa coisa de ficar discutindo gênero sexual das criança... Antigamente brincávamos de casinha o papa, trabalhava, dirigia e ficava no sofá mandando a mamãe levar café para ele... Fico imaginando a conversa dos pais "Não sei ainda, mas me parece que ele... Aceitar é aceitar e não expor...

    • José Ferreira Postado em 25/Aug/2015 às 15:51

      A criança é menino ou menina ainda que não tenha a sexualidade como a das pessoas mais velhas. Não vamos incentivar a ideologia de gênero. Não vejo nada de impressionante em ele querer uma boneca, e, talvez vire um adulto que tenha atração sexual por loiras.

  28. Dado Postado em 25/Aug/2015 às 11:55

    Quanta baboseira em forma de comentários. A sociedade está realmente como folha seca solta ao vento. É levado daqui pra li, de lá pra cá. Não tem um pingo de personalidade. Se ao menos o pingo estivesse ali, talvez fizesse alguma diferença como o sal faz. Seu caráter também está deturpado. O vento é quem manda.

  29. Leonardo Vasconcellos Postado em 25/Aug/2015 às 12:07

    Incrível como as pessoas não entendem que a questão da sexualidade pouco importa. Ele tem apenas 4 anos, independente de qual for a sua escolha, não será amanhã ou depois que isso irá acontecer. O principal motivo da divulgação é de fato para mostrar ao mundo que as pessoas deveriam se preocupar com coisas importantes e não a sexualidade. Se os pais de de sempre, tivessem para com seus filhos esse tipo de relacionamento, com certeza o mundo seria um lugar menos racista e mais moral.

  30. jorge damasceno lima Postado em 25/Aug/2015 às 12:30

    Brinquei com as bonecas das amiguinhas, brinquei de médico, tomei banho em bangeiras, com as amiguinhas...... aos 14 anos eu era pai.

  31. Fernando Postado em 25/Aug/2015 às 12:51

    Meu filho brinca todos os dias de bonecas e não vejo problema algum nisso, muito pelo contrário, acho que isso pode ajudar muito no seu desenvolvimento.

    • Pereira Postado em 26/Aug/2015 às 12:28

      Cuidado ! pode aparecer um Laerte da vida dizendo que tu deve fazer troca de sexo no teu filho.

  32. Helio Postado em 25/Aug/2015 às 16:31

    um sujeito se torna o capacho de um politico corrupto, criminoso declarado e ainda acha que tem como falar de "vazio da alma", "moral", af. me assustou saber que tu procrias. Com o que você brincava pereira, para achar bonito roubar?

    • leonardo Postado em 25/Aug/2015 às 21:43

      O Pereira brincava de Lula.

  33. Ariadne Postado em 25/Aug/2015 às 16:57

    Eu tive um amigo que entrava em panico ao ver o filho brincando ou mesmo tocando em algo feminino. Ele dizia sempre que era algo "errado ou feio". Também foi ensinado a "escolher" meninas desde cedo. Resultado: hoje já jovem, nenhuma menina é boa suficiente para ele. Já, os meninos...

  34. João Paulo Postado em 25/Aug/2015 às 17:12

    O PP vive tentando encontrar um transexual de 04 anos. Houve reportagem recente com um moleque desta idade também. Os pais "modernos" das reportagens, mas parecem homossexuais não assumidos.

  35. Claudio Espiga Postado em 25/Aug/2015 às 22:06

    Aí o moleque pede a roupa do Homem Aranha. Que maravilha ele é super-herói!!! Com certeza ele vai ser um adulto responsável, preocupado com as injustiças... Claro: um moleque de 5 anos sabe!!!

  36. Pereira Postado em 26/Aug/2015 às 12:27

    É sabido que uma criança de 4 anos não tem sexualidade ainda, mas o que tentam erotizar e sexualizar crianças hoje em dia é um absurdo. Principalmente na questão de "transgenia infantil". Se um menino brincar de boneca, é capaz de aparecer um Laerte da vida dizendo que o mesmo quer trocar de sexo. Efeitos da porca ideologia de gênero.

  37. sidney Postado em 29/Dec/2015 às 17:23

    Respeitemos a consciência plena do menino de, sabe lá, dois anos de idade, ele já sabe escolher o quer da vida e sua sexualidade. Deixe a criança em paz que já é adulta pra decidir sua vida. Inclusive já tem pagado suas contas.

  38. Andre Postado em 02/Jan/2016 às 10:44

    Dos 4 aos 6 anos a pessoa que eu mais tive contato foi uma prima de mesma idade. Cansei de brincar de barbie com ela, ken e seu conversivel rosa.. Final das contas hoje sou casado e completamente apaixonado por xoxotas. Ou seja, grandes merda esse video...

  39. José Ferreira Postado em 25/Aug/2015 às 11:12

    Concordo com o Naro. Não dá para saber ainda se o menino será gay ou não.

O e-mail não será publicado.