Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 14/Jul/2015 às 15:54
59
Comentários

Meninos da Bahia sofrem preconceito após vencerem concurso musical

Garotos campeões de concurso musical tiveram a vitória contestada na internet pelo simples fato de serem negros e nordestinos. Ataques chegaram a sugerir que os jovens eram criminosos e associaram a dupla à vitória de Dilma nas últimas eleições. Na final, Lucas e Orelha derrotaram banda liderada por cantor loiro

lucas orelha preconceito racismo
Lucas e Orelha foram vítimas de preconceito nas redes sociais (Pragmatismo Político)

Lucas e Orelha foram os grandes vencedores, no último domingo, 12, da segunda edição do programa “SuperStar”, da Rede Globo – concurso musical entre bandas de todos os estilos. A vitória dos meninos negros da Bahia, porém, parece ter desagradado algumas pessoas nas redes sociais.

A dupla foi vítima de comentários preconceituosos por parte de internautas que não concordaram com o resultado da disputa. A vitória dos cantores de 17 e 19 anos foi contestada pelo fato de serem negros e nordestinos. Eles venceram, na final, a banda Scalene, composta por cantores loiros e com um ar “internacional”.

Comentários xenofóbicos também associaram a vitória da dupla às eleições presidenciais de 2014, onde a presidente Dilma Rousseff se reelegeu com maior número de votos vindos das regiões Norte e Nordeste do país.

“Scalene: loiros, lindos, conhecem os EUA, tem guitarra importada, Aécio. Lucas e Orelha: negros Bahia nordeste vesgo pobreza dilma”, publicou uma internauta.

“Deu Bolsa Família pro nordeste tbm? Lucas e Orelha é igual Dilma, nordeste carrega”, escreveu outra usuária.

Outra internauta foi ainda mais longe ao afirmar que estaria disposta a rever os seus conceitos acerca da maioridade penal no Brasil, sugerindo que os jovens mereceriam ser presos.

Vitória

Lucas e Orelha conquistaram 64% dos votos do público na final (contra 55% da banda Scalene) da segunda edição do reality, da TV Globo, com a música “Menina Nerd”. “Quero agradecer ao Brasil, mas antes de mais nada quero agradecer ao coroa e a minha mãe que está em casa. Muito obrigada por tudo. Acho que vou te dar uma vida melhor agora”, disse Orelha emocionado.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Daniel Postado em 14/Jul/2015 às 16:32

    Houve uma época que meus pais sempre me diziam que chamar as outras pessoas de burras pelo que falavam e pelo que faziam era errado pelos seguintes fatores: - Todos são inteligentes, o problema são as oportunidades que nem todos tiveram. - Não existem pessoas burras, apenas pessoas sem interesse em obter informação e cultura. Pela primeira vez eu discordo dos meus pais pelos seguintes fatores: - Existem pessoas burras simplesmente por terem acesso a informação e a cultura mas escolheram ser simplesmente burras. - Existem pessoas burras pois colaram nas provas de história e assim negligenciam o passado, não se importando com o presente e sequer sabendo o que significa o futuro.

    • eu daqui Postado em 15/Jul/2015 às 09:12

      Neste país existe é muita gente que se finge de burra pra lucrar e extorquir com a condição de coitadinho........

      • Vinis Postado em 16/Jul/2015 às 21:47

        E o senhor "eu daqui" é o exemplo concreto do que o Daniel disse.

    • Roberto Pedroso Postado em 18/Jul/2015 às 23:52

      De fato senhor Daniel discordo apenas em um aspecto : existem os ignorantes e os alienados,os alienados são justamente esta parcela da população que mesmo tendo acesso a informação e a cultura não se interessam em se informar e se formar enquanto pessoas e enquanto cidadãos destilam o ódio e demonstram fragilidade em seus argumentos,são estes os alienados que como o senhor citou mesmo tendo acesso a cultura e ao conhecimento não procuram aprender e se informar acerca dos temas realmente importantes e assim emitem opiniões obtusas, infundadas e absurdas sobre temas delicados e caros a nossa sociedade,triste retrato de um pais.Esta é mais uma prova da divisão da nossa sociedade,sociedade esta que sempre foi dividida inclusive entre os (convenientemente)alienados e os instruídos.

  2. Aline Neli Postado em 14/Jul/2015 às 16:35

    Ah, essas pessoas de bem da cidade de dogville! São tão brancas e justas!

    • Roberto Pedroso Postado em 18/Jul/2015 às 23:55

      Senhora Aline excelente comentário e parabéns pela referência (digna de aplausos).

  3. José Ferreira Postado em 14/Jul/2015 às 16:35

    Mais uma vez o Pragmatismo Político "dá ibope" para as pessoas ignorantes. E é isso mesmo que os ofensores querem.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 17:12

      Mais um querendo pautar o PP. "ainnnn parem de mostrar casos de racismo Brasil afora....essas matérias me incomodam....pai Ali Kamel me falou que não existe racismo no Brasil...alem disso eles não são negros, eles são pardos e se usassem uma franja pra cobrir a testa ninguem questionaria a vitória"

      • José Ferreira Postado em 14/Jul/2015 às 17:32

        ?????? O que o C... tem a ver com a calça?

      • Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 17:37

        Em se tratando de voce, tudo.

      • José Ferreira Postado em 14/Jul/2015 às 17:49

        Você "me ama", Eduardo Ribeiro.

      • Bruno Postado em 14/Jul/2015 às 18:12

        Dar Ibope como, se os nomes dos preconceituosos não foram nem citados?

      • José Ferreira Postado em 14/Jul/2015 às 21:26

        Falo em "dar ibope", pois eles devem estar muito "orgulhosos" do que fizeram.

      • Silva Postado em 15/Jul/2015 às 16:13

        Eduardo, foi muito bem, definição perfeita do "historiador", zé ferreira! KKKKKKKKKKKKKK!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 15/Jul/2015 às 18:25

        Zé Ferreira é ídolo demais.

    • B. Ferreira Postado em 15/Jul/2015 às 08:16

      Mas tu é chato, hein?!

    • Marcio Postado em 16/Jul/2015 às 00:33

      Pra que divulgar, não é mesmo? Pra que mostrar a ferida, a doença, o câncer? Não é melhor jogar toda a sujeira para debaixo do tapete? Vamos fingir só por um momento que não há violência, não há racismo, não há homofobia, não há xenofobia, não há machismo, não há intolerância. Enquanto estamos na nossa zona de conforto, tudo é maravilhoso, branco e belo. Faz de conta que não aconteceu nada. Melhor é o mundo do faz de conta!

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 16:43

    """"""""".....os meninos negros da Bahia venceram, na final, a banda Scalene, composta por cantores loiros e com um ar “internacional”...""""""""""....pai do céu.....racistinhas piram e sangram com uma coisa dessas......que dor insuportável devem estar sentindo....que tragédia....isso é uma facada no peito. É o pior dos pesadelos, o mais tenso dos mundos.

  5. Helder Postado em 14/Jul/2015 às 16:51

    Meia dúzia de comentários e vcs dão destaque, como se o país todo fosse racista. Mas esses meninos estão longe de representarem algo de bom na música. Vão me acusar de racista também por que fiz uma crítica contra o trabalho deles? Eles ~soa ruins, assim como o programa é péssimo.

    • poliana Postado em 14/Jul/2015 às 17:05

      imagina, cara. o brasil n é racista não. isso é loucura do pp!! um país tão miscigenado e multi racial...claro q n existe racismo no país. é só de uma parcela mínima da população.

    • Bruno Postado em 14/Jul/2015 às 18:14

      Depende da crítica.Se for uma crítica que não seja baseada em discursos preconceituosos será bem vinda.

    • B. Ferreira Postado em 15/Jul/2015 às 08:18

      Releia o texto, em nenhum momento o PP pauta que o Brasil inteiro é racista. Para de caçar pelo em ovo e se atente em mais um caso onde é visto a intolerância e o racismo maciço do povo que aqui mora.

  6. sergio ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 16:53

    Desnecessária a afirmação "cantores loiros, com ar 'internacional'". Se querem combater o preconceito, esse tipo de comentário é dispensável. Eles venceram pelo suposto talento deles (digo suposto porque não acompanhei e não gosto destes programas) e não por características físicas e sociais. E até aonde eu sei, cantam uma música pop que lembra Claudinho e Buchecha e Sandra de Sá, o que não é algo de puramente nacional. Além disso, as bandas concorrentes cantaram diversos estilos musicais, em inglês ou não; não é crime cantarem sucessos estrangeiros.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 17:09

      Como entender todas as nuances do racismo deste episódio sem citar que a banda preferida pelos racistinhas, e que foi derrotada, era composta por cantores loiros? Daqui a pouco vão querer que se omita que os alvos de preconceito eram negros, "desnecessário citar que eram negros os oprimidos...dispensável". O que se pode é discordar - e não questionar a relevância - de a banda perdedora ter "ar internacional". Quem assistiu pode confirmar se tem ou não. Mas em tendo, é fundamental citar tambem. Porque os mesmos que são racistas, são vira-latas, entreguistas e brasileiros de merda. Essa ânsia de pautar o PP, "ei PP, escrevam o que eu quero do jeito que eu gosto, viu", atrapalha demais..

      • sergio ribeiro Postado em 15/Jul/2015 às 16:30

        Não pautei ninguém. A banda "derrotada" não tem culpa de ser loira e cantar em inglês. Idiotas são os racistas que fazem diferenciação. Repito, devemos louvar o talento deles e não o fato de serem loiros, asiáticos ou o que quer que seja; nem que cantam pop, rock ou jazz, mas pela qualidade do que fazem. Como diria MLK, sonho com o dia em que as pessoas sejam medidas pelo caráter, e não pela cor da pele.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 15/Jul/2015 às 18:25

        Tambem sonho. Mas enquanto pessoas brancas esculhambarem negros porque negros superaram brancos em alguma esfera qualquer da vida, é necessário e FUNDAMENTAL esclarecer quem são os envolvidos. Do contrário um episódio lamentável de racismo se torna "birrinha de adolescente frustrada torcedora de grupelho musical". Torna-se um mero episódio banal sem importância e que não guarda maiores significados, e que por isso se torna irrelevante e esquecivel. Ou seja: exatamente o que os racistas querem. Um mundo perfeito em que episódios de racismo são relatados como briguinha boba sem maiores consequências. Exatamente por isso que a afirmação "cantores loiros, com ar 'internacional'" não é desnecessária. É parte fundamental pra compreender o contexto.

    • Rodrigo Postado em 14/Jul/2015 às 17:30

      (Outro Rodrigo) Como comentei em outra postagem, Sérgio, infelizmente o ser humano se utiliza de "caracteres externos" para promover a divisão da espécie humana em grupos, com clara remessa ao binarismo, ao maniqueísmo. E, após tal etiquetamento, não se para para atentar se uma pessoa tem ou não talento, capacidade, moral/idoneidade, capacidade - se, no caso, qualquer das bandas tinha qualidade em seu trabalho, carisma, v.g. À final, pois, chegaram 4 candidatos de grande qualidade, mas há os que teima em ver cor de pele, cabelo, como critério lógico para a aprovação ou não, para definir o merecimento. De meu lado, apreciei muito o trabalho de Scalene (melodia e letras das quais gostei mais), mas fiquei muito feliz com a vitória de "Lucas e Orelha" - não por serem negros, nem por serem meus conterrâneos, mas por terem valorizado o talento e a ele se apegado para vencer tantas dificuldades da vida, iniciando um novo caminho para a realização pessoal e profissional. Parabéns aos competidores e aos vencedores. E lamentável quem se prende à cor para julgar, quem não consegue mais enxergar o ser humano.

      • marcus Postado em 14/Jul/2015 às 23:11

        concordo com seu comentario cara valorizar o trabalho e nao o esteriotipo

  7. poliana Postado em 14/Jul/2015 às 17:02

    “Scalene: loiros, lindos, conhecem os EUA, tem guitarra importada, Aécio. Lucas e Orelha: negros Bahia nordeste vesgo pobreza dilma”, publicou uma internauta...............................................como rebater uma estupidez e um vira latismo tão gritante??!! dá nem vontade!!!

    • Rodrigo Postado em 14/Jul/2015 às 17:12

      (Outro Rodrigo) Pensei o mesmo, Poliana, especialmente quanto às premissas do "brilhante" silogismo: guitarra e Aécio (?????). Não acompanhei assiduamente o programa, mas identifiquei na final 04 bandas/músicos de qualidade, bem como outras bandas de qualidade ficaram pelo caminho. Torci pelo Scalene (não por ser loiro ou roxo de bolinha azul, mas por ter gostado das melodias, das letras, um tanto diferente do que eu, particularmente, via no cenário nacional), mas fiquei muito feliz pela vitória dos dois garotos, que valorizaram o próprio talento e buscaram na música uma plataforma para a vitória sobre tantas dificuldades. Mereceram e que tenham muitas vitórias outras mais.

      • poliana Postado em 14/Jul/2015 às 17:31

        não posso falar da qualidade artística deles pq n assisti o programa, nem conheço o trabalho da dupla, (outro) rodrigo...mas essas colocações foram tão estúpidas q eu nem tive vontade de responder, sério mesmo.

      • Vinis Postado em 16/Jul/2015 às 21:57

        Atribuem o "Aécio" aos caras sem nem saber se os mesmos são reacionários como esses que torciam pra eles, e como se relacionar algo a "Aécio" fosse bom.

  8. Leonardo Postado em 14/Jul/2015 às 17:02

    "...loiros, lindos, conhecem os EUA, tem guitarra importada...". Será que essa ameba virtual é colonizada?

  9. Lucas Postado em 14/Jul/2015 às 17:22

    Realmente, extremamente desnecessária a afirmação "cantores loiros, com ar 'internacional'". O racismo que foi praticado não deve ser refutado de maneira tão superficial, como se os integrantes da outra banda, em razão das suas características físicas, corroborassem para esta prática tão repudiada. Na verdade, o que se avaliou no programa foi a musicalidade. Venceu quem o público mais gostou e ponto final. O fato da banda concorrente aos vencedores ser composta por integrantes 'loiros com ar internacional" (expressão que vocês utilizaram) não fomenta ou colabora para os crimes de racismo cometidos, é importante deixar isto bem claro. O racismo é algo muito mais profundo que deve ser combatido em todas as suas reais dimensões e causas...

  10. poliana Postado em 14/Jul/2015 às 17:32

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...sei, pereira. isso é coisa de MAV, de militonto pago pelo pt pra vociferar tiradas racistas na net e colocar a culpa no tucanato. tá "sertinho".

  11. José Ferreira Postado em 14/Jul/2015 às 17:35

    Eu não creio que seja algo "plantado". As ofensas parecem verdadeiras. São comentários bem "de moleque" mesmo que os ofensores fizeram.

  12. Denisbaldo Postado em 14/Jul/2015 às 17:38

    O Papa também é coisa da MAV. A Grécia idem. E ano que vem Bernie Sanders, o candidato democrata à presidência dos EUA mais à esquerda vencerá as eleições, e também será coisa da MAV. E depois em 2018 o Lula será eleito presidente novamente, e EUA e Brasil serão parceiros fortísssimos! Tudo coisa da MAV! Prepare-se Pereira, o seu sofrimento ainda não começou!!!

    • Denisbaldo Postado em 14/Jul/2015 às 18:00

      Ué, ficou sem resposta de novo Pereira??? Já estou me cansando de argumentar com um poste! Tem mais duas do MAV: 1) Acordo entre Cuba e EUA. 2) Acordo entre Iran e EUA. O mais engraçado dos reaças é que eles acreditam piamente que seus ideiais políticos estão alinhados com as lideranças dos países mais desenvolvidos, mas na verdade estão alinhados às ditaduras mais escrotas do planeta. Chora Pereira, o mundo já está na rota da esquerda, só sobrou uns gatos pingado aqui e acolá que logo mais desparecerão. Você incluso.

    • Denisbaldo Postado em 15/Jul/2015 às 08:34

      Mas então o que está acontecendo com o mundo, se não for a MAV?

  13. Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 17:55

    """""""a censura do politicamente correto é tão ferrenha, que pouca gente arrisca, a não ser assegurando-se do total anonimato da internet, a ofender alguém com conotação racista""""""""....tempo bom era quando a gente podia esculhambar tudo quanto era negro sem ter que se preocupar com o politicamente correto, fala aí? Ahh, bons tempos em que umas chicotadas resolviam tudo, né não? Que droga, não sei por que as coisas mudaram tanto...hoje não dá nem pra chamar o cara de "neguinho", não se pode contar uma piada de preto, não se pode botar um preto rebelde no seu lugar, que esses vagabundos do politicamente correto vem encher o saco. Não é isso aí?

  14. Eduardo Ribeiro Postado em 14/Jul/2015 às 18:09

    Não faz muito tempo a gente podia escarrar no rosto de um negro que não pegava nada....agora com esse politicamente correto, a gente tem que se policiar....a censura do politicamente correto é ferrenha demais, veja você...se eu, homem branco de bem, escarrar hoje em um negro eu vou ter problemas....o mundo está mudado demais...eles nem vivem mais em qualquer buraco, estão morando em casas, seus filhos até estudam, não se usa mais dar umas açoitadas pra acalma-los....onde esse mundo vai parar com esse politicamente correto?

  15. Rodolfo Postado em 14/Jul/2015 às 19:10

    o pragmatismo gosta de por um pouco de lenha. Mas desde o início vi que esses meninos iriam ganhar porque cairam na boca do povo. Não adianta ficar acusando governo, fazer comentario racista. No entanto, acredito que nenhum daqueles jurados não tem qualidade e moral nenhuma pra julgar o trabalho de qualquer artista daquele programa, prova disso são os comentários dos jurados. Além do mais, ninguém sabe a rede globo não manipula os votos. Total perda de tempo.

  16. maria Postado em 14/Jul/2015 às 20:04

    O Pereira não trabalha não. Ou é esse o trabalho dele. Sempre que leio lá está a pessoa.

    • poliana Postado em 16/Jul/2015 às 14:19

      a gente sabe q vc é o cesar souza, maria., n se preocupe.

  17. Duarte Postado em 14/Jul/2015 às 21:40

    Vai la e faz melhor que eles ao inves de ficar com argumentos racistas e se passando por idiota.

  18. vanderlei Postado em 14/Jul/2015 às 22:29

    Será que a Globo não vai defendê-lo publicamente como fez com maju? será que Aecio Neves não vai pedir recontagem dos votos dos meninos da bahia?

  19. Deisi Postado em 15/Jul/2015 às 08:06

    Recalque, mora ao lado, dos racistas e coxinhas! Deve pedir Vanderlei, ainda mais depois do ato falho do cheirador, que disse em entrevista, que se reelegeu presidente do Brasil. Só que não!

    • eu daqui Postado em 15/Jul/2015 às 10:22

      Se fosse eu uma recaLcada musical ou de qualquer uotro tipo, iria invejar uma voz tipo Margareth Menezes ou talvez David Gilmour. Ou uma musicalidade Keith Richards, um gogó Andrew Eldritch, uma composição Djavan. Jamais me poria em desfrute despeitanto de mera porcaria global. Tem gente que nem pra ser invejoso serve.

  20. Lucas Oliveira Silva Postado em 15/Jul/2015 às 08:35

    Pereira, Pereira, Pereira, só bosteja asneira

  21. eu daqui Postado em 15/Jul/2015 às 09:14

    Ninguém é obrigado a gostar do mesmo tipo de música. Mas é perfeitamente possível discordar, divergir e questionar o resultado do concurso sem xingamentos nem baixo calão.

  22. Eduardo Postado em 15/Jul/2015 às 12:12

    O MINISTÉRIO PÚBLICO DESCOBRIU DE ONDE PARTIRAM OS ADESIVOS CONTRA DILMA, A POLÍCIA DO RIO DE JANEIRO DESCOBRIU QUEM INICIOU A DIVULGAÇÃO DAS FOTOS DA CAROLINA, DESCOBRIRAM A ADVOGADA QUE OFENDEU O POVO NORDESTINO, ENTÃO BASTA AOS RESPONSÁVEIS POR MANTER AS LEIS QUE ACHAM QUEM ESTÁ DIVULGANDO ESTE ÓDIO NOJENTO PELAS REDES SOCIAIS.... ÓDIO DE TODOS OS TIPOS, PRECONCEITO, AGRESSÕES MORAIS, OFENSAS DE TODOS OS TIPOS, ACUSAÇÕES SEM PROVAS CONTRA TODO TIPO DE PESSOAS... ISSO TEM QUE PARAR SENÃO VAMOS PARAR. (É UM GRITO MESMO)

  23. Maurice Gama Postado em 15/Jul/2015 às 12:33

    Mesmo assim redação, para quem acompanhou toda a edição do reality, ficou escancarado que foi armação para eles ganharem, outros artistas negros e bem mais competentes foram eliminados e isso frustrou muitos espectadores, o fato de o vocalista ser loiro não reduz sua competencia e influência musical...

  24. Carlos Augusto Normann Postado em 15/Jul/2015 às 14:43

    Vamos combinar, o programa, como um todo, estava aquém de uma proposta musical digna da MPB velha de guerra. Pro meu modesto entendimento, as melhores bandas, com um forte viés nordestino (Dona Zaíra e o Trio Sinhá Flor, ambos excelentes!) ficaram de fora. Tá, não é o tipo de som que visita o CD do carro, a playlist do celular ou qualquer engenhoca de sair som que eu pilote. Democraticamente, respeito o pessoal que clicou nos meninos, admiro a luta deles, vox populi, vox Dei. Levaram, vão tabular uma bela carreira, espero. Agora, os comentários coxinhas vilipendiando os meninos, exultando os bem nascidos do Scalene, isso não me surpreende. A própria tendência sutil da produção já fazia a espada pender para o lado deles, os quais esbarraram na tal democracia... Mais uma vez, vemos que a zelite brazuca não está preparada para a democracia... Novamente, cenas de racismo explícito, e os velhos e nojentos comentários contra toda uma imensa e sofrida região do país... Parabéns, meninos! Pro pessoal das bandas que citei: a luta continua, vocês têm som, qualidade, talento!!

  25. Miranda Postado em 15/Jul/2015 às 16:21

    Eu nem assisto o programa, nem vi esse pessoal cantar, só n dou mto crédito para uma dupla chamada Lucas e Orelha. Não vejo como ir para frente algo assim, mas vendo a fama de muitos funkeiros que só cantam palavrões e coisas do tipo vai saber.

  26. Thiago Teixeira Postado em 15/Jul/2015 às 17:13

    Antes a educação era uma maravilha, ou seja, era privilégio de poucos.

    • Vinis Postado em 16/Jul/2015 às 22:00

      Ninguem era obrigado a sair da escola pra trabalhar né, maria césar?

  27. Eduardo Ribeiro Postado em 15/Jul/2015 às 18:20

    Nossa, cara....reclame do politicamente correto que atrapalha a fluência de ideiais racistas, mas por favor bosteja um pouco mais devagar...não falei nada do que você entendeu aí. Achei que tua interpretação de texto fosse melhor. Quem falou de melhora "econômica"? Quem creditou melhora econômica (que nem foi falada) ao politicamente correto?? Como seria possivel o politicamente correto melhorar a economia, pqp??? Você lê o que você escreve? Francamente...limite-se a lamentar pelos tempos que não voltam mais, de quando açoitar um pretinho por aí era considerado normal.

  28. Carlos Alberto Galvão Postado em 16/Jul/2015 às 21:53

    CALE A BOCA, POVO DO NORDESTE! Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país? Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz? Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo? Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos… pasmem… PAULISTAS!!! E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano. Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2. Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura… Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner… E Não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melodias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia… Ah! Nordestinos… Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros a força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo? As suas belezas naturais não são nada, quem iria gostar de conhecer Porto Seguro (BA), Praia do Gunga (AL), Praia do Espelho (BA), Jericoacoara (CE), Canoa Quebrada (CE), Porto de Galinhas (PE), Genipabu (RN), Praia da Pipa (RN), Lençóis Maranhenses (MA), Lajedo de Soledade (RN), Praia Fluvial do Jacaré (PB), o Passeio das Galés em Maragogi (AL), Ilha de Itaparica (BA), etc, etc. Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar. Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê! Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!! Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário… coisa da melhor qualidade! Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso… mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa Família, daí, é fácil criticar quem precisa! Minha mensagem então é essa: – Calem a boca, nordestinos! Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol. Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes. Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!” Sem mais

  29. velhos baianos Postado em 19/Jul/2015 às 11:59

    E ainda tem nordestino que não entende o que seria a volta do PSDB ao poder, pra nossa região... Vamos acordar, coxinhas do NE !