Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 17/Jul/2015 às 09:42
19
Comentários

Experimento revela como é ser gay na Rússia

Experimento social mostra dois homens passeando de mãos dadas pelas paisagens mais conhecidas de Moscou para testar a reação das pessoas e detectar o nível de tolerância aos gays. Confira o que acontece

gays rússia experimento moscou

O vídeo [assista abaixo] de dois homens andando como um casal gay em Moscou, capital russa, viralizou na internet nesta semana e já foi assistido mais de 7 milhões de vezes até a manhã desta sexta-feira. Os rapazes gravaram, com uma câmera escondida, a reação das pessoas no país que é conhecido por uma postura de intolerância aos homossexuais. A produção do material é de um grupo de pegadinhas popular na Rússia, o ChebuRussiaTV.

Nas imagens, o casal é insultado, recebe olhares de reprovação e chega até a ser agredido fisicamente.

Uma das idealizadoras do vídeo, Nikita Rozhdesev, revelou que os dois atores que estrelaram o experimento não são gays na vida real, mas ficaram com medo ao serem confrontados por estranhos.

VEJA TAMBÉM: As consequências da lei homofóbica na vida de homossexuais na Rússia

O vídeo foi gravado nos pontos mais conhecidos de Moscou, mas, de acordo com Nikita, as agressões teriam sido muito piores se o casal tivesse visitado bairros mais conservadores.

Na Rússia, o conteúdo dividiu opiniões. “Ótimo vídeo! Recomendo”, disse um internauta russo. “A Rússia é um país fascista”, afirmou outro.

Outro internauta, supostamente norte-americano, publicou em inglês o seguinte comentário: “Eu lamento pelos russos decentes que são obrigados a conviverem num país repleto de ‘homens das cavernas’. Não é preciso ser gay para aceitar os outros da maneira que eles são […]”

Abusos homofóbicos nas ruas não são um fenômeno apenas russo. Um vídeo semelhante foi feito em Nova York no ano passado e teve resultados parecidos.

Vídeo:

com informações de BBC

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Sérgio Postado em 17/Jul/2015 às 10:05

    Esperando os seguintes argumentos: "eu não tenho preconceito desde que...não façam nada na minha frente" ou "desde que não apareçam na tv" ou "desde que não esteja no meu campo visual". As pessoas segregam e nem se dão conta.

  2. Victor Postado em 17/Jul/2015 às 10:14

    Estes russos que fizeram comentários preconceituosos e quase agrediram os dois camaradas são animais. ANIMAIS.

    • poliana Postado em 17/Jul/2015 às 14:14

      cara, respeite os animais. o grau de integridade, lealdade e honestidade deles, passa longe do perfil desse tipo de gente. mais respeito aos maravilhosos animais, assim vc os insulta!

  3. Eduardo Ribeiro Postado em 17/Jul/2015 às 11:21

    """""""ainnn...eu faria o mesmo....quer ser gay? pode ser...não tenho nada contra...até tenho amigos gays.....mas seja dentro de sua casa....não precisa ficar se expondo assim...e outra: eu tenho o direito de não gostar...eu respeito...mas exijo que respeitem meu direito de achar isso errado e anti-natural..."""""""

    • Marcos Postado em 17/Jul/2015 às 17:31

      que? é sério isso ?

      • neuza miranda Postado em 18/Jul/2015 às 10:31

        E é junto de pessoas igual esse Eduardo Ribeiro que convivemos. Sério, da medo! Medo mesmo.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Jul/2015 às 10:20

        Deixa eu apresentar vocês, já que claramente não se conhecem: Marcos e Neuza >>>>>> aspas denotando ironia. Aspas denotando ironia >>>>>> Marcos e Neuza.

      • B. Ferreira Postado em 20/Jul/2015 às 13:12

        Só um lunático como você pra não entender a ironia do cara cima. Pelamor!

  4. eu daqui Postado em 17/Jul/2015 às 11:51

    Um país que fez uma revolução popular fica insultado com a orientação dos outros: barbara antitese.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 17/Jul/2015 às 15:38

      Rapaziada acha que a esquerda tem que concordar, assinar embaixo e argumentar em favor de tudo o que acontece na Rússia. É analfabetismo demais...por lógica, por coerência, se os USA amanhã voltassem a queimar negros e proibir negros de pegarem o mesmo ônibus que brancos e beber água no mesmo bebedouro que brancos, eles também concordariam e já se armariam de gasolina e fósforo, pois papai USA assim agiu. E fora que, analfabetos que são, não sabem que hoje a Rússia deve ser mais capitalista que o Brasil (tambem não sabem, analfabetos, que o Brasil é capitalista). E mesmo enquanto a URSS existia, grandes setores da esquerda viviam descendo o cacete nela em diversos aspectos. Sejam menos ingênuos..

    • Renan Postado em 18/Jul/2015 às 13:23

      E outra, A Rússia e os comunistas sempre apoiaram o gayzismo, mas na casa dos outros. Os líderes dos comitês comunistas eram os pais mais autoritários, rígidos e patriarcais que existiam, no entanto, na mesma época a KGB vivia fomentando isso no ocidente (aliás, ainda vive). O pior, tem pessoas conservadoras, ditos de direita que estão numa onda russa anti-americanista e anti-sionista porque segundo eles putin é o salvador do conservadorismo mundial. haha - Segundo, o experimento americano foi citado apenas pra mostrar que no "imperialismo americano" regido pela "moral ocidental cristã" é igual ou pior, pena não existir né? Já que são tão homofóbicos a ponto de liberarem o "casamento gay" verdadeira utopia gayzista na Rússia, ontem, hoje e sempre. - E eu daqui, não existe nada de antitese nisso, revolucionários foram assim desde o tempo da revolução francesa. A liberdade religiosa por exemplo ia até o ponto que fosse cristã, aí era guilhotinado. Quase toda revolução resulta num totalitarismo, desde uma revolução armada que precisa da censura para se manter no poder, desde um revolução cultural, como a islamica que cresce através do multiculturalismo mas jamais permite isso em países islamicos e regiões de países não-islâmicos com alta-concentração de islâmicos. Uma grande exceção foi a americana, que é tão "totalitária" que está liberando drogas, "casamento" gay, plena liberdade de culto, coisas jamais imagináveis em regimes nazistas, comunistas ou fascistas.

      • Jose Postado em 28/Mar/2016 às 16:40

        Comunistas nunca apoiaram gays

  5. Salomon Postado em 17/Jul/2015 às 12:04

    Esses caras que tiveram a coragem de ofende o casal de mãos dadas deveriam ter a coragem de assumir sua homossexualidade. Quem se sente importunado pela escolha sexual dos outros é um enrustido, sem dúvida.

  6. neuza miranda Postado em 17/Jul/2015 às 12:21

    pelo amor de zeus cara....

  7. rafael Postado em 17/Jul/2015 às 12:56

    É...o Brasil não é um país preconceituoso afinal de contas.

  8. julia Postado em 17/Jul/2015 às 13:46

    Meu plano de visitar a Rússia acabou de mudar. Chocada! Acho que vou escolher a Austrália para minhas próximas férias.

  9. Luís Postado em 17/Jul/2015 às 21:39

    Eles foram um regime socialista por mais de 70 anos, é lógico que tolerância com o diferente não é um forte deles.

  10. Rosendo Postado em 18/Jul/2015 às 20:57

    Quero que se phoda,se cada um deve cuidar da sua própria vida,o mundo ira se tornar um lugar melhor

  11. luis Postado em 19/Jul/2015 às 21:57

    Por essas e outras, se eu tiver um filho gay ele vai aprender krav maga pra ninguém ficar enchendo o saco dele.