Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mídia desonesta 23/Jun/2015 às 17:31
21
Comentários

Um Iphone na Venezuela custa mesmo R$ 145 mil?

Revista Exame, da editora Abril, a mesma da Veja, estampou a seguinte manchete: “Por que o Iphone custa R$ 145 mil na Venezuela”. O texto deixa subentendido que o aparelho custa esse preço e não diz que o valor é uma mentira. O que levou a revista a espalhar esse factóide?

iphone venezuela revista exame

Leonardo Mendes, DCM

A revista Exame, da editora Abril, a mesma da Veja, estampou a seguinte manchete: “Por que o Iphone custa R$ 145 mil na Venezuela”.

O texto cita como causas principalmente a inflação, a alta do dólar em relação ao bolívar e a queda no preço do petróleo, o principal produto de exportação do país. Só não diz que, na verdade, esse valor é uma mentira.

Prefere deixar subentendido, na esperança de que seu leitor mais desatento não perceba esse pequeno detalhe: o preço foi encontrado no site do Mercado Livre.

Mas ora, no Mercado Livre cada um coloca o preço que quiser, no produto que quiser. Eu posso tentar vender alfafa a preço de ouro, ou vice-versa.

Então não é que o Iphone na Venezuela custe 145 mil reais, e sim que alguém colocou o aparelho a venda no mercado livre por esse preço.

Bem provável que por protesto ou brincadeira, muito mais do que na esperança de encontrar um comprador.

Se o repórter e o editor não sabem disso são analfabetos digitais, porém é mais provável que saibam, e então fica a questão: por que aquele texto?

O Iphone 6 é vendido na Venezuela por preços semelhantes aos do Brasil, mas os estoques não são reabastecidos tão depressa e em muitas lojas estão esgotados, o que, de fato, leva a um aumento do preço em sites como o Mercado Livre. Ainda assim, não há notícias de que alguém tenha pagado R$ 145 mil reais.

Trata-se de um factóide, que se aproveita da revolta coxinha contra a Venezuela, em função das recentes confusões que arrumaram por lá os senadores brasileiros aloprados, liderados por Aécio Neves, o Kim Katuguiri dos Andes, na definição do escritor Fernando Morais.

A mensagem é clara. Serve para alimentar no público de revoltados on line e kataguiris uma sensação de superioridade contra os venezuelanos, de revanche, ao mesmo tempo que os aterroriza e os engaja contra o inimigo bolivariano.

Faz isso ao atingir o temor mais profundo de um coxinha: não ter dinheiro para comprar o novo Iphone.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. 11964587784 Postado em 23/Jun/2015 às 17:42

    Acho que na verdade não e uma revolta coxinha (não defendendo eles nem nada assim), acredito que seja mais um clássico episódio de uma noticia falsa passar por todo mundo e ninguém reparar (verificar a fonte real), ate por que vi sites de noticias sobre tecnologia reproduzirem a mesma noticia, e elas não ligam pra lado político.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 23/Jun/2015 às 17:43

    Mais uma vergonha da (Primeiro de) Abril? Muito bom.

  3. juliano Postado em 23/Jun/2015 às 17:48

    aguardando ansioso pelo dia em que a exame e a veja vão se fundir e começar a responder por Vexame

    • gabriel Postado em 25/Jun/2015 às 12:14

      hahahahahhahahahaahha

  4. Pedro Accioli Postado em 23/Jun/2015 às 17:56

    Mais uma grande mentira da abominável revista Veja! Ridiculo isso e os coxinhas caem fácil fácil na conversa desta revista nojenta!

  5. João Saldanha Postado em 23/Jun/2015 às 18:13

    Alguém possui o link do Mercado Livre desse iPhone ?

    • Eduardo Postado em 24/Jun/2015 às 03:37

      NAO EXISTE, O PT MANDOU CRIAR ESSA MENTIRA.

  6. Robert Bagramian Postado em 23/Jun/2015 às 18:18

    Naro Solbo, você é quem se prende a patavinas indefensaveis da Globo, Veja e caterva...deixe os Venezuelanos viver do jeito que escolheram...

    • enganado Postado em 23/Jun/2015 às 18:31

      Caro Robert, o judeu Naro não se conforma que os juduSS não consigam colocar as mãos no petróleo da Venezuela. Lógico! Pois roubam em todas as partes do Planeta, e a Venezuela rica em petróleo NÃO PODE escapar da sanha destes sacripantas do Planeta, para roubar-lhes como fazem aqui em nossa Pátria, BRASIL. O nióbio é que o diga! No entanto os malandros da paulicéia ainda defendem essa gente, pois o Patriota çERRA+FHC querem entregar para a Halliburton, de graça o Pre-Sal. Essa historinha de democracia na Venezuela, com a nata da vagabundagem do PSDB/DEM é pano de fundo para os EUA/iSSraHell ROUBAREM/PILHAREM/MANIPULAREM o petróleo Venezuelano. Essa merda destes cara são SEMPRE as mesma, pois não conseguem virar nem o disco. Cuspo na cara deles todos! Pois que venham!

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 23/Jun/2015 às 18:24

    Imagino a coxinhada lendo essa asneira, essa estupidez em formato de revista, e surtando, entrando em desespero profundo. "Ainnn...que absurdo....será esse o futuro do Brasil se continuar apoiando esses comunistas petralhas...daqui a pouco seremos nós a viver nesse inferno bolivariano, em que não poderemos nem comprar mais um iPhone...o que será de nós sem iPhone? Isso não pode continuar....vamos convocar um panelaço pra hoje!!!".

    • Alessandro Postado em 23/Jun/2015 às 21:32

      Pior é que tem uns comentários bem nessa linha. Coisa de quem não sabe minimamente interpretar um texto. Ou é mesmo mau-caráter de defender os katiguris, "revoltados" e outros idiotas assim...

  8. mauricio augusto martins Postado em 23/Jun/2015 às 19:06

    A questão de Valor e Preço é um atributo da oferta e procura, aqui temos "Senadores" que faturam uma nota preta com a Lista de Furnas, mas seu valor não passa de R$ 1,99...maumau

  9. enganado Postado em 23/Jun/2015 às 20:21

    Não deve ser mais GRANA que DOA a rede gRoubo+GAFE+passagens de avião da FAB para passearem na Venezuela. Aliás, acho que o negócio não era ir na Venezuela, e sim, na Colômbia tendo em vista que o helicóptero dos Aópio/Perrela está nas mãos da PF_DB e trazer muitos quilos de Pó para consumo doméstico. Mas o caso é que o avião da FAB atrapalhou o negócio. Bem que poderiam pedir o João Dória o jato emprestado para o empreendimento, gente burra esse pessoal do PSDB/DEM.

    • enganado Postado em 24/Jun/2015 às 14:53

      Oh NaroX, então vamos a GAZA e GUANTÂNAMO espalhar Democracia do PSDB, tendo em vista que é tudo autorizado. Qdo estiver pronto avise!

  10. Rodrigo Postado em 23/Jun/2015 às 21:11

    O mais caro do mundo é ~~Brazileiro~~, segundo o Mercado Livre http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-670715676-iphone-6-plus-128gb-brazil-_JM \o/

  11. Line Postado em 24/Jun/2015 às 09:12

    Essa revista já reparou essa mentira ou vai continuar com isso no maior cinismo? Que vergonha e eu achava que essa revista era confiável. Engraçado que até mesmo jornalistas de veículos famosos fazem questão de não checar a fonte quando a mentira é conveniente.

  12. Vander Postado em 24/Jun/2015 às 09:49

    http://articulo.mercadolibre.com.ve/MLV-440041498-apple-iphone-6-liberados-de-fabrica-procesador-a8-64-bits-_JM. O preço dele é esse mesmo, basta olhar que tiveram varias compras nesse valor. E a noticia não foi da Abril, foi da Bloomberg. Acordem.

  13. Fabiano Postado em 24/Jun/2015 às 10:53

    Na verdade todo mundo na Venezuela pode comprar um Iphone... por que lá é um exemplo de Democracia e de país empreendedor... alguém colocou esse valor no mercado livre por que não quer vender o Iphone, colocou só de sacanagem. Na boa, acho que todos deveríamos nos mudar para Venezuela... Vamo ai?

  14. Eduardo Postado em 24/Jun/2015 às 11:45

    Se tivesse UM link com o preço absurdo que foi citado, poderíamos duvidar realmente da notícia, pois como disseram, cada um põe o preço que quer, mas esta é a média do preço do iphone no ML Venezuelano. Se vc já comprou no mercado livre, sabe que apesar de existirem algumas discrepâncias, é bem fácil tirar uma média real do preço do produto, na maioria das vezes menor que o preço de mercado! Então, a não ser que todos os vendedores de iphone da Venezuela tenham feito algum complô para vender o produto por um preço ridicularmente alto, sim, este preço é real. Lei da oferta e da procura... Segue link para busca: http://celulares.mercadolibre.com.ve/iphone/iphone-6/

  15. Eduardo Postado em 24/Jun/2015 às 12:09

    "alguém colocou o aparelho a venda no mercado livre por esse preço." "Ainda assim, não há notícias de que alguém tenha pagado R$ 145 mil reais." "Bem provável que por protesto ou brincadeira, muito mais do que na esperança de encontrar um comprador." Por esses trechos dá pra perceber que o autor nem se deu o trabalho de buscar no próprio ML da Venezuela, pois teria visto que o preço alto se trata de uma média geral, que representa SIM, o valor de mercado, teria visto que tem vários vendidos também e teria percebido que o analfabeto digital na verdade era ele. Poderia ter argumentado de outras formas, como variações de câmbio, problemas com a baixa no preço do petróleo, aumento do dólar, lei da oferta e da procura, ao invés desse argumento tosco... Como diria o Sensacionalista: um site isento de verdade...

  16. beto Postado em 24/Jun/2015 às 15:41

    Hahahah naro me parecendo estar mais por dentro do assunto que a maioria dos leitores aqui! Inédito! Se nao entendermos a questao das cotas da moeda venezuelana BS(bolívares ou algo assim) n adianta sairmos falando o que vem em nossa mente! O preço em "conversão" literal pode chegar a esse mesmo, mas no final ninguém compra por este valor! Na verdade flagships lá são realmente dificeis de achar. Eu posso estar errado mas conversei com uma Venezuelana que tentou me explicar, no final de contas todos na explicação dado por ela estão errados, o PP se inclui pois, deveria ter abordado a questão de modo mais técnico para alem de esclarecer a questão educaria a seus leitores sobre a questão monetária financeira venezuelana( há interesse nisso? uma simples duvida, eu gostaria de aprender) e não produto!Apenas "demonizado" a atitude dos outros jornais. Resumo o preço n esta errado por estar no ML, o preço esta errado pela cotacao que não se aplicaria na compra deste produto, o que diverge de muito da desinformação dada pelo sítio. Alem disso exame foi uma de varias fontes que propagou essa notícia sensacionalista mas muito pertinente uma vez que questiona o "valor real" e o valor que o proprio governo da para sua moeda