Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 30/Jun/2015 às 15:01
21
Comentários

Pastor e padre lavam pés de travesti ‘crucificada’ na parada LGBT

Em alusão à cerimônia sagrada de lavar os pés, em que Jesus purificou os apóstolos antes da Santa Ceia, líderes religiosos repetem o ato com a Viviany Belebone, a travesti 'crucificada' na Parada do Orgulho LGBT de 2015

travesti padre pastor lava pé
Padre e pastor lavam os pés de travesti que se crucificou (Imagem: Pedro Chavedar)

A travesti Viviany Belebone, que ficou famosa depois de aparecer crucificada na última Parada do Orgulho LGBT de São Paulo no mês passado, teve os pés lavados pelo padre católico Júlio Lancelotti e o pastor evangélico da Igreja Batista José Barbosa Júnior, no último sábado. O ato é uma alusão ao costume bíblico de se lavar os pés como forma de purificação e humildade, quando Jesus lavou os pés dos apóstolos antes da Santa Ceia.

Os religiosos pediram perdão às ameaças e ofensas sofridas por Viviany que se emocionou e disse: “Me sentindo abençoada”. Viviany participou da Parada crucificada em uma cruz em referência à homotransfobia e virou peça central em um debate onde pastores fundamentalistas a acusaram de desrespeito e sacrilégio. O ato simbólico demonstrou que nem todos os religiosos concordam que foi uma ofensa, e ainda, que há humildade e respeito com o próximo em alguns templos.

O ato de desagravo aconteceu no Largo do Arouche, no Centro de São Paulo e o pastor explicou a atitude em seu Facebook: “Fizemos isso como um ato de desagravo, pedido de perdão pelas muitas crucificações que as pessoas LGBT sofrem no Brasil e como atitude de serviço, porque entendemos que os cristãos devem servir aos oprimidos, excluídos e aos que sofrem toda sorte de preconceitos”.

revista LadoA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Postado em 30/Jun/2015 às 15:13

    Isso é um gesto de amor. O que Jesus, resumidamente, pregava. Respeito, fraternidade e paz. Coisas que precisam andar junto à palavra: religião. Gesto bonito e que me faz repensar sobre meu próprio preconceito em relação as instituições religiosas, principalmente, em relação aos evangélicos. Parabéns ao padre e ao pastor.

    • felipe Postado em 30/Jun/2015 às 15:35

      Eduardo, infelizmente algumas pessoas só conhecem um lado da história as pessoas não sabem como é gratificando ajudar o próximo, ser gentil ser honesto ajudar alguém sem esperar nada em troca independente de placa ou tipo de religião, aí por causa de um fulano ou outro as pessoas acabam tirando conclusões precipitadas de um modo geral, eu não vou para a igreja (antes eu ia) mas tenho um profundo respeito por tudo que é feito independente de ser católico, espirita, cristão, acho que o que vale é o que podemos proporcionar as pessoas.

    • Rogerio Postado em 30/Jun/2015 às 19:34

      Se fosse o Malafaia ele ia querer lavar a rola dela.

      • Andre Nelson Postado em 01/Jul/2015 às 23:10

        Ceis num presta hein...kkkkkk

  2. Wanderson Postado em 30/Jun/2015 às 15:15

    Até que enfim surgiu alguém com bom-senso no meio dessa palhaçada toda.Palhaçada sim,por que o fundamentalismo é um circo de horrores,seja ele científico,filosófico ou religioso.

  3. poliana Postado em 30/Jun/2015 às 15:49

    pastor da igreja batista. quero ver algum pastos das assembleias da vida fazer isso. os evangélicos presbiterianos e os batistas são os únicos q tem bom senso nesse nicho, mas são uma minoria nesse país. n seja hipócrita. e n conheço nenhum "anti religião" aki no pp. típico de sua parte querer deturpar as coisas.

    • felipe Postado em 30/Jun/2015 às 16:07

      Naro, a Poliana tem uma visão antiquada do cara de terninho e da mulher de saia até o pé com a biblia debaixo do braço, esse conservadorismo esta cada menor nas igrejas pois elas estão se renovando, pena que a fonte de informação dela é totalmente deturpada e ela não tem a mínima noção de como funcionam as igrejas.

    • Ricardo Postado em 17/Jul/2015 às 14:25

      Não, felipe, é ilusão sua. O que está acontecendo é uma modernização da imagem (para "vender" mais, para tornar o "produto" mais palatável!), mas não do conceito. Cuidado. Por outro lado, é óbvio que há muitas diferenças entre as inúmeras vertentes protestantes, desde aquelas com caráter fundamentalista até aquelas mais progressistas (quase libertárias). Isso sempre houve, não é de hoje.

  4. dafner Postado em 30/Jun/2015 às 15:53

    Pena que esse gesto não vai ter nem 1% da repercussão midiática que teve o comentários preconceituosos e sem fundamentos dos conservas religiosos que têm um poderio de alcance muito maior, alienando e repassando ódio pelo ódio!! Parabéns ao Padre e ao Pastor em questão e que a verdadeira palavra de igualdade e respeito seja demonstrada cada vez mais...

  5. Paulo Rozendo Ferreira Postado em 30/Jun/2015 às 16:27

    Eu digo se a palavra de Deus diz que é pecado, acabou-se é pecado, não adianta você nós chamar de fundamentalistas, e samos, porque fundamentalistas vem de fundamento, eu não troco os fundamentos de Deus , por meros fundamentos dos homens, mal intencionados .

    • Jair Postado em 30/Jun/2015 às 17:14

      Mas o fundamento do Cristianismo não é amar o próximo como a sí mesmo?

    • Ricardo Postado em 17/Jul/2015 às 14:26

      Parei em "samos".

  6. Rodrigo Postado em 30/Jun/2015 às 17:15

    (Outro Rodrigo) Eis a diferença à qual remeto, entre a mera declaração (de pertencer a determinado credo; cor, v.g.), e a efetiva ação. À parte se o ato foi ofensivo ou não, o verdadeiro cristão desculpa (se se sentir ofendido) e abomina toda e qualquer violência contra a pessoa (é um ser humano, independentemente de sua orientação sexual, a qual merece ser exercida com toda a dignidade que lhe é inerente), acolhendo-a, mas jamais agredindo-a. Parabéns aos dois religiosos e que Viviany encontre mais pessoas acolhedoras em sua vida. E que, o final desse caso concreto, sirva de lição a todos nós, nos remetendo à união, à mútua aceitação, à visão, antes de tudo, do outro como um ser humano, igual a nós.

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 30/Jun/2015 às 17:53

    Se isso fosse regra, seria lindo. Espero viver pra ver um ato desse porte deixar de ser exceçao honrosa. Alias num mundo ideal ninguem precisaria pedir desculpas porque ela nao seria julgada e crucificada por um bando de moralistas retrogrados apenas pela sua sexualidade.

  8. Deisi Postado em 30/Jun/2015 às 18:13

    O gesto do Pastor e Padre, simbolizam o amor, estão praticando o maior mandamento deixado por Jesus, pena ser exceção. Dignos de aplausos!

  9. Jason Postado em 30/Jun/2015 às 22:09

    Olha, se as provocações do travesti ao ridicularizar o cristianismo na PARADA GAY-2015 em São Paulo foram bizarras, os gestos tanto do pastor quanto do padre foram ainda pior, aliás, eles ridicularizaram ainda mais a situação! Era melhor ter deixado quieto, essa situação é igual merda, quanto mais mexe mais fede, além domais "um erro não justifica o outro".

  10. Jason Postado em 30/Jun/2015 às 22:21

    A atitude do padre e do pastor não é amor, mas, blasfêmia contra a palavra de Deus. Deus é amor e também é justiça e tudo o que o homem semear isso também ceifará. As pessoas só querem enxergar a frase AMOR apenas naquilo que lhes convém e satisfazem o próprio ego, ou seja, muitos só querem servir a Deus à sua própria maneira, não querem pagar preço e muito menos abdicar do pecado... Infelizmente, ambos não foram sábios e ainda pecaram gravíssimo contra o Criador, a atitude do pastor e do padre chega a ser mais abominável do que a blasfêmia do travesti, afinal, de acordo a luz da palavra das sagradas escrituras, o traveco é considerado indulto, incrédulo e que algum dia o mesmo se arrepender e se converter dos seus pecados Deus na sua infinita misericórdia os salva e liberta de toda transgressão, agora quanto ao padre e o pastor o caso é muito mais complicado...

    • Carlos WF Postado em 01/Jul/2015 às 01:18

      Nossa, ta sabendo... Deus deveria te nomear conselheiro, você fala por Ele com tanta propriedade.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 01/Jul/2015 às 10:45

      eita...serião mesmo que ela vai pro inferno?

    • poliana Postado em 01/Jul/2015 às 15:42

      CALA A BOCA ESTRUME EVANGÉLICO!

    • Deisi Postado em 01/Jul/2015 às 20:13

      Cristão evangelizado, não julga, só a Deus pertence o julgamento! "Olha o cisco no olho do outro, mas não vê a trave em seu olho".