Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 28/May/2015 às 19:02
78
Comentários

Vídeo de professora humilhada por aluno de 14 anos revolta internautas

Aluno insulta e humilha professora em Minas Gerais. Estudantes revelam que a profissional "está abalada" e "foi vista chorando" na semana passada. Imagem estarrecedora reflete o cenário vivido por muitos educadores no Brasil

professora humilhada minas gerais

O vídeo [assistir abaixo] em que um aluno de 14 anos aparece humilhando uma professora na biblioteca da Escola Estadual Dom Jose de Haas, em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, provocou indignação nas redes sociais. O estudante xinga a professora, joga os livros dela no chão, dá tapas e, não satisfeito, ainda passa a mão nas partes íntimas da educadora.

O jovem estuda na 6º série e, segundo a vice-diretora da escola, Silvana Melo, esteve internado por decisão judicial em 2014 por ter agredido um jovem com um tijolo.

“Ele nunca respeitou ninguém, não tem limite. A professora ficou tão constrangida que nem denunciou no dia. Quando fiquei sabendo, a levei na delegacia para fazer boletim de ocorrência. O vídeo não mostra, mas ele chegou a dar um chute nela”, afirmou.

Aluno afastado

O caso aconteceu no dia 10 de abril deste ano, mas o vídeo só foi postado na internet nesta semana. O aluno foi afastado das aulas após a divulgação do vídeo.

De acordo com colegas de trabalho, a professora preferiu não se afastar das tarefas diárias na escola e continuou dando aulas após o episódio. Estudantes dizem que a profissional “está abalada” e “foi vista chorando” na semana passada.

Segundo a Superintendência Regional de Ensino, em 2014 o aluno esteve internado no Centro Psíquico de Adolescência e Infância (Cepai Fhemig) em Belo Horizonte, por apresentar um retardo mental leve, com comprometimento do comportamento e necessidade de vigilância e tratamento. O estudante foi liberado pelo médico psiquiatra em 16 dias, após atestar que ele estava reagindo de forma satisfatória aos medicamentos.

A Polícia Civil afirmou que a professora registrou queixa de lesão corporal na delegacia de Araçuaí e as investigações estão em andamento.

Vídeo:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Salomon Postado em 28/May/2015 às 19:31

    Um menor com retardo mental é inimputável. Isso quer dizer que não é alcançado pelas penas da lei. Por outro lado não existe professor no mundo treinado para esse tipo de situação. As risadas ao fundo são ecos da desmoralização absoluta da educação, aqui, nas Minas Gerais do Aécio (embora digam que no Paraná e em São Paulo a coisa esteja pior).

    • poliana Postado em 28/May/2015 às 19:36

      eu me pergunto se um indivíduo desse tem pai e mãe....como deve ter sido a criação desse menino desde a infância...realmente, assustador. se fosse uma exceção...

      • Salomon Postado em 28/May/2015 às 20:07

        Poliana, normalmente menores que operam nesse nível de frequência cerebral têm pai e mãe, mas foram educados pela televisão. A agressividade, a idiotia, os modos, a ironia, a maneira de falar são emprestados de filmes, novelas e seriados de televisão.

      • Luiz Souza Postado em 28/May/2015 às 20:22

        Sem mais a comentar.

      • Rodrigo Postado em 29/May/2015 às 01:30

        O Salomon tem completa razão, a televisão é idiotizante. Mas claramente a falta de informação e empenho dos pais também é fator ultra relevante. Pois, se tivesse pais de verdade, não deixariam seus filhos serem idiotizados sistematicamente pelo conteúdo depravador que é emitido em ondas.

      • Junio Postado em 29/May/2015 às 08:51

        Salomon sempre muito correto em seus posicionamentos. O retardo mental (F70 a F79 (CID 10)), caracteriza mais que um transtorno mental, pois trata-se de uma deficiência mental, desconsiderando seus subtipos que podem agravar ainda mais o quadro! Embora o jovem (olhando pelo lado patológico) esteja na sexta série, certamente seus conhecimentos de ciências humanas e exatas são compatíveis com os de alunos de pré-escola! O retardo não o deixa aprender! Jamais este deveria frequentar aulas no ensino regular, sua deficiência não permite que aprenda como os demais! Seu comportamento demonstra que também não recebeu de sua família uma educação parametrizada em valores humanos e sociais. Enfim, é uma sequencia e junção de erros de entes públicos e familiares que foram descarregados na educadora que estava ali fazendo o seu papel na construção de uma sociedade mais digna, e recebeu como prêmio uma bela carga psicológica, onde se quer, terá apoio do estado caso precise de ajuda profissional na sua reconstrução emocional.

    • Felipe Postado em 28/May/2015 às 20:41

      Queria saber o que o Aécio tem a ver com isso senso que não era o ultimo governador e agora quemcesta no poder é o PT...rs

      • poliana Postado em 28/May/2015 às 20:48

        essa questão vai muito além de rixa partidária, por favor...

      • Maria de Lourdes Cardoso Postado em 29/May/2015 às 20:46

        Felipe, fiz ginásio e o curso Normal em escola de freiras dominicanas. Elas nos diziam que a educação começa 20 anos antes do nascimento da criança. Nós ficávamos pensando de como seria educar uma criança antes de nascer. Para analisar o comportamento de uma criança temos que voltar no tempo, no tempo dos pais ainda crianças e entender que tipo de educação estavam recebendo de pais (os avós). Quando dizemos que educação vem de berço, estamos nos referindo a um passado, não de quando a criança era embalada, mas de um passado distante. Aqui podemos discutir modelos de educação: amparo familiar, como vivem estes pais e se tem pais. Examinando os nossos políticos, como modelo de educação, nos dá uma dimensão de que apesar deles ter tido um lar, não tiveram educação de berço. São teatrais, mostram ao povo um ideologia de como será o destino dos votantes nas mãos deles, depois enrolam o pergaminho e ficam no Whatshpp na hora de discutir reformas políticas.

    • Felipe Postado em 28/May/2015 às 20:43

      E pra melhorar o governo federal corta 9 bilhões da educação queria entender isso.... O estranho que não vi nenhuma matéria a respeito no PP e nem um comentário daqueles que defendem tanto esse governo

      • dudu Postado em 29/May/2015 às 00:27

        A sonegacao dos mais ricos já alcancou 200 bilhoes esse ano. Se eles não roubassem o dinheiro publico não seria necessario o ajuste fiscal de 70 bilhoes e ainda sobraria muito dinheiro para saude e educacao. Pense nisso!

      • felipe Postado em 29/May/2015 às 10:00

        Aiaiai nada a ver do mesmo modo que se não roubassem a petrobras ou se os políticos não fossem corruptos uma coisa não tem nada a ver com a outra o ajuste fiscal foi por incompetência adm do governo.

    • Mateus Postado em 29/May/2015 às 00:20

      Salomon ele não tem retardo mental ele tem Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade. Na minha opinião esse diagnóstico está sendo usado para amenizar a situação do rapaz o que é uma pena pois sabemos que o desrespeito entre alunos é muito mais do que isso. Alias tenho a teoria que o menino estava inseguro do que fazia, não sabia se a professora iria reagir, mas o fato de estar sendo filmado pelos colegas o encorajou.

    • Luiz Souza Postado em 29/May/2015 às 16:12

      Parabéns ao Junio. Quando fiz estágio numa escola do PSDB, a professora queixou-se exatamente disso: o proselitismo tucano fez com que pessoas com diferentes necessidades fossem DEPOSITADAS na mesma sala de aula, sob cuidados dum professor incapaz. Nunca esquecerei a tristeza dela. E ainda chamam Mário Covas de "professor"...

    • Maria de Lourdes Cardoso Postado em 29/May/2015 às 20:29

      Fui professora e destaco uma frase de Salomon que diz exatamente o que sentimos, a impotência: "Por outro lado não exite professor no mundo treinado para esse tipo de situação." Lidei com várias faixas de idade, e nada parecido com o comportamento deste moleque. Pedi demissão depois de 11 anos em sala de aula e não lembro as palavras de uma aluna de 14 anos me intimidando. A situação em sala de aula era desconfortável, descia as escadas no intervalo rapidamente porque um aluno da antiga FEBEM se equilibrava no parapeito e a queda seria fatal, melhor não assistir. Melhor não advertir do perigo nestas horas, porque corre o risco de querer ainda aparecer. Não aguentei e ficaram sem professor de Português, para alguns eu não fiz falta, mas a Diretora correu na SEC para intervir e pedir que ficasse. Era tarde demais...

  2. Luiz Souza Postado em 28/May/2015 às 20:25

    O resultado da imbecilização tucana é vosso post. Quer que faça o que com o garoto? Chame a PM para executá-lo?

    • eu daqui Postado em 29/May/2015 às 11:38

      Não: chame os pais para surrá-lo e em caso de recusa surre-os vc mesmo. Ou vire homem e vá fazer revolução pra não precisar de vitimização.

      • Luiz Souza Postado em 29/May/2015 às 16:42

        Isso aqui é o Afeganistão, ô noiva do Chucky?

  3. Salomon Postado em 28/May/2015 às 20:26

    maria, 13 anos de educação petista? Então, você não sabe que a educação pública é responsabilidade da União, Estados e Municípios? Ah, deixa pra lá.....

    • poliana Postado em 28/May/2015 às 20:50

      n vale a pena salomon. tudo é culpa do pt!!!

  4. Rege Tigre Postado em 28/May/2015 às 20:26

    Nessa hora me vem na cabeça alguém chamar esse rapaz e deixar claro o que é a vida? qual a realidade desse pais? qual é a realidade do negro no brasil? Enfim esclarecer que ao invés de ele estar desmoralizando a professora e se achando o mais engraçado da turma e do colégio ele deveria era estar estudando. As vezes penso que nosso professores não são preparados para persuadir os alunos a estudarem!!

    • Luiz Souza Postado em 28/May/2015 às 22:45

      A realidade do jovem negro é agir conforme o opressor quer que ele aja para ser socialmente aceito. Perceba que o jovem é o executor duma ideia coletiva, e pagará pelo ato coletivo como se fosse o único autor.

      • felipe Postado em 29/May/2015 às 10:17

        Tadinho dele né

      • Luiz Souza Postado em 29/May/2015 às 16:03

        Eu apenas gostaria que a plateia covarde que estimula o menor também pagasse e não apenas o retardado infrator. Todos expulsos. É tão difícil de entender? Fiz coisas similares quando criança, mas logo percebi que fazia para agradar os outros e não por vontade própria.

  5. poliana Postado em 28/May/2015 às 20:50

    vc sabe q a educação é de gestão compartilhada entre os entes?! e mais uma vez: essa questão vai muito além de uma mera rixa partidária. pelo amor de deus maria cesar souza.

  6. Alan Postado em 28/May/2015 às 20:58

    Prezada Maria, o ensino fundamental é de responsabilidade dos municípios, o médio dos estados e o superior da união. Este fato se deu numa universidade? Se não, o PT não tem nada a ver.

  7. leonardo Postado em 28/May/2015 às 21:54

    Só mais uma vítima da sociedade!

    • Pedro Accioli Postado em 29/May/2015 às 09:47

      Quem? A professora ou o aluno em questão?

  8. Eduardo Postado em 28/May/2015 às 22:17

    enquanto o ECA e alguns passarem a mão na cabeço dos "di menor", a coisa só tende a piorar... tem que haver punição e exemplar.... se não pode punir o "di menor" que se puna os responsáveis diretos por ele.... pais e mães... pois educação e respeito tem que vir do berço.... se for doido varrido que o interne e o mantenha longe das pessoas, antes que tire a vida de alguém e fique servindo de exemplo ruim para outras crianças....essa de vitima da sociedade é pura balela, isto é falta de responsabilidade de quem coloca um filho no mundo.

  9. Eduardo Postado em 28/May/2015 às 22:21

    dona maria, quem relaxou a educação foram os tucanos com a tal progressão automática do sr Paulo Renato se não me engano o nome é este mesmo... e o tal ECA estatuto que rima com meleca.... não tem nada de petista nesta história....

  10. Eduardo Postado em 28/May/2015 às 22:24

    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA.... 7 ANOS DE INTERNAMENTO DÁ PARA ELE APRENDER A RESPEITAR.

  11. Rodrigo Postado em 28/May/2015 às 22:26

    (Outro Rodrigo) Ia fazer um comentário também irônico, mas acima já foi feito. E aí, essa situação vai bugar a cabeça de muita gente... De um lado, uma mulher, cumpridora de seus deveres, severamente agredida, ofendida, abalada. E, de outro, termos um ser humano que pode ser definido como uma pobre vítima da sociedade, oprimido pela professora que é uma representante da entidade opressora que é a escola? É isso mesmo? Vamos seguir relativizando, minimizando, justificando atos que merecem a devida e justa reprimenda, incutindo na mente de crianças e jovens que eles têm "salvo-conduto" até os 18 anos? P.S.: não sou a favor de alteração na maioridade penal, nem mesmo de pena de morte, mas a favor, sim, de que paremos com tanta letargia, hipocrisia, e repensemos se realmente estamos encaminhando os jovens para a devida assistência e tratamento ou se estamos apenasa fingir que "está tudo bem".

    • João Paulo Postado em 29/May/2015 às 20:48

      Melhor comentário, especialmente a parte final: "... paremos com tanta letargia, hipocrisia, e repensemos se realmente estamos encaminhando os jovens para a devida assistência e tratamento ou se estamos apenasa fingir que "está tudo bem"".

  12. Isaque Nilton Postado em 28/May/2015 às 23:02

    Tem que meter porrada. Sou professor e essa é a única forma de lidar com alguns desses picaretas. Não existe pedagogia para animais. PS: não sou coxa

    • Pedro Accioli Postado em 29/May/2015 às 10:01

      Sou contra qualquer tipo de violência, mas na boa, por incrível que pareça, eu sou a favor de liberar algum tipo de coação física contra alunos indisciplinados, só não sei como poderia se aplicar. Se fosse nos EUA, o moleque citado no vídeo não iria demorar muito tempo para ser levado à um acampamento disciplinador do exército para menores indisciplinados, afinal, hoje em dia, a família tem a obrigação de educar os seus filhos, porém, elas acabam falhando muitas vezes, gerando esses moleques folgados, porém, tem moleque que só vai aprender na base da porrada! Não adianta!

      • Pedro Accioli Postado em 29/May/2015 às 10:05

        E digo isso porque também dei aula, não aguentei e hoje estou atuando em outra profissão, está muito ruim ser professor e mesmo quem gosta de dar aula, está caindo fora da área! Você pode ser o melhor professor do mundo que esses moleques não respeitam, não adianta! Obs: também não sou coxa!

  13. Denisbaldo Postado em 28/May/2015 às 23:09

    Tem gente que não é favor de nada e é a favor de tudo ao mesmo tempo. Vive em uma redoma de utopia e fala como se nós tivéssemos o poder de mudar as coisas de verdade de uma hora para outra. Esse babaca é uma vítima da sociedade? Alguém por acaso falou isso aqui? E quem disse que vítimas da sociedade não existem no Brasil e no mundo? Esse moleque é um afetado desrespeitoso que deveria ser punido exemplarmente pela própria escola, eventualmente expulso e se necessário até punido pelo ECA. Mas o pior de tudo é que o próprio Geraldo Alckmin, líder paulista dos coxinhas, faz demagogia em Brasília defendendo a extensão do período de 3 anos do ECA, mas ele mesmo em SP só aplica 1 ano no máximo. Sabem por quê? Por que somos um país falido pela corrupção e detentos custam dinheiro, assim como escolas e hospitais também. E dinheiro é melhor na campanha deles do que nas nossas necessidades.

    • Rodrigo Postado em 29/May/2015 às 10:38

      (Outro Rodrigo) Denisbaldo, para a mudança acontecer, em algum momento ela tem de começar. Acreditar que tudo mudará num átimo é, realmente, utopia, assim como acreditar que tudo está bem também o é. Um e outro apenas representam o pensamento binário e maniqueísta - no NE, infelizmente, são quase inexistentes casas de acolhimento, sendo ainda um ponto a ser considerado o descompromisso dos pais para com os filhos, muitos sempre relativizando, justificando, "passando a mão na cabeça", tal qual fazemos com os políticos. P.S.: quanto à questão do encarceramento por você citada, é assustador saber que há mais de 500 mil mandados de prisão sem cumprimento no Brasil, ao mesmo tempo em que temos cadeias lotadas e ineficientes quanto à sua função punitiva e de reinserção.

    • Denisbaldo Postado em 29/May/2015 às 11:49

      A mudança já começou faz tempo, só que ela é lenta, gradual e contínua. Acreditar que leis mudarão um país de uma hora para outra no qual todos, ou praticamente todos, só estão pensando em si próprios constantemente é pura inocência. Compare o Brasil de hoje com o Brasil de 20 anos e atrás e diga que não melhorou. Pode não estar como nas propagandas de margarina, mas melhorou. Agora taxar a esquerda de "passar a mão na cabeça" ou ironizar dizendo que todo bandido é uma "vítima da sociedade" para nós é papo de reaça ignorante. Em cima do muro pode se ter uma visão melhor e mais segura das coisas, mas não se faz nada lá de cima. Como eu já disse, o Alckmin defende zilhões de medidas para combater o crime mas na hora de executá-las age pior do que a esquerda que ele critica. Falar até papagaio fala. Chega de hipocrisia e papo barato, vamos ser realistas a fazer omeletes com os ovos que temos, não dá pra fazer churrasco pra 100 pessoas com meia dúzia de ovos. Cansa essa conversinha de ter a solução hipotética para tudo sem pisar na realidade em nenhum momento. Goste ou não, é nessa velocidade que podemos crescer, não gostou faça melhor. As eleições servem para isso, mude com o seu voto.

      • Rodrigo Postado em 29/May/2015 às 16:29

        (Outro Rodrigo) Eu poderia dizer que "em cima do muro" é papo de "revoluça ignorante" e aí? Qual o argumento que poderíamos extrair disso? Nenhum, o que torna a ofensa nula, desnecessária. Em vez, pois, de ser "de cima do muro", a minha visão tem por norte não se igualar à de quem quer redução da maioridade, nem mesmo à de quem quer deixar tudo como está, por isso eu tendo lamentado a quase inexistência de casas de acolhimento no NE. Aliás, vou concordar contigo quanto à pouca atenção dada a crianças e adolescentes até a eleição de Lula, óbvio. Mas e a partir de então? Houve construção de novas casas? Os resultados do ENEM vem melhorando ou piorando? Só no último, tivemos não apenas 500 mil zeros na redação (sendo triste ver que tantos jovens não obtiveram o ensino necessário para reproduzir coerentemente suas ideias no papel), mas também 78,34% dos jovens que sequer conseguiram alcançar 600 (ou um 6,0). Precisa melhorar, não? Ter efetivo investimento no ensino e houve? Estou falando concretamente de dados e então? FHC não foi grande coisa e, por isso, vou aceitar que um novo Governo também o seja? Claro que não, pois isso seria conversinha e papinho barato de que não podemos tirar, da hipótese, uma solução concreta. Então, quem disse que faria melhor e, por isso, teve meu voto, que o faça. O que não dá é o eleito dizer-se um "café com leite" e, a cada crítica, dizer: "ah, então chama o derrotado", "ah, vem você fazer melhor". Quem não tem competência, pois, que não se estabeleça. E quem a tenha, que aceite a crítica, aceite a realidade dos dados e passe a investir em educação e demais serviços básicos, conforme a crítica muito bem pontuada feita por Frei Beto (você a leu?).

    • Maria De Lourdes Cardoso Postado em 29/May/2015 às 21:03

      Denisbaldo, o nosso país vive de remendos. Eu tive uma Diretora, que para não continuar conivente com a dministração que ela fazia na escola, eu caí fora e para uma outra escola. Ela administrava pelo telefone de casa e a vice corria. Exitiste leis de proteção a "criança e o adolescente", não se pode expulsar. O melhor lugar para "estes" que não deixam o professor em paz e permanecendo na escola, porque dentro da sala de aula ainda é o lugar mais seguro e protegido do que lá fora.

  14. enganado Postado em 28/May/2015 às 23:29

    Futuro eleitor do PSDB/DEM! Por este bom comportamento o governador do Paraná, Beto Bicha, deve premiar o Valentão com todas as despezas pagas em Miami, durante um mês, no apto do JB. Receberá também, um caderninho com autógrafo do FHC/Aópio/ACM Neto/Caiado/Álvaro dias/ ... e com dedicatória do juiz-tucano de briga de galo, Moro "O Democrata Justiceiro". Encaixou bem, né!

    • Luiz Souza Postado em 29/May/2015 às 16:17

      Quando o menor mandar a Dilma tomar nas cavidades num estádio lotado ganha nota dez.

      • enganado Postado em 30/May/2015 às 19:22

        Caro Luiz. Nota 10! É daí pra baixo!

  15. Enzo Postado em 29/May/2015 às 00:04

    Escola ESTADUAL Dom José de Haas (13 anos de educação tucana em MG)

  16. Lucas Postado em 29/May/2015 às 00:04

    Ow fia. A escola é estadual e eu poderis aqui te falar que em Minas quem.governou os últimos 12 anos foi o PSDB...mas eu prefiro te dizer que nesse caso, não é uma questão de governos, mas sim de famíli!!!.

  17. agnaldo Postado em 29/May/2015 às 00:15

    Agora eu pergunto este Imbecil não sabia o que estava fazendo? onde esta a Justiça?

  18. antonio Postado em 29/May/2015 às 00:17

    isso infelizmente tem de ser banido da sociedade

  19. Fernado Postado em 29/May/2015 às 00:19

    Não sou a favor da violência é óbvio, mas merecia um soco bem dado nos dentes esse muleque.

  20. Fabio Postado em 29/May/2015 às 00:31

    A forma como ele fala e as brincadeiras me recordam as piadas e dramas que passam na televisao. Nao eh falta de pai nem mae, mas sim de uma boa surra. A professora foi realmente muito profissional.

  21. Renan Postado em 29/May/2015 às 00:34

    Eu não acredito que li isso. Com um pensamento como o seu é que o país não tem futuro e melhorar vai ser muito difícil. Abre o olho japonês!! A culpa não é de nenhum partido... O buraco é muito mais embaixo. Ps:o que vc tem feito pra mudar o país? É muito cômodo jogar a culpa nos outro....

  22. S Rod Postado em 29/May/2015 às 00:49

    O Brasil da Globo eh muito triste. A Globo fomenta o odio, a mentira, o desrespeito. A Globo eh o cancer do Brasil. Enquanto houver a Globo o Brasil vao continuar sendo um Pais longe de ser civilizadao.

    • Heloísa Coellho Postado em 29/May/2015 às 10:13

      ... Eu lembrei logo do Revoltados on Line, Kataguiris, CQC, Pânico na TV, Faustão, Ana Maria Braga, Jornal Nacional, Xuxa, Malhação, as novelas da Globo em geral, torcida do camarote do Itaú, assassinatos de reputação praticados por grandes jornais, assim como as linhas editoriais de Veja, Folha, e do restante da mídia que, na minha opinião, legitimam os discursos fascistas e de ódio, que os mentalmente mais débeis tendem a repetir como em tempos recentes. O garoto deve ser severamente punido, até para sinalizar aos demais, que riem - talvez sejam até piores -, desmoralizando a autoridade de um Professor. Já no Japão, os Professores são os únicos cidadãos autorizados pela Constituição a não curvarem a cabeça perante o Imperador. Quanta diferença. Sem dúvida, a diferença começa no salário. No Estado de São Paulo e no Paraná, por exemplo, os Professores são muito maltratados pelo Poder Executivo. Fiquei triste com esse vídeo. Tenho uma conhecida que está há mais de ano de licença, por síndrome do pânico e depressao: Professora de rede estadual. É preciso olhar o assédio moral ASCENDENTE com mais rigor e sem o tabu que o tema apresenta....

  23. Luzia Postado em 29/May/2015 às 08:52

    Acho que não ´é o caso de uns dias presos, seria o caso de jogá-lo junto com alguém que fizesse o mesmo com ele, mas sem dó. Mas teriam que ter mostrado quem estava na sala junto e além de não fazer nada estava rindo, faz parte do mesmo nível de educação que vem de casa. cEsse é um caso que não pode ficar só nisso, tem que ser castigado de alguma forma.

    • EDNA TEIXEIRA Postado em 30/May/2015 às 12:30

      Quem estava rindo também deve ser punido. Pois, é claro que apoia a atitude do outro.

  24. Simone Postado em 29/May/2015 às 08:54

    Maria se tivesse uma memoria boa lembraria que a educação começou definitivamente a afundar mesmo foi com o governo do PSDB 1997, em São Paulo foi maior prova na época com o descaso quando começou a progressão continuada, então antes de jogar a culpa em um único partido vai pesquisar antes.

  25. Marcos Silva Postado em 29/May/2015 às 08:57

    Os pais desse moleque deveriam ser presos, pois esse atentando contra a moral da professora é inaceitável!

  26. Antonio Palhares Postado em 29/May/2015 às 09:14

    Todo moleque de 14 anos sabe que não pode fazer isto.Ele faz porque sabe igualmente que não vai acontecer nada.O professor esta na sala de aula para ensinar e o aluno para aprender.Na hierarquia das coisas o professor deve ser obedecido e respeitado.Um dia destes tivemos aqui em São Paulo,uma menina de 12 anos estuprada pelos colegas.Gente vamos cair na real, estes moleques devem ser punidos exemplarmente, não pode ficar assim.

  27. Hilla Postado em 29/May/2015 às 09:36

    Que imundo

  28. Pedro Accioli Postado em 29/May/2015 às 09:38

    Meu Deus do céu! A escola em que aconteceu a agressão em Minas Gerais é ESTADUAL! O governo em que governou Minas até o ano passado NÃO ERA DO PT (preciso repetir ou você já entendeu?) e abandonou a educação pública por muito tempo! Isso é um problema que vai demorar muito tempo para resolver! A coxinhada realmente não tem argumento e só sabe acusar unica e exclusivamente o PT por todos os problemas que o país passa! Sem mais!

    • felipe Postado em 29/May/2015 às 10:03

      13 anos no poder é muito tempo para não ter mudado nada, inclusive agora cortou 9 bilhões da educação não é governo federal que cuida mas é ele quem distribui a grana com menos grana o que ja é muito ruim vai ficar ainda pior simples assim.

      • francisco Postado em 30/May/2015 às 02:28

        PSDB ESTA A 2O EM SP ÁGUA E EDUCAÇÃO É UMA BENÇA. POR CAUSA DA BOA ADMINISTRAÇÃO DO GOVERNO DE SP.

    • Pedro Accioli Postado em 29/May/2015 às 10:11

      Felipe, a violência aconteceu em MINAS em uma ESCOLA ESTADUAL, culpa não só de governo tucano, como de todos os outros governos do passado! Neste caso o governo federal do PT não tem culpa! Aff

    • felipe Postado em 29/May/2015 às 10:17

      Eu acabei de dizer que não é ele quem cuida mas é ele que da o recurso com a redução do recurso o que era ruim vai piorar mais, vc não entendeu? E hoje quem esta no governo de la é o PT mas mesmo assim não é culpa do PT só disse que em 13 anos no governo federal não faz nada de diferente para mudar a educação.

  29. Osvaldo Postado em 29/May/2015 às 10:05

    Cadê o miserável do pai desse vagabundo? Cadê aquilo que atende pelo nome de mãe? Cadê a vizinhança, cadê a sociedade? Cadê o conselho de pais dessa instituição? Cadê as pessoas que estão indignadas com isso e com aquilo? Ninguém vai se voluntariar a ajudar "essa criança" a ter bons modos?

  30. Osvaldo Postado em 29/May/2015 às 10:09

    Do que é que vc está falando Maria??? Volta pra esse planeta!!! O que é que o PIB tem a ver com isso? Pelo Amor de Deus, que assimilação mais sem pé nem cabeça.

    • enganado Postado em 29/May/2015 às 10:14

      Caro Osvaldo. A mariaX acusa o PT até do degêlo do Ártico, a mesma recebe para isso, chega ou quer mais!

    • Eva Postado em 30/May/2015 às 09:46

      Por falar em PIB, o PIB dos EUA ficou em: (-0,7).

      • enganado Postado em 30/May/2015 às 19:19

        Cara Eva. Cuidado porque vai receber um processo nas costas por dizer a verdade, pois teve um gaiato aqui no blog que andou escrevendo que a economia mundial está crescendo e que a economia do BRASIL, NÀO! Lógico que o mesmo é eleitor do PSDB/DEM. Parabéns pela notícia!

  31. Heloísa Coellho Postado em 29/May/2015 às 10:12

    Eu lembrei logo do Revoltados on Line, Kataguiris, CQC, Pânico na TV, Faustão, Ana Maria Braga, Jornal Nacional, Xuxa, Malhação, as novelas da Globo em geral, torcida do camarote do Itaú, assassinatos de reputação praticados por grandes jornais, assim como as linhas editoriais de Veja, Folha, e do restante da mídia que, na minha opinião, legitimam os discursos fascistas e de ódio, que os mentalmente mais débeis tendem a repetir como em tempos recentes. O garoto deve ser severamente punido, até para sinalizar aos demais, que riem - talvez sejam até piores -, desmoralizando a autoridade de um Professor. Já no Japão, os Professores são os únicos cidadãos autorizados pela Constituição a não curvarem a cabeça perante o Imperador. Quanta diferença. Sem dúvida, a diferença começa no salário. No Estado de São Paulo e no Paraná, por exemplo, os Professores são muito maltratados pelo Poder Executivo. Fiquei triste com esse vídeo. Tenho uma conhecida que está há mais de ano de licença, por síndrome do pânico e depressao: Professora de rede estadual. É preciso olhar o assédio moral ASCENDENTE com mais rigor e sem o tabu que o tema apresenta.

  32. felipe Postado em 29/May/2015 às 10:35

    Se por um lado muitos são a favor da redução da maioria penal, não acho que este garoto apesar do erro mereceria ser preso, por outro lado menor pode fazer de tudo que é não punido (pelo menos grande parte) hoje vi uma reportagem de um menor que apos assaltar mãe e filha passou por cima da filha e a matou..... quando foi preso ele disse que matou ela " porque quis ". Quem é contra a redução diz que o caminho é investimento em educação o que eu tb concordo. Porém o que o gov FHC (8 anos) e Lula/Dilma (13 anos) fez de diferente ou melhor este ultimo cortou investimentos para melhorar essa questão ou mesmo dar uma opção a estes jovens? A sociedade fica refem de pessoas como esse garoto que faz isso porque sabe que nao havera punição as vezes dentro do casa não temos ref de ninguém (pai, mãe ou qq responsável) para que possa educar o menino. Ficamos em uma situação difícil, hoje foi essa humilhação, agressão mas poderia ter sido pior e quem paga é sempre quem meno tem culpa com tudo isso.

  33. Antonio Palhares Postado em 29/May/2015 às 10:44

    Maria, se é que é Maria. Quem acabou com o Brasil vendendo todo patrimonio do povo para os amigos,foi o PSDB sim.Quem faliu o Brasil tres vezes foi o PSDB sim. Quem assinou contratos internacionais lesivos à nossa soberania foi o PSDB sim. Quem vivia com o pires nas mãos pedindo dinheiro ao FMI era o governo do PSDB sim.Negue estes fatos.

  34. Xico Postado em 29/May/2015 às 11:12

    É apenas um menino, preto, pobre e excluido como muitos outros do Brasil, ele precisa de tratamento, de afago e educação de qualidade. Mandar para a cadeia é fácil e irresponsável demais. Chega desse ciclo inútil e perverso.

  35. Luiz Souza Postado em 29/May/2015 às 16:06

    Claro, o suficiente para contrair AIDS via estupro. Seria um bom castigo a ele, né cro-magnon?

  36. Line Postado em 29/May/2015 às 20:48

    Não adianta apenas ficar colocando a culpa na televisão, até porque existem canais como a tv cultura que são de boa qualidade e nem adianta colocar a culpa nos seriados até porque existem seriados de vários tipos e até agora não ouvi falar de nenhum seriado que incentive alguém agredir professor e muito menos ainda falariam disso como algo bom. Em países desenvolvidos pessoas assistem seriados e nem por isso são assim. Os pais desse menino provavelmente não o ensinaram que professores devem ser respeitados, ou qualquer outra pessoa. Não impõem limites nem nada. Outra, estupro, abusos e violências em geral nas cadeias e presídios nunca foi punição justa, ao contrário, são crimes de leis paralelas.

  37. francisco Postado em 30/May/2015 às 02:26

    ONDE ESTA A COORDENAÇÃO E A DIREÇÃO DESTA ESCOLA. ISTO É UM CRIME COLOCAR UMA PROFESSORA A LIDAR COM UM DELINQUENTE SOZINHA. QUE MALDADE DA DIREÇÃO DA ESCOLA.

  38. Hélio Postado em 01/Jun/2015 às 09:04

    Infelizmente tenho que concordar num ponto: Em São Paulo está bem difícil: agora tenho que buscar meu filho na escola, por ameaças. “Vou quebrar o outro braça de seu filho”. Motivo: ele ( aluno que ameaçou) foi repreendido por uma parente do meu filho que trabalha na escola. Ao retornar para casa, encontramos a emboscada. Fazem isso por aqui. Não tem policiamento escolar, eles não tem vindo já que “está muito perigoso” e a escola é de “gente de favela” . Resultado : trafico deliberado dentro da escola, e CRIANÇAS que saem da escola, agoniadas, já retirando pequenos frascos e cheirando enquanto caminham, despreocupadamente. A diretoria faz o que pode, mesmo sendo constantemente ameaçada de morte, ou como represália, tendo bens roubados dentro da escola, como carros e bens pessoais. Os pais sequer imaginam que os filhos meninos e meninas de 10 a 14 anos já cheiram cocaína. Soube que em outras escolas está bem parecido. Não suportando a situação fui tratar com um dos “vendedores” e ele me disse o seguinte: “todo mundo usa, cara!”, rindo de mim e apontando para duas senhoras de seus 50 e tantos anos, retornando de algum mercado, e bem mal disfarçadamente espalhavam o pó sobre um anteparo. Vi enojado. Em seguida surgiu uma menina, com no máximo doze anos, e na mão uma garrafa vazia. (não entendi por que ela estava carregando aquilo). Segundo o adolescente, ela tinha ido “barganhar com o corpo”, mas não havia ninguém que a queria, pois eles (os traficantes) já haviam enjoado dela. O comentário deixou margem a crer que ela fazia isso a tempos. Ao ver que não conseguiria nada, mostrando sinais claros de abstinência, arremessou a garrafa numa parede, e foi embora resmungando palavras ininteligíveis. Ao longe pude ouvir som de risos, de outros vendedores mais distantes, apontando a pequena jovem que saia. Fui embora em seguida, transtornado, e ao chegar em casa abracei meu filho e conversei muito, por longo tempo com ele, sobre “como andam as coisas”, o que fazer se alguém oferecer drogas, ou ameaça-lo (já o fazem). Aqui está assim, e quem dizer que não, estás sendo um hipócrita que está tentando, como muitos dizem, “tapar o sol com a peneira”, e pode estar correndo o risco de desconhecer o mundo dos próprios filhos. Está tão difícil nos protegermos de todo esse mal...

  39. Hélio Postado em 08/Jun/2015 às 08:55

    Infelizmente tenho que concordar num ponto: Em São Paulo está bem difícil: agora tenho que buscar meu filho na escola, por ameaças. “Vou quebrar o outro braça de seu filho”. Motivo: ele ( aluno que ameaçou) foi repreendido por uma parente do meu filho que trabalha na escola. Ao retornar para casa, encontramos a emboscada. Fazem isso por aqui. Não tem policiamento escolar, eles não tem vindo já que “está muito perigoso” e a escola é de “gente de favela” . Resultado : trafico deliberado dentro da escola, e CRIANÇAS que saem da escola, agoniadas, já retirando pequenos frascos e cheirando enquanto caminham, despreocupadamente. A diretoria faz o que pode, mesmo sendo constantemente ameaçada de morte, ou como represália, tendo bens roubados dentro da escola, como carros e bens pessoais. Os pais sequer imaginam que os filhos meninos e meninas de 10 a 14 anos já cheiram cocaína. Soube que em outras escolas está bem parecido. Não suportando a situação fui tratar com um dos “vendedores” e ele me disse o seguinte: “todo mundo usa, cara!”, rindo de mim e apontando para duas senhoras de seus 50 e tantos anos, retornando de algum mercado, e bem mal disfarçadamente espalhavam o pó sobre um anteparo. Vi enojado. Em seguida surgiu uma menina, com no máximo doze anos, e na mão uma garrafa vazia. (não entendi por que ela estava carregando aquilo). Segundo o adolescente, ela tinha ido “barganhar com o corpo”, mas não havia ninguém que a queria, pois eles (os traficantes) já haviam enjoado dela. O comentário deixou margem a crer que ela fazia isso a tempos. Ao ver que não conseguiria nada, mostrando sinais claros de abstinência, arremessou a garrafa numa parede, e foi embora resmungando palavras ininteligíveis. Ao longe pude ouvir som de risos, de outros vendedores mais distantes, apontando a pequena jovem que saia. Fui embora em seguida, transtornado, e ao chegar em casa abracei meu filho e conversei muito, por longo tempo com ele, sobre “como andam as coisas”, o que fazer se alguém oferecer drogas, ou ameaça-lo (já o fazem). Aqui está assim, e quem dizer que não, estás sendo um hipócrita que está tentando, como muitos dizem, “tapar o sol com a peneira”, e pode estar correndo o risco de desconhecer o mundo dos próprios filhos. Está tão difícil nos protegermos de todo esse mal...