Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 29/May/2015 às 16:25
12
Comentários

Senado também aprova shopping de Eduardo Cunha que custará R$ 1 bilhão

Senado aprova ‘parlashopping’. Ideia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e seus aliados custará mais de R$ 1 bilhão. Senadores repudiaram a aprovação do empreendimento: ‘Só falta construir motel no Congresso’

senado shopping eduardo cunha
Senado aprovou ‘parlashopping’ de Eduardo Cunha pro votação simbólica (Ag Câmara)

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) fez um duro discurso contra o presidente da Câmara, seu colega de partido, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por defender a construção de um centro comercial na Casa – o que já foi apelidado de “parlashopping”. O ex-presidente do Senado, que renunciou ao mandato em 2000 em meio a uma série de denúncias, afirmou que a criação de um conglomerado de lojas e empresas na Câmara depõe contra a classe política. E disse mais: abre espaço para a criação de um motel no Parlamento.

“Só vai faltar qualquer dia desses, senhor presidente – desculpem-me particularmente as senadoras –, nós recebermos aqui uma medida provisória que acrescenta a construção de um motel. É um absurdo isso!”, vociferou Jader, com a devida deferência ao público feminino que o ouvia.

A reclamação de Jader e da quase totalidade dos senadores em plenário era contra a emenda enxertada e aprovada na Câmara – patrocinada por Cunha, tentando cumprir uma de suas promessas de campanha – como parte da Medida Provisória 668/2014, a terceira proposição do ajuste fiscal executado pelo governo. A MP, que altera a lei de aumento de alíquotas da contribuição para o PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação, com o objetivo de aumentar a arrecadação do governo, também foi aprovada nesta quinta-feira (28) pelos senadores, sob a promessa de que a presidenta Dilma Rousseff vetará o “contrabando”, uma das alcunhas do procedimento.

Segundo o governo, a MP 668/2014 protegerá a indústria nacional. A estimativa da equipe econômica é de que a medida promoverá um aumento na arrecadação anual com importações na ordem de R$ 1,19 bilhão a partir de 2016. Só neste ano, o impacto seria de R$ 694 milhões.

A despeito do mérito da matéria, a ideia do parlashopping pegou muito mal. Depois de ouvir reclamações dos colegas, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), informou que estuda com a Secretaria-Geral da Mesa uma forma de separar das medidas provisórias assuntos estranhos inseridos no texto original, durante a tramitação em comissões especiais, que preparam essas matérias para os plenários das duas Casas. Os chamados ‘jabutis’ que, por ventura, vierem a ser aprovados na Câmara, passariam a tramitar de forma separada, por meio de projeto de lei.

“Depois de tramitar pela Câmara, ele volta ao Senado com 27 artigos! Aqui está o parlashopping, porque, com a aprovação dessa medida provisória, se possibilitará a realização de parcerias público-privadas também no âmbito do Poder Legislativo – o que era uma faculdade, até então, exclusiva do Poder Executivo. E aquela Câmara dos Deputados – que já é, de muito tempo, um balcão de negócios pela prática do governo do PT – vai se transformar agora num mercado persa. Vão assumir de vez e construir um mercado persa na concretude do balcão de negócios em que, infelizmente, tem se convertido a base de apoio do governo do PT na Câmara”, atacou o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima, passando a mencionar alguns enxertos na MP.

Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Postado em 29/May/2015 às 19:21

    dinheiro para creches não tem....

  2. enganado Postado em 29/May/2015 às 20:23

    É muita putaria!

  3. Line Postado em 29/May/2015 às 20:36

    Que senado cheio de cretinos, isso precisa ser denunciado e impedido, é nojento.

  4. Gustavo Postado em 29/May/2015 às 21:30

    O que diabos está acontecendo? Isso parece ficção! Às vezes parece que eu vou acordar a qualquer momento e voltar ao mundo real. Esses caras, principalmente o Cunha, são inacreditáveis...

    • Viniciuss Postado em 29/May/2015 às 22:42

      É mais provável que você acorde na Idade Média

  5. Rodrigo Marques Postado em 30/May/2015 às 09:11

    Um bando de idiotas vão dizer que a culpa é da Dilma. Mas ela vai vetar essa barbaridade.

  6. Roberto Pedroso Postado em 30/May/2015 às 09:28

    Este é o cenário politico do Brasil atual, tal projeto contará com a participação de empresas e empreiteiros já conhecidos que realizarão esta obra, que será logicamente superfaturada, enquanto que os políticos que ficarão de fora do botim de mais este espolio do dinheiro publico magoados por terem sido preteridos, posarão convenientemente e de forma demagógica de paladinos da justiça e moralidade e começarão a cobrar por ética e probidade administrativa não por dever de oficio mas por ficarem de fora de mais esse esquema vergonhoso.Realmente um quadro desalentador.

  7. Aristóteles Postado em 31/May/2015 às 17:12

    Gente boa: esse cidadão não deveria estar internado num hospício? Para mim. ele chupou naftalina!

  8. Junipero Postado em 01/Jun/2015 às 11:21

    Esse assunto foi debatido aqui a pouco tempo atrás e muitos sequer conseguiram acreditar de tão obsceno. Um deboche mais que ofensivo na cara do cidadão, que sempre fica em segundo plano. A liberdade tomada por eles é tamanha que agora sequer disfarçam. Isso já é outro nível de humilhação. Será que alguma emissora vai comentar ou questionar?

  9. Roberto Pedroso Postado em 03/Jun/2015 às 00:01

    Emenda e verba para a construção de um empreendimento faraônico para os "nobres deputados"são prontamente aprovadas enquanto isso a Jornada Literária de Passo Fundo RS,é cancelada por falta de verba.Exemplo que nos revolta cada dia mais e mais....

  10. enganado Postado em 06/Jun/2015 às 17:44

    Digita teu comentário

  11. enganado Postado em 10/Jun/2015 às 10:43

    A construção desse elefante branco deve ser para que o CUnha e a gangue do FHC possam comprar suas luxuosas gravatas da marca francesa Hermes. Ah sim! o Genuíno foi preso por ROUBO, o Aloysio Trezentinha está livre e solto para comprar e dar de presente para o judiciário_DB de presente, uma Hermes para cada juiz pela liberdade da gangue e abençoar o Dudu CUnha por mais essa Torre de Babel em Brasília, para ricos/anglo semitas/... .