Lucien de Campos
Colaborador(a)
Compartilhar
Mundo 27/May/2015 às 10:09
10
Comentários

Quais são as 30 maiores potências militares do mundo?

militar potência exercito guerra eua china
As maiores potências militares do mundo (Imagem: Pragmatismo Político)

Lucien de Campos*, Pragmatismo Político

Para se refletir sobre as maiores potências militares do mundo, é necessário antes identificar o conjunto de componentes que definem uma potência. Nesse sentido, vários são os elementos que fazem de um país uma potência regional ou mundial. Entre estes elementos estão o tamanho da população, a extensão geográfica, os recursos econômicos e poder militar. Vamos limitar-nos ao poder militar, um dos principais elementos que colaboram para um impacto significativo da política externa dos países.

Todos sabemos que o poder militar de um país influencia o seu comportamento no cenário internacional. É importante saber que as Forças Armadas existem para garantir a segurança e defesa do Estado, assim como determina o poder de decisão de um país na política internacional. Pode-se notar que as grandes potências utilizam de sua força militar para controlar o jogo de poder nas relações internacionais.

Infelizmente, o atual cenário mundial parece ter mais hostilidades do que poderíamos imaginar. A cada ano, os países procuram adquirir maior poder militar para se protegerem das possíveis ameaças externas. Presenciamos hoje o que chamam de uma “paz armada”, uma paz, a grosso modo, falsa, e longe daquela paz humanitária idealizada pelos grandes filósofos iluministas do século XVIII, como Immanuel Kant, ou até mesmo dos idealizadores de uma Europa moderna e unida, como Jean Monnet e Winston Churchill.

Leia aqui todos os textos de Lucien de Campos

Diante disso, veremos as 30 potências militares mais poderosas do mundo, juntamente com uma análise daquelas que mais se destacam. Para facilitar a compreensão da análise, separarei as potências por cada região do globo. Ao final do texto pode-se encontrar a lista completa.

Ao título de curiosidade, se o leitor analisar os dados, não custará concluir que Brasil, Rússia, India e China juntos protagonizam um enorme potencial militar.

AMÉRICA DO NORTE

Dos três países componentes da América do Norte, dois deles estão entre as 30 maiores potências militares.

1º ESTADOS UNIDOS: sem dúvida, é o líder da lista. Com um enorme orçamento militar – cerca de 612 bilhões de dólares – os ianques detém, desde o final da Segunda Guerra Mundial, o maior poder militar do mundo. Atualmente conta com mais de 120 milhões de homens aptos para o combate. São 8.325 tanques, 13.683 aeronaves e 473 equipamentos da Força Naval.

16º CANADÁ: vizinho e grande aliado dos EUA, os canadenses figuram como a 16º maior potência militar, com um orçamento de 18 bilhões de dólares e mais de 13 milhões de soldados. Seu exército terrestre conta com 201 tanques e a Força Aérea com 404 aeronaves. Já a Força Naval Canadense tem 67 equipamentos.

AMÉRICA DO SUL

De todos os países do continente sul-americano, apenas um país figura como uma potência militar.

14º BRASIL: o país está na 14º posição. De fato, possui o maior poder militar da América do Sul, e desempenha um papel incontestável de potência regional. O orçamento militar brasileiro gira em torno dos 33 bilhões de dólares. Conta com mais de 83 milhões de homens aptos (reservistas inclusos) para o combate. São 489 tanques, 748 aeronaves e 109 equipamentos da Marinha do Brasil.

EUROPA OCIDENTAL

Das 30 potências mais poderosas, 7 são da Europa Ocidental, sendo 6 delas membros da União Europeia. Discute-se muito na Europa sobre a construção de um exército europeu, pois neste momento a Europa está subjugada ao poder da OTAN. A existência de um exército europeu colaboraria para o progresso militar e soberania da União Europeia, tornando-se uma comunidade menos interdependente dos Estados Unidos. E se um dia existir um exército europeu, ele reuniria 8 potências militares contendo um forte aparato militar no qual representaria um dos maiores exércitos do mundo. Diante disso, apresento as potências que mais se destacam na lista.

5º REINO UNIDO: os britânicos já foram a grande potência hegemônica décadas atrás. A supremacia militar do Reino Unido perdurou por séculos até o ocorrer das duas grandes guerras, nas quais definiram o declínio do imperialismo britânico. Porém, ainda figuram como a 5º maior potência militar do mundo, com um orçamento de 53.60 bilhões de dólares. Com mais de 24 milhões de soldados, 407 tanques, 908 aeronaves e 66 equipamentos da Força Naval.

6º FRANÇA: através de Napoleão Bonaparte os franceses passaram a mostrar ao mundo seu poder militar. As invasões napoleônicas determinaram o jogo de poder na Europa entre as duas grandes potências do século XIX, Reino Unido e a emergente França. Deste modo, a partir daí a França veio a juntar-se com o Reino Unido como o país mais poderoso da Europa em vários setores, inclusive no militar. Os franceses contam atualmente com um orçamento de 43 bilhões de dólares em suas Forças Armadas, figurando no 6º lugar da lista. São mais de 23 milhões de soldados, 423 tanques e 1.203 aeronaves.

7º ALEMANHA: em 7º lugar na lista, os alemães só não aparecem em posições melhores por causa das duas guerras mundiais. O orçamento militar alemão é de 45 bilhões de dólares, com mais de 23 milhões de homens aptos para o combate, 408 tanques e 710 aeronaves. A Força Naval da Alemanha também conta com 82 equipamentos.

EUROPA ORIENTAL

O leste europeu conta com 4 potências militares, duas delas pertencem à União Europeia, respectivamente Polônia e República Tcheca.

2º RÚSSIA: a Rússia é a 2º maior potência militar do mundo. Somente atrás dos estadunidenses, os russos obtêm um orçamento militar de 76.60 bilhões de dólares. Putin comanda um país no qual têm 46.812.553 de soldados, 15.500 tanques, 3.082 aeronaves e 352 equipamentos navais.

21º UCRÂNIA: a Ucrânia aparece na 21º posição. Ressalta-se o poder militar ucraniano aqui porque ele tem enfrentado constantes conflitos internos. O país é palco da disputa pelo poder entre as duas super potências, nomeadamente EUA e Rússia. Os ucranianos tem um orçamento militar de 4.88 bilhões de dólares e mais de 15 milhões de soldados. Seu exército terrestre conta com 4.112 tanques e a Força Aérea tem 400 aeronaves, além de 25 equipamentos navais.

ÁSIA

Continente mais populoso do mundo, a Ásia constitui quase um terço da lista. São 9 potências militares entre as 30. A seguir as potências que mais se destacam por conta de suas posições geográficas que demarcam zonas de conflitos.

3º CHINA: país mais populoso do mundo e com uma enorme extensão geográfica que acarretou em tensões geopolíticas ao longo dos tempos em toda a Ásia. De fato, é a maior potência asiática e a 3º maior do mundo. Têm um orçamento de 126 bilhões de dólares e mais de 618 milhões de soldados. São mais de 9 mil tanques, 2.788 aeronaves e 520 equipamentos componentes da Força Naval Chinesa.

17º TAIWAN: a República da China, mais conhecida como Taiwan tem passado ora por períodos de maior autonomia e ora por períodos de menor autonomia frente à China. A ilha cuja capital é Taipei está submetida ao governo chinês e já foi palco de tensões entre os dois países.
Diante disso, o governo de Taiwan tem um forte exército que figura na 17º posição da lista e conta com um orçamento de 10.73 bilhões de dólares. São mais de 10 milhões de soldados, 2.005 tanques, 775 aeronaves e 102 equipamentos navais.

4º ÍNDIA: os indianos ocupam a 4º posição na lista das 30 maiores potências militares do mundo. O orçamento militar indiano é de 46 bilhões de dólares. São mais de 480 milhões de homens aptos para o combate, 3.569 tanques e com uma Força Aérea que conta com 1.785 aeronaves. Contam, ainda, com 184 equipamentos em sua marinha.

15º PAQUISTÃO: localizado numa zona de tensão, o Paquistão teve a necessidade de se fortalecer como uma potência militar para salvaguardar seu status quo. O conflito territorial na Caxemira entre paquistaneses e indianos é considerado o mais preocupante do mundo, pois ambos os países desenvolveram um intenso arsenal nuclear com armas de destruição em massa.

Sendo assim, o Paquistão, que têm quase a mesma população brasileira, aparecendo logo após do Brasil na 15º posição. Seu orçamento militar é de 7 bilhões de dólares. Tem mais de 75 milhões de soldados e 3.124 tanques. Sua Força Aérea conta com 847 aeronaves e, por fim, sua força Naval detém 74 equipamentos.

9º COREIA DO SUL: forte aliada dos EUA, a Coreia do Sul é a 9º potência militar. As tensões com a Coreia do Norte faz com que os sul-coreanos invistam num orçamento militar de 33.70 bilhões de dólares. São mais de 21 milhões de soldados, 2.346 tanques, 1.393 aeronaves e 166 equipamentos navais.

ORIENTE MÉDIO

Percebe-se que os maiores aliados dos Estados Unidos no Oriente Médio figuram um lugar privilegiado na lista de potências militares. A seguir alguns deles:

8º TURQUIA: membro na OTAN e o país mais populoso da região. A Turquia é a 8º maior potência militar do mundo, com um orçamento de 18.19 bilhões de dólares, mais de 35 milhões de combatentes, 3.657 tanques, 989 aeronaves e 115 equipamentos da Força Naval Turca.

11º ISRAEL: histórico aliado dos Estados Unidos, o Estado de Israel está isolado numa zona conflituosa. As hostilidades de seus vizinhos e a Guerra Árabe-Israelense fez com que os israelitas investissem pesado no seu poder militar. Atualmente, Israel ocupa a 11º posição com um orçamento de 15 bilhões de dólares. São quase 3 milhões de soldados, 3.870 tanques, 680 aeronaves e uma Força Naval com 110 equipamentos.

13º EGITO: uma posição acima do Brasil, o Egito figura como o 13º país mais poderoso militarmente. É o segundo país árabe mais populoso e de um enorme importância para a geopolítica do mundo árabe. Pioneiro na construção do nacionalismo árabe, com o ex-presidente Gamal Nasser, o Egito têm se demonstrado uma potência militar no Oriente Médio, apesar de ter perdido a Guerra dos Sete Dias para Israel nos final dos anos 60. Continua a ter um papel importante na política internacional, investindo 4.40 bilhões de dólares no orçamento militar. São mais de 35 milhões de soldados, 4.767 tanques, 1.100 aeronaves e 237 equipamentos navais.

25º ARÁBIA SAUDITA: os sauditas estão no 25º lugar. É o maior produtor de petróleo do mundo e forte parceiro dos EUA. A potência militar dos sauditas pode ser identificada já no período da Guerra Fria, quando os interesses ocidentais no petróleo da região reforçaram o aparato bélico dos sauditas por conta das ameaças soviéticas. A Guerra do Golfo, no início dos anos 90, também fez a Arábia Saudita receber apoio militar dos norte-americanos. O orçamento saudita para as suas Forças Armadas é de 56.73 bilhões de dólares. São quase 14 milhões de soldados, 1.095 tanques e 652 aeronaves. A Força Naval saudita conta com 55 equipamentos.

26º SÍRIA: logo a seguir, em 26º lugar, vem a Síria. Esta posição explica o poder militar do governo autoritário de Assad. A Guerra Civil Síria está no quarto ano, e as forças de Assad seguem dominando a capital Damasco e contendo a expansão do autoproclamado Estado Islâmico. O orçamento militar sírio é de 1.87 milhões de dólares. São quase 10 milhões de soldados ao serviço das Forças Armadas, 4.950 tanques, 473 aeronaves e 473 equipamentos navais.

AS 30 MAIORES POTÊNCIAS MILITARES DO MUNDO

1. ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

2. RÚSSIA

3. CHINA

4. INDIA

5. REINO UNIDO

6. FRANÇA

7. ALEMANHA

8. TURQUIA

9. COREIA DO SUL

10. JAPÃO

11. ISRAEL

12. ITÁLIA

13. EGITO

14. BRASIL

15. PAQUISTÃO

16. CANADÁ

17. TAIWAN

18. POLÔNIA

19. INDONÉSIA

20. AUSTRÁLIA

21. UCRÂNIA

22. IRÃ

23. VIETNÃ

24. TAILÂNDIA

25. ARÁBIA SAUDITA

26. SÍRIA

27. SUÍÇA

28. ESPANHA

29. SUÉCIA

30. REPÚBLICA CHECA

*Lucien de Campos é mestrando em Diplomacia e Relações Internacionais pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa e colaborador em Pragmatismo Político

Fontes:

http://www.msn.com/pt-pt/noticias/fotografias/as-pot%C3%AAncias-militares-mais-poderosas-do-mundo/ss-AA8TbwK?ocid=mailsignoutmd#image=1

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Antonio Palhares Postado em 27/May/2015 às 17:59

    Se nos partirmos da premissa que um "tanque" é um carro blindado capaz de carregar uma peça de artilharia,que pode ser sobre pneus ou sobre lagartas sim. Eu excluiria desta classificação apenas o M113, este sim uma viatura blindada para transporte de combatentes em área hostil. Um abraço

  2. pedro Postado em 27/May/2015 às 18:11

    Se Israel tiver armas nucleares, onde fica nessa lista? Turquia e Alemanha, pelo que se sabe, não possuem artefatos nucleares. Acho a lista um pouco estranha ao levar em conta apenas orçamento e armamento convencional. E outro "engano" da lista: a escala é logarítmica. A vantagem militar de uma nação com altíssima tecnologia e armamento altamente destrutivo a coloca milênios a frente de outra que dispoes apenas de grande contingente tradicional.

  3. Vicente Postado em 28/May/2015 às 08:21

    Independente de estar totalmente correta, ou conter imprecisões, a lista prova a estupidez da humanidade. Todo esse dinheiro jogado no lixo anualmente poderia resolver muita coisa se fosse investido em tecnologias para produzir alimentos com qualidade e sem prejudicar o ambiente, em produção de energia limpa, em medicina. Mas os povos "civilizados" preferem patrocinar a destruição mútua.

    • João Paulo Postado em 16/Jul/2015 às 18:57

      Verdade. Armamento bélico é o maior desperdício de recursos que a humanidade inventou.

  4. eu daqui Postado em 28/May/2015 às 11:40

    Pra que um pais que não é potencia social quer ser potencia economica ou militar? É pra passar atestado de banditismo, é?

  5. Thiago Teixeira Postado em 17/Nov/2015 às 12:39

    E a Coréia do Norte?

  6. Pedro Accioli Postado em 27/May/2015 às 11:12

    83 milhões referidos conta com os reservistas oh! Nenhum dos países citados possui o contingente de ativos citados na matéria!

  7. Antonio Palhares Postado em 27/May/2015 às 15:57

    Oi Naro. No que diz respeito aos tanques ela esta certa.O exercito tem 128 Leopard 1A1 Alemães dos quais so ficarão 39. Foram comprados na Alemanha pelo Lula, 220 Leopard 1A5, que é a espinha dorsal da cavalaria brasileira. 91 M60 Americanos que serão desativados,ficando somente 32. EE 9- Cascavel 409 unidades.EE 11 Urutu 223 e M113 584 unidades. O Exercito comprou mais de 2000 VBTP Guarani fabricados pela IVECO em Sete Lagoas MG dos quais mais de 100 foram entregues. Tem mais coisas sobre a matéria cujo comentario ficará para depois se o tempo permitir.

  8. João Paulo Postado em 16/Jul/2015 às 18:55

    O Pedro está correto. O número de reservistas não nos dá dimensão real do poderio militar. Os EUA não possuem 120 milhões de militares (quase metade de sua população).

  9. Wylie Postado em 29/May/2015 às 21:12

    Poderiam classificar por modelos e não só números! Egito por exemplo utiliza em sua frota M1A1 (M1 Abrams) equipados com tecnologia atual. F-16s e Apaches. Isso já o colocaria posições a frente. O mesmo ocorre com Israel que utiliza a própria lia Merkava.