Redação Pragmatismo
Compartilhar
Tecnologia 05/May/2015 às 19:22
7
Comentários

Nave russa deverá cair na Terra no sábado em local ainda indefinido

Peças de nave russa podem resistir à atmosfera, afirmam especialistas. Espaçonave pode cair na Terra no próximo sábado, dia 9, em local ainda indefinido. Foguete Progress M-27M seguia para a Estação Espacial com toneladas de suprimentos

nave russa cair terra
Destroços da nave russa podem resistir à atmosfera, garantem especialistas

Pedaços da espaçonave russa “Progress M-27M”, que está caindo em direção à Terra, podem resistir ao impacto com a atmosfera, informou nesta segunda-feira (4) o especialista Alessandro Rossi, do Instituto de Física Aplicada do Conselho Nacional de Pesquisas de Florença (Ifac-CNR) e membro do Comitê Internacional para o Monitoramento de Detritos Espaciais (Iadc).

Até o momento, não se sabe em qual região da Terra a espaçonave cairá. A previsão é de que ela atinja a superfície no próximo sábado, dia 9 de maio. De acordo com Rossi, as últimas análises afirmam que peças como os tanques esféricos e o anel estrutural podem resistir ao impacto da atmosfera.

Com sete toneladas, o cargueiro foi lançado em 28 de abril da base russa de Baikonur, no Cazaquistão, e tinha como meta levar suprimentos aos astronautas que estão a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).

Logo após o lançamento, foram registrados problemas técnicos que fizeram com que as equipes de comando perdessem o controle da nave, a qual começou a precipitar em direção à Terra.

Outros estudiosos afirmam que mesmo caindo descontroladamente, a espaçonave não oferece risco à população porque “todos os fragmentos que podem representar uma ameaça não vão chegar à Terra, já que vão se desintegrar nas densas camadas da atmosfera”.

Entenda

O Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia perdeu o controle da nave, lançada a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão, às 3h10 (horário de Brasília) do último dia 28, depois de ela se situar em uma órbita equivocada e deixar de enviar à Terra dados de sua telemetria.

A Progress M-27M, que transportava toneladas de suprimentos, deveria chegar à plataforma internacional seis horas depois de sua decolagem. Ela carregava combustível, oxigênio, alimentos, equipamentos científicos para os astronautas.

Após a perda, cujo custo é estimado em até US$ 90 milhões, o próximo cargueiro em direção à Estação poderá sair da Terra antes de 8 de agosto, data prevista inicialmente pela agência espacial russa.

De qualquer forma, a tripulação que está na Estação Espacial Internacional tem provisões suficientes para continuar com sua vida no espaço, apesar do incidente com a Progress.

Ansa Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Felipe Postado em 05/May/2015 às 22:03

    Se o local da queda é indefinido, como afirmam que não oferecerá risco à população? Confesso que não entendi

    • Daniel Chaves Postado em 05/May/2015 às 23:44

      Um especialista afirmou que há a possibilidade que partes da nave possam atingir o solo, em local ainda não determinado. Porém outros estudiosos descartam essa possibilidade, pois acreditam que as partes do foguetes não resistirão ao atrito com a atmosfera durante a queda (o mesmo acontece com os meteoros, chamados popularmente de estrelas cadentes). Vamos ver quem está com a razão em breve.

    • Fábio Postado em 05/May/2015 às 23:47

      Os fragmentos vão se disintegrar no atrito com atmosfera não chegando a atingir o solo.

  2. Chuck Postado em 05/May/2015 às 23:23

    Não sabia que seu pai tinha um triplex no guarujá...

    • Scafi Postado em 05/May/2015 às 23:30

      kkk os coxinhas nunca desistem

  3. André Anlub Postado em 05/May/2015 às 23:36

    Com 9 dedos? Como foi o acidente da perda dos outros 11?

  4. enganado Postado em 06/May/2015 às 10:03

    Acredito que a nave tenha várias opções de queda: Casa do FHC, MORO, JB, çERRA, Álvaro Dias, AÓPIO, ... e finalmente na Casa do Terror=Branca na hora da reunião do Obama com os Assassinos da Humanidade (incluir o BESTANYAHU). Se DEUS fizesse-nos esse favor, nós mortais agradeceríamos com orações eternas.