Redação Pragmatismo
Compartilhar
Reforma Política 28/May/2015 às 11:31
60
Comentários

Financiamento empresarial: conheça os deputados que mudaram os votos

Na terça-feira, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi derrotado ao tentar aprovar o financiamento empresarial de campanha. Menos de 24 horas depois, o presidente da Câmara realizou manobra, conseguiu colocar a pauta novamente em votação e se saiu vitorioso. O que levou dezenas de deputados a mudarem seus votos da noite para o dia?

Eduardo Cunha financiamento empresarial

Numa virada total do que já havido sido aprovado e depois de várias acusações de manobra por parte do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, no final da noite de ontem (27), a inclusão na Constituição do financiamento privado de campanha para partidos políticos, por 330 votos a favor e 141 contra. Os parlamentares também aprovaram o fim da reeleição para os cargos de presidente, governador e prefeito.

A votação, que aconteceu sob clima tenso, foi marcada por protestos das bancadas do PT, PCdoB, Psol e PSB, que não aceitaram o fato de Cunha ter colocado outra vez em apreciação emendas sobre um tema que já tinha sido votado e derrotado na sessão da noite anterior.

A retomada da votação sobre financiamento de campanha se deu devido a uma estratégia do presidente, que resolveu fatiar a discussão do tema em três itens diferentes. Com a apresentação do texto diretamente no plenário, foram apresentadas quatro emendas, uma que permitia financiamento público e privado ao mesmo tempo (já rejeitada na sessão anterior), e outras três que tratavam de: financiamento privado apenas para partidos– e não para diretamente para os candidatos –, financiamento público e privado para partidos e financiamento exclusivamente público.

Prevendo o que estava por acontecer, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) já havia denunciado na tarde de ontem, horas antes da votação, as negociatas que estavam acontecendo nos bastidores da Câmara dos Deputados para a aprovação do financiamento empresarial de campanha.

“Rumores que correm pela Casa de que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), provavelmente quebrará o acordo de líderes e colocará uma nova matéria sobre o financiamento de campanhas em votação, após ter sido derrotado na noite de ontem. Cunha e seus asseclas, derrotados, ainda não se deram por vencidos. A intenção de reformar a política para reforçar suas mazelas está clara! Não podemos baixar nossas guardas, pois, como bem se vê, a prática é rasteira! Precisamos ficar [email protected] também à eventual mudança de postura dos deputados: Se votarem com Cunha hoje, caso ele consiga, de fato, colocar a matéria em pauta, é indício de que participaram de tenebrosas transações!“, publicou o parlamentar nas redes sociais

Com a inclusão na Constituição da permissão para doação de empresas a partidos políticos, os deputados impedem que esse modelo de financiamento seja considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) – onde tramita uma ação que avalia este tema e sobre a qual seis ministros do tribunal já se posicionaram contra tal modelo de financiamento. A ação foi impetrada pela OAB e há mais de um ano está parada por conta de um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes.

Confira, a seguir, quem foram os deputados que, inexplicavelmente, mudaram seus votos sobre o financiamento empresarial de campanhas em menos de 24 horas e contribuíram para aprovar a medida. O levantamento foi feito pela revista Fórum:

– DEM

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Jorge Tadeu Mudalen (SP)
Mandetta (MS)
Misael Varella (MG)
Moroni Torgan (CE)
Professora Dorinha Seabra Rezende (TO)

Total de mudanças: 5

– PDT

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Roberto Góes (AP)

Total de mudanças: 1

– PHS

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Diego Garcia (PR)

Total de mudanças: 1

– PMDB

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Baleia Rossi (SP)
Daniel Vilela (GO)
João Arruda (PR)
Lelo Coimbra (ES)
Marinha Raupp (RO)
Rodrigo Pacheco (MG)
Ronaldo Benedet (SC)
Roney Nemer (DF)
Vitor Valim (CE)

De abstenção (26/05) para “sim” (27/05):
Edinho Bez (SC)

Total de mudanças: 10

– PMN

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Antônio Jácome (RN)
Hiran Gonçalves (RR)

Total de mudanças: 2

– PP

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Conceição Sampaio (AM)
Missionário José Olimpio (SP)
Odelmo Leão (MG)
Sandes Júnior (GO)

Total de mudanças: 4

– PR

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Cabo Sabino (CE)
Lincoln Portela (MG)
Paulo Freire (SP)

De “sim” (26/05) para “não” (27/05):
Silas Freire (PI)

Total de mudanças: 4

– PRB 

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Alan Rick (AC)
André Abdon (AP)
Antonio Bulhões (SP)
Carlos Gomes (RS)
Celso Russomanno (SP)
Cleber Verde (MA)
Fausto Pinato (SP)
Jhonatan de Jesus (RR)
Jony Marcos (SE)
Marcelo Squassoni (SP)
Márcio Marinho (BA)
Roberto Alves (SP)
Roberto Sales (RJ)
Ronaldo Martins (CE)
Rosangela Gomes (RJ)
Sérgio Reis (SP)
Tia Eron (BA)
Vinicius Carvalho (SP)

Total de mudanças: 18

– PROS

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Domingos Neto (CE)
Leônidas Cristino (CE)
Rafael Motta (RN)

De “sim” (26/05) para “não” (27/05):
Antonio Balhmann (CE)

Total de mudanças: 4

– PRP

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Marcelo Álvaro Antônio (MG)

Total de mudanças: 1

– PRTB

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Cícero Almeida (AL)

Total de mudanças: 1

– PSB

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
João Fernando Coutinho (PE)
Valadares Filho (SE)

De “sim” (26/05) para “não” (27/05):
Júlio Delgado (MG)
Pastor Eurico (PE)
Rodrigo Martins (PI)

Total de mudanças: 5

– PSC

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Edmar Arruda (PR)
Marcos Reategui (AP)
Pr. Marco Feliciano (SP)
Professor Victório Galli (MT)
Raquel Muniz (MG)

De “sim” (26/05) para “não” (27/05):
Irmão Lazaro (BA)

Total de mudanças: 6

– PSD

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Paulo Magalhães (BA)
Sérgio Brito (BA)

Total de mudanças: 2

– PSDB

De abstenção (26/05) para “sim” (27/05):
Daniel Coelho (PE)
Mara Gabrilli (SP)

Total de mudanças: 2

– PSDC

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Aluisio Mendes (MA)

Total de mudanças: 1

– PSL

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Macedo (CE)

Total de mudanças: 1

– PSOL

Toda a bancada (Chico Alencar-RJ, Edmilson Rodrigues-PA, Ivan Valente-SP e Jean Wyllys-RJ) votou “não” em 26/05, mas decidiu pela obstrução de pauta em 27/05.

Total de mudanças: 4

– PTC

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Uldurico Junior (BA)

Total de mudanças: 1

– PTdoB

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Luis Tibé (MG)
Pastor Franklin (MG)

Total de mudanças: 2

– PTN

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Bacelar (BA)

Total de mudanças: 1

– PV

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Dr. Sinval Malheiros (SP)
Penna (SP)
Sarney Filho (MA)
Victor Mendes (MA)

De “sim” (26/05) para “não” (27/05):
Evair de Melo (ES)

Total de mudanças: 5

– SOLIDARIEDADE

De “não” (26/05) para “sim” (27/05):
Augusto Carvalho (DF)
Elizeu Dionizio (MS)

Total de mudanças: 2

– Votaram “não”, sem nenhuma mudança individual, tanto no dia 26 quanto no dia 27:

PCdoB, PPS e PT (com uma abstenção em ambos os dias)

– Votaram “sim”, sem nenhuma mudança individual, tanto no dia 26 quanto no dia 27:

PEN e PTB

(Veja aqui a votação completa do dia 26/05 e aqui a do dia 27/05)

com informações de Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Arthur Postado em 28/May/2015 às 11:52

    O Feliciano deve ter recebido uma mensagem divina através de Eduardo Cunha, o representante Deus na Câmara (sic), informando oque ele deveria mudar de opinião do dia para a noite e assim testar a fé dos brasileiros.

  2. Eva Postado em 28/May/2015 às 11:53

    Parabéns Cunha! Obrigada. Agora podemos combater os parlamentares em bloco. Nas próximas eleições ficará mais fácil, apontar para o povão, quem melhor defenderá seus interesses.

    • José da Silva Postado em 28/May/2015 às 11:56

      Parabéns?!?!?! Tá de brincadeira...Então você apoia a corrupção? É isso?

    • Pedro Accioli Postado em 28/May/2015 às 12:10

      Vergonha ao extremo! Financiamento privado de campanhas defendem apenas as empresas, principalmente empreiteiras para conseguirem contratos de obras públicas com fraudes em licitações, não atendem o interesse da população! Sem mais!

    • Pedro Accioli Postado em 28/May/2015 às 12:10

      Você acha que o financiamento privado em campanhas é melhor? Por que?

      • Pedro Postado em 28/May/2015 às 15:03

        Pereira, o PT não controla toda a maquina publica, esquece que tem executivos nos estados e municipios de outros partidos que tambem fazem obras com as empreiteiras que doaram para sua propria campanha (troca de favores), ou voce acha que é a Dilma que faz licitaçaõ de Metro no estado de SP? Ou de Furnas em MG? Ou da cidade admnistrativa de MG que foi construida por empreitaeiras da Lava jato no governo Aécio do pó. Esse povinho não pensa.

      • João Oliveira Postado em 28/May/2015 às 17:16

        O Pereira é uma pessoa muito feliz, pois acredita que todo o mal do Brasil se resume ao PT. É como viver numa toca e ficar a espreita d ameaça que passa na única saída da toca que se chama PT. Vem pra selva e veja que o PT é apenas um parcela ou vc acha realmente os outros partidos farão algo substancialmente melhor?

      • Julio Postado em 28/May/2015 às 18:28

        Pereira é tao b8rro q nao se tocou que o Lava-Jato é justamente pagamento desse investimento privado.Tem que pastar

    • Emerson Postado em 28/May/2015 às 16:12

      Eva, acho que você não sabe o que é financiamento privado, o que o Cunha fez foi legitimar a maior fonte de recurso para corrupção do país.

  3. Shir Postado em 28/May/2015 às 11:53

    Será que compraram o PRB?? ¬¬"

  4. Pinheiro Postado em 28/May/2015 às 11:55

    Cunha é aquele que cutucou o seu cu com a unha. Seu bostão.

  5. Jose da Silva Postado em 28/May/2015 às 11:55

    Então quer dizer que você apoia o financiamento privado de campanha? É isso?

    • Julio Postado em 28/May/2015 às 18:26

      Pereira, entao pelo menos se cale quando for falar de corrupcao passiva, afinal, vc apoia q empresas invistam em candidatos e depois recebam. Afinal, é gente como vc que apoia isso.

  6. poliana Postado em 28/May/2015 às 12:13

    vc só pode estar brincando, pereira!!! vc quer provocar briga aqui, com certeza.

    • Carlos Sant'Ana Postado em 28/May/2015 às 14:05

      Deixa ver se entendo... o único partido com caixa 2 é o PT? Não sei em que mundo o Pereira vive mas enquanto houver dinheiro privado entrando, principalmente de empresas, teremos os deputados a votar para defender os interesses dos seus patrocinadores em vez dos interesses do País. Um exemplo? A redução da Maioridade Penal que interessa aos direitistas e à sua intenção de privatizar os presidios, a não rotularão dos transgênicos ou a suavização da definição de trabalho escravo.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 28/May/2015 às 14:08

      """""""........socialista petista........"""""""

    • poliana Postado em 28/May/2015 às 15:38

      pereira, e é só o pt q faz caixa 2 no brasil? tem certeza q nenhum outro partido recorre a essa prática??? cara, fala sério, vc está pirraçando, né???

    • rick Postado em 28/May/2015 às 15:57

      qual o interesse de uma empresa privada financiar um candidato ou partido? pensa um pouco.... e o mais grave.... oque eles irão querer de volta?

    • Eduardo Ribeiro Postado em 28/May/2015 às 16:49

      Tua preocupação no contexto do financiamento empresarial de campanha é apenas com o PT?

  7. Thiago Teixeira Postado em 28/May/2015 às 12:21

    Prezados PP, por gentileza, parem de colocar o termo VIOLÊNCIA na categoria das publicações. Há empresas como a minha que bloqueiam todo o acesso, e só libera quando não conter nenhum post com esta classificação na página inicial. Grato!

  8. Kbaratinha Postado em 28/May/2015 às 12:22

    Já vi, pelos comentários acima, que o Brasil tem políticos canalhas que merece ter. Ê a vontade soberana...

  9. Eduardo Ribeiro Postado em 28/May/2015 às 12:49

    Pereirinha é troll demais, velho....

    • Fabio Postado em 28/May/2015 às 13:54

      hahahahaha... é algum muleke que não tem o que fazer e vem encher o saco por aqui...

  10. Antonio Benedito Alves da Postado em 28/May/2015 às 13:34

    O QUE LEVOU DEZENAS DE DEPUTADOS A MUDAREM SEUS VOTOS DA NOITE PARA O DIA? Eu tenho um amigo Franciscano(É dando que se recebe) de nome PINA que sabe tudo sobre o grande crime organizado chamado Legislativo, portanto para saber o motivo. perguntem Pro PINA... KKKKKKKKKKKKKKKKK

  11. João Santos Postado em 28/May/2015 às 13:39

    mimimimimimmi

  12. José Ferreira Postado em 28/May/2015 às 13:42

    Na verdade não houve uma mudança de votos. A primeira votação se referia a doações de pessoas jurídicas para os CANDIDATOS, e a segunda para os PARTIDOS. As duas votações tratam de assunto parecidos, mas existe uma importante diferença entre elas. O financiamento de pessoas jurídicas não é bom e nem é ruim, visto que o importante é que se tenham meios para a sua fiscalização.

    • Luana Morales Postado em 28/May/2015 às 14:20

      E a corrupção continua..

      • José Ferreira Postado em 28/May/2015 às 16:05

        O cara que é corrupto vai sempre arrumar uma maneira de roubar, seja com financiamento público, seja com financiamento privado.

  13. Pedro Accioli Postado em 28/May/2015 às 13:51

    O financiamento privado de campanhas só beneficia empresas e continuará beneficiando, não beneficiará o povo, e você vai quebrar a cara em um futuro não muito distante ao defender isso que você está dizendo, espere e verá!

  14. A. Rocha Postado em 28/May/2015 às 14:04

    Amigo Pereira quando vc diz "SEU DINHEIRO" creio que esteja enganado. O dinheiro que as empresas investem em campanhas eleitorais, na verdade, sai do nosso bolso, é fruto de corrupção. E estas empresas cobram o retorno deste "investimento" em forma de facilitações, privilégios e outras falcatruas que nós conhecemos.

    • Nunes Postado em 28/May/2015 às 15:52

      Pereira é uma besta. Até desconfio que ele seja um conhecido, militante da direita que vive uma vida mentirosa de sucesso, onde na verdade quem paga a conta é a esposa, que ainda é mal falada por ele.

  15. Henrique Postado em 28/May/2015 às 14:08

    Na boa.... não tem que ter doação nenhuma, nem publica e nem privada. O que esta acontecendo hoje é um bando de gente defendendo partidos como se fosse time de futebol. Isso esta ficando realmente perigoso, se não começarmos a ter opinião própria e estudar, vamos continuar sendo manipulados. Temos que parar de ser hipócritas.

    • A. Rocha Postado em 28/May/2015 às 16:21

      Justamente por este clima de "torcida" é que eu apoio o financiamento somente por doações de pessoas físicas e com limites estabelecidos, levando em conta a renda de cada doador. Afinal, até mesmo um "torcedor" pensa duas vezes antes de dar dinheiro ao seu "time". Isso fortaleceria a ideologia dos partidos, que se não corresponderem após eleitos, perderão as doações nas próximas eleições. Além de criar senso crítico, politizar a nossa sociedade, esta forma de financiamento é coerente com a máxima da democracia: "um cidadão, um voto".

  16. daniel Postado em 28/May/2015 às 14:15

    Parabéns pelo engajamento, maria. Vai pensando assim, enquanto Cunha leva o Brasil pras trevas. Procure se informar, leia, analise dados e opiniões. Não fique apenas reproduzindo o "fora PT" sem consciência crítica. Entenda do que se trata e, acima de tudo, tenha opinião própria.

  17. Eduardo Postado em 28/May/2015 às 14:21

    Financiamento privado, igual propina legalizada. Os 2, 5 bilhões economizados ns campanha, se tornao 100 bilhões desviados.

  18. Samuel Postado em 28/May/2015 às 14:34

    Parabéns Pereira...Seus comentários foram perfeitos.

  19. Mauro Postado em 28/May/2015 às 14:51

    Tens razão Pereira, realmente são as empresas que darão dinheirinho para os partidos. Nós da classe média não precisaremos pagar esta conta no futuro. Jingle bells, Jingle Bells, Jingle all the way Oh what fun it is to ride in a one horse open sleigh hey!! Haja paciência!!!

    • Emerson Postado em 28/May/2015 às 16:18

      Bem dessa Mauro, o Pereira ai deve acreditar em papai noel. O financiamento privado de campanha é o maior eixo da corrupção do país, e já existia, só foi legitimado agora. O tal Pereira acha que o tal cunha trouxe uma novidade para o bem da nação, que coisa, a gente esta numa merda de país e quando temos a chance de mudar, mudamos para pior, ou permanecemos dentro do mesmo erro. Dai vem o tal Pereira dizer que quer mudança, como vai mudar fazendo o mesmo?

    • Emerson Postado em 28/May/2015 às 16:19

      Será mesmo que é tão difícil entenderem que a empresa financia o candidato agora e manda a conta depois?

  20. fred Postado em 28/May/2015 às 15:27

    Quem votou a favor do financiamento privado é réu confesso. O financiamento privado é a mãe de toda a corrupção !!!!!!!!!!!!

  21. Nuno Postado em 28/May/2015 às 15:33

    Você acha que empresa faz doação??? Use o cérebro, é grátis.

  22. Nuno Postado em 28/May/2015 às 15:36

    E outra senhor Pereira, aquelas medidas de reforma politica, presas estratégicamente pelo ministro do Supremo, Gilmar, vão agora para o lixo, com essa emenda constitucional. Não abras a pestana, não.

  23. Tyna Postado em 28/May/2015 às 16:05

    http://eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/08/10/campea-em-doacoes-friboi-virou-gigante-da-carne-com-r-10-bi-do-bndes.htm só um pequeno exemplo da conta que a gente paga pelo financiamento empresarial

  24. Emerson Postado em 28/May/2015 às 16:13

    Correção? Ele não mudou nada, só legitimou o financiamento privado como já é feito, ou seja só legitimou a maior fonte de recursos da corrupção no país. O seu ódio contra o PT te cegou, só pode

  25. Emerson Postado em 28/May/2015 às 16:15

    Maria, minha filha vai estudar, para ver se entende o que está acontecendo.

  26. isaac Postado em 28/May/2015 às 16:17

    Uma grande perda de tempo a discussão em torno dessa matéria, seja por nós eleitores ou pela CD. O político corrupto é um câncer que vai roubar independente da fonte de custeio das campanhas. Se nossos políticos fossem honestos hoje não se estaria discutir reforma política.

    • OTÁVIO FEITOSA DA SILVA F Postado em 28/May/2015 às 17:24

      Com esta LISTA, identifica-se a raiz do CÂNCER do BRASIL. Esses pseudos CONGRESSISTAS são os verdadeiro escudeiros da CORRUPÇÃO da NAÇÃO. ISTO É, UMA VERGONHA !!!

  27. juliano Postado em 28/May/2015 às 16:44

    santa ignorância bateman

  28. Carlos Postado em 28/May/2015 às 16:48

    Corrupção no Brasil é causa Pátria, sempre teve e nunca ira acabar, prova disso foi o que aconteceu na camará, e o que já havia acontecido no STF com o perdido de vistas de Gilmar Mendes sobre matéria já a provada por seis ministros. Quanto custou aos cofres da corrupção, a mudança dos votos da camará de um dia para o outro? Eu tenho certeza que muito dinheiro rolou para que toda essa manobra desse certo.

  29. João Daniel. Postado em 28/May/2015 às 16:49

    O Brasil pouco muda, pois infelizmente existem muitos eleitores que pensam que o financiamento público de campanha não envolve nada,putz, me explica como uma empresa vai dar dinheiro para um político ou um partido político sem ter algum retorno com isso???Acorda Brasil, reforma política desse tipo não é reforma política, pois pouco muda, vai continuar aquela velha camaradagem, eu dou dinheiro e ganho obras superfaturadas, Eduardo Cunha é safado, e os deputados que mudaram o voto no dia seguinte a favor do financiamento com certeza ja receberam um dinheirinho por isso,rsrsrs.

  30. João Postado em 28/May/2015 às 16:53

    Pereira, meu filho, acorda pra vida, abre o olho pra o que está por trás amigão, esse papo de PT que tu ta engolindo aí é exatamente o que essa galera quer. E se você não percebeu, todos esses escândalos envolvendo o PT, envolve esses caras aí também, inclusive o Cunha! inclusive o seu partido está envolvido nos mesmos escândalos, inclusive ele está envolvido em escândalo! mas pra ele você aplaude né? Tu é inocente mesmo de acreditar nisso? também é inocente em acreditar nesse papo de que "politico é tudo farinha do mesmo saco"? Amigo, tu é daqueles que o inimigo da tapinha nas costas e você nem percebe, ou então, de alguma forma, se beneficia com isso tudo. Abre o olho camarada!

  31. carlos Postado em 28/May/2015 às 17:03

    A mídia, e a oposição não querem acabar com a corrupção, eles querem acabar com o Partido dos trabalhadores.

  32. Antonio Teixeira de Araúj Postado em 28/May/2015 às 18:12

    "No Brasil, a lei que libera o financiamento das campanhas por interesses privados é de 1997. Quanta mais cara é a campanha, mais o processo é dominado por grandes financiamentos corporativos e mais a política se vê colonizada. Nos Estados Unidos, Hazel Henderson comentou: Temos o melhor Congresso que o dinheiro pode comprar." Matéria no Le Monde Diplomatique Brasil de setembro de 2013 Os vazamentos do dinheiro público Ladislau Dowbor

  33. Julio Postado em 28/May/2015 às 18:31

    Maria, vc só deixou claro o quanto é uma analfabeta política. Gente como vc devia ficar no curral

  34. Silvania Alves Postado em 28/May/2015 às 19:58

    Nossa, um governo q prioriza as politicas sociais faz com apareça a doença da imbecilidade! Toda a bancada do PT votou contra esse imundo financiamento das Empresas e mesmo assim, idiotas, dizem q o PT é a favor do financionamento. Então quem votou a favor é contra! Essa doença pega?

  35. Leide Postado em 28/May/2015 às 20:04

    Esse Pereira não deve ser levado a sério. Primeiro que é um sujeito extremamente egoísta, que só enxerga o próprio umbigo. É sintomática essa lenga-lenga de " nós da classe média..." Depois, o sujeito que defende a constitucionalização da corrupção ou é ignóbil ou estúpido. Sim porque se trata de constitucionalizar a corrupção. Repito, porque acho absurdo demais, trata-se não só de legalizar a corrupção, mas de torná-la constitucional. Vai na contramão das reivindicações recentes. Ora, por que uma empresa financia um partido ou um político senão porque espera algo em troca. Isso é a pior de todas as corrupções. Significa que nossas leis são compradas e que o povo não tem representação no Congresso. Mas um sujeito como Pereira, com deficiência cognitiva, só consegue enxergar até onde isso contraria o PT, que ele abomina tanto por ter criado programas de transferência de renda. Como disse antes, é sintomático da hipócrita classe média brasileira.

  36. Sidnei Marquesi Postado em 28/May/2015 às 20:37

    Faltou registrar no texto, quem foi na bancada do PT, PCdoB e PPS, que deputado se absteve da votação.

  37. Fernando Postado em 28/May/2015 às 21:37

    Parabéns?? Amigo, o financiamento privado é o principal causador da corrupção no país. Ou você é beneficiado pela corrupção ou é alienado.

  38. Andrei Postado em 29/May/2015 às 02:31

    E com essa largo a toalha. Cansei. Vocês venceram. Vou só permanecer por aqui niilisticamente olhando a paisagem sendo consumida pela desgrama anunciada e ratificada pelos próprios desgramados (no melhor sentido possível da expressão, ou o que se pode conseguir). Reforma política com institucionalização do financiamento empresarial de campanha?! É isso mesmo produção?! A velha, manjada e descarada compra dos políticos - antes mesmo de postularem o mandato - por quem tem dinheiro e poder suficientes para decidir quem chega lá? A venda de vagas em Brasília e outras instâncias de poder em troca das almas dos políticos é tão velha quanto a venda de vagas no céu pelos colegas dos membros da bancada da Bíblia, tão bem representada pelo presidente do Congresso, autor desse golpe final na moribunda democracia brasileira. Quanto cada SAFADO VAGABUNDO CAFAJESTE embolsou para aprovar o que tinha desaprovado um dia antes? É uma desfaçatez cada vez mais dantesca o que se vê nesta judiada terra. Mas serve pra quê tanto noticiário provando e comprovando diariamente que essa é a raiz dos principais males desse país, há séculos? Não vai rolar panelaço? Não, não vai. Nem perto disso, pois há muito uma massa amorfa domina nessas paragens, incapaz de agir por consciência própria, pois ela inexiste. O que sobra é um rumor residual, sem foco, compromisso ou objetivo, que só serve como instrumento de pressão em apoio à manutenção do próprio status quo, por mais paradoxal que isso devesse perecer. Definitivamente não vai rolar um país melhor. Não com esse povo, que elege congressos como esse, principalmente quando a necessidade de mudança parece tão evidente e urgente. Não tem como. Desisto.

    • Leide Postado em 29/May/2015 às 08:36

      Caro Andrei, entendo a sua frustração, pois é o mesmo que sinto. Não sei se podemos fazer alguma coisa. Mudar esse cenário parece algo além das nossas forças. Mas acho que não devemos calar os nossos gritos. Um dia, quem sabe, aqueles que conseguem enxergar o mal que paira sobre a nossa política consiga acordar para o mundo real os seres desfalecidos dos seus delírios esquizofrênicos. É certo que tal patologia é de difícil cura, mas, quem sabe, não possamos livrar outros seres preventivamente. Se desistirmos, estaremos nos condenando. O ser humano possui muitos vícios que prejudicam o seu caráter e o seu sentimento de justiça, mas, por outro lado, tem uma incrível capacidade de aprendizado. Além disso, a vida é cíclica. E essa gente ainda vai aprender da pior forma os erros que estão cometendo agora. A nossa democracia é uma criança e ainda engatinha. Acho que não devemos nos resignar, porque é exatamente isso que esperam aqueles que pretendem subjugar os outros.