Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mídia desonesta 07/May/2015 às 18:25
27
Comentários

Documento prova que revista Época mentiu para incriminar Lula

Imagem comprova que revista Época manipulou um documento oficial da Procuradoria da República do Distrito Federal, ao reproduzir cinco linhas e esconder dos leitores a informação mais importante: o título. Ou seja: o MPF não "abriu investigação contra o ex-presidente Lula", o que existe é uma "Notícia de Fato"

A imagem abaixo é a prova material de que a revista ÉPOCA mentiu e manipulou um documento oficial da Procuradoria da República do Distrito Federal. Em sua edição desta semana, a revista reproduziu cinco linhas desse documento e escondeu dos leitores a informação mais importante: o título.

Diferentemente do que a revista afirma, na capa e na reportagem principal da última semana, o Ministério Público não “abriu investigação contra o ex-presidente Lula” por suposto “tráfico internacional de influência”. O único procedimento relativo ao ex-presidente no âmbito do MP é uma “Notícia de Fato”, que não pode ser confundida com investigação nem inquérito, não torna o ex-presidente “formalmente suspeito” de coisa nenhuma e muito menos o “enquadra” em qualquer artigo do Código Penal.

“Notícia de Fato” é um dos dois tipos de procedimento interno no âmbito do MP (o outro é o inquérito administrativo). Uma NF é o que o nome indica: uma notícia, uma comunicação feita por um procurador, para ser avaliada por outro procurador, que pode buscar mais informações (mas não pode quebrar sigilos, ao contrário do que diz a revista), pode receber esclarecimentos das pessoas mencionadas e depois decidir se 1) abre um inquérito, 2) move uma ação penal ou 3) arquiva o assunto.

Veja a imagem:

revista época lula

Bem diferente do que ÉPOCA diz, a NF 1.16.000.000991/2015-08 é um despacho solitário do procurador do 4º Ofício de Combate à Corrupção, Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, ao qual ele anexou nove recortes de notícias publicadas nos últimos dois anos. Não é um trabalho “dos procuradores” (no plural) do Núcleo de Combate à Corrupção, como sustenta a revista.

O despacho do procurador Anselmo Lopes tem 50 linhas, pontuadas por nove ressalvas e verbos no condicional: “possivelmente teria pago”, “teria feito”, “teria obtido”, “caso se comprove”, “poder-se-á, em tese”, “teria supostamente “, “teria custeado”, “em tese, poder-se-ia”, “nessa hipótese”. Nenhuma acusação, nenhum indício, nenhuma denúncia.

No mais surrado estilo “consta que”, o despacho do procurador Anselmo começa assim: “Chegou ao meu conhecimento, por vários meios e inclusive por notícias de diversos veículos de comunicação, que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva teria supostamente (…) obtido da empreiteira Odebrecht, direta ou indiretamente, vantagem econômica a pretexto de influir em atos praticados por agentes públicos estrangeiros”. Além de delirante, tal suposição, num documento oficial do MP brasileiro, é uma ofensa generalizada aos governantes de países com os quais o Brasil tem relação.

O despacho foi distribuído no dia 20 de abril para a procuradora do 1º Ofício, Mirella de Carvalho Aguiar, que desde então tem prazo de 30 dias (prorrogáveis até 90) para decidir se arquiva ou se dá algum tipo de seguimento ao despacho do colega Anselmo Lopes. Conforme os registros públicos da PR-DF, no dia 29 de abril o repórter Thiago Bronzatto retirou uma cópia integral do documento. Por que, então, ÉPOCA escondeu dos leitores que os trechos do documento citados e reproduzidos na revista eram de uma “Notícia de Fato”, com número, autor e data de autuação definidos?

A manipulação de ÉPOCA começou a ser desmascarada no mesmo dia em que a revista circulou, numa reportagem do jornal O Globo (do mesmo grupo editorial), em que a procuradora Mirella Aguiar esclareceu que não havia inquérito, apenas uma NF. Na segunda-feira 4, O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo também publicaram os esclarecimentos da procuradora, reproduzidos em nota do Instituto Lula. Enquanto sua capa desmoronava, o editor-chefe da revista, Diego Escosteguy, divulgou duas notas reiterando o teor da reportagem.

O documento oficial está no final desse texto e é revelador: o que a revista trata como “investigação dos procuradores” é, na verdade, um conjunto de hipóteses do procurador Anselmo Lopes, formuladas a partir de notícias de jornal publicadas desde 2013.

Nenhum fato novo, que já não tenha sido desmentido ou esclarecido pelo Instituto Lula ou pelas duas instituições também citadas – o BNDES e a Odebrecht. Só que estes esclarecimentos, embora sejam de conhecimento público, não são mencionados no despacho do procurador Lopes.

Por exemplo:

1) A viagem do ex-presidente Lula a Cuba, República Dominicana e EUA, em janeiro de 2013, foi paga pela construtora conforme contrato para realização de palestra empresarial em Santo Domingo. Diferentemente do que insinuou reportagem de O Globo (12/04/2015) citada no despacho, não houve agendas secretas ou “sigilosas”. Isso foi esclarecido em anúncio pago na edição do Globo do dia 14/04, no qual a Odebrecht acrescenta que já contratou palestras internacionais dos ex-presidentes do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, e da Espanha, Felipe Gonzalez, dentre outros.

2) O despacho desconhece que os financiamentos do BNDES são decididos por uma direção colegiada, e não por seu presidente, Luciano Coutinho. Basta esta simples razão para derrubar a tese de que Lula “buscou interferir em atos praticados pelo presidente do mencionado banco”. O apoio institucional do BNDES às exportações de serviços brasileiros – como fazem todos os países competidores no mercado global – foi esclarecido pela direção do banco ao jornal O Globo, citado no despacho. De 1998 a 2015, o BNDES financiou exportações brasileiras de serviços para 45 países, principalmente para os EUA.

3) Nos oito anos de seu governo, o ex-presidente Lula atuou em todas as esferas legítimas para apoiar a abertura de mercados para empresas brasileiras – da aeronáutica à agropecuária, do petróleo ao artesanato – bem como trabalhou para atrair investimentos em nosso País. Essa tipo de ação, que deve ser motivo de orgulho, inclui naturalmente os contatos com governantes de outros países, e é exatamente disso que trata a reportagem do Estado de S. Paulo (24/09/2008) anexada ao despacho. Não é um “padrão” a ser investigado, mas a conduta de um chefe de Estado e de um líder político comprometido com seu país – esteja ou não no exercício do cargo.

4) É público e notório que o ex-presidente Lula, assim como outros ex-presidentes brasileiros e estrangeiros, é contratado para apresentar palestras e conferências, remuneradas de acordo com o reconhecimento de sua imagem. Não é correto chamar de “outras comissões” uma atividade legal, registrada em contratos com recolhimento de impostos, como faz o procurador.

VEJA TAMBÉM: Revista Veja pede desculpas a Lula por mentira sobre festa de sobrinho

Clique aqui para ler a íntegra do despacho da Notícia de Fato 1.16.000.000991/2015-08 (sem as manipulações da revista Época), indicando os links para as reportagens anexadas pelo procurador.

Brasil 247

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Luciene Postado em 07/May/2015 às 19:28

    Mas isso é muito sério! Esses jornalistas não têm caráter e responsabilidade?

    • Helias Postado em 08/May/2015 às 11:32

      Se não processar de volta... a sociedade inteira vai entender que o jornalista e a revista estão certos. O PT, Lula etc. estão calados por que tem culpa no cartório. Aparentar estar inerte e acuado num canto, se fazendo de coitados, não está dando resultado.

    • Igor Postado em 12/May/2015 às 13:43

      Não, não tem.

  2. Calixto Postado em 07/May/2015 às 22:04

    É a mentira e a manipulação sistematizadas. Como dar crédito a essa imprensa vil? Pior, auto-denominam-se éticos e imparciais. Piada de mau gosto.

  3. RafaeL Postado em 07/May/2015 às 22:53

    É a tal "liberdade de imprensa" mentindo e manipulando a mente de ignorantes... Enquanto a Justiça nada fizer, irão continuar com esse jogo sujo e criminoso.

  4. felipe Postado em 07/May/2015 às 22:57

    Garanto pra vc que o PP faz o mesmo portanto nem deveria escrever matérias do tipo, toda a imprensa faz isso não existe imprensa independente todo mundo é sustentado por alguem, é triste mas infelizmente é uma realidade.

    • danone boy Postado em 08/May/2015 às 05:47

      Beleza. Prove então. Sintoma numero 1 de coxinhismo: quando é contra a esquerda É contra a esquerda. Quando é contra a direita é pq todo mundo faz. Estamos esperando a prova.

  5. Dinio Postado em 07/May/2015 às 23:45

    A GLOBO É UMA CADELA NO CIO ... COM UM MONTE DE VIRA-LATAS BABANDO ATRÁS !!!

  6. mary Postado em 08/May/2015 às 00:00

    Por isto precisamos de leis mais específica, mesmo os 120 paises q tem regulação da mídia ainda sofrem com manipulação.

  7. Thiago Teixeira Postado em 08/May/2015 às 07:26

    A desqualificação do pré-candidato a presidência do PT já começou, a campanha de 2018 iniciou-se em 27/10/2014 as 19:00.

    • BRUNO SILVA Postado em 09/May/2015 às 23:09

      Detalhes a parte é q quanto mais eles tentam continuar com isso agora mais se perde credito e mais proximo fica o fim desses jornais sem conteudo.

  8. Deisi Postado em 08/May/2015 às 08:12

    Concordo contigo Thiago! Quanto aos coxinhas até hoje não conseguem se conformar.

  9. Daniel Silva Postado em 08/May/2015 às 09:54

    Depois são chamados de lixos e não entendem o porquê.

  10. Eduardo Ribeiro Postado em 08/May/2015 às 10:58

    Meu presidente mexe com os brios da reaçada. Estamos com 5 meses de governo da mamãe Dilma, e a imprensa golpista, já conformada por não haver "terceiro turno" nem o "impeachment burguês", já sacou seu arsenal de mentiras e começaram o bombardeio pra cima de Lulão. Eu não me surpreendo pelas mentiras, porque eles e toda direita brasileira só sabem agir assim, manipulando, mentindo, distorcendo, inventando...a desonestidade está no DNA dos direitosos brasileiros, de modo que nada me surpreende vindo dessa laia podre. Mas dessa vez estão apressados demais, estão agindo com 3 anos e meio de antecedência...não é assim que vocês vão ganhar em 2018, gente...por favor...

    • Eduardo Postado em 08/May/2015 às 11:17

      xará. que voce tem a dizer sobre o fogo amigo do Mujica? golpista, coxinha tambem?

      • RafaeL Postado em 08/May/2015 às 17:24

        FOGO amigo??? >>> http://www.ocafezinho.com/2015/05/08/globo-transforma-elogio-de-mujica-em-delacao-premiada/ .........http://www.ocafezinho.com/2015/05/08/autor-do-livro-nega-que-lula-se-referisse-ao-mensalao/

      • Paulo Figueira Postado em 08/May/2015 às 17:46

        Que fogo amigo do Mujica? P próprio autor do livro desmente a interpretação que os coxinhas quiseram dar ao depoimento de Mujica.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 08/May/2015 às 18:48

        Olha...xara...o que eu acho é que a direita canalha achava que estava com o Super Trunfo na mao, que iam trucar todo mundo (vide Pereira e outros) mas tudo na realidade nao passou de ejaculaçao precoce dos canalhinhas de sempre. Haja vista que o autor do livro desmentiu isso ai. Entao...nao foi dessa vez. E pensar que Tio Re estava na Jovem Pan agora exigindo a convocaçao de Lula pra depor la no Petrolao, com base nessa boataria imoral. Morro de pena a cada vexame que nossos canalhas passam. Nao foi dessa vez. Xara.

  11. Silva Postado em 08/May/2015 às 14:31

    Coxinha, não adianta falarem precisa de provas!

  12. Rodrigo Postado em 08/May/2015 às 14:54

    Para entender um pouco mais sobre a midia em geral ler "Manufacturing the consent" de Noam Chomsky. Muito atual e bastante esclarecedor.

  13. RafaeL Postado em 08/May/2015 às 17:28

    diego, leia os links abaixo que postei ao Eduardo... O próprio autor do livro samba na cara de vocês.

  14. Edmeia Postado em 08/May/2015 às 18:30

    Interessante perceber que o imprensa televisiva deu manchete para a suposta investigação, mas não lembro de ter visto na televisão a correção feita posteriormente...

  15. Marianne Postado em 09/May/2015 às 08:52

    Os assinantes da Época não podem processar a revista por causa dessas manipulações e mentiras? Ou preferem pagar para ler essas distorções?

  16. edenildo f.da silva Postado em 09/May/2015 às 09:06

    Eu vejo e escuto diariamente movimentos anti PT, e sinto que existem muitos interessados em afastar a Presidenta, será que é por têm muita coisa escondida. As investigações continuam. Já já chegam nesses que querem afastá-la.

  17. deisi Postado em 09/May/2015 às 10:27

    Os assinantes, pagam para ser enganados, depois são os eleitores do PT, que são bovinos! Tenho me divertido muito com os micos do Pig e dos reaças. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

  18. aquino Postado em 09/May/2015 às 12:55

    TB LULA EM 2018 a 2026

  19. Ricardo Postado em 10/May/2015 às 21:55

    Lula devia processar a revista e os donos e exigir direito de resposta e indenização (percentual dos lucros de venda), além das implicações penais pela falsificação (omissão parcial) de documento público. Código Penal - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940 Art. 299 - Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante: Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa, se o documento é público, e reclusão de um a três anos, e multa, se o documento é particular.