Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mobilidade Urbana 21/May/2015 às 17:14
37
Comentários

Ciclista conta como um repórter tentou usá-lo para demonizar as ciclovias de SP

Ciclista desmascara má-fé do Diário de São Paulo. Ao tentar usá-lo para demonizar as obras da ciclovia em São Paulo, jornal não imaginava que estaria colocando a sua própria credibilidade em risco

ciclista ciclovia thiago ermel são paulo
Thiago Ermel foi abordado pela reportagem do Diário de São Paulo para tratar das obras da ciclovia. Seu depoimento foi descartado por ir de encontro com os objetivos enviesados da matéria (Facebook)

Thiago Ermel, ciclista e editor do blog Pedal Elétrico, pedalava na região da av. paulista, altura do MASP, na última terça-feira, 19, quando foi abordado por uma reportagem do jornal Diário de São Paulo.

O jornalista pediu uma entrevista a Thiago para tratar das supostas paralisações nas obras da ciclovia na capital paulista e contava com a colaboração do entrevistado para confirmar a tese que seria estampada na matéria.

Thiago não corroborou com o que ouvira do jornalista e contestou a sua versão. Suspeitando que seu contraponto não seria publicado (ou poderia ser deturpado) pelo jornal, o ciclista utilizou o Facebook para relatar o episódio. Até o fechamento deste texto, sua postagem já havia recebido mais de 3 mil curtidas. Leia a íntegra:

Hoje eu voltava pela Paulista, na altura do MASP, quando, ao parar num semáforo, um jornalista do Diário de São Paulo pediu uma entrevista sobre a ciclovia da Paulista. A conversa foi mais ou menos assim:

– Você passa aqui sempre?
– Todo dia, indo para o trabalho e voltando.
– A gente tá vendo que as obras da ciclovia estão paradas há algum tempo, você reparou nisso?
– Paradas? Acho que não. Aqui não tem nada porque está praticamente pronta. Mas lá na Bernardino de Campos está a todo vapor, e na Praça do Ciclista vi eles colocando asfalto pigmentado esses dias.
– Mas aqui está tudo parado, fechado…
– Acho que só vão abrir quando estiver totalmente pronta, né? Por uma questão de segurança.
– Mas as obras vão atrasar, vão passar da data limite.
– Olha, até onde sei o cronograma previsto era de seis meses… (nesse momento eu já tinha sacado a intenção de procurar picuinha para criticar ciclovias).
– Mas vai atrapalhar a Parada Gay, agora em junho.
(Só pensei: se com manifestação quase toda semana, inclusive muito grandes, não teve nenhum incidente com a ciclovia, porque teria num evento totalmente pacífico?)
– Acho que não atrapalha não…
– E o pessoal reclama, diz que são pouco usadas.
– (Aí eu já comecei a ficar sem paciência.) Demanda induzida. Se você constrói uma via para carros, com o tempo mais carros passam a usar aquela via, até congestionar. Se constrói uma linha de metrô, ela vai enchendo e saturando aos poucos. É a mesma coisa com ciclovias.
– Isso é o que o prefeito diz. Primeiro as ciclovias, depois as bicicletas…
– Isso é o que os urbanistas dizem. Ele só está repetindo o que aconteceu e acontece em todo o resto do mundo. Mas eu tenho a impressão que quando esta ficar pronta, o uso vai surpreender os críticos.
– Sei. Mas e as obras, estão paradas, né?
– Cara, dá uma olhadinha nas pontas da Paulista. Checa lá que você vai ver que elas continuam.
– Tá. Podemos tirar uma foto sua com a bicicleta, ali no meio (na ciclovia)?
– Ah, não, né? Depois alguém vai dizer que eu estava usando a ciclovia sem estar pronta, sem segurança…

(O fotógrafo bateu ali mesmo, na calçada, com a ciclovia ao fundo. O repórter não gravou a fala, não fez uma anotação sequer – apenas meu nome, profissão e idade. A ver o quanto disso tudo aparecerá amanhã na matéria do Diário de SP).

Quando a matéria foi publicada no jornal, as suspeitas de Thiago se confirmaram: o Diário de São Paulo omitiu todo o seu depoimento.

“Tem o comentário de uma comerciante que tem um quiosque na Paulista, de uma faxineira e também de uma advogada que trabalha e mora na região. Mas não do ciclista que faz a Paulista de ponta a ponta diariamente, indo e voltando para o trabalho, desde o início de 2014, acompanhando de perto e com muito interesse a evolução da ciclovia”, lamentou.

“Não tenho dúvida de que as informações que eu levei para o repórter eram não só relevantes, mas apresentavam um ponto de vista diferente que poderia dar mais substância à reportagem (sem falar em imparcialidade). Mas não foi aproveitado, pois desde o começo não era o que entrevistador queria demonstrar”, continuou.

Para Thiago, o Diário de São Paulo tentou colocar em xeque as ações da CET e da Prefeitura, mas o que “acabou indo para a fogueira foi a credibilidade do jornal”.

“Mencionei precisamente, um dia antes da publicação, o que eu via com meus próprios olhos e o que a Prefeitura informou: as obras estão ocorrendo nas extremidades da Paulista, especialmente na Bernardino de Campos. Mas não podiam desmentir a versão predominante […] Ao menos o jornalista teve a decência de não distorcer minha fala – acho que ia tão frontalmente contra as instruções que ele trouxe da redação, que pouco havia o que fazer com ela. Nem por isso foi menos desonesto com o leitor”, concluiu.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Salomon Postado em 21/May/2015 às 17:21

    Não há compromisso com a verdade. O compromisso é com os anunciantes. A imprensa é a cruz do calvário da democracia.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 21/May/2015 às 17:37

    Diario de SP ganho selo de qualidade "Escola Brasileira Globo-Veja de Jornalismo". É o jornalismo do "podemos tirar se achar melhor".

    • Eduardo Ribeiro Postado em 21/May/2015 às 17:41

      E eu ainda não me acostumei com o ÓDIO, ódio real, generalizado, que meus colegas paulistanos tem das ciclofaixas. Inflamados pela imprensa golpista e pelo próprio egoismo já tradicional ("ainnnn minha suv está agora com pouco espaço pra passar na rua...e agora, prefeito??"). É um dos assuntos que mais se aproxima da unanimidade.

      • felipe Postado em 21/May/2015 às 18:53

        Eu acho muito legal as ciclovias mas do jeito que esta endo feito esta muito errado, colocar goela abaixo numa cidade como SP não é legal. Tem varias ciclofaixas erradas, sem sinalização, encima das calçadas impedindo os pedestres de circular e tem uma que acaba em uma grande cano no meio da calçada, enfim agora tem outras que estao lindas como a da paulista, se fizer certinho a população apoia se fizer errado vai ter crítica.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 21/May/2015 às 19:53

        É nada. Vão criticar de qualquer jeito. O boicote que Haddad sofre da plutocracia paulistana é algo inédito na história. O paulistano está se lixando se vai ficar certinho ou não. Ele trata como uma ofensa, como se fosse uma cuspida no rosto da mãe, a construção das ciclofaixas. Que são sim mudanças necessárias, não só de estrutura física do ambiente urbano, mas de mentalidade. Chega de se curvar ante o império automobilístico. Em uma cidade com 7 milhões de veículos, não há modo de se combater essa proliferação de carros que não seja reduzir o espaço deles.

      • Denisbaldo Postado em 21/May/2015 às 21:20

        Com a implementação das ciclovias, o Haddad está conquistando uma parte dos eleitores que antes eram fiéis aos tucanos e contra o PT. Boa parte dos ciclistas de São Paulo são de classe média e média alta, estes ciclistas conhecem outras metrópoles no mundo e defendem uma cidade mais humana, querem mais opções de transporte público. Resumindo, os tucanos estão perdendo esse eleitorado para o Haddad e o PIG não perdoa, ataca o quanto puder. O Haddad está fazendo uma revolução em São Paulo e se for reeleito em 2016 tem chances de ser o candidato do PT a presidência em 2018 caso o Lula prefira ficar de fora. Ele já faz parte do conselho criado pelo Lula para discutir a eleição de 2018. E Felipe, me desculpe, mas só enfiando goela abaixo para conseguir mudar os hábitos arcaicos dos paulistanos. Por mim ele deveria introduzir a tarifa zero nos ônibus para forçar as pessoas a utilizarem transporte público. Carro em SP não é mais solução, ponto final.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 09:57

        Olha Denisbaldo aqui em SP ele esta tendo uma aprovação pior que a da Marta, fazer as coisas goela abaixo pode funcionar em muitos lugares mas em SP não, precisa haver planejamento ele fez isso com as bicicletas e com os corredores de onibus muita coisa saiu errado e teve que ser refeito fora que o ficou errado e esta ate agora assim isso o paulistano não aceita, aumentou o IPTU de quase todas as coisas um aumento muito acima de inflação, anunciou poucos dias atras que só vai construir 40% das creches que prometeu, fora a industria das multas..... enfim, ele podia ter sido um marco para SP tinha tudo para ser o melhor e esta sendo pior que os outros.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 10:22

        Tem seus problemas, tem pontos em que merece ser criticado, mas é tranquilo o melhor prefeito que eu vi essa cidade ter. E é de longe o mais avacalhado por mídia e elite. Consegue o prodígio inenarrável de ser mais ODIADO do que Marta Suplicy e Luiza Erundina, duas grandes prefeitas de São Paulo atacadas pelos mesmos setores. A briga que Haddad comprou é grande demais. Um PTista desafiar o império automobilístico, tirar ACERTADAMENTE o espaço da suv da madame nas ruas, enfiar ACERTADAMENTE as ciclofaixas guela abaixo do paulistano para forçar uma mudança de mentalidade, cuspir na tradição de uma cidade que foi ESTUPIDAMENTE CRANEADA para funcionar apenas "de carro"...esse cara não ganha nunca mais para mais nada aqui. E obviamente tem meu voto de antemão.

      • Wiliam Oliveira Postado em 22/May/2015 às 11:36

        Felipe, de boa, até concordo que determinadas ciclofaixas foram feitas meio que de qualquer jeito, principalmente em alguns bairros da Zona Leste (moro na Penha e vejo isso ao passar próximo ao Parque do Carmo, onde tem uma que não oferece muita segurança pra quem é usuário). Porém, como já andei lendo por aí, paulistano é o cara que se a prefeitura atual colocar um ônibus banhado a ouro na porta da casa dele, o cara ainda vai reclamar.

      • Wiliam Oliveira Postado em 22/May/2015 às 11:41

        Cara, um dia desses eu peguei um ônibus (um desses biarticulados, chamados de trolebus em alguns lugares) na Radial Leste, altura da estação Belenzinho. Dali até a Penha eu fiz num tempo consideravelmente menor do que eu normalmente faço de carro (cerca de 5 minutos a menos). Conheço um típico paulistano da ZL que adora criticar as ciclofaixas e faixas exclusivas de ônibus, mas se esquece que a esposa dele gasta, em média 3,5 horas por dia para ir trabalhar no Itaim Bibi. Cara, a cidade tem que ser pensada pra todos! Eu tenho carro (e odeio usá-lo), mas muitas pessoas não têm. Os usuários de transporte público e de meios de transporte não-poluentes deveriam ter prioridade sobre o transporte individual, e isso nem deveria entrar em discussão.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 12:41

        Nao discordo de vc nao, eu mesmo demoro muito para ir e voltar do trabalho, logo teremos metro e vou usar porque carro é bom mas ficar parado no transito não dá. O que achei errado foi que ele ter feito como fez, onde eu moro tem uma no meio de uma avenida (tipo marginal) super perigoso eu jamais teria coragem de andar lá, o que ele fez esta corretíssimo mas da forma errada, vimos diversos locais que tiveram de ser refeitos porque foi feito errado e outros nem consertaram o problema é fazer uma coisa que seja de uso da população e não para ingles ver. Tudo que vier de melhora é bem vindo desde que seja bem feito os corredores do meu bairro ficaram super legais tiraram uma faixa de carro que ficou exclusiva esta perfeito, mas ainda assim acho que o metro seria a melhor solução uma pena que nosso querido governador (ironia) não pense assim.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 16:11

        "mimimi ciclovias vazias"....bicho...lógica elementar terceiranista: PRIMEIRO as ciclofaixas, e DEPOIS vem as bicicletas.

    • felipe Postado em 22/May/2015 às 11:25

      Nao concordo com vc, ele nada fez alem disso mudar uma tradição numa cidade como SP é muito mais do que ciclovias goela abaixo tem muitas coisas que eram prioridades e nao foram feitas, inclusive as creches que ele mesmo ja admitiu que não fará o que prometeu.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 11:34

        Falo da tradição em abaixar a cabeça pra indústria automobilistica, a "cultura do carro" que faz essa cidade ser pior do que naturalmente já seria. A melhor forma de acabar com esse culto ridículo é sim, tirando espaço dos carros nas ruas. Ciclovia guela abaixo foi uma decisão histórica e corajosa, e que enterrou a carreira política dele aqui. No mais, eu não disse que ele era perfeito e a prova de críticas. Disse que é o melhor que tivemos, dos que eu vi.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 12:45

        eu não concordo com vc, e pelas pesquisas a grande maioria também não, nada feito a contragosto da população que elegeu seu representante será aceito por ninguem como ja disse eu sou a favor sim nao se esquece que essa industria automobilística emprega milhões e milhões de pessoas as coisas em SP devem ser planejadas vimos muitas coisas que foram feitas sem planejamento e hoje população sofre com isso.

      • Denisbaldo Postado em 22/May/2015 às 13:00

        Contra gosto de que população Felipe? E desde de quando essa "população" sabe o que é melhor para o futuro da cidade? Será que essa população não está criticando em causa própria pois não utiliza transporte público??? Agora mesmo estou em Santos/SP e a cidade é toda coberta de ciclovias que inclusive atravessam faixas de pedestres e são vermelhas também viu! Aqui está tudo em paz. O planejamento que você defende deve ser o mesmo que o PSDB faz para a construção do metro de SP, só atrasa uns 10 anos. Isso você não reclama.

      • Denisbaldo Postado em 22/May/2015 às 13:02

        Ou talvez você prefira o planejamento dos reservatórios de água, esse sim foi muito bem planejado. VEJA O LINK: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u10308.shtml

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 14:07

        Mas aí você apenas reproduz o mesmo discurso genérico de que foi sem planejamento (mentira), que gastou-se trilhões (exagero)...enfim....as pesquisas refletem a sensação da população mais reacionária, fascista e sem noção do Brasil - o povo de São Paulo - , alimentadas por uma imprensa que em nenhum momento de sua história foi tão agressiva com um governante eleito quanto está sendo com Haddad. Nem Dilma, nem Lula sofrem em SP o que Haddad sofre com a imprensa golpista. E sim, tem que ser a contragosto, meu caro. Porque no que dependesse desse mesmo povo nem os corredores de ônibus estariam funcionando (e hoje até que estão sendo mais bem aceitos). E não é porque a industria emprega milhões que a cidade tem que ser refem cultural e filosoficamente dela. A ultima estatistica que li falavam de 7 MILHÕES de veiculos.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 15:37

        Bom Denisbaldo a contragosto da maioria, pode ter certeza que a maioria que o elegeu não esta satisfeita com sua gestão e pode ter certeza que não sera reeleito e vc sabe muito bem que sempre falo do nosso querido governador que acabou com o estado não vem com essa de eu falar pq nunca apoiei a gestão se é isso que te preocupa e a população sabe sim do que precisa pois é ela que sofre na pele as atitudes de nossos governantes. E o Eduardo é sempre assim... mimimi imprensa golpista, mimimi fascista mimimi preconceito mimimi reacionario, muda o disco cara.... SP é uma das maiores cidades do mundo é composta por trabalhadores de todas as regiões do Brasil ela apoiou o PT em busca de uma ideia nova em SP e isso é mais do mesmo de sempre a sua marca vai ser as ciclovias mau feitas que estao sendo feitas, metade do que ele fez não é usado, porque é mau planejado o paulista não admite isso so na minha região tem duas grandes ciclovias que não circulam uma bicicleta sequer isso porque é impossivel circular por lá, nao tem sinalização é estreito e nao leva a lugar nenhum só serve para passeio.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 16:10

        Você é usuário assíduo das ciclovias pra afirmar que foram mal feitas? Não creio. Mais provável que seja usuário de automóvel, cujo espaço foi reduzido em nome de uma nova mentalidade.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 16:18

        "mimimi ciclovias vazias"....bicho...lógica elementar terceiranista: PRIMEIRO as ciclofaixas, e DEPOIS vem as bicicletas.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 17:04

        Vem no meu bairro, saia de lá 5 e meia da manha e depois fala se tem condições de usar, trabalho a 22 km do trabalho seria perfeito se tivesse como ir de bicicleta é uma pena que nos locais que deveriam ter nao tem para eu utilizar. Enquanto isso tem ciclovia encima de calçada tirando a prioridade que é do pedestre depois do ciclista e depois do automovel as ciclovias são sempre bem vindas como a da paulista que esta ficando linda mas outras foram um gasto desnecessário de dinheiro do contribuinte mas é tipico de quem quer fazer goela abaixo e depois ve que gastou dinheiro toa.

      • Onda Vermelha Postado em 25/May/2015 às 14:02

        Felipe eu resido no Rio de Janeiro e posso lhe afirmar que aqui não se criou essa resistência toda as ciclovias que se criou em São Paulo. Como vocês devem imaginar a cidade virou um imenso canteiro de obras seja por conta das obras da Copa, e agora das Olimpíadas. Apesar disso, e dos imensos transtornos, de maneira geral todos veem essas mudanças de forma positiva. E aqui também o carro está sim sendo posto em segundo plano e sem esse papo de consultar os usuários dos mesmos. Por exemplo, milhares de vagas de estacionamento no centro da cidade foram literalmente extintas. Ou seja, ou você vai de transporte coletivo para o trabalho ou insiste e se sujeita a ter seu carro rebocado. Advinhe o que aconteceu? E aqui a Rede Globo não faz matérias achincalhando prefeito... mas se ele fosse do PT já viu né! Por acaso, você acredita que isso se deve ao fato de não haver erros de planejamento ou execução? A mídia tem lado meu caro e só não vê isso quem não quer!

    • Kazuhiro Uehara Postado em 23/May/2015 às 12:41

      Não perca o tempo respondendo ao tal de Felipe que é um robô e deve fazer parte da cota dos 70000,00 mensais do erário estadual para difamar o PT.

  3. Eduardo Postado em 21/May/2015 às 21:20

    indução.... manipulação.... invenção.... acusação..... parcialidade.... É E AINDA FALAM QUE NÃO PRECISA DE MODERAÇÃO..... Dilma tinha que tomar aulas com a Kirchiner....

  4. Marcos Vinicius Postado em 22/May/2015 às 08:57

    Não sei por que aí em São Paulo as ciclovias e ciclofaixas estão sendo demonizadas tanto. Aqui em Fortaleza nem vejo essa demonização toda, e olhe que aqui é sol p ano todo e nem quem justifica ser contrário a elas por causa do clima daqui é tão idiota assim.

    • enganado Postado em 22/May/2015 às 11:50

      Caro Marcos. Pode acreditar! A bronco toda é porque o FHC NÃO gosta. O Aloysio "Trezentinha" Nunes disse que ciclovia perto do apto do FHC era provocação do PT. Aliás o PSDB é o partido para ricos, ladrões, empresárrios, apátridas, judeuSS, Americanos, sem vergonhas, pecuarista=Fernandinho Beira Mar, ... etc. Dá para sentir o calibre desta gente ....

  5. TOLENO FRANCO Postado em 22/May/2015 às 09:52

    A atitude do repórter, com a imprensa que temos, já era esperada. Mas a animosidade contra as ciclovias em São Paulo só tem uma explicação: Fernando haddad é do PT. Se fosse de outro partido, estaria tudo bem, como está tudo bem com as ciclovias que existem em Copacabana/RJ. Ali, na calçada mais famosa do mundo, a ciclovia, onde precisa, como nas paradas de ônibus, invade a calçada e ninguém se incomoda, mas no Grajaú ou na Moóca, ou em Sapopemba, os paneleiros se arrepiam só de falar em ciclovia. Caraca, será que não dá pra perceber que é pra melhorar a qualidade de vida das pessoas?

  6. felipe Postado em 22/May/2015 às 10:00

    Esse é o problema a falta de planejando fazer goela abaixo da nisso dinheiro do povo desperdiçado o PP nunca vai falar disso pq ele defende o PT não a esquerda. Vc que anda em SP sabe do que estou falando, tem ciclovia que acaba em um grande cano, outras que passam pela calçada e tirem a prioridade que é do pedestre enfim....

  7. CLÁUDIO LUIZ PESSUTI Postado em 22/May/2015 às 10:38

    Sempre foi assim, manipulação.Só que agora as mídias na internet oferecem a chance efetiva de desmascarar estes callhordas

  8. josemilton Postado em 22/May/2015 às 11:33

    sao paulo nao engole nada, mas engole o governador dizer que nao ha racionamento de agua, mas as torneiras ficam sem agua todos os dias. Sao Paulo engole o atraso nas linhas do metro. E o reporter nao sai por ai entrevistando pessoas sobre o atraso das linhas motroviarias.

    • Denisbaldo Postado em 22/May/2015 às 12:22

      Eh realmente inexplicável como o Alckmin e seu PSDB são idolatrados por uma parcela tão grande de paulistas e paulistanos. Tudo o que eles prometem nunca é cumprido dentro de um prazo razoável. A própria segurança pública que é tão criticada em SP não afeta a popularidade deste governador. Eh realmente desestimulante ter que lidar com esse tipo de conduta. O Haddad em 2 anos de governo criou o "Busão da Madrugada", ampliou absurdamente as ciclovias, criou o programa "De Braços Abertos", acabou com a máfia do ISS instaurada pelo Serra e Kassab, entre outras coisas mais. Ele está enfrentando os problemas de SP ao contrário dos outros que somente empurram com a barriga. E mesmo assim alguns "intelectuais políticos" o consideram "o pior prefeito da história". Eh ridículo.

    • Denisbaldo Postado em 22/May/2015 às 12:27

      Abaixo está um link de uma matéria da Folha de SP de 2003 já alertando sobre os riscos da falta de água em SP. EM 2003!!! O Alckmin conseguiu algo que para mim seria impossível, ELE CONSEGUIU SER PIOR QUE O MALUF!!! Eu votaria no Maluf mas não nesse FDP!!! Pelo menos não estaria essa baixaria de crise de água aqui. VEJA ESSE LINK E COMPROVE: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u10308.shtml

    • Eduardo Ribeiro Postado em 22/May/2015 às 14:09

      PSDB e SP: a relação sado-masoquista mais longa da história da humanidade. São mais de 20 anos até que a morte nos separe.

      • felipe Postado em 22/May/2015 às 15:38

        Estamos a 13 com o PT isso não é sado? Viu a noticia dada hoje de redução na verba da educação?

  9. enganado Postado em 22/May/2015 às 12:18

    Comentar a notícia nem vale a pena. A orquestra da Imprensa-Empresa-Press_tituta Anglo-Sionista que comprou o que se diz de Mídia no BRASIL, só vai parar qdo os APÁTRIDAS colocarem suas PATAS no governo, com apoio dos babacas-de-plantão pagos, tipo Paneleiros da Paulista. Essas notícias são para manter em fogo brando a orgia contra o Governo/Presidenta DILMA/LULA/PT/Nacionalistas/ ... etc. Acredito que a rede gRoubo deve fazer um sorteio entre os jornais qual é o bola da vez para noticiar alguma coisa contra o PT, SEMPRE CUMPRINDO AS ORDENS da CIA/AIPAC/MOSSAD/... , cujo principal objetivo é a entrega do PRE-SAL para os "Anglo-Sionistas", e mais as riquezas minerais do nosso sub-solo. Então reportagenzinha é bosta em relação o que está sendo preparado lá fora=EUA/iSSraHell para a tomada de vez de Nossa NAÇÃO. Hoje é a ciclovia, amanhã é a calçada, depois é o balanço da praça pública,... etc. Enfim tem desculpa pra tudo, o negócio é preparar a massa para "hora do pau", ou seja, "Guerrilha Urbana", tipo Praça Maidan na UScrânia. Pior disto tudo é que se moderarem na UScrânia, os gasodutos na äsia derem errado, vamos PAGAR o PREÇO de mais Derrota dos EUA/iSSraHell para a RÚSSIA. Escrevam na parede o que digo, para não se assustarem depois; os EUA/iSSrael NÀO TEM Consideração/Respeito/Educação por seu NINGUÉM neste mundo: "Vão destruir o BRASIL com nossas própias mãos". Pergunto a este reporter entrevistador: "Sua velha Coroca NÃO lhe ensinou o que é Moral/Princípio/Honra? Olha aqui meu amigo, eu nunca vendi minha Dignidade por salário NENHUM, pois minha velha Mãe soube me transmitir valores que servem para vida toda, porque no futuro NÃO tivesse arrependimento de atos escusos do passado. Se duvidas, pergunte ao Aloysio "Trezentinha" Nunes como anda a sua cabeça em relação ao passado? Daí vc concluir o que é nadir pra frente e recuar a troco de grana ROUBADA pelo PSDB. Boa sorte!

  10. soda cáustica Postado em 23/May/2015 às 14:42

    Se o Brasil for pra guerra civil a culpa será da sua imprensa.