Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 29/May/2015 às 16:51
28
Comentários

Band é condenada após ofensa contra ateus em rede nacional

Após ofensa a ateus, Band terá de exibir campanha sobre liberdade religiosa. A emissora, que opera concessão pública e foi condenada por comentários de José Luiz Datena, será obrigada a exibir vídeos lembrando que o Estado brasileiro não tem religião oficial

band ateus datena justiça
O apresentador José Luiz Datena afirmou que só ateus são capazes de cometer crimes (divulgação)

CartaCapital

A Bandeirantes, uma das empresas que opera concessões públicas de televisão no Brasil, assinou neste mês um termo de ajustamento de conduta com o Ministério Público Federal por meio do qual se compromete a exibir 72 vezes um vídeo produzido pelo MPF cujo objetivo é conscientizar a população sobre a laicidade do Estado brasileiro. A assinatura do documento decorre de um processo aberto pelos procuradores contra a emissora após declarações preconceituosas do apresentador José Luiz Datena no programa Brasil Urgente contra cidadãos ateus.

O acordo com a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão determina que a Band exiba até o dia 1º de novembro uma campanha sobre a diversidade de crenças no Brasil, incluindo o ateísmo. O vídeo de 40 segundos ressalta que o Estado brasileiro não possui religião oficial, garantindo a liberdade de todos para escolher entre ter ou não ter uma religião.

O material da campanha (veja abaixo) será veiculado 72 vezes durante a programação da emissora, nos intervalos dos programas Brasil Urgente e Jornal da Band, de segunda a sábado, entre 16h15 e 20h20, e do Canal Livre, entre 00h15 e 01h15, de domingo para segunda.

Em uma edição de 2010 do Brasil Urgente, Datena e o repórter Márcio Campos, em reportagem sobre o fuzilamento de um jovem, relacionaram o crime bárbaro à “ausência de Deus”. Por cinquenta minutos, Datena insistiu na ideia de que só quem não acreditava em Deus poderia ser capaz de cometer tais crimes. “Porque o sujeito que é ateu, na minha modesta opinião, não tem limites, é por isso que a gente vê esses crimes aí”, afirmou.

Além disso, os males do mundo foram atribuídos aos descrentes: “É por isso que o mundo está essa porcaria. Guerra, peste, fome e tudo mais, entendeu? São os caras do mal. Se bem que tem ateu que não é do mal, mas, é… o sujeito que não respeita os limites de Deus, é porque não sei, não respeita limite nenhum.”

Em 2013, o MPF moveu ação contra a Band afirmando que, ao exibir as declarações preconceituosas contra os ateus, a emissora descumpriu a Constituição, segundo a qual a finalidade educativa e informativa e o respeito aos valores éticos e sociais da pessoa são princípios norteadores da programação das emissoras de televisão.

A Bandeirantes foi condenada a exibir em rede nacional, durante o Brasil Urgente, quadros que esclarecessem a população sobre a diversidade religiosa e a liberdade de consciência e de crença no Brasil, com duração idêntica à dos comentários preconceituosos. Na sentença de 2013, o juiz federal Paulo Cezar Neves Junior ressaltou que a liberdade de expressão, garantida pela Constituição Federal, não pode se sobrepor a direitos fundamentais como a liberdade de crença e de convicção. A Band recorreu, no entanto.

Abaixo, um trecho dos comentários de Datena disponível na internet:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Luis Postado em 29/May/2015 às 17:13

    Tinha que passar essa propaganda enquanto essa emissora estiver no ar. Muito sem noção esse comentário do Datena!

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 29/May/2015 às 17:17

    """""""...e do Canal Livre, entre 00h15 e 01h15, de domingo para segunda.""""""". Quem vai assistir isso? Deveriam forçar essa do domingo a ser num horário mais acessível. Intervalo do jogo, ou do Pânico. Jogaram uma inserção por semana no lixo. No mais, bem feito. Intolerância não pode ter espaço.

  3. Rodrigo Postado em 29/May/2015 às 17:40

    Isto foi perfeito, a liberdade é boa em todos os sentidos e nos custou muito conquistá-la (por mais que eu ache que ainda não somos livres). E quando um hipócrita qualquer resolve ataca-la é bom que ele seja punido.

  4. Rodrigo Postado em 29/May/2015 às 17:57

    (Outro Rodrigo) Eu tenho minha religião e não gosto de ofensas e, claro, devo proceder no mesmo sentido quanto a quem exerce seu direito democrático de não profesar credo algum. Aliás, a mesma norma constitucional que garante a liberdade de credo abrange a defesa, por óbvio, de não se ter credo algum. Respeito mútuo!

  5. Reinaldo Soares de Souza Postado em 29/May/2015 às 19:55

    O correto seria a decisão determinar essas inserções no horario onde foram proferidas.Se não perde a validade da punição e quem deveria ler ou divulgar os textos deveria ser o Sr. Dapena digo Datene.

  6. Miguel Postado em 29/May/2015 às 20:33

    A maioria fala, mas, na verdade, ninguém sabe o que é ou quem é deus. Se existe ou não existe. Então a maioria fala de uma coisa que não entende. E pior: tentam empurrar goela abaixo sua crença. Como não sabe como o mundo foi criado, o ser humano tenta explicar, e inventa coisas que acaba acreditando. O que é ser ateu? É não acreditar na existência de deus? Ora, só no fato de não acreditar que tal coisa existe, já se está partindo do pressuposto que existe. Então,o ateu é tão crente quanto os demais. Se existe deus ou não, não sei.

    • Eva Postado em 30/May/2015 às 10:00

      Caro Miguel, se o DEUS ÚNICO existisse de verdade não haveria "guerra santa". ELE não iria disputar com ele mesmo.

  7. Salomon Postado em 29/May/2015 às 21:24

    Do texto, lê-se a seguinte pérola, tirada à Constituição: "a finalidade educativa e informativa e o respeito aos valores éticos e sociais da pessoa são princípios norteadores da programação das emissoras de televisão". Uma pérola! Princípios norteadores, putz! Oras bolas, as emissoras de televisão estão raladas do desejo de deseducar, desinformar e desrespeitar os valores éticos e social das pessoas. Entre a letra da Constituição e a realidade vai um abismo mui largo e profundo. E quem deveria fiscalizar essas porcarias não fiscaliza. Dizem que seria censura oficial, eis que o povo é quem tem o controle remoto. Certo, a culpa deve ser do povo, que tem preguiça de mudar de canal. Quanto ao vídeo, mais didático, impossível. Liberdade de crença e descrença foi uma conquista da civilização. O tal não sabe disso.

  8. Viniciuss Postado em 29/May/2015 às 22:35

    Difícil é entender essa sua cabeça, minha filha

  9. Fabio Postado em 30/May/2015 às 04:49

    "quem não acredita em Deus não tem limite".... pqp, quanto bosta dita por uma só pessoa. Princípio espiritual é ser honesto, tolerante, amoroso, bondoso, enfim... acreditar em um poder maior, pra mim, funciona. Mas, para quem não crê, nada tem a ver com ser desonesto, intolerante, maldoso, rancoroso, ressentido... esse mano aí só fala groselha. Queria ver ele falar dos cristãos picaretas, lesa-pátria, ou os cristãos sonegadores de impostos, os cristãos que matam em nome de Deus, os cristãos que tiram racha de carro, os cristãos racistas, os cristãos intolerantes com outras religiões, enfim.... tenho mais pé atrás com cristão, por toda intolerância histórica, do que com ateu que são normalmente mais esclarecidos.

    • Inaldo Postado em 30/May/2015 às 09:36

      A CIÊNCIA TEM TEORIAS, COMO A DA EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES, DO BIG BEM, DAS EXTINÇÕES DOS DINOSSAUROS, DO SURGIMENTO DO HOMEM SAPIENS etc, NÃO TEM COMO PROVAR CONCRETAMENTE, POIS NÃO PODEMOS VOLTAR NO TEMPO E ESPAÇO PARA VER REALMENTE O FATO, O MESMO E RELACIONADO A" DEUS" não tem como provar se Deus existe, a Bíblia não é uma prova pois foi escrita pelos seguidores do mesmo Deus, o mesmo se aplica as outras Religiões, Deus na minha opinião é também uma teoria. Se entrarmos direto na questão religiosa, eu tenho duvida em sua existência, pois eu pergunto: se "DEUS", segundo a Bíblia e seus seguidores, é onipotente (poder absoluto), é onipresente (está em todo lugar ao mesmo tempo, é onisciente (sabe o futuro e o presente, os pensamentos das pessoas ), se ele tem todo esse poder, por quê criou a humanidade , por quê criou o Satanás, por quê ele precisa dos Anjos como mediador entre os homens se ele é onipresente !!!! muitas interrogações !!! . Por outro lado as religiões, tanto o Cristianismo, Judaísmo, Islamismo que acreditam em um Deus único, como também as outra religiões, foram criadas pelo homem para servir de instrumento de manipulação das massas (POVO), é só ver o nosso passado e também o presente, para ver que as religiões é motivo de guerras e mortes, no passado foram as Cruzadas, a inquisição que mataram em nome de Deus, hoje são o ESTADO ISLÂMICO no Oriente Médio, que usa a mesma formula de opressão da Igreja Católica da Idade Média, por outro lado no Ocidente as "Religiões" são apenas indústrias da Fé, que fatura milhões em troca de uma Salvação da Alma, coisa que não tem lógica na minha opinião.

      • poliana Postado em 30/May/2015 às 09:43

        PERFEITO INALDO!!!!!!!!!

      • Denisbaldo Postado em 30/May/2015 às 12:20

        Deus não criou o Satanás, Deus te deu livre arbítrio para seguir o bem ou o mal. O Satanás nada mais é do que a tendência perversa do homem em trair seu próximo, conquistar benesses com o esforço alheio. Se você quiser comprar uma arma agora, invadir um estabelecimento e roubá-lo Deus não irá impedi-lo, mas as forças que regem o universo criado por Deus irão agir contra você mais cedo ou mais tarde, nesta encarnação ou em outra. É impossível questionar Deus com teorias materialistas, Deus por si só é algo que transcende qualquer explicação nossa. Se você não acredita, não acredite. Querer provar que ele não existe é inútil, não temos conhecimento para tal ato. Todos aqueles que agem em nome de Deus para trair os homens nada mais são que seres perversos e não têm legitimidade para falar em nome de Deus. Se assim o fazem e outros acreditam, não é culpa de Deus e sim culpa daqueles mesmos que desejam seguir o mal através de seu livre arbítrio. Deus é amor, paz e evolução espiritual. O mal é próprio do homem que está em evolução. Não se esqueça que o espiritismo prega que existem vários outros planetas povoados por seres humanos em diversos outros níveis espirituais e a Terra é um daqueles em que é povoado por seres inferiores, ainda em um processo recente de evolução. Para mim, acreditar que a vida se resume a estes poucos anos de existência terrestre é inaceitável. Cada um acredita naquilo que sente em seu coração. Se tiver interesse em se aprofundar no espiritismo, leia a obra de Alan Kardec "O Evangelho segundo o espiritismo", e aí poderá ter mais evidências de sua não crença. Sócrates na antiga Grécia é considerado o primeiro cristão da humanidade, antes mesmo de Cristo existir este filósofo já defendia ideias similares às que estão escritas no Novo Testamento. Sócrates, Einsten, Newton e muitos outros gênios da humanidade acreditavam veemente em Deus, portanto não queira você com uma tese simples querer explicar o contrário.

      • C.Paoliello Postado em 04/Jun/2015 às 13:20

        Inaldo, só uma pequena correção, a teoria é do "Big Bang". No mais concordo com o conteúdo de seu comentário. Parabéns!

  10. Fabio Postado em 30/May/2015 às 04:52

    nossa, olha essa daí, típica "neoliberal, elitista pobre" querendo falar misturar assuntos, tratando com simplismo questões complicadas. Dó.

    • Marcelo Postado em 30/May/2015 às 21:50

      Maria, o texto é sobre ateu e crença em Deus, onde está se falando em partudo? Seus comentários são totalmente sem sentido e está demonstrando também falta de educação e respeito.

    • Silva Postado em 03/Jun/2015 às 15:06

      A "maria", na verdade é cesar souza e de vez em quando é diego!

  11. Denisbaldo Postado em 30/May/2015 às 08:51

    Prefiro um ateu honesto, verdadeiro e respeitador a qualquer religioso mentiroso, preconceituoso e ladrão igual ao Datena.

    • Denisbaldo Postado em 30/May/2015 às 11:58

      Eu não disse isso maria, especialmente porque sou católico praticante. Releia o meu comentário, pense um pouco e volte mais tarde. abrç!

    • Ricardo Postado em 30/May/2015 às 13:11

      Ele disse preferir "um ateu" a "qualquer religioso mentiroso". Em nenhum momento disse que todo ateu é honesto, nem que todo religioso é mentiroso. Problema grave de interpretação de texto... Como alguém que não consegue entender um texto de duas linhas pode entender de teoria política, econômica, sociológica ou filosófica?! Talvez por isso teus comentários se resumem a agressões: não tem nada a dizer.

  12. Eva Postado em 30/May/2015 às 09:56

    Se esse Dantena tem tanta fé em deus, porque ele não fala do helipóptero, da rede de pedofilia que envolve políticos, da crise hídrica, da greve dos professores... ?. Me ajuda aí Dapena!!!! Você é tãããooo poderooooso!!! Esclarece os desvios do TRENSALÃO? Por favor tira um sarro do "padrão fifa"

    • Denisbaldo Postado em 30/May/2015 às 12:00

      Por que ele não fala de seu colega de trabalho Edmundo, que matou 3 mulheres dirigindo bêbado/drogado e saiu impune?

    • Samael Postado em 30/May/2015 às 18:15

      Ele podia falar do filho dele que apanhou dos seguranças do metrô de São Paulo porque estava fumando maconha na estação!

    • C.Paoliello Postado em 04/Jun/2015 às 13:17

      Maria, o que isso tem a ver com a presente discussão aqui sobre religiosos e não religiosos? Vc está completamente fora do contexto da discussão.

  13. José Postado em 30/May/2015 às 16:30

    Violam a Constituição, mas seguem com a concessão. Quem é responsável por cumprir a lei e cassar a concessão da Band e do SBT? Ambas já violaram gravemente a Constituição.

  14. Junipero Postado em 02/Jun/2015 às 08:50

    Acredito que ainda exista uma bondade inerente no humano, porém facilmente deformável em vista da nossa dura realidade. Sendo assim, seja por orgulho, ou por cultura, em nome de uma vaidade irresponsável, em vez de assumir os erros, aprender com eles e melhorar a si mesmo, e até o próximo, quando este depende de nossa educação, o individuo prefere imputar culpa a um bode expiatório, o qual o eximiria de seus erros. Pior, ele encontra quem apoie essa ideia, incentive, ensine como fazer isso melhor, o faça crer que tudo esse conceito é o verdadeiro, negando a qualquer outro, e o advertindo de uma punição infernal, caso demonstre a menor duvida que seja, e mais: chegam a pagar por isso. Nesse desespero para que alguém diga que ele está correto, que ele será salvo, que o que ele faz é bom, e que outros que não são como ele estão condenados, tem seu ego massageado, dando ao mais tolo e ignorante homem um poder fantasioso que o colocaria acima que quem não partilha de suas crenças. Esse habito o faz condenar automaticamente, quem crê em conceitos diferentes, e chegue mesmo a odiar quem não crê, seja em seus conceitos ou nos dos outros. O homem (quer creiam tenha sido criado com uma finalidade especifica ou não) é um ser completo, não precisando de uma manual, muito menos feito por pessoas de cinco mil anos atrás para dizer que o que ele esta fazendo é certo ou errado. Isso é muito fácil, e qualquer criança pode dizer. Apesar de tudo é orgânico e passível de dor e sofrimento assim como qualquer outro ser vivo. A falta de maturidade para lidar com as adversidades da vida, sejam elas materiais, sentimentais, existenciais, físicas, econômicas, ecológicas, éticas, culturais, de gênero e de tantas outras inumeráveis fazem algumas crerem que ha um ser maquiavélico por trás de tudo que a cada momento de sua existência luta para destruí-lo (mal sabendo que este ser é ele mesmo) e que o disputa com outro muito bom e poderoso, mas que por algum motivo, apesar do poder, sabedoria, bondade e indestrutibilidade infinita, o deixou a mercê para assistir esse jogo de nervos num xadrez sádico, onde o homem é movido por forças sobrenaturais, e não pelo seu arbítrio ou responsabilidade. Elitizando-se a si mesmo, e quase entrando em êxtase, algumas pessoas torpes, acusam e generalizam aqueles que são diferentes por não partilhar de suas crenças, destilando assim um ódio velado que muitos tem, mas lhes falta poder e oportunidade pra expor, mas que o fariam se pudesse, ainda mais se houve respaldo de um imaginário ser, que de tão bom diria, “vai e derrube quem não crê no que você acredita, eu sou a bondade e amor, eu sou seu Deus, e não a salvação para ninguém a não ser através de mim”. Como diz um certo proverbio: o (verdadeiro) homem, educa a si mesmo. Se tiver que renunciar o mundo ( as mentiras que aqui se conta!), pouco importa.

  15. eu daqui Postado em 02/Jun/2015 às 09:40

    É muito deus no coração pra pouca vergonha na cara

  16. C.Paoliello Postado em 03/Jun/2015 às 12:37

    Melhor seria se o MPF determinasse a retirada do crucifixo de TODAS os ambientes de instituições públicas, pois as pessoas que as frequentam teem o direito não só de ser ateus, como serem judaicos, muçulmanos, budistas, bramanistas, shintoístas, etc.