André Falcão
Colunista
Compartilhar
Direita 20/May/2015 às 12:01
14
Comentários

As crias da direita midiática

direita ódio elite pt dilma impeachment

André Falcão*

Não sou do PT. Digo-o, não porque ache relevante fazê-lo, até porque não passo de um escriba com meia dúzia de leitores; muito menos porque julgue o Partido dos Trabalhadores indigno de minha pessoa, ao contrário; mas simplesmente porque muitos assim pensam, quando não o afirmam!, decerto por minha opinião favorável aos governos Lula e Dilma e pela polarização PT-PSDB. E não sou, entre outras razões porque estou à sua esquerda. Mas votei pra presidente no seu candidato, já em 1989, e o fiz em todas as eleições que se seguiram, embora então preferisse Brizola, um dos maiores políticos deste país, perda irreparável, porque insubstituível.

Sim, preferiria que Lula tivesse sido mais ousado quando eleito para o primeiro mandato, em 2002. Ele poderia, por exemplo, ter corrigido a brutal injustiça cometida aos aposentados, traduzida no fator previdenciário, um dos diversos bens perversos herdados do governo tucano do Sr. Fernando Henrique Cardoso. E se o fizesse, tampouco deixaria de ser capitalista o seu governo, como o é. Aliás, só a ignorância absoluta em política e em história para supor que os governos do PT buscam implantar o socialismo, ou a “República Bolivariana” nos moldes da Venezuela, como ouço aqui e ali, ora contendo ora o riso, ora a tristeza, porque tão engraçado quanto triste; acho até que mais triste.

Leia aqui todos os textos de André Falcão

Inegáveis, porém, os avanços sociais e econômicos alcançados por seus governos, incluído o de sua candidata, Dilma Rousseff, eleita e, para a sorte do país, reeleita. Equívocos e timidez em seu primeiro mandato, amplificados neste, enxergo muitos; mas isto não muda absolutamente nada a consciência inabalável de que é o melhor que se tem para o Brasil continuar avançando. E por isto há de ser defendido.

Preocupa, porém, ver pessoas, não raro apenas por vestir vermelho, sujeitas à intolerância dos energúmenos que, exatamente por sê-los, não aceitam a livre manifestação de opinião e militância políticas. Refiro-me às crias acéfalas dos grandes grupos midiáticos, que têm como armas a intolerância e a ignorância, manifestadas aqui e ali por agressão moral, quando não física, invariavelmente covarde, como se vê, já com freqüência preocupante, no celeiro da direita imbecilizada deste país: São Paulo. Felizmente por lá, ainda. Fascistas crias da mídia grande e de seus “calunistas” servis, vendidos ao seu jornalismo-lixo.

Não sabiam eles, porém, mas já estão a perceber, que as crias podem voltar-se contra seus criadores. Exemplos já despontam.

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. SILVIO MIGUEL GOMES Postado em 21/May/2015 às 09:02

    O esquadrão da morte nasceu lá pelos anos 60 exatamente porque "bandidos tomaram conta". O Promotor Hélio Bicudo combateu o esquadrão da morte, prendeu "Fininho" (Policial que fazia parte do esquadrão da morte) e em entrevista declarou; "foi o esquadrão da morte quem criou o crime organizado do tráfico de drogas". Já se passaram 60 anos e a situação só piorou. Todos os Governadores destruiram a Polícia Civil, só fazem alguns concursos para Polícia Militar, mesmo assim todas mal treinadas, mal equipadas. Tirar os direitos dos trabalhadores e dar mais poder aos bandidos (todos) e principalmente ao crime organizado. Esse Congresso eleito agora tem muitos nazistas que estão fazendo leis na maior rapidez para ajudar empresários corruptos (planos de saúde) e para tirar direitos trabalhistas. Porque o Congresso não faz leis mais severas contra os "crimes contra a vida, contra os crimes hediondos" também com a mesma rapidez. Mudanças no Código Penal ficou lá por muitos anos e fizeram uma porcaria. Mudem com a mesma rapidez para os jovens poderem começar a trabalhar pelo menos com 14 anos de idade. O CORRETO é a educação integral até os 18 anos, mas Políticos brasileiros em sua maioria são de extrema direita e não se preocupam com educação, saúde para a população.

  2. SILVIO MIGUEL GOMES Postado em 21/May/2015 às 09:13

    Tirar direitos trabalhistas tem como consequencia aumentar a criminalidade, tem como consequencia dar poder a todos os bandidos, principalmente ao crime organizado. "Sem exagero, pode-se dizer que todos os dias" a imprensa publica que Prefeitos de pequenas cidades "desviaram" (até do SUS) 5, 10, 30 milhões e todos os Prefeitos são do PSDB. São bilhões roubados em todas as Prefeituras do Brasil. Parece que não existe Poder Judiciário. Os barões da grande imprensa somente se preocupam com capitais, grandes centros e, óbvio, o Governo Federal e Governos Estaduais quando governados por inimigos, porque se interessam tão somente pelo poder político, poder econômico e estão se lixando para a corrupção.

  3. Roberto Pedroso Postado em 21/May/2015 às 10:04

    André Falcão mais uma vez foi claro e cirúrgico em seu texto, concordo com cada palavra e compartilho de sua mesma visão e opinião,parabéns pelo arrazoado bem escrito simples e conciso, mas infelizmente a cegueira partidária e o ódio pelo ódio tão difundido e propagando atualmente impede alguns de reconhecer a veracidade inconteste de suas palavras.

  4. Rodrigo Postado em 21/May/2015 às 11:07

    (Outro Rodrigo) André, André... Você já ouviu falar na EC 41/2003? Promulgada pelas Mesas da Câmara (Presidente João Paulo Cunha-PT) e Senado (Presidente José Sarney - PMDB)? Creio que sim. E você já teve a curiosidade de ver o tanto que ela é idêntica à norma atualmente em brutal discussão no Paraná? E sabia que, em razão da EC 41/2003 (que alterou o regime de previdência, instituindo contribuição para aposentados e pensionistas) o STF firmou entendimento no sentido de não haver direito adquirido ao regime de previdência, mas mera expectativa de direito, em função do assim criado "princípio da estruturação social"? Ou seja, o caso do Paraná (que apanharam da PM, Governador Beto Richa-PSDB) está fadado a terminar com professores apanhando de graça (tais quais os que apanharam em Goiânia, da Guarda Municipal, Prefeito Paulo Garcia-PT)... André, André... Você leu a entrevista recém divulgada com Frei Beto, na qual ele lamenta que os Governos Lula e Dilma focaram, sim, em "incluir" economicamente as pessoas menos favorecidas, mas não em prestar serviços públicos com qualidade e dignidade? O Frei bem resume o ocorrido, dizendo que em qualquer casa menos favorecida pode ser encontrado um carro, uma tv, uma geladeira, mas não saúde e educação, v.g. André, André... Enfim, você já parou para pensar que, em vez de uma "nova mídia", está sendo, sim, criada uma "nova velha mídia"? Uma "nova velha mídia" que apenas tem cor diferente (de azul para vermelho), mas comete os mesmos erros, incide nas mesmas faltas que tanto e devidamente sabe criticar. Ora, André, eu também confiei e, por isso, votei em Lula. Até me decepcionar ao ver que ele preferiu vender a esperança (que venceria o medo) à custa de muito fisiologismo, de alianças com os mesmos de sempre, buscando o caminho mais fácil para a reeleição (tal qual FHC o fez), mas não o caminho de um projeto de governo para o país. Assim, pois, fale das crias da direita midiática, mas fale também das crias da esquerda midiática. Se, pois, devemos criticar a direita, quanto a todos os seus erros, que critiquemos também a esquerda, quando ela teima em insistir nos mesmos erros que tanto criticou. Que não demos lugar ao "agora é a minha vez! Quem comeu, comeu e eu vou me lambuzar!", mas sim ao efetivo processo gradual de melhoria, de realmente pensar, dizer e, principalmente, agir diferente. P.S.: quando alguém for te agredir, em função de sua vestimenta ou viés político, reclame o devido respeito, sempre, e faça valer seus direitos, mas jamais se esqueça do "nós e eles", de todo o fomento que tal binarismo, maniqueísmo, vem recebendo nos últimos quase 13 anos.

    • Roberto Pedroso Postado em 21/May/2015 às 12:13

      Realmente todo cidadão correto se indigna com os escândalos de corrupção mas infelizmente para todos aqueles que acompanham a politica nacional infelizmente certos problemas se devem ao próprio sistema politico partidário do Brasil,como também acredito que todos os escândalos de corrupção devem ser investigados e seus culpados punidos,dos envolvidos nos escândalos relacionados ao Petrolão e também os envolvidos no escândalo do Banestado,do escândalo do CARF a atuação que beirou a irresponsabilidade envolvendo todos os processos suspeitos de privatizações do governo tucano,e a cobrança por justiça envolvendo o escândalo de desvios de verba do metro em SP, bem como isenção e imparcialidade por parte da imprensa na analise dos fatos,isso é que todo cidadão preocupado com os rumos da nação espera; agora temos certos cidadãos que pautados por uma indignação seletiva cobram,(só agora!?!? justo agora!?!?) por moralidade,ética e probidade administrativa.Muito estranho (para não dizer muito comodo e conveniente).

      • Rodrigo Postado em 21/May/2015 às 15:40

        (Outro Rodrigo) Concordo em gênero, número e grau com o seu "só agora!?!? justo agora!?!?", pois a investigação deve atingir a todos. De outro lado, Roberto, contudo, vou discordar de tal argumento quando for usado por um condenado, pois não há licença para cometer ato ilícito que seja decorrente da prática prévia.

    • ademar Postado em 23/May/2015 às 22:19

      Excelente argumentação Rodrigo, mas aqui você é mais um coxinha resmungando, qualquer crítica é fascista, direita e elite, Sr. Falcão nada de braçada com seus textos apaixonadas e calientes a causa. Qualquer coisa que se escreva é bíblia quando se prega aos fiéis.

  5. Ricardo Postado em 21/May/2015 às 14:19

    Por que as pessoas praticam violência?! Por que elas não introjetam a norma social?! Vá ler Durkheim; não tem nada a ver com disputa política.

    • Marlon Bravo Postado em 23/May/2015 às 12:32

      Durkheim também falava que em todo momento social, existe uma parcela da população predisposta ao suícidio. Vai coxinhas ! Se matem ! Morram de tanto ódio !

  6. Roberto Pedroso Postado em 22/May/2015 às 09:56

    Realmente senhor Rodrigo concordo contigo, todo cidadão realmente consciente quer a aplicação da justiça, independentemente da bandeira partidária defendida pelos corruptos que cometeram atos ilícitos, devemos todos cobrar por justiça célere contra aqueles que comprovadamente cometeram atos de ilicitude independentemente se estes atos foram praticados no âmbito municipal,federal ou estadual, este é o desejo de todo cidadão consciente que preza pelos ideais democráticos e republicanos.

  7. ademar Postado em 23/May/2015 às 22:11

    Venho mencionando há tempos sobre os textos do Sr. Falcão a obsessão com que ele fala sobre ódio, e incrivelmente não se apercebe que propagada e pratica o mesmo ódio que supostamente julga combater, infelizmente a maioria dos comentários aqui compactuam com a mesma ideia, que sociedade é este estamos desejando? A cada dia se fomenta mais esta divisão, separatismo e ódio,a discussão virou a causa e a verdadeira causa está sendo desprezada, não merecemos isto , e nem este é o caminho para uma Nação melhor.

  8. Roberto Pedroso Postado em 24/May/2015 às 11:34

    A divisão do pais sempre existiu,negar tal fato é negar os fatos,sempre houve segregação em nosso pais mas agora estas divergências se acentuam e recrudesceram ainda mais se tornando algo mais claro e patente,as classes medias começaram a perder seu poder de compra e tiveram seus "direitos adquiridos "e consequentemente seu status social ameaçados com a ascensão das classes menos favorecidas por meio de programas sociais e de transferência de renda e isso gerou a indignação e revolta daqueles que sempre foram privilegiados historicamente, a divisão de nossa sociedade sempre existiu e é explicada por causas históricas e sociais mal resolvidas responsáveis por nossa estruturação social, ademais bastou apenas uma mudança no delicado equilíbrio social segregacionista mantido e reiterado pelos outros governos "democráticos" para que antigos rancores viessem a tona e para que a divisão social que sempre imperou em nosso pais viesse a baila e colocada finalmente as claras.

  9. Maurício de Souza Matos Postado em 24/May/2015 às 19:46

    se os governos anteriores tivessem combatido a corrupção como agora está sendo combatida, não teria ela alastrado para chegar onde chegamos. A impunidade de anos anteriores é a principal fonte de fomentação da corrupção.Pelo menos agora os órgãos competentes têm liberdade para atuar, sem medo de serem eles os punidos, como acontecia em governos anteriores.Felizmente hoje há punição. O que antes não tinha. Porém isso não dá o direito de a imprensa "moralista e ética" dizer que "são os maiores escândalos de corrupção do Brasil. Esqueceram da SUDENE dezesseis bilhões e seiscentos milhões de reais? Do BANESTADO, quase um trilhão de reais? Das privatizações todas financiadas pelo BNDES? Será que os financiamentos foram pagos?E tantos outros achaques aos cofres públicos que a nossa "gloriosa imprensa" nunca noticiaram porque, com certeza, também estava levando vantagem? E a dívida da Rede Bobo?

  10. Carlos Correa Postado em 25/May/2015 às 00:42

    Rafael, culpar a presidenta Dilma por esse trágico incidente é um absurdo e um oportunismo argumentativo desqualificante.